Domingo, 15 de Julho de 2007
O parceiro escorpiano


Escrever algo mais sobre a famosa paixão escorpiana faria de qualquer outra descrição astrológica uma redundância. Essas descrições tampouco são muito precisas. Escorpianos realmente têm uma abundância de paixão. No entanto, a paixão pode não ser necessariamente manifestada da maneira mais óbvia. A sexualidade, para o escorpiano, é um portal, um meio de alcançar um outro nível de experiência, e não somente uma válvula de escape física.

Sexo e amor são unidos com um desejo de algum tipo de transformação que um relacionamento comum não pode prover. Chame-o do que quiser: experiência mística, gosto pelas profundezas, ou rendição a algo muito maior que você mesma. Isso tem mais que ver com a alma do que com o corpo. O parceiro escorpiano é capaz de uma lealdade e de um amor durável e indestrutível. Ele é capaz de grandes atos de auto-sacrifício. Existe um toque de fanatismo nele que pode permear suas relações, assim como suas atitudes espirituais e políticas.

Escorpianos não nadam em piscina rasa. Eles mergulham nas profundidades. Infelizmente, aquele fanatismo que é liberado nos relacionamentos pode gerar suspeitas enormes e possessividade absoluta. Isso é, se o escorpiano estiver apaixonado. Se ele não estiver, é provável que você se depare com uma verdadeira geleira emocional.

O maior problema do escorpiano é a necessidade de estar em posição de controle. Isso pode emergir de algumas formas bem pouco atraentes, como, por exemplo, ter muito orgulho para pedir desculpas quando fez alguma estupidez, ou demonstrar um ressentimento implacável e "punir" você com um silêncio e um clima tão denso e escuro, que você poderá cortá-lo com uma faca, sem dizer o que você fez de errado. Ou encontrar uma maneira sutil de testá-lo, porque ele não confia muito em você. Você raramente ouvirá o que significa para um parceiro escorpiano, mas pode apostar que, quanto menos ouvir, mais profundo será o amor dele.

Por outro lado, escorpianos têm pouco respeito por pessoas que não revidam. O escorpiano tem que vencer, mas não lhe entregue a vitória de bandeja. Não é surpreendente que as crises sejam endêmicas em relacionamentos com escorpianos. Isso é, se você não estiver com aquele tipo reprimido de escorpiano que deixa com que tudo penetre lentamente em direção ao fundo, mas tudo o que você vê é uma nesga de fumaça de vez em quando. Se ele for um desses, cuidado. Leve seu escorpiano a um terapeuta para soltar a pressão. Não será muito divertido se ele estourar com você.

O que é realmente raro e maravilhoso no parceiro escorpiano é que ele tem uma capacidade incrível de compreendê-la. Como perde poucos acontecimentos, ele rapidamente sabe muito a respeito de suas motivações mais profundas. Se você não gosta desse tipo de honestidade em um relacionamento, escolha um outro signo. Se o amor significa algo mais que se encontrar em boates e ficar conversando, no entanto, escorpianos têm muito a oferecer. Um relacionamento com um escorpiano promete nada menos que a sua total transformação.

Questionar é uma das distrações favoritas do escorpiano. Uma pessoa de Escorpião com suspeitas não está acima de procurar os números de telefone no seu livrinho enquanto você toma banho, ou verificar os recibos na sua carteira. Alguns escorpianos se tornam até detetives profissionais, ou patologistas criminais. Seja qual for o jogo a ser jogado, porém, um relacionamento é vivo e importante a qualquer hora do dia para um escorpiano, e não é algo que pode ser colocado na prateleira enquanto ele faz alguma outra coisa.

Algumas pessoas acham que a possessividade é algo um pouco patológico ou ideologicamente "errado" e que todos nós deveríamos sair por aí dizendo "Eu fico feliz com o que te faz feliz". É mais provável que o parceiro escorpiano diga: "Se você estiver feliz sem mim, você pagará por isso". Para os escorpianos, a possessividade é tão natural quanto a respiração. As emoções do Escorpião são intensas. Essas pessoas levam muito tempo para aprender a confiar, mas não desistem facilmente. Alguns endurecem seus corações porque têm medo de ser humilhados e permitem-se ter apenas encontros superficiais na vida. No entanto, esse tipo de Escorpião está só tentando escapar.

Ninguém passa pela experiência de um relacionamento com um escorpiano sem mudar. Se ele durar ou acabar, você se tornará mais consciente de si mesma e verá a vida de forma mais profunda. Não espere que seja tudo leve e doce. Algumas pessoas sábias disseram que a vida é feita de luz e escuridão, e só os tolos não acreditam que seja assim. O escorpiano não é um tolo.



Publicado por Paula Valentina às 01:46
Link do post | Comentar | Adicionar aos favoritos

Pesquisar neste Blog
 
Maio 2010
Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab

1

2
3
4
5
6
7
8

9
11
12
13
14
15

16
17
18
19
20
21
22

23
24
25
26
27
28
29

30
31


Posts Recentes

Lua em Gémeos

" 2012 "

Signos

Lua em Áries:palavra-chav...

Lua em Capricornio

Conheça o Ascendente

Horóscopo Xamânico...

Sol em Balança e Lua em L...

O homem de Lua em Leão:

Lua em Leão

Arquivos

Maio 2010

Abril 2010

Setembro 2009

Junho 2009

Junho 2008

Abril 2008

Março 2008

Fevereiro 2008

Dezembro 2007

Setembro 2007

Agosto 2007

Julho 2007

Junho 2007

Maio 2007

Abril 2007

Março 2007

Fevereiro 2007

Janeiro 2007

Dezembro 2006

Novembro 2006

Outubro 2006

Setembro 2006

Favoritos

Memórias vilacondenses (V...

Caleidoscópio

blogs SAPO
Fazer olhinhos