Sábado, 25 de Agosto de 2007
Touro
 

de 21 de abril a 20 de maio

 

Depois de Áries, primeiro signo do Zodíaco, que corresponde ao período fetal e ao nascimento, vem Touro, que representa a primeira infância. O signo de Touro está associado à fase da oralidade, isto é, o período no qual se toma conhecimento do mundo pelas sensações provenientes da boca. Anatomicamente, o sígno de Touro corresponde à garganta, às cordas vocais, ao maxilar inferior, ao pescoço e às orelhas. Nos taurinos adultos não evoluídos, a oralidade não superada faz com que os indivíduos não comam para viver, mas vivam para comer. Evoluído ou não, entretanto, o tauríno dificilmente renunciará aos prazeres da mesa. Ele procura o prazer em todas as suas formas, da natureza ao sexo, e tudo o que é belo o comove. É um epicurista, mas controlado. Apesar da força dos instintos, prevalece o senso prático dos signos da Terra. O materialismo do taurino nunca é um fim em si, mas um meio para realizar seus desejos, que são, basicamente, segurança psicológica e tranqüilidade econômica. É fundamentalmente um indivíduo tradicionalista, e por isso quer se casar e ter filhos. E nisso reflete-se o signo zodiacal. Na mitologia, o touro, a vaca ou o boi, três versões diferentes deum mesmo símboio, sempre foram importantes figuras sagradas, representando a vida, a nutrição, a fertilidade e a maternidade.
E é precisamente com a Lua que o signo de Touro tem um forte vínculo, pois, durante seu trânsito taurino, a Lua está em exaltação. Por isso, em Touro são valorizadas todas as qualidades positivas deste astro: a maternidade, a sensibilidade e a intuição. O signo de touro é também o domicilio de vênus, planeta do amor, da arte e da beleza.
Esses dois astros marcam a sexualidade taurina, na qual se juntam o amor e a fertilidade, ambos necessários para perpetuar a vida. Os taurinos são passionais e românticos, e os tipos evoluídos conseguem viveros seus instintos sem reprimi-los, mas sublimando-os no amor verdadeiro ou na intelectualidade. Por outro lado, os taurinos menos evoluídos reprimem seus instintos e se "castram", provocando o surgimento de neuroses, puritanismos e frigidez. A não evolução é neste signo mais prejudicial do que nos outros, pois a inteligência taurina é formada pela experiência lentamente elaborada, como o ruminante que mastiga seu alimento durante muito tempo. Por isso, o taurino que limitar a vida ao âmbito familiar, dificilmente consegue evoluir. E mesmo passando por muitas e variadas experiências, mantém-se moralista e obstinado. Como os outros signos, Touro também tem sua origem na mitologia, no mito de Europa, filha de Agenor, rei da Fenícia, que foi raptada por Júpiter na forma de um belíssimo touro, Depois que o deus a amou, ela gerou Minos, o rei de Creta, personagem com o qual o mito torna a se repetir. O neto deste rei, Mínos, casou-se com Pasífae, que, instígada por Netuno, teve relação com um touro branco enviado por ele para o sacrifício. Da união de Pasífae e o touro nasceu o minotauro, monstro com corpo de homem e cabeça de touro, que foi confinado por minos num labirinto. Mas como a cada ano o Minotauro devorava sete crianças, Teseu, filho do rei de Atenas, resolveu matá-lo, entrando no labirinto. Com a ajuda de Ariadne, filha de Minos, que dá a Teseu um fio para que não se perca no labirinto, o herói consegue mataro monstro. Na símboiogia do mito, Teseu é o símbolo do Touro que mata os instintos negativos que tem dentro de si sublimando-os no amor e escapando do "labirinto" do inconsciente graças à relação entre o consciente e a alma(simbolizada por ariadne). Dessa maneira, o mito indica a psicologia profunda do taurino, que supera a fase edipiana para entrar numa outra fase mais madura, na qual predomina o amor, situação simbolizada por Ariadne, que "trai" o pai, Minos, por amor a Teseu.

TOURO e a saúde

A saúde do taurino depende de uma boa alimentação. A garganta e a parte superior do aparelho respiratório são seus pontos fracos. De acordo com a Astrologia tradicional, o signo de Touro governa a garganta. No entanto, estudos recentes, mais aprofundados, permitiram estabelecer "correspondências" entre os primeiros dois graus do signo e a hipófise, a mais importante das glândulas de secreção interna. Os primeiros dez graus de Touro estão relacionados ao metabolismo em geral. Os dez seguintes relacionam-se à laringe, e os últimos dez correspondem à faringe e às cordas vocais.

Características físicas

Em geral, o nativo de Touro tem altura mediana, corpo robusto, pescoço curto, ombros largos e mãos grandes. A ossatura é sólida, a pele é resistente e, nos homens, a musculatura é bem desenvolvida. O taurino costuma andar com passos curtos e o corpo ereto. No conjunto, os traços são harmoniosos e esteticamente agradáveis. No rosto, sobressaem os lábios grossos, a boca em geral grande e o queixo volumoso.

Pontos fracos

Em linhas gerais, as doenças às quais o nativo de Touro está mais sujeito são aquelas relacionadas à garganta e à parte superior do aparelho respiratório. As crianças do signo costumam ter problemas com as amígdalas, tais como infecções, inflamações, etc. Os nativos do primeiro decanato (de 21 a 30 de abril) têm tendência à retenção de líquidos, o que geralmente provoca obesidade.
Eles também devem tomar cuidado com os problemas de audição. Os nativos do segundo decanato (de 1 a 10 de maio) têm as características gerais do signo, enquanto os do terceiro decanato (de 11 a 20 de maio) sofrem freqüentemente de afonia e rouquidão, pois um de seus pontos fracos são as cordas vocais. A vista é outro ponto fraco do taurino, o que se justifica pela presença, nos últimos dez graus do signo, de uma estrela fixa, Alcíone (astronomicamente chamada Eta de Touro), que influi negativamente sobre a visão.
Também são freqüentes nos nativos de Touro as doenças relacionadas à ai imentação inadequada ou excessiva: obesidade, diabete, hemorroidas, úlcera, e não são raros os estados de anemia. Ao nível endócrino, há certa tendência ao hipotireoidismo, o que invariavelmente faz com que o metabolismo se torne mais lento. Isto se revela sobretudo na lentidão das reações mentais e motoras dos taurinos.
Na prática, os nativos do signo podem gozar de boa saúde se conseguirem controlar sua tendência ao exagero no beber e no comer, adotando uma alimentação pobre em gorduras saturadas e sem condimentos muito fortes.

A personalidade de TOURO

Seu objetivo na vida é a procura o prazer, material ou espiritual. Mas, generoso por natureza, essa busca se transforma em coisas positivas, para ele e para os outros. O traço fundamental da natureza do nativo de Touro é a procura do prazer. E, embora essa busca possa assumir formas variadas, ou mesmo estar mascarada de muitas maneiras, ela sempre está presente. O que dá ao taurino o gosto pela vida, o que o move, é a sensação de bem-estar e satisfação, sensação que alguns encontram no plano material, enquanto outros o fazem no plano espiritual.
Quando se observam as influências que os elementos astrológicos exercem sobre os nativos de Touro, pode-se ver que o planeta Vênus está em seu domicíIio noturno e Júpiter em exaltação, enquanto há uma combinação do elemento Terra, do gênero feminino e da segunda casa zodiacal, conjunção de aspectos que dá os seguintes traços fundamentais: grande afetividade, sensoestético, força, solidez e valorização dos bens materiais. O lado positivo dessa combinação nos dá o perfil psicológico de uma pessoa que vive em função do amor, e que realiza esse amor por meio de manifestações tangíveis, que é digna de toda confiança e nunca comete ações imprudentes. O lado negativo dessa combinação dá uma pessoa cujas experiências se restringem aos sentidos e que julga essas experiências apenas segundo o prazer que possam proporcionar, limitando assim qualquer outro tipo de julgamento.
O dualismo inerente à natureza humana colocao taurino entre dois pólos opostos: o prazer enquanto meio e o prazer enquanto fim. Quando prevaleces primeira relação, temos um indivíduo que usa as boas coisas da vida com fins positivos, mas, quando prevalece a segunda, com certezaencontraremosuma pessoaobcecada em usufruir os bens materiais e nada mais.
O desenvolvimento harmônico da personalidade do taurino depende totalmente do modo como concebe e encara o prazer. E isso, lógico, depende da educação que recebeu. Se teve uma educação repressiva, dificilmente conseguirá aceitar a si mesmo e a seus impulsos mais profundos. Isso provocará sentimentos de culpa todas as vezes que ele se encontrar diante de situações ou coisas que possam atraí-lo, pois sua consciência julgará tudo isso errado. Pode surgir, então, um mecanismo de autopunição sob as mais diversas formas. Uma das mais comuns é sobrecarregar-se de trabalho, exaltando ao máximo uma qualidade indiscutivelmente positiva, mas que na realidade não pode funcionar como compensação. Outra forma freqüente de autopunição é o aumento excessivo do senso de dever. Nesses casos, o taurino tende a se responsabilizar por tudo o que acontece a seu redor, inclusive pela segurança dos outros. Esses são os taurinos paternais, que gostam de desempenhara papel de"salvador"e guia dogrupo ao qual pertencem.
De forma contrária, o taurino que vive seu amor pelo prazer sem se sentir culpado pode chegar a ser uma pessoa indulgente demais em relação a seus próprios impulsos. Então, ele vai buscar a segurança de que precisa, a realidade palpável sem aqual não podeviver, precisamente nas sensações, e passa a explorar todos os tipos de prazer do corpo e do espírito. Não vai deixar de lado nenhuma experiência que possa dar a ele algum tipo de prazer. Em conseqüência, toda essa liberdade acaba atrapalhando-o.
Assim como o tipo reprimido tenta se reequilibrar acentuando em demasia suas qualidades positivas, o taurino liberado tenta fazer o mesmo exaltando os próprios defeitos. Temos então um indivíduo lento, preguiçoso, que dá a impressão de não ser muito inteligente e de ter o prazer como único objetivo na vida. Comportando-se desse modo, ele tenta satisfazer sua necessidade física de afeto, sem a qual não pode viver. Evidentemente, nenhuma pessoa real corresponde integralmente a essas descrições.
Todos os taurinos têm traços das duas categorias, combinados de forma diferente. E isso constitui justamente o seu dilema, já que as duas personalidades são opostas e, portanto, confiitantes. Por isso, o taurino encontrará a paz na síntese da aceitação e da sublimação do prazer.
Quando o nativo de Touro consegue aceitar sua sensualidade e, ao mesmo tempo, fazer com que ela não entre em confIito com a sua consciência, ele consegue dar um grande passo em direção à serenidade. Dessa maneira, pode satisfazer sua tendência ao prazer e, ao mesmo tempo, ter a sensação de que está dominando sua libido. Mas, se nesse momento alguém tentar fazer com que tome consciência do mecanismo que está utilizando, tudo vai por água abaixo porque ele não poderá suportar a realidade. Esse é o único fato com o qual o taurino não tem condições de lidar, e ele sempre tentará se defender, pois sabe muito bem que essa verdade é a única coisa que pode destruí-lo totalmente. Por isso não é raro encontrar taurinos que passam a vida entre a depressão e a felicidade mais completa. Os estados depressivos são provenientes de seu sentimento de culpa, enquanto os estados de euforia estão ligados à sua força, e acontecem quando ele supera a culpa por meio da auto-afirmação. Em outras palavras, a personalidade de Touro oscila sempre entre o materialismo e o idealismo, e essa oscilação constitui o dilema de sua vida.
Voltando à interpretação astrológica e à sua simbologia, encontramos o planeta Vênus com domicílio num signo de Terra: o segundo do zodíaco e que, tradicionalmente, governa os bens materiais. Isso dá como resultado uma personalidade na qual prepondera a afetividade em todas as suas manifestações, do sexo ao dinheiro, O elemento Terra acentua ainda mais essa tendência básica, ligando-a ao prazer físico, enquanto a segunda casa abriga com harmonia essa união. Para completar o quadro, temos a influência de júpiter, que indica o caráter moral superior, tudo o que há de bom e generoso na natureza humana.
Ainda no plano da combinação simbólica dos elementos astrológicos, temos indivíduos orientados em direção à terra ou em direção ao céu, pois, embora o elemento seja Terra, há a influência exercida pelo planeta Júpiter, que é o verdadeiro equilibrador da personalidade de Touro.
Alegoricamente,júpiter também representa o pai dos deuses e, por extensão, o pai de toda a humanidade, aspecto também relacionado ao touro, animal fecundador. Por isso, a figura do pai é, para os taurinos, muito importante.
Embora a necessidade de posse do taurino esteja relacionada ao elemento Terra, pois ela é mãe e útero fértil, essa característica também tem outro aspecto, ligado à figura do pai. Assim, o Touro não se encontra à vontade no "útero protetor da mãe" mas sim no útero fecundado pelo sêmen do animal macho.

TOURO e o trabalho

 

Materialista e perseverante, o taurino leva o 
trabalho muito a sério e nele encontra uma 
verdadeira fonte de realização. Embora 
possessivo, gosta de trabalhar em grupo e  
dedica  toda sua energia à concretização de 
seus projetos.

As profissões que parecem atrair mais os taurinos são as ligadas às artes, à engenharia e à medicina. Isso se explica a partir de três traços fundamentais do caráter dessas pessoas: o amor pela beleza, a necessidadedecoisasconcretaseagenerosidade para com o proximo.
O primeiro traço está relacionado à presença do planeta Vênus, o segundo deve-se basicamente ao elemento Terra e o terceiro, à exaltação de Júpiter, que é o planeta da generosidade. Tomado sem conjunto, formam uma personalidade que tende a construir algo belo com fins altruístas. Nessa síntese está todo o sucesso dos nativos de Touro, ajudados pela perseverança e pela objetividade, características de sua natureza.
Dificilmente encontraremos um nativo de Touro que não pense no sucesso. Seu desejo pelo poder fará com que considere o êxito no campo profissional como uma das prioridades de sua vida. Se o destino colocar no caminho do taurino obstáculos que o impeçam de realizar os objetivos que estabeleceu, ele se sentirá prof lindamente frustrado. Para ele, tudo e todos fazem parte de seu grande projeto profissional, e para alcançá-lo não mede esforços. Em geral, seus projetos são de grande porte, e o taurino dedica-se a eles com uma paixão e um amor exclusivos. É incapaz de trabalhar sem se entregar de forma total àquilo que faz. Sua possessividade não se manifesta unicamente no fato de não permitir que aqueles que com ele trabalham se preocupem com outra coisa mas também na devoção incondicional com que se entrega à ocupação que escolheu.
Mas essa ocupação ou esse projeto devem ter possibilidades efetivas de realização, e também devem dar ao taurino uma recompensa de caráter econômico. O taurino que ganha mal trabalha mal, e acaba se desinteressando. Afasta-se de qualquer atividade, mesmo já iniciada, se não houver nela a chance de obter resultados concretos, como dinheiro ou prestígio.
No entanto, o prestígio não serve para aIimentar sua vaidade, como acontece com os leoninos, mas sim para confirmar uma vez mais seu controle sobre a situação, um dos seus traços mais característicos.
De tudo isso, deduz-se que, em termos gerais, o nativo de Touro se adapta a trabalhos em que possa construir, criar, elaborar, e nos quais haja espaço de manobra. Por causa de sua dedicação e de seu esforço, exige de si mesmo e dos outros toda a energia necessária para que qualquer projeto seja realizado com perfeição. Se o taurino dedicar-se à pintura, será um ótimo paisagista. Se preferir escrever, será um ótimo ensaísta ou historiador. Se for médico, dará livre curso à sua generosidade instintiva e se realizará totalmente ao saber que está fazendo algo útil.

TOURO e o amor

O taurino, ao lado do canceriano, é o melhor pai ou mãe do Zodíaco, assim como, em geral, é também considerado o melhor cônjuge. Porém, sua disponibilidade afetiva depende de ter resolvido sua relação com a própria mãe, pois em Touro a lua está em exaltação, e este planeta simboliza a mãe e a maternidade. Por isso, o taurino costuma carregar os resquícios de uma fase edipiana mal superada, o que explica a demora que freqüentemente tem para se casar, embora deseje o casamento desde a adolescência. Além disso, e por mais contraditório que pareça, o romantismo do taurino também podeserumadas razões dessa demora: ele tem de pensar muito antes de dar o grande passo, para ter certeza de que fez a escolha certa.
O nativo de Touro demora para entregar-se ao amor, assim como é igualmente lento para conceder seu afeto e sua amizade. Embora pareça estar sempre disponível, nunca o está totalmente, e no fundo sempre desconfia um pouco. Essa atitude só não se aplica aos filhos, que o taurinoama já antesde nascerem, acimadetudo e de todos. No entanto, isso não significa que se feche para as outras pessoas.
Os contrastes divertem o taurino, e nessas situações ele revela seu grande senso de humor. Mas é no amor que o nativo de Touro concentra grande parte de sua energia, pois tem necessidade de amar tudo, desde a natureza atéa comida. Em conseqüência disso também costuma ser ciumento e possessivo em relação a tudo e, às vezes, se apega tanto às suas coisas que se torna materialista demais.
É generoso em certos casos - gosta de dar presentes, por exemplo - mas também é mesquinho em outros, porque é prudente e não quer ser pego de surpresa. Embora tenha grande capacidade de amar e ser tolerante, o taurino pode romper relações com amigos e colegas de repente, quando desconfia de algo.
Ao lado de Escorpião, Touro é um dos signos mais ciumentos e possessivos: dá muito amor, mas exige receber o mesmo em troca. Porém, diferente do escorpiano, que é vingativo, Touro sabe perdoar. Em geral, é fiel, mais por preguiça do que por castidade. Na verdade, ele procura um lar confortável e a tranqüilidade de hábitos e pessoas que já conhece. Embora sua possessividade possa estragar alguns relacionamentos, o taurino tem capacidade de resolver esse problema. Basta que seja consciente dessa tendência e tente controlá-la quando a situação o exigir.

O amor de TOURO com...

 

Áries é uma combinação interessante, mas conflituosa. Se o taurino gostar de ser impulsionado pela energia e exuberância de Áries, a união é positiva. Caso contrário, vão continuar brigando indefinidamente.
Touro os nativos de mesmo signo costumam se dar melhor como amigos do que como amantes. No início, têm a ilusão de que acharam a alma gêmea. Mas, depois de algum tempo, a relação pode tornar-se tediosa e sem interesse.
Gêmeos um grande amor pode nascer entre esses signos, pois são muito diferentes. O geminiano, eclético e versátil, pode animar a vida um pouco monótona do taurino. Porém, o taurino enfrentará problemas pela infidelidade do parceiro.
Câncer uma união que pode dar certo, pois o canceriano vai dar o lar ideal ao taurino. O único risco que correm, sendo ambos muito sensíveis, é de se entediarem ou fazerem tempestade em copo d'água.
Leão uma união problemática porque o taurino não suporta o exibicionismo do leonino e sua infidelidade. Se se derem bem no plano sexual, a relação pode dar certo, pois os dois são animais de sangue quente.
Virgem se não houver desencontros na área sexual, o instinto de Touro e a racionalidade de Virgem fazem uma união positiva, principalmente se trabalham juntos. O que pode estragar a relação é o excesso de crítica do virginiano.
Libra uma combinação maravilhosa, pois os dois signos são regidos por Vênus, o planeta do amor, da beleza e da arte. Na relação, a Balança vai conseguir contornar o autoritarismo do Touro, pois tem muito tato e sensibilidade.
Escorpião signos opostos, correm o risco de terem brigas violentas, misturadas a uma paixão louca, pois ambos têm uma sexualidade muito forte. Devem tomar cuidado com o ciúme e a possessividade, características dos dois.
Sagitário a afinidade entre esses dois signos é mais comum na amizade do que no casamento. Enquanto o taurino quer levar a relação a sério, o sagitariano não quer que sua liberdade seja comprometida.
Capricórnio como têm muitos interesses comuns, essa união pode dar certo. Basta um pouco de compreensão e um pouco de boa vontade para que a relação seja duradoura. No trabalho, os dois signos formam uma ótima parceria.
Aquário são dois signos tão diferentes que é difícil prever o que pode acontecer. Um é conservador, o outro inovador; um calmo, o outro agitado. No entanto, eles podem encontrar interesses comuns e viver um grande amor.
Peixes no início, podem ter a ilusão de ter encontrado a cara-metade: ambos são meigos, românticos e amantes das artes. Mas, quando o taurino percebe a infidelidade e a falta de senso prático do pisciano, não perdoa.

TOURO com ascendente em...

 

Áries a conjunção desses dois signos costuma ser positiva para o nativo, a não ser que as tendências opostas criem conflitos insuperáveis. Em geral, as idéias inovadoras, a grande energia e a capacidade de liderança do componente ariano são uma importante contribuição para o taurino, principalmente no campo profissional. No amor, surgem tensões entre a fidelidade e a busca de aventuras.
Touro o ascendente no mesmo signo acentua as características, tanto positivas quanto negativas, do taurino. Em relação ao amar, o nativo procura afetos estáveis e seguros. Economicamente, procurará conseguir uma situação que garanta seu conforto e o de sua família, usando toda sua energia para se aperfeiçoar e progredir. Também aumenta a tendência à preguiça.
Gêmeos o componente geminiano é positivo para o taurino, tanto no plano físico quanto no intelectual. Fisicamente, torna-se mais esbelto e elegante, enquanto que, intelectualmente, fica mais aberto em relação a novas idéias e adquire mais vivacidade. Como resultado, surge uma personalidade fascinante e excepcional, embora difícil de lidar. A sexualidade tende a ser mais refinada.
Câncer este ascendente no signo que é o domicílio da lua (e simboliza a mãe) acentua no taurino a tendência, já bastante forte, de se realizar na família e no lar, Profissionalmente, pode se dedicar à arte ou a trabalhos relacionados com crianças. Em geral, essas pessoas são muito ligadas à própria mãe, o que muitas vezes provoca problemas com o cônjuge.
Leão a enorme energia de Touro é canalizada pelas grandes ambições de Leão. Além de desejar a estabiIidade econômica, vai lutar para conseguir reconhecimento social, Tudo pode ser muito positivo, se o indivíduo não for orgulhoso e teimoso demais. O ascendente Leão dá ao nativo capacidade de comando, senso de humor e um corpo mais atlético e elegante.
Virgem nessas pessoas, domina a praticidade e o realismo do elemento comum aos dois signos, a Terra. Além disso, o ascendente dá ao nativo vantagens no plano físico e mental, principalmente no que diz respeito à preguiça e à ordem. Embora isso seja muito bom no piano profissional, prejudica a sexualidade de Touro, que é refreada. No plano afetivo, o nativo precisa de muita segurança.
Libra ambos são regidos pelo planeta do amor, Vênus, o que torna o nativo mais meigo, mais sensível e mais sociável. A Balança equilibra os taurinos, resultando em vantagens tanto no plano profissional quanto no afetivo. Em geral, esses nativos não são tão "terrenos" e teimosos, porque desenvolvem a capacidade de perceber o ponto de vista alheio e se tornam menos intransigentes.
Escorpião A combinação pode produzir personalidades excepcionais, embora tenham um temperamento muito difícil. os planetas dominantes, Vênus e Marte, presidem a sexualidade e se reforçam mutuamente. Se ambos estiverem em harmonia, há uma personalidade equilibrada e positiva. Caso contrário, podemos encontrar pessoas sem moral, que buscam o sucesso a qualquer preço.
Sagitário Este ascendente enriquece a personalidade do taurino com fantasias e predisposição às viagens e aos estudos, dotando-os de uma ambição positiva. Porém, também pode criar conflitos: propensão à estabilidade e aversão às mudanças ou o intenso desejo de variação e de liberdade sem limitações. A solução pode estar no equilíbrio entre essas duas tendências.
Capricórnio o signo ascendente reforça as características principais do nativo - tenacidade, resistência, energia e objetividade. Mas, por outro fado, o taurino torna-se mais introvertido, mais prático, mais pessimista e menos bon vivant. No plano profissional, dá indivíduos com grande capacidade para as atividades comerciais ou ligadas à natureza.
Aquário esta combinação pode dar personalidades excepcionalmente inovadoras, embora prevaleçam alguns sentimentos individualistas. No plano afetivo, o nativo vive o conflito entre a necessidade de sentir-se independente e a tendência a manter um relacionamento permanente. No aspecto profissional, esses taurinos gostam de trabalhar sozinhos e dão bons cientistas.
Peixes com este ascendente, o taurino torna-se mais sensível, meigo e místico. Embora Peixes se caracterize pela indecisão, geralmente prevalecem o bom senso e a praticidade de Touro, exceto no amor, aspecto que o nativo tem de controlar para não ser esmagado por intensas paixões. No plano profissional, essas pessoas podem dedicar-se às mais variadas atividades, pois sempre têm sucesso.

 

1
Posição no Zodíaco: de 31 a 60 graus.
Elemento: terra.
Temperamento: melancólico.
Personalidade: Calmo, obstinado, suporta qualquer coisa contanto que possa alcançar um resultado positivo. Seus sentimentos são profundos e estáveis, e em tudo segue o ditado "devagar e sempre" - Por meio do raciocínio consegue compreenderascoisasesóseocupadaquiloque está ao seu alcance. É muito generoso, embora seus gestos sejam tímidos, mesmo no plano afetivo. São amantes ou amigos excelentes e estáveis, mas devem ter consciência de que há neles uma tendência à possessividade que pode prejudicar as relações..
Clima favorável: temperado e seco, com brisas leves. Muita luminosidade e calor moderado. Devem evitar a umidade, a neblina e a chuva.
Animais: touro, pomba, foca.
Plantas e flores: murta, buxo, lírio e rosa.
Pedra: safira azul e, algumas vezes, esmeralda.
Perfume: rosa.
Metal: cobre.
Cor: verde-claro e cor-de-rosa.
Dia de sorte: sexta-feira, número de sorte: 6.


Publicado por Paula Valentina às 02:18
Link do post | Comentar | Adicionar aos favoritos

Áries
 

de 21 de março a 20 de abril

 

Quando você notar, em um grupo de pessoas, alguém que se comporta de modo diferente, movimentando-se sem parar, que repara em tudo e toca tudo com muito interesse, pode ter certeza de uma coisa: deve ser um ariano ou ter ascendente em Áries.
Regido pelo elemento Fogo e pelo planeta Marte, este signo tem como símbolo a cabeça do carneiro. Não é por acaso que, na Idade Média, o tronco comprido que se usava para derrubar as portas dos castelos era chamado de aríete, ou "cabeça de carneiro", símbolo de força, energia e agressividade. Assim é o nativo de Áries: cheio de energia, impulsivo, instintivo, passional, voluntarioso, eclético e volúvel em seus interesses. Ao contrário do geminiano, que é eclético por curiosidade intelectual ou esnobismo, o ariano sabe fazer de tudo porque se interessa apaixonadamente por tudo. Costuma praticar todos os esportes, cultivar todos os hobbies, ler livros dos mais diversos estilos, freqüentar todos os lugares, estudar diversas coisas, e depois pode largar tudo, quando começa a se aborrecer. No amor, também é assim. Extremamente fiel, porque está sujeito a amores intensos e paixões fulminantes, pode mudar de idéia e ter uma nova paixão fulminante depois de uma semana.
Primeiro signo do Zodíaco, ele traz a energia da terra, que explode na floração da primavera, a força vital que começa a pulsar novamente, após meses de sono letárgico. É o signo que corresponde à criação do mundo, à Gênese.
No plano esotérico, corresponde a São Pedro, o fundador da Igreja Católica, o primeiro papa. Ao nível anatõmico, corresponde à cabeça humana. Simbologia que confirma a importância do primeiro signo do Zodíaco como signo de criação primordial: energia rebelde, controlada misticamente por um princípio divinono mornento da criação do mundo, e depois orientada pela mente humana.
Essa força, ao mesmo tempo criadora e destuidora, típica de Áries, pode ser encontrada nos nativos do signo, e a aiternância desses dois impulsos produz diversos tipos de personalidade: o ariano evoluído e espiritual consegue aproveitar ao máximo essa energia, para seu próprio bem ou para o bem da humanidade; o ariano não evoluído, ao contrário, pode se autodestruir, devorado pela ambição e pelo desejo de poder, que nunca consegue satisfazer.
Mitologicamente, a origem do signo de Áries remonta, provavelmente, ao pastoreio. Quase todas as populações primitivas davam uma importância especial ao carneiro, tanto do ponto de vista religioso quantodo econômico. Mas é a mitologia grega que nos oferece os melhores indícios para uma interpretação mais profunda da tipologia de Áries. Na lenda do Tosão de Ouro (a viagem dos Argonautas), na qual se contam as aventuras vividas para conquistar a pele de um carneiro com lã de ouro, há dois personagens, frixo e lasão, que são a expressão do ariano típico: agem antes de pensar, instintivamente, passionalmente, entregando-se ao destino e apenas com o compromisso de viver a experiência imediata. A combinação de Frixo e lasão criou o protótipo do indivíduo de Áries, pois eles sentem necessidade de viver a experiência do pânico e são vítimas dessa mesma vivência. Como explicam alguns psicólogos, a angústia está intimamente ligada ao heroismo: Frixo perde a irmã, símbolo de sua segurança, e jasão perde seus filhos, como se ambos fossem impelidos ao sacrifício para alcançar seus objetivos. O mito, que é uma sabedoria inconsciente e lendária, soube encontrar os arquétipos mais comuns do comportamento do ariano, cuja personalidade tem como traço mais relevante o seu asplecto colérico-fogoso, fazendo jus a seu elemento (Fogo) e a seu planeta (Marte).

ÁRIES e a saúde

A cabeça é a parte do corpo regida por Áries. O temperamento tipo colérico torna o ariano vulnerável às doenças do sistema nervoso. Segundo a astrologia tradicional, o signo zodiacal de Áries governa a cabeça, mas estudos feitos recentemente revelaram dados mais detalhados que complementam essa informação.

Características físicas

Em geral, o ariano tem estatura média-alta, corpo atlético, magro mas bastante sólido, caracterizado por pescoço comprido e ombros largos. O rosto é expressivo, graças a seu olhar vivo, as maçãs do rosto são altas, as têmporas largas e o queixo pontudo. Os cabelos tendem a ser crespos e cheios, e os penteados fáceis de fazer. O nariz típico de Áries é fino, longo ou aquilino, com uma leve proeminência central. O lábio superior tende a ser longo e grosso, enquanto o inferior geralmente é fino e pendente. Os dentes são grandes e ligeiramente salientes.

Pontos fracos

Em linha gerais, as doenças que mais atingemos os nativos de áries são aquelas que se relacionam com o sistema nervoso e as que afetam os órgãos situados na cabeça. Os arianos são comumente sujeitos a cáries dentárias e gengivites. As vezes, podem ser atingidos por variados tipos de febre.
Também estão expostos a doenças do aparelho digestivo provocadas por uma mastigação inadequada (gastrite, úlcera do duodeno).
Como podem se machucar com facilidade, os arianos devem se manter afastados de armas e manipular com muito cuidado objetos pontiagudos e cortantes. Problemas de hérnia e enxaqueca também são freqüentes neles.
Os jovens do signo têm muita necessidade de praticar esportes, de preferência competitivos. Em geral, os nativos de Áries têm uma constituição robusta, resistente às doenças. Assim, quando ficam doentes, recuperam-se com bastante rapidez.
Não parecem ser especialmente longevos. A possibilidade de viver muito é diminuída por imprudências e excessos de vários tipos. Os arianos têm uma leve tendência ao mau funcionamento dos rins, com possíveis conseqüências sobre a pressão arterial. Para evitar esgotamentos nervosos, devem controlara dispêndio de suas energias e conceder-se, de tempos em tempos, um período de verdadeiro descanso.

A personalidade de ÁRIES

Agressivo e violento, o ariano reage de forma instintiva. Como o animal que o representa, abaixa a cabe a e se lança ao ataque.
A personalidade do ariano é extremamente instintiva, tudo é feito de acordo com os impulsos do momento, não há reflexão ou meditação sobre os próprios atos. O ariano típico é uma pessoa extrovertida, que não pensa em si mesma ou nos outros. Todas as coisas da vida que afetam o ariano são elaboradas de forma inconsciente e depois expressas em ações de ataque ou de defesa. O ariano é um indivíduo naturalmente agressivo. Embora a agressividade faça parte do comportamento humano, nos nativos deste signo ela pode atingir graus extremos.
Eles têm um temperamento essencialmente combativo, influenciado pelo planeta Marte. Sua natureza exprime a luta pela vida e simboliza a violência do momento do nascimento. Embora não nos lembremos do nosso próprio nascimento, ele sempre provoca um impacto traumático que, para os nativos de Áries, se transforma em insegurança. Mas essa insegurança, por ser inconsciente, gera neles estados de ansiedade dificilmente controláveis. Como resultado disso, a vida em comum com um ariano pode se tornar um pesadelo, devido às constantes oscilações dê humor a que estão sujeitos. Mas essa ansiedade, se for conscientizada, pode tornar-se uma enorme força para superar os problemas e para desenvolver os talentos naturais do ariano. Se for evoluído, o nativo deste signo sabe transformar sua excessiva agressividade em entusiasmo para atingir seus objetivos.
O nativo de Aries está sempre dividido entre a busca da própria identidade e a descoberta das possibilidades do futuro. Está em constante luta consigo mesmo e tende a transmitir essa insegurança a todos os seus atos que, conseqüentemente, são marcados pela improvisação e pelas provocações auto-impostas como desafios. Inconscientemente, o ariano sente-se parte da origem, identificando-se com todas as imagens da criação. Daí seu sentimento de onipotência e sua alma de líder, que decide o desenrolar da batalha. Embora seja um tático, que se contenta com vitórias imediatas, é um péssimo estrategista, pois quer ganhar todas as batalhas, mesmo correndo o risco de perder a guerra. E ele sempre tem a sensação de ser o responsável pelos destinos do mundo, com poder de vida e de morte sobre todos e sobre tudo. Entretanto, o ariano incorre facilmente em erros e dificilmente se dá conta disso.
Essa contínua oscilação entre os opostos consome muito da energia do ariano, mas, paradoxalmente, também o mantém um eterno adolescente, cheio de vitalidade. Seu temperamento perspicaz, incansável, torna-o um indivíduo muito forte para suportar situações adversas, sobretudo quando sabe que sua insistência poderá ser o único caminho para atingir seus objetivos. Preocupado com a própria identidade, o ariano luta bravamente por lograr uma imagem mais real de si próprio e, quando é pertinaz, enfim o consegue. A dificuldade de identificação também se reflete numa vida familiar freqüentemente problemática: assim como os homens de Áries rivalizam com o pai e veneram a mãe, as mulheres arianas amam sem restrições o pai e têm sérios problemas com a mãe. Em conseqüência, esse tipo de conflito pode gerar inúmeras perturbações, principalmente quando alguma das figuras paternas não corresponde a esse esquema que o ariano tem no seu inconsciente. No entanto, esses conflitos e desvios não são jamais vividos de forma doentia, mas sim considerados experiências, que podem enriquecer o mundo íntimo do ariano. Por pertencer ao início de um ciclo, o nativo de Áries deveria ser uma pessoa desligada do passado. Entretanto, isso nem sempre acontece, e a relação com o passado também é vivida com angústia, acabando por se transformar num problema. Em resposta a essa forma de vivenciar o que já aconteceu no tempo, o ariano costuma desataras laços com o passado de forma violenta, causando mudanças radicais, mudanças que, em vez de renovar, acabam mantendo a velha ordem com roupagem nova. O ariano, quando prevalecem os traços negativos, não é um inovador. Sua natureza exprime bem o símbolo do animal ao qual está associado, que enfrenta obstáculos com a cabeça abaixada, preocupando-se unicamente em derrubar aquilo que o está impedindo de ir em frente. Na verdade, ele não se preocupa em saber o que vai encontrar do outro lado do obstáculo, ou mesmo se vaie a pena explorar ese outro lado. Ele apenas vai.
Em geral, o ariano é definido como um indivíduo essencialmente extrovertido. Mas isso é apenas uma verdade parcial. Ele não é propriamente uma pessoa tímida, mas como seu temperamento é marcado pela alternância detendências opostas, sua personalidadetem de tudo um pouco. Quando não consegue obter uma imagem sólida dos eu "eu", o ariano é levado compusivamente a ter sonhos de glória, sobretudo quando se vê frustrado em suas capacidades ou necessidades ou quando percebe que não está conseguindo prevalecer sobre as outras pessoas ou sobre os fatos. Cegado pela frustração, ele é capaz de imaginar um mundo que se rende a seus pés, ou de ter fantasias nas quais se vê como o anjo Gabriel, vencendo todos os demônios. Em sua vitória imaginária, o ariano realiza a síntese de seu dualismo primordiaI entre o bem e o mal, entre opositivo e o negativo, entre o ser e o nada. Nessa luta entre o que é e o que não é, o ariano encontra a vitória naquilo que gostaria de ser. Desta maneira, se a vida oferecer aos nativos de Áries a possibilidade de realizar seu sonho mais íntimo (e para eles basta acreditar que ela exista), eles serão grandes lutadores, capazes de realizar transformações na História. Nesses casos, são pessoas de uma força e de um magnetismo incalculáveis, briosas e capazes de transformar a vida social daqueles que estão à sua volta. Áries, assim como Leão, é o signo daqueles indivíduos que deixam marcas bem fundas. Mas, ao contrário do leonino, o ariano tem ações menos mercantes. Seu prazer é vencer, não importa como nem a quem.
No ariano mais refinado, essa agressividade se expressa sob a forma de uma ironia muito sutil, ironia essa à qual ninguém consegue escapar. Inteligente e mordaz, o ariano evoluído sabe encontrar os pontos fracos dos outros e também sabe como atingi-los. Ele sempre encontra o calcanhar-de-aquiles de quem deseja ferir e, sem nenhum pudor, acerta o golpe de forma admirável.

ÁRIES e o trabalho

 

lndisciplinado e individualista,o ariano tem como ideal uma 
profissão que já não existe: guerreiro.  
No entanto, no esporte pode encontrar uma grande satisfação.

Como Marte é o planeta que governa Áries, o nativo do signo é um indivíduo cheio de energia e amante da luta. Conseqüentemente, ele só poderá se desenvolver de modo harmonioso num ambiente desafiador, onde possa exercitar suas qualidades de guerreiro incansável. Por isso, a profissão mais adequada seria a de militar. Mas, hoje em dia, a carreira militar já não é mais o que foi antigamente. Heitor e Aquiles, heróis guerreiros da antiga-Grécia, são apenas nomes míticos e não modelos a serem seguidos. O mundo atual é estranho para o ariano, que gasta grande parte de sua energia para tentar se inserir na sociedade, e nem sempre o consegue de modo satisfatório. Devido às suas características, não é fácil para ele encontrar uma profissão ou atividade que o satisfaça plenamente. Seu trabalho deve ser independente mas, ao mesmo tempo, com alta remuneração; não pode ser monótono, mas tem de ocupá-lo durante horas todos os dias. Em suma, seu trabalho ideal teria características tão contraditórias que se torna difícil encontrá-lo. Na verdade, esse tipo de trabalho não existe, e o ariano tem de ficar satisfeito com as ocupações que possibilitem dispêndio de energia física e espiritual e, ao mesmo tempo, possam garantir a ele a liberdade de tomar decisões, fazendo e desfazendo a seu bel-prazer.
As atividades relacionadas ao esporte são adequadas para o ariano. Nelas, ele poderá realizar plenamente seu gosto pelo combate. E pode fazê-lo tanto como atleta propriamente dito ou em atividades diretamente relacionadas, como treinador, técnico ou instrutor.
O ariano também se adapta bem a atividades ligadas à organização de grupos, como partidos políticos. Em geral, é um bom propagandista de idéias e lidera pessoas com prazer e firmeza. Em posição subordinada, o ariano mete-se facilmente em encrenca, porque faz qualquer coisa para subir. Não é um colega de fácil convivência. Por tudo isso, é melhor que esteja no comando ou que trabalhe sozinho. Nunca se deve confiar a contabilidade a um ariano, pois ele é um péssimo administrador. O dinheiro passa pelas suas mãos, mas não fica. Desorganizado e distraído, precisa de alguém que evite sua ruína. Não é um megalomaníaco, mas não tem paciência em relação a nada, muito menos em questões de dinheiro.
Entre as profissões mais modernas, o ariano pode se realizar como diretor de cinema ou de televisão. Esse.é um tipo de trabalho gratificante, principalmente porque permite que ele faça tudo sozinho, desde a redação cio roteiro até a escolha dos atores e colaboradores. Apenas um porém: que o produtor não tente interferir, porque, se o fizer, o ariano se retirará imediatamente, não sem antes semear a discórdia entre os que ficam.

ÁRIES e o amor

Nascidos para o amor, os arianos dificilmente conseguem ser fiéis, porque estão sujeitos a amores à primeira vista e a violentas paixões. No entanto, eles se casam, pois não suportam a solidão e têm de satisfazer o permanente desejo sexual que nunca os deixa em paz. Embora a grande energia do ariano o leve a querer dominar no campo profissional, e sua ambição faça com que dê tudo de si pela carreira, dificilmente ele se descuida do amor e do sexo.
Nenhum outro signo é tão contraditório: o ariano é extremamente romântico e, ao mesmo tempo, ansioso por satisfazer todo e qualquer impulso sexual.
O nativo de Áries ama o amor: é possessivo e ciumento, porque, a seu modo, ama todas as suas conquistas. Sexualmente, manifesta sua impuisividade e sua instintividade. Quando inicia uma nova relação, torna-se um hábil e perigoso sedutor. Embora também no amor goste de mandar, não tem muitos problemas em aceitar a sujeição se a pessoa amada for mais firme em suas iniciativas, pois suporta tudo, menos o tédio. Para se ter sucesso com um ariano, deve-se estimular sua fantasia. E para não ter que suportar seus extremismos, deve-se recorrer a alguns truques, sempre dando a impressão de que se está fazendo o que ele quer. Entretanto, é importante não abusar demais da paciência do ariano. Pode-se brincar, mas nunca puxar demais a corda.
Para quem ama um ariano não é aconselhável demonstrar muito ciúme e, quando se tolera, é bom fazer com que ele conte todas as suas aventuras. Dessa maneira, ele realiza o seu exibicionismo e fica em paz. A seu modo, o nativo de Áries é fiel. Pode ter paixões, mas quando tiver que escolher alguém, vai f icar com uma pessoa que já aprovou, com a qual sente que poderá construir uma relação sólida. Ciente de suas tendências infiéis, o ariano geralmente também está disposto a fechar os olhos para as eventuais escapadas da pessoa amada.
Um casamento desse tipo é ideal para o nativo de Áries, que de outro modo é levado a trair às escondidas. Se, depois das inevitáveis crises e discussões que todo casal tem, a outra pessoa conseguir conviver com o difícil temperamento do ariano, encontrará nele um bom amigo. Isso vai acontecer, evidentemente, na segunda fase do casamento, quando este intempestivo representante do elemento Fogo tiver amadurecido e acalmado os exuberantes ímpetos da juventude.

O amor de ÁRIES com...

 

Áries União difícil, mas não impossível. Ambos querem mandar, ambos acham que têm razão. Se a mulher quer se realizar na maternidade, encontrará no ariano um homem afetuoso, que tornará suportável a sua submissão.
Touro É o encontro do destino - o ariano enérgico, o taurino jovial. Eles encontram, um no outro, aquilo que faltava para melhorar a vida. O Touro, lento e preguiçoso, será empurrado pela exuberãncia de Áries.
Gêmeos União possível, mas não segura. Os dois costumam ser infiéis. Se o ariano se limitar a querer mandar e o geminiano a refrear a impetuosidade do companheiro, a colaboração pode ser proveitosa, sobretudo no campo profissional.
Câncer Esta união pode dar certo, pois a pessoa de câncer geralmente não se importa em se submeter a um companheiro de temperamento forte. A união pode formar uma família numerosa, com uma vida muito harmônica.
Leão Embora ambos gostem de dominar, a união pode ser positiva se o ariano se contentar em não brilhar, deixando o leonino se realizar em seu exibicionismo. Este vai recompensar o fogoso companheiro com todo o seu ardor.
Virgem Este encontro sódá certo em atividades comerciais. O virginiano realiza seu desejo de ordem, e Áries seus impulsos de domínio. No amor, algumas vezes pode dar certo se o homem for o ariano.
Libra União ideal, inclusive do ponto de vista sexual. O ariano fica fascinado pela doçura da Balança, que, por sua vez, encontra nele o apoio e a segurança que contrabalançam sua indecisão.
Escorpião No início, o encontro entre estes dois signos pode ser passional e estimulante. Mas a atração física e a ilusão de ter achado o grande amor se extinguirão quandoo ciúmede Escorpião começar a aborrecer o ariano.
Sagitário A união pode ser ideal se ambos forem pessoas evoluídas. Ambos são impulsivo se podem manter sua privacidade sem entrar em conflito, já que os dois gostam de ser livres e de dar liberdade.
Capricórnio O capricorniano é muito intransigente, o ariano muito impulsivo, podem se dar bem sexualmente ou quando compartilham das mesmas ambições. Em outros casos, a relação é geralmente muito conflitiva.
Aquário O aquariano tem sonhos utópicos e fantásticos, enquanto o ariano deseja o poder e muitos amores. A união é incompatível, a menos que um dos dois deixe de ter sua própria vida e renuncie a seus desejos.
Peixes A união é positiva no início - o nativo de Peixes, etéreo e doce, transformará a impaciência passional do ariano em romantismo sublime. Mas, logo depois, o pisciano nao vai aturar mais a agressividade de Áries.

ÁRIES com ascendente em...

 

Áries O ascendente no próprio signo solar acentua as qualidades e os defeitos do nativo. Neste caso, aumenta a ambição, a sede de poder, a impulsividade e a energia típicas dos arianos. Para se conhecer melhor as características deste ariano duplo, é preciso saber a posição de Marte, seu planeta regente. Se bem posicionado, temos o ariano superior. Caso contrário, um ariano inferior.
Touro O componente taurino dá ao ariano mais força de vontade e fidelidade aos objetivos estabelecidos. No amor, o nativo do signo torna-se mais estável e realiza-se no casamento. Tem grande desejo de segurança econômica, principalmente para dar proteção à família. Por outro lado, pode haver uma ligeira tendência à preguiça, o que equilibra o excesso de energia do ariano.
Gêmeos Esta combinação pode produzir personalidades excepcionais. O caráter impetuoso e enérgico do ariano, canalizado pela inteligência do geminiano, torna o nativo capaz de alcançar postos de prestígio e de comando. No entanto, isso pode relegar a segundo plano a vida pessoal e familiar, principalmente porque este ascendente acentua a falta de constância afetiva.
Câncer O ascendente Câncer pode trazer complicações para o ariano, principalmente se for homem, pois ele tenderá a ser doentiamente apegado à mãe. A ariana, ao contrário, pode se realizar no casamento e na maternidade. O entusiasmo típico do ariano será esfriado por Cãncer, dando como resultado um temperamento mais sensível e astuto, embora um pouco melancólico.
Leão Esta é uma combinação que dirige fatalmente o indivíduo para o comando, nela há ambição, exibicionismo, energia, ciúme, agressividade, persistência, força de vontade e coragem. Mas como é uma combinação muito forte, o nativo deve ter cuidado com os excessos, para não se tornar uma pesoa insuportável ou solitária. Seu companheiro ideal deve ter Vênus numa posição forte.
Virgem O componente virginiano é muito positivo para o impulsivo ariano, que se torna, assim, mais equilibrado, mais construtivo, mais racional e menos agressivo. A combinação é positiva também para a vida profissional, pois junta a energia ariana e o senso de oportunidade virginiano. Na vida afetiva, este ascendente dá mais estabilidade, fidelidade e coerência.
Libra O fogoso temperamento ariano é moderado pelo caráter aéreo do nativo de Balança. Embora a pessoa continue tendo predisposição para mandar, seus impulsos serão mais sutis. No aspecto sentimental, a busca do prazer e a insegurança levam a muitas experiências, que são vividas como pequenos grandes amores, temperados de uma forte atração sexual. Este ascendente torna o ariano uma pessoa mais fiel.
Escorpião Um regido por Marte, deus da guerra; o outro regido por Plutão, deus dos infernos - uma combinação explosiva, ótima para o trabalho, mas geradora de um temperamento insuportável. Gosta de mandar, mas como "poder oculto", como quem manobra f ios invisíveis. No amor, tem tendência à monogamia e às relações estáveis, mas é excessivamente possessivo e ciumento.
Sagitário Ambos pertencem ao elemento Fogo. Áries é energia pura; Sagitário, misticismo e criação. juntos, costumam produzir personalidades excepcionais. São exuberantes e extrovertidos, alegres, inteligentes e imaginativos. No amor, este ariano é um verdadeiro apaixonado, mas suas paixões não são pesadas ou doentias. Como bom amante da liberdade, evitará relações que o prendam.
Capricórnio É uma boa combinação, pois Capricórnio dá ao ariano mais constância e senso prático. No entanto, a personalidade deste nativo tende a ser mais conflitiva, porque tudo acontece devagar, situação que o ariano não suporta muito. No amor, a tendência à infidelidade é diminuída, e surge um grande interesse pela vida doméstica. As paixões são contidas e racionalizadas.
Aquário Da união destes dois signos pode surgir uma personalidade fascinante, original e eclética. Infelizmente, corre-se o risco de desperdiçar toda essa energia se ela for usada apenas para se auto-satisfazer. Este nativo ama à liberdade e, por isso, procurará nas suas paixões apenas uma grande dose de amizade, pois, de tempo em tempo, precisa se sentir independente.
Peixes Esta combinação enfrenta dois planetas muito diferentes, Marte e Netuno, produzindo indivíduos interessantes, mas cheios de conflitos existenciais. Se o componente ariano prevalecer, ele vai se realizar profissionalmente. Mas se Peixes for mais forte, a falta de senso prático pode prejudicar as coisas. No plano afetivo, o prazer prevalece em amores ocultos ou dissimulados.

 

1
Posição no Zodíaco: de 00 a 30 graus.
Elemento: fogo.
Temperamento: colérico.
Simbolismo: primeira casa do zodíaco, representa a personalidadedo indivíduo em suas formas primordiais. É a sede da vida instintiva e dos impulsos incontrolados. Simboliza também o nascimento e o primeiro contato com o mundo circundante, que sempre é violento e, de certo modo, traumatizante para a personalidade.
Personalidade: impulsivo, imprudente, de uma sinceridade que chega a ser brutal e inoportuna, o nativo do signo tem uma personalidade passional e volúvel. De sentimentos rápidos e intensos, enfrenta tudo na vida e não conhece a palavra medo. É um lutador tenaz e violento. Ama a independência, mas dentro de certos limites, especialmente no que se refere à segurança afetiva.
Clima favorável: frio, com chuva e vento.
A evitar: o calor úmido e a baixa pressão atmosférica.
Animais: lobo, galo, raia-grande.
Plantas e flores: arbustos espinhosos, azevinheiro, giesta.
Pedra: jaspe verde.
Perfume: lavanda.
Metal: ferro.
Cor: vermelho.
Dia de sorte: terça-feira, número de sorte: 8.


Publicado por Paula Valentina às 02:17
Link do post | Comentar | Adicionar aos favoritos

Segunda-feira, 13 de Agosto de 2007
Ascendente...
Ascendentes também têm influência. E outros aspectos. Na verdade, a tua carta astral tem um signo que acaba por te definir também.

Eu dou o meu exemplo (revelando o meu signo ao Papagueno):

Sou balança. Como tal eu seria diplomático, extrovertido, etc. Coisa que não sou na realidade. O meu ascendente é Escorpião que me torna mais introvertido e mais intenso. Coisa que até sou. O signo da minha carta astral (isto vê-se através de que planetas fazem aspectos mais íntimos com o ascendente, etc...) é escorpião, aumentando a minha introversão.

Na prática, o ascendente define mais ou menos as tuas primeiras reacções às coisas e a forma como tu ages no teu ambiente. O signo apenas indica as impressões que transmites aos outros e a forma como o teu ascendente é canalizado.

Exemplo, again: Eu. Signo balança, ascendente escorpião. Sou intenso e introvertido à primeira vista, mas sou diplomático a tratar-me com os outros. Com o tempo torno-me mais extrovertido.

Espero ter explicado mais ou menos...

Podes nem te identificares com o teu signo porque deves ter um ascendente mais forte.
 


Publicado por Paula Valentina às 02:16
Link do post | Comentar | Adicionar aos favoritos

Tabela de Vénus

Quando o Sol entrar em Libra, no dia 22 de setembro, em pleno Equinócio de Primavera, começa a regência de VÊNUS, o planeta brilhante, que revela nossos afetos, gostos, valores e preferências. Ele também descreve a habilidade em seduzir, conquistar, ser amado. Descubra onde está Vênus no seu mapa astrológico e aproveite todos os prazeres que ele traz

No mapa das mulheres, Vênus representa como elas se vêem, sua auto-imagem. Para os homens, o tipo de mulher pelo qual eles se sentem atraídos

A primavera está chegando e com ela a beleza das flores e os perfumes da natureza. Seu início é marcado pelo Equinócio de Primavera, quando o Sol entra em Libra, em 22 de setembro, às 19h11. Libra e a primavera são regidas por Vênus, o planeta brilhante, que atrai nossos olhos com sua beleza e representa nossos desejos e a capacidade que temos de atraí-los para nós, sejam eles pessoas, objetos ou situações. Ele nos “conta” sobre nossos afetos, gostos, valores e preferências, descreve nossa habilidade em seduzir, conquistar, agradar e ser amado, atraindo união, harmonia e bem-estar para nossas vidas.

Vênus, na mitologia romana, ou Afrodite, na grega, é uma das principais deusas do panteão, filha do sêmen de seu pai, Uranus, caído no mar. Ela é, portanto, filha do céu e do mar – não é lindo? Seu nome em grego significa espuma ou “a que surge das ondas do mar”, e vai promovendo o desabrochar de tudo por onde passa. Na mitologia afro-brasileira, Afrodite é a nossa querida Iemanjá.

Vênus rege os signos de Touro e Libra. Em Libra, simboliza o desejo por relacionamentos, parcerias, associações e casamentos, representa o princípio de justiça, de paz e harmonia, de equilíbrio e proporção, tão indispensáveis ao cultivo da paz, da arte, da beleza e da diplomacia.

Como regente de Touro, o signo das posses, valores e bens de todo tipo, simboliza o desejo de obter segurança material, visando a sustentar seus desejos, proporcionar conforto e bem-estar, satisfazer seus caprichos, explorando ao máximo o prazer que os sentidos podem proporcionar.

No mapa astrológico de cada um de nós, o signo em que Vênus se encontra descreve nossa auto-estima e com quais valores exercemos nosso poder de atração nos relacionamentos, situações e prazeres em geral. No mapa das mulheres, representa a auto-imagem feminina, e no masculino, o perfil de mulher que atrai os homens. Veja as características de Vênus no seu mapa, localizando na tabela de previsões o ano e o período que abrange o seu nascimento e conferindo em que signo ele estava naquele momento.

 VÊNUS EM ÁRIES
Seus desejos giram sempre em torno da expressão por uma identidade própria. Sua natureza criativa, independente, dotada de ousadia e competitividade vai ajudá-lo a atrair vantagens e benefícios pessoais. Você gosta de enfrentar desafios e tomar iniciativas. Nos relacionamentos, busca satisfação própria, expõe seu lado erótico, ardente e entusiasta, valoriza sua autonomia e liberdade de ação, e possui muita coragem e espontaneidade para defender aquilo que deseja. Mas deve dominar a impulsividade e impaciência para que seu egocentrismo não atropele as outras pessoas.
 VÊNUS EM TOURO
Regido por Vênus, Touro sabe muito bem o real valor das coisas e das pessoas, e vai acentuar o desejo por situações e relacionamentos que lhe tragam prazer, ofereçam estabilidade e segurança material. Você busca qualidade em tudo que deseja e faz, gosta de viver com conforto, beleza e prazeres sensoriais bem atendidos. Aprecia as artes, a beleza, a terra, a natureza e tem senso estético diferenciado. Conservador nos valores, é muito afetuoso, charmoso, sensual e atraente, mas tende a não enfrentar desafios e deve equilibrar sua tendência à acomodação para que não atrase suas conquistas.
 VÊNUS EM GÊMEOS
Vênus em Gêmeos deseja viver situações e relacionamentos onde possa trocar impressões e conhecimento. Você é falante e atrai com as palavras, pois sabe elogiar, seduzir e argumentar, além de possuir uma linda voz e um jeito bonito de falar, contar histórias, cantar e recitar. Agitado, adaptável, versátil e curioso, você é mentalmente muito ativo, gosta de conviver com diversidade de assuntos, espaços e pessoas, de se movimentar constantemente. Por isso, as relações afetivas são um campo muito desafiante para exercitar sua tendência a ser volúvel, inconstante, instável e até superficial.
 VÊNUS EM CÂNCER
Com grande sensibilidade para perceber circunstâncias e pessoas, Vênus aqui valoriza situações e relacionamentos nos quais possa se sentir seguro e amado. É conservador, ligado ao passado, às lembranças e às origens, o que acentua seu jeito para se devotar, ser indulgente, cuidar e proteger pessoas, preferindo sempre as mais familiares. Possui muita imaginação, é sonhador e romântico. Necessita da segurança, do aconchego e da intimidade do lar, que o protegem das adversidades do mundo externo. Mas deve cuidar-se para que a vida pessoal não prejudique a vida profissional.

 VÊNUS EM LEÃO
Leão reforça a capacidade expressiva, a espontaneidade e a auto-estima. Vênus neste signo denota independência, exuberância, sensualidade e magnetismo para ser o centro das atenções, pois gosta de se sentir especial, doar seu coração para o mundo e receber aplausos. Possui criatividade, postura e talento dramáticos, com tendência ao orgulho e ao exibicionismo. Não gosta de mediocridade e valoriza a fidelidade. Adora se divertir, curtir a vida, seus jogos e prazeres. Nos afetos, tem forte poder de sedução e autoridade, mas sabe, ao mesmo tempo, ser generoso, benevolente e protetor com quem ama.

 VÊNUS EM VIRGEM
Virgem representa a própria natureza com sua pureza e perfeição. Por isso, se expressa de modo discreto e tímido, possui hábitos e maneiras recatadas, prefere viver a vida de modo simples e despojado e, muitas vezes, demonstra melhor os seus afetos através do serviço e de favores prestados aos que ama. É muito exigente, disciplinado e racional, mesmo com os sentimentos. Preza a sinceridade e se coloca de forma humilde, precisando quase sempre desenvolver a auto-estima para não prejudicar a vida amorosa. Por isso, deve estar atento ao excesso de crítica, autocrítica e perfeccionismo.
 VÊNUS EM LIBRA
Libra busca harmonia em tudo que deseja e faz, aprecia o conforto e os prazeres em geral e procura viver cercado de beleza. É voltado aos relacionamentos, pois eles auxiliam na busca de sua identidade. Funciona muito melhor em parceria, é muito receptivo, ótimo ouvinte, sempre compreensivo e companheiro. Vênus acentua o gosto pela arte, pela estética, pela proporção, ritmo e forma. Valoriza a justiça, sempre evitando disputas e confrontos. Possui charme, refinamento, sedução, amabilidade e boa aparência naturais. Atente para sua indecisão e tendência a não se comprometer.


 VÊNUS EM ESCORPIÃO
Signo de emoções profundas, Vênus em Escorpião valoriza a intensidade, acentua o magnetismo pessoal e a busca por controle e poder nas situações e nos relacionamentos. Quando apaixonado, entrega-se inteiramente, demonstra fidelidade e seriedade. Mas, se sentir qualquer ameaça ou possibilidade de traição, torna-se vingativo e implacável. Apesar de não admitir nem demonstrar, é ciumento e possessivo. É muito sedutor e possui fortes e explícitos desejos sexuais, que podem torná-lo muito dominador. Deve atentar para o excesso de autoridade e autoritarismo em geral.
 VÊNUS EM SAGITÁRIO
Vênus aqui possui talento especial para atrair sorte, prestígio e prosperidade. Por isso, tem tendência à extravagância e a exagerar na auto-indulgência, que pode levá -lo a ter que controlar apetites em geral. Possui inclinações filosóficas e intelectuais, deseja sempre ampliar seus horizontes e questiona muito a natureza humana e o significado da vida. Por isso, valoriza atividades e relações que possam lhe oferecer troca e interlocução desses ideais. Seu gosto pela aventura pode ser um desafio quando encontra um verdadeiro amor, pois sua natureza volúvel pode vir a desperdiçá-lo.
 VÊNUS EM CAPRICÓRNIO
Vênus aqui valoriza a qualidade, a segurança e a estabilidade em qualquer situação ou relacionamento. Para alcançar o que deseja, aprendeu a lidar bem com limites, é paciente, persistente, realista, pragmático e determinado. Freqüentemente precisa melhorar sua auto-estima e o tempo pode amolecer sua natureza cautelosa e reservada, que esconde o medo de se ferir e se desestruturar para outras áreas da vida. Acredita que o amor cresce e amadurece com o tempo, com a convivência e com a experiência. Por isso, não deve exagerar nas exigências, sob pena de atrasar ou até impedir suas chances de ser feliz.
 VÊNUS EM AQUÁRIO
Prefere situações nas quais possa exibir sua superioridade intelectual, criatividade e intuição, sentir-se diferente e destacar-se dos demais. Aparenta ser impessoal e desapegado nas questões sentimentais, mas possui natureza fraterna e confidente. É inovador e inventivo, dado a mudanças repentinas, à rebeldia, indisciplina e transgressão a regras e limites. Por isso, procura manter-se independente e se defende de ciúmes, casamentos ou relações íntimas que possam ameaçar sua liberdade. Voltado para o futuro, tem certa dificuldade de lidar com o aqui e agora, além de muita ansiedade.

 VÊNUS EM PEIXES
O signo do amor universal acentua as qualidades venusianas e confere uma natureza compassiva e romântica, permeável às relações em geral. Com temperamento suave, gentil e benevolente, são também grandes amantes, ardentes quando apaixonados. Tem refinado senso estético, talento artístico, sensibilidade a cores, perfumes, imagens que se expressam bem através de todas as formas de arte, incluindo a música e a fotografia.

Aqueles com Vênus em Escorpião gostam de emoções profundas. Em Peixes, signo do amor universal, traz refinado senso estético





QUEM COMBINA COM QUEM

Signos de Fogo - Áries, Leão e Sagitário combinam melhor com os de Ar
Signos de Terra
- Touro, Virgem e Capricórnio, com os de Água Signos de Ar - Gêmeos, Libra e Aquário, com os de Fogo
Signos de Água - Câncer, Escorpião


CIÇA BUENO
Astróloga de QUEM, ela atua profissionalmente em astrologia e numerologia desde 1990 por intermédio de consultas, palestras e cursos, com especialização em astrologia individual, vocacional, de relacionamento, numerologia individual e empresarial.














Publicado por Paula Valentina às 02:08
Link do post | Comentar | Adicionar aos favoritos

OS SIGNOS ZODIACAIS

 

 

 

 

N.º

Símbolo

Nome

É oposto a:

1

P

Carneiro

Balança

2

Q

Touro

Escorpião

3

R

Gémeos

Sagitário

4

S

Caranguejo

Capricórnio

5

T

Leão

Aquário

6

U

Virgem

Peixes

7

V

Balança

Carneiro

8

W

Escorpião

Touro

9

X

Sagitário

Gémeos

10

Y

Capricórnio

Caranguejo

11

Z

Aquário

Leão

12

a

Peixes

Virgem

 

PLANETAS REGENTES E CO-REGENTES

 

Símbolo

Nome

Signo que rege

A

Sol

Leão T

K

Lua

Caranguejo S

B

Mercúrio

Gémeos R e Virgem U

C

Vénus

Touro Q e Balança V

E

Marte

Carneiro P e Escorpião W

F

Júpiter

Sagitário X

G

Saturno

Capricórnio Y

Urano

Aquário Z

I

Neptuno

Peixes a

J

Plutão

Escorpião W

 

OS ASPECTOS OU CONFIGURAÇÕES

 

Símbolo

Nome

Nº de Graus

Conjunção

0

􀂽

Sextil

60

􀂅

Quadratura

90

􀁕

Trígono

120

8

Oposição

180

P

Paralelo

1 e ½ declinação

 

CLASSIFICAÇÃO DOS SIGNOS

Por natureza:

SIGNOS CARDEAIS

SIGNOS FIXOS

SIGNOS COMUNS

1. Carneiro P

2. Touro Q

3. Gémeos R

4. Caranguejo S

5. Leão T

6. Virgem U

7. Balança V

8. Escorpião W

9. Sagitário X

10. Capricórnio Y

11. Aquário Z

12. Peixes a

Por elemento

SIGNOS DE FOGO

SIGNOS DE TERRA

SIGNOS DE AR

SIGNOS DE ÁGUA

1. Carneiro P

2. Touro Q

3. Gémeos R

4. Caranguejo S

5. Leão T

6. Virgem U

7. Balança V

8. Escorpião W

9. Sagitário X

10.Capricórnio Y

11. Aquário Z

12. Peixes a

CASAS

1ª Casa – Forma e condições do corpo, ambiente e lar da infância

2ª Casa – Finanças

3ª Casa – Literatura, artesanato, inteligência prática, viagens curtas, irmãos e irmãs

4ª Casa – Lar, condições na velhice

5ª Casa – Divertimento, namoros, filhos, especulações

6ª Casa – Saúde, empregados e trabalho

7ª Casa – Sociedades, matrimónio, belas-artes e público

8ª Casa – Heranças e morte

9ª Casa – Religião, filantropia, idealismo, justiça, e viagens longas

10ª Casa – Profissão, posição social, e ambição

11ª Casa – Amigos, esperanças e desejos

12ª Casa – Prisões, hospitais, sofrimentos e dificuldades

PALAVRAS-CHAVES

TABELA DE PALAVRAS-CHAVE PARA OS SIGNOS

Nota: Usemos as iniciais "PB" para as palavras-chave básicas; "QP" para as palavras-chave de qualidades positivas; e "QN" para as palavras-chave das qualidades negativas:

CARNEIRO

PB - Egocentrismo, iniciativa, vanguardista.

QP - Coragem, iniciativa.

QN - Obstinação, teimosia, temperamental.

TOURO

34

PB - Persistência e harmonia.

QP - Paciência, perfeição.

QN - Argumentador, teimoso.

GÉMEOS

PB - Intelectualidade, habilidade literária.

QP - Versatilidade.

QN - Inconstância, superficialidade.

CARANGUEJO

PB - Amor ao Lar.

QP - Simpatia, tenacidade.

QN - Retraimento, timidez.

LEÃO

PB - Vitalidade, afecto.

QP - Nobreza, lealdade, aptidão para líder.

QN - Arrogância, crueldade, vaidade.

VIRGEM

PB - Serviço, aptidões mentais.

QP - Pureza, discernimento, higiene.

QN - Crítica, introspecção.

BALANÇA

PB - Capacidade de entrosamento e para associar-se, arte.

QP - Equilíbrio, justiça.

QN - Indecisão, carência e equilíbrio.

ESCORPIÃO

PB - Sexo, cura, forças secretas da natureza, assuntos militares.

QP - Regeneração, coragem.

QN - Discórdia, paixão.

SAGITÁRIO

PB - Aspiração, filosofia, religião.

QP - Idealismo, filantropia.

QN - Dogmatismo, fanatismo, intolerância.

CAPRICÓRNIO

PB - Posição, honras, ambição.

QP - Autoridade, organização, justiça.

QN - Orgulho, receio, pessimismo.

AQUÁRIO

PB - Humanitarismo, fraternidade universal, métodos científicos.

QP - Cooperação, diplomacia, progresso.

QN - Dado ao impraticável.

PEIXES

5

PB - Unidade, destino maduro, sensitivo ao supra-físico.

QP - Compaixão, inspiração, misticismo.

QN - Sonhador, psíquico, aflição.

PALAVRAS-CHAVE DOS ASTROS

SOL

PB - Individualidade, vitalidade, ambições, autoridade, homens.

QP - Generosidade, dignidade.

QN - Preguiça, despotismo.

LUA

PB - Personalidade, imaginação, fecundidade, mudanças, mulheres.

QP - Magnetismo.

QN - Sonhador, visionário, vacilante.

MERCÚRIO

PB - Razão, oratória, redacção.

QP - Vivacidade engenhosa, sagacidade, agilidade.

QN - Inquietação, demagogia, desonestidade.

VÉNUS

PB - Atracção, amor, actividades sociais, estética.

QP - Habilidade artística, harmonia.

QN - Preguiça, sensualidade, desalinho.

MARTE

PB - Energia dinâmica.

QP - Espírito construtivo e empreendedor.

QN - Destrutividade, irascível, brusco, conflitos.

JÚPITER

PB - Expansão, inventiva, optimismo, lei.

QP - Benevolência, descortínio, êxito, popularidade.

QN - Extravagância, indolência, confiança excessiva,

SATURNO

PB - Concentração, persistência, prudência, ordem.

QP - Fidelidade, análise, disciplina.

QN - Cristalização, obstrução, avareza, temor, limitação.

URANO

PB - Altruísmo, intuição, originalidade, acção repentina.

QP - Inventiva, independência.

QN - Excentricidade, irresponsabilidade.

NEPTUNO

PB - Entidades suprafísicas, divindade, ocultismo.

QP - Inspiração, espiritualidade.

QN - Ilusão, fraude, mediunidade.

6

PLUTÃO:

PB – transmutação, regeneração

QP – Organização, profundidade, justiça

QN – Despotismo, anarquia, desintegração

SIGNOS/PARTES DO CORPO

Carneiro…………………… Cabeça

Touro……………………… Cerebelo e pescoço

Gémeos…………………… Braços e pulmões

Caranguejo………………. Estômago

Leão……………………… Coração e coluna vertebral

Virgem …………………… Intestinos

Balança…………………… Rins

Escorpião…………………. Órgãos genitais e recto

Sagitário………………….. Quadris e coxas

Capricórnio………………. Joelhos

Aquário…………………… Tornozelos

Peixes…………………….. Pés

ELEMENTOS

DECLINAÇÕES dos PLANETAS

ASPECTOS

Conjunção

Sextil

Qudratura

Trigono

Oposição

Paralelo

Sol

cardeais

Venus

fixos

Mercúrio

comuns

Lua

fogo

Saturno

terra

Júpiter

ar

Marte

água

Urano

dignificado

Neptuno

exaltado

Plutão

detrimento

Nodo norte

queda

Nodo sul

angular

Ascendente

ASC

Grau crítico

Meio do céu

MC

regente

Roda da fortuna

7

:



Publicado por Paula Valentina às 02:00
Link do post | Comentar | Adicionar aos favoritos

Vénus nos Signos:
Vênus nos Signos
:: Graziella Marraccini ::


Vênus, segundo a astrologia, rege o sistema da sensualidade e da atração feminina, e, no nosso corpo físico, é responsável pelos ovários (juntamente com a Lua), o útero e pelos seios. Ele rege também o sentido do tato, a circulação venosa, a garganta, os cabelos, a boca e a pele do rosto.

Para melhor compreender como você expressa o amor e que tipo de prazer você busca, faça o
teste interativo do Mapa Astral e veja onde se encontra o Símbolo de Vênus .

VÊNUS EM ÁRIES: Quem possui Vênus nesse signo do zodíaco é ardente e impulsivo, podendo se apaixonar e desapaixonar de maneira quase instantânea! Sabe aquele “fogo de palha’? Bem esse é o amor ariano. As paixões súbitas dos arianos não duram muito, pois numa relação, a conquista é a parte mais estimulante para eles. Depois, quando o fogo da paixão começa a diminuir, eles podem perder o interesse. Quem tem Vênus em Áries, quando se interessa por alguém quer ‘sexo já’, no primeiro encontro! Incapaz de esperar, não dá muitas voltas para dizer o que quer: vai direto ao assunto, de maneira franca e aberta, sem rodeios. È pegar o largar! Quem se relaciona intimamente com um alguém que tem essa característica astrológica não pode se queixar de falta de sexo (e do bom), mas é muito difícil manter a chama acesa durante muito tempo; portanto, num relacionamento de longo prazo é necessário contar sempre com algo novo e excitante. O amor ariano é inspirado principalmente por Eros e este Deus é caprichoso e inconstante!

VÊNUS EM TOURO: Quem possui Vênus neste signo alia o prazer e o conforto ao amor e aos sentimentos. Procura um amor seguro, de longo prazo, que seja aliado a um plano de vida comum. Naturalmente fiel, quem possui Vênus neste signo, além da amabilidade e da sensualidade, expressa seu amor proporcionando conforto e segurança e necessita de demonstrações constantes de fidelidade. Essa necessidade de segurança pode torná-lo excessivamente ciumento e possessivo e por essa razão, quem possui Vênus em Touro costuma controlar cada passo do ser amado, não suportando ‘não saber’ onde o ouro está! Quem possui Vênus em Touro é usualmente bonito, atraente, gosta de se vestir bem, com conforto e luxo. Quem possui essa Vênus aprecia o luxo e pode gastar muito com seus cuidados pessoais, podendo até exceder no luxo para ostentar suas posses. O amor taurino é um amor de Terra, portanto inspirado por Pragma: bem ‘pé no chão’, mas caloroso e sensual.

VÊNUS EM GÊMEOS: Quem possui Vênus em Gêmeos precisa de estimulo intelectual para se expressar num relacionamento. Expressa seu amor de forma raciocinada, e explica constantemente aquilo que sente. Quem possui essa Vênus adora conversar com seu parceiro manifestando curiosidade sobre emoções e sentimentos alheios. O amor geminiano é ‘pensada’, racional, mas não por isso é menos intenso. Se ele sente necessidade de expressar aquilo que sente e o faz com muita sinceridade, diretamente e sem rodeios e quer a mesma sinceridade de seu parceiro. Tendo uma mente refinada e artística, a pessoa com essa característica perderá o estimulo se o parceiro for do tipo caseiro, possessivo, ou, pior ainda, grosseiro. O amor geminiano é inspirado por Ludo, portanto não pode haver rotina nem mesmo no ato sexual. O amor geminiano precisa ser leve e divertido e pode parecer muito superficial, por essa razão não é difícil encontrar geminianos envolvidos com dois parceiros ao mesmo tempo.

VÊNUS EM CÂNCER: Quem possui Vênus em Câncer é, antes de mais nada, um ‘cuidador’! Sonha com uma casa aconchegante, cheia de filhos, mesa posta, comida farta. Quem possui essa característica tem necessidade de se sentir amparado e procura sempre o conforto de seu lar, pois é naturalmente tímido e sentimental, apegado às lembranças do passado. As relações amorosas de quem possui essa Vênus não são muito fogosas, mas românticas, e podem proporcionar muito prazer quando estiverem envolvidos sentimentos sinceros. Existe certa carência afetiva (carência do útero materno) neste tipo de amor canceriano. Por causa disso, quem tem Vênus em Câncer nutre e cativa com pequenos cuidados maternais a pessoa amada, tornando-a dependente de seus cuidados. Porém, a sua fragilidade emocional exagerada pode causar estragos num relacionamento, especialmente quando o parceiro não perceber a fragilidade de seus sentimentos magoando-os, por exemplo, pulando preliminares e indo ‘direto ao ponto’ sem demonstrações de afeto ou envolvimento emocional.

VÊNUS EM LEÂO: Quem possui Vênus em Leão é sem dúvida muito ardente nas relações amorosas e precisa da admiração do seu parceiro para se sentir realmente amado. O seu afeto é sincero, leal e fiel, mas requer atenções sem limites, mimos e presentes que o façam sentir exclusivos e únicos. Essa Vênus de Fogo se inflama facilmente, mas também pode se apagar com a mesma rapidez se o outro não conseguir corresponder às altas expectativas. Quem possui essa Vênus sente atração pelo luxo e pelo belo, e se apaixona por pessoas que demonstram força e autoridade. Não podem amar sem admirar. Pode demonstrar uma vaidade exagerada e gostar demais dos prazeres mundanos, parecendo frívola e superficial. Exigente, irá se render somente àquele amor que se ajoelhar aos seus pés. Em compensação, dedicará um amor generoso, devotado e fiel; fará de tudo para oferecer o melhor de si ao seu parceiro, defendendo sua toca com unhas e dentes!

VÊNUS EM VIRGEM: Quem possui Vênus neste signo é prestativo e devotado e terá necessidade de relacionamentos estáveis e duradouros, onde a mútua compreensão e os pequenos cuidados diários são sinais de um amor racional e pragmático. A meu ver, a Vênus deste signo revela o amor mais pragmático de todos. Cheio de bom senso, raciocina e analisa cada gesto e cada palavra do parceiro e não se deixa encantar por arroubos de afeto que sabe serem fogo de palha. Cuida, alimenta, promove a segurança do parceiro e dele deseja fidelidade e sinceridade. Pode fazer qualquer sacrifício para melhorar a vida do casal, tendo prazer nas pequenas coisas do dia-a-dia. Seu afeto é sincero, mas pode parecer frio pela ausência de demonstrações passionais, mesmo se é capaz de se expressar nas pequenas coisas do cotidiano. Necessita de rituais nos momentos mais íntimos, mas não tolera exageros.

VÊNUS EM LIBRA: A característica principal das pessoas que possuem Vênus em Libra em seu Mapa é o amor incondicional pelo idílio da maneira mais clássica, como descrita na literatura do século 18! Amante da beleza e de qualquer demonstração artística, possui uma necessidade íntima instintiva que o impulsiona a procurar o par ideal nem que isso resulte numa busca eterna. Capaz de uma sedução sutil e diplomática, atrai aquilo que deseja, sem impor-se ao parceiro que escolheu. O amor deste signo deve ser esteticamente belo, doce e amável, cheio de pequenas atenções com o parceiro. Quem tem Vênus em Libra não gosta de arroubos fogosos ou de sexo sem preliminares mas tem necessidade de vivenciar um amor sofisticado e refinado, e adora receber aquelas atenções românticas que parecem tão fora de moda nos dias atuais. Muitas vezes, porém, cede aos caprichos do seu parceiro somente para não desagradar.

VÊNUS EM ESCORPIÃO: O amor de quem tem essa Vênus em seu mapa é o mais ‘caliente’ do zodíaco! Passional, visceral, fogoso, enfim, é o amor paixão por excelência. Arrebatador não conhece limites, nem na cama e nem fora! Ao se apaixonar, quem tem Vênus em Escorpião, requer absoluta dedicação de seu parceiro, já que sua paixão é tão profunda que não quer se arriscar a perder o objeto de seu desejo. Costuma controlar o parceiro com um ciúme doentio, ameaçando e espantando qualquer rival, mesmo que este exista somente em sua imaginação. A sua sensualidade irá se expressar de maneira tão intensa que poderá se exceder nos jogos eróticos mais proibidos. Para manter a chama desta Vênus sempre acesa será necessária muita imaginação, pois sem sexo não haverá relacionamento.

VÊNUS EM SAGITÁRIO: Quem possui Vênus em Sagitário está sempre em busca de algo novo para conquistar e manterá acesa a chama do relacionamento somente se o parceiro não se deixar conquistar muito facilmente! Como a aventura é o ponto forte desta Vênus, o amor precisará também ser uma aventura, com desafios, obstáculos e conquistas diárias. Esta Vênus detesta rotina e está sempre em busca de novas sensações, por essa razão o parceiro precisa ser interessante e cheio de recursos, físicos e intelectuais. O fogo que acende a paixão expressa nesta Vênus não se apagará se a vida dos dois for uma constante aventura, excitante e cheia de surpresa. O seu parceiro deverá se manter inatingível, e até distante, caso contrario, a paixão se esvairá tão rapidamente como quando iniciou. As viagens e as aventuras em comum servirão de estimulo para manter a fogueira acesa.

VÊNUS EM CAPRICÓRNIO: Quem possui Vênus em Capricórnio ama de forma pragmática, pensada e realista. Pouco romântico e avesso a expressões sentimentais, se expressa através de avaliações e comparações, administrando seus relacionamentos e avaliando riscos, danos e perdas. Quanto mais tempo permanecer numa relação, tanto melhor saberá demonstrar seu afeto, sem grandes efusões. Procurando um comprometimento sério, dentro dos moldes tradicionais, não hesita em investir no relacionamento, mas suas demonstrações de afeto visam sempre pautar a seriedade de suas intenções. Acreditando que as relações se constroem no dia-a-dia, não cria ilusões inúteis e é capaz de investir no longo prazo, visando estabilidade e comprometimento mutuo, sempre em vista de conquistar objetivos comuns. A pessoa com essa Vênus não cai sob as flechas de Cupido, mas prefere um amor pragmático e pratico, capaz de criar alicerces sólidos para o futuro, dentro dos moldes da família tradicional.

VÊNUS EM AQUÁRIO: Alguém que tem Vênus em Aquário acredita que o amor significa liberdade e amizade antes de mais nada. Sincera nos relacionamentos, acredita que quando se ama verdadeiramente alguém deve saber respeitar a individualidade, não demonstrando ciúme e nem possessividade, atitudes que ela despreza profundamente. A pessoa com essa Vênus pode amar alguém diferente, de outra classe social e até de outra cultura, ou até alguém do mesmo sexo, pois se sente estimulada ao desafiar o ‘status quo’, a sociedade tradicional. Rompendo com os padrões, busca amores difíceis e pouco convencionais, conseguindo amar à distância e até mesmo sem sexo! Não que ela não ame o sexo, mas procura intelectualizá-lo, racionalizá-lo, analisá-lo demais. Avessa aos arroubos das paixões, pode romper bruscamente os relacionamentos que procuram cercear sua liberdade. O amor aquariano é o amor de Philia, o amor ‘companheiro’.

VÊNUS EM PEIXES: Essa é a expressão de Vênus mais romântica e sonhadora do zodíaco. A pessoa que possui esta Vênus se envolve facilmente em paixões impossíveis e fadadas a causar dor e sofrimento! Quando se apaixona, se entrega totalmente, fundindo-se com o outro e colocando-se aos seus pés, anulando-se completamente. Idealizando demais o amor, pode sofrer decepções e frustrações assim que a rotina natural de uma relação duradoura se instalar: os sonhos se desfazem e o príncipe voltará a ser um sapo ao amanhecer! E dá-lhe decepção; dá-lhe sofrimento! Quem possui essa Vênus precisa dar vazão às suas fantasias que são mais sensuais que sexuais, ou seja, precisa de uma união completa com o outro e irá fugir dos relacionamentos passionais que visam somente a satisfação sexual. A anulação da personalidade no intuito de agradar o parceiro pode ser uma armadilha no longo prazo. Essa Vênus inspira o amor universal, com nossos semelhantes e com Deus, e Ágape é o Deus que o inspira.



Publicado por Paula Valentina às 01:04
Link do post | Comentar | Adicionar aos favoritos

Sexta-feira, 10 de Agosto de 2007
TEXTO SOBRE ASTROLOGIA PSICOLÓGICA

por Márcia Ferreira da Silva
 

Um breve histórico de como a astrologia caminhou durante os milênios até se chegar no que hoje se chama de Astrologia Psicológica:

Os registros sobre astrologia datam de 4.000 AC, ou seja, há mais de 6.000 anos, e este conhecimento partiu de uma observação dos eventos celestes em relação aos acontecimentos terrestres...

As civilizações naquela época eram essencialmente agrícolas e a observação dos fenômenos celestes se mostrou muito útil para prever, por ex., a melhor época para plantios, ou em que época haveriam enchentes, os eclipses por ex.  eram tidos como maus presságios, que determinada posição do planeta marte deflagrava guerras, e assim por diante...eles começaram a estabelecer essa relação de sincronicidade entre os eventos terrestres e celestes e percebiam que haviam ciclos e que muitas coisas se repetiam nesses ciclos...

Desde então a astrologia nunca deixou de existir seja no Egito e Grécia antigos, seja entre os gregos e romanos na virada de milenio,  entre os árabes da Antiguidade, depois na Europa na Idade Média, no Renascentismo onde tivemos todos aqueles expoentes que além de físicos e matemáticos também eram astrólogos: Copérnico, Nostradamus, Galileu Galiei, Kepler, Newton, só para citar alguns...e durante todos estes milênios ela teve seus altos e baixos, e continua presente até os dias de hoje.

Só que durante todos estes milênios,  a astrologia se apresentava de uma maneira mais preditiva, isto é, mais voltada para os acontecimentos externos, ( o que é  a grande diferença em relação a astrologia psicológica ) e é assim , desta maneira preditiva, como ela é popularmente mais conhecida até os dias de hoje também.

A partir do fim do século XIX, os estudos dos aspectos psicológicos do ser humano se intensificaram. Surgiu Freud no começo do século XX e, com ele, a descoberta do inconsciente. Os processos inconscientes da psique humana tornaram-se então conhecidos.

Carl Gustav Jung,  que foi um discípulo de Freud,  reconheceu o potencial da astrologia como uma ferramenta para se explorar a mente…ele mesmo afirmava que a astrologia teria muito a oferecer à psicologia. Ele entendia a astrologia como uma correlação de sincronicidade entre os fenomenos psicológicos e os eventos astrológicos.

Já a partir do século XX, mais precisamente a partir de 1930, a astrologia então começa  a ganhar um novo enfoque, que seria então, este enfoque com caráter mais psicológico:

Dane Rudhyar , que foi um psicólogo, astrólogo e filósofo americano, começou a reformular a astrologia moderna usando como base  a psicologia analítica de Jung.  Ele se focalizou principalmente na idéia de Jung de que a psique era o conjunto de forças opostas em equilíbrio e que deveriam evoluir  em direção a sua inteireza, um processo que Jung chamava de individuação, sobre o que falaremos mais um pouco adiante.

Rudhyar foi o primeiro a reconhecer como a astrologia e a psicologia humanista se completavam.  Descobriu que o o mapa, então, poderia ser usado como um instrumento para estudar o complexo mundo interior que os psicólogos humanistas, a qual grupo ele pertencia,  estavam começando a explorar. Também faziam parte deste grupo e desta visão, Alan Leo e Charles Carter, outros astrólogos e depois, mais recentemente, Liz Greene.

Já chegando então, nesta visão do Jung, e principalmente pela teoria dos arquétipos , (que foi uma contribuição dele também) , é que nós aqui do CEAP nos juntamos a este pensamento de entender a astrologia com este enfoque psicológico e arquetípico; e o que seriam arquétipos? arquétipos seriam padrões, matrizes, idéias arcaicas, que estão presentes na psique de todos os seres humanos e que são a matéria prima dos sonhos, das artes, dos mitos, de tudo o que é criado pelo homem, e são transmitidos pelo inconsciente coletivo. Independente da civilização e da época, estes símbolos permanecem.

O mapa astrológico é então desta maneira enfocado: como  um agrupamento de símbolos arquetípicos , que na linguagem astrológica são os planetas, signos, etc...e que para cada pessoa se dá uma configuração específica e que o astrólogo então irá traduzir, interpretar estes símbolos.

O mapa seria então um raio-x daquela personalidade, daquela configuração energética , assim como uma impressão digital, este é o enfoque que tentamos transmitir desde o 1º dia de  aula do curso básico do CEAP: por isso justamente o mapa se configurar como uma excelente ferramenta de psicodiagnóstico, uma ferramenta para se ter um diagnóstico psicológico muito profundo .

É um enfoque em relação à astrologia muito mais de dentro para fora do que de fora para dentro; eu brinco com meus alunos que não é que o planeta emitiu um raio e atingiu a pessoa e por isso que ela é assim, e sim porque esta configuração arquetípica estava presente naquele momento.

O princípio fundamental da astrologia é a máxima “assim em cima como em baixo”, ou seja, esta correlação entre o cosmos e um nascimento específico numa determinada hora e num determinado lugar. O cosmos estaria então espelhando a psique...não é uma relação causal, como é comum de se ver na ciencia, e sim de sincronicidade , do microcosmos contendo a informação do macrocosmos, de que há esta unicidade entre o que está indicado no céu e a personalidade em potencial; assim como em muitas descobertas recentes da física quantica, que  cada parte conteria o todo a nível de informação...da mesma maneira, para nós em astrologia, o microcosmos estaria contendo a informação do macrocosmos.

Gosto também de usar em aula para explicitar esta compreensão a frase de um guru oriental, Yogananda: “ a alma só desce à matéria quando existe harmonia matemática entre o cosmos e o karma individual”, ou seja, existe este momento e lugar específico para o nascimento de um ser.

E para completar então nossa visão em relação à astrologia psicológica, o mapa funciona então como o próprio nome diz, como um mapa, um roteiro para esta jornada desta alma, para esta vida; é como se no meio a um trajeto escuro tivéssemos então uma bússola e uma lanterna nos mostrando o caminho e a direção a tomar ( através da leitura do mapa).

Voltando então àquele enfoque mais tradicional e mais preditivo em relação à astrologia, uma previsão neste enfoque de astrologia psicológica , pode ser feita da mesma maneira, partindo-se do princípio de que o mais importante não é o incidente externo em si, e sim o seu significado; um determinado aspecto ou transito pode se manifestar de várias maneiras e mesmo sem sabermos exatamente qual será a manifestação física, podemos prever com bastante precisão a qualidade  e o significado daquele momento.

O mais importante não é a manifestação física que pode assumir várias roupagens, mas sim, o significado psíquico.

E ainda, voltando àquela colocação do Jung sobre o processo de individuação, que seria o indivíduo tornar-se si mesmo, e com a compreensão da psique como sendo um conjunto de forças psíquicas que deveriam caminhar em direção a uma inteireza que é o processo de individuação, o mapa sinalizaria esta jornada, o que pode ser extremamente útil quando se pretende uma revelação da alma humana.



Publicado por Paula Valentina às 23:22
Link do post | Comentar | Adicionar aos favoritos

Jung e a Astrologia

Karl Gustav Jung, psiquiatra suiço, nasceu em Kesswil em 1875 e morreu em Küsnacht em 1961. Na sua brilhante trajectória profissional destaca-se a sua colaboração com Sigmund Freud até 1913, altura em que se separaram pelas divergências existentes entre ambos.

Além de ter explorado uma nova dinâmica da psicanálise, Jung interessou-se também pela natureza espiritual do Homem e do seu lugar no Cosmo. Impressionaram-no provas sobre as chamadas ciências paranormais como a telepatia, clarividência, premonição etc, que a então incipiente parapsicologia começava a apresentar, contra a opinião de muitos. Como resultado de experiências pessoais na prática da psicanálise e trabalhos de laboratório, convenceu-se da realidade de tais fenómenos e reconheceu que, nenhuma teoria do Universo poderia ser válida, ou nenhum modelo cósmico útil, se não se tivessem em conta estes dados.

Na sua incansável busca Jung formulou a hipótese de que a causalidade não era o único princípio operante no Universo e o levou a realizar uma experiência polémica com casais.

Consistiu esta experiência em realizar um estudo estatístico de 500 casais, com cerca de 1000 horóscopos. Compararam-se cuidadosamente as cartas de cada indivíduo com as das esposas e com as de outros membros do grupo e, Jung estudou cada horóscopos dos casados e “não casados”, descobrindo relações interessantes entre eles, especialmente uma tendência muito significativa, no caso dos casados, em que a Lua da mulher estivesse em conjunção com o Sol do homem. Por várias razões, que implicam argumentos estatísticos bastante complexos, Jung não considerou a sua experiência conclusiva.

O interesse de Jung pela astrologia e a sua eventual crença na realidade desta como princípio, animou os astrólogos sérios a continuar os seus estudos e, a astrologia foi considerada com respeito e reconhecimento.

 

José Arjones Maiquez



Publicado por Paula Valentina às 23:08
Link do post | Comentar | Adicionar aos favoritos

Domingo, 5 de Agosto de 2007
CROWLEY, UMA HISTÓRIA NETUNIANA

Ilustração Aleister Crowley é possivelmente uma das figuras mais controvertidas deste século. Apesar do tempo, seu nome permanece e nos traz algo de mágico e dúbio. Se isto é devido à grande publicidade pelas suas experiências com o uso de opiáceos como meio de expansão da mente e de liberação do espírito, ou por seu componente mágico e personalidade misteriosa, ou por seu legado cósmico e intelectual, ou por todos esses, não sabemos. O que é certo é ser, hoje, Crowley (Edward Alexander Crowley – 1875-1947) um assunto aberto a debate obrigatório quando de qualquer referência séria ou pesquisa referente à magia. Nunca no limbo, sempre amado ou odiado, este grande místico ainda semeia discussões, energizando, de tempos em tempos, as artes, a literatura e a música entre outras manifestações místicas vinculadas a alma e ao inconsciente coletivo.

Crowley. Gênio? Bruxo? Um homem com a visão dos opiáceos como ponte para as mansões da alma? Exótico? Por onde iniciar seu retrato? Por sua notoriedade e destaque, vamos começar pela 10ª casa de seu Mapa. Aqui, confirmando nosso caminho, achamos o seu Netuno, que representa a genialidade, as ilusões, o nublado, bem como as visões psíquicas, a magia e as drogas.

Peixes, o signo associado a Netuno, esta na cúspide da nona casa de seu mapa, aonde está sua Lua. A maioria dos planetas colocados ao norte de seu mapa (abaixo do horizonte) confirmam seu caminho interno de desenvolvimento, a introspecção como veículo no caminho aos mestres ou mentores, retirando de dentro de si as forças e a espiritualidade necessária para enfrentar os problemas e as dificuldades. Também a predominância de seus planetas no lado do ascendente mostram-no forte, predisposto a tomar decisões baseado em sua vontade, em seus desejos, no momento necessário. sem vacilações. Sua Lilith faz da sua casa da criatividade um ponto mágico e carismático, fascinante. Mostra que aí foi o lugar em que saiu do convencional, criando novos hábitos e comportamentos, sem tabus, alterando o estabelecido, o que passou a ser uma constante em sua vida. Por isso, também nessa casa foi tão incompreendido, amado ou odiado; jamais a neutralidade. Aí ele atravessou o umbral para o conhecimento universal ou Registro Akashiko.

Tudo isso o ajudou a conquistar o desapego, usando sua força de magia de forma universal, sendo cada vez mais criativo, descobrindo mais e mais seus recursos e talentos, até a concepção do seu Tarô, publicado após sua morte.

O Pentagrama cm seu Mapa mostra a Ligação do seu espírito com os elementais - Silfos do Ar, Salamandras do Fogo, Qndinas da Água e Gnomos da Terra. Por isso o equilíbrio entre os componentes com esses elementos em seu Mapa Natal.

Crowley, criado por uma família protestante tradicional, foi ligado cedo a uma seita religiosa rígida que acreditava que seus ministros tinham o carisma, o toque de Deus, vivendo em comunhão direta com o Senhor. Nesse particular, a Lua de Crowley em Peixes mostra sua exposição a tais idéias numa idade muito jovem, em que seu senso religioso foi de encontro a magia e ao misticismo. Anos depois, em 1904, nos dias 8,9 e 10 de abril, recebeu por transmissão direta o comunicado das forças hierárquicas que governam a Terra. Crowley nessa mesma transmissão, recebeu o anúncio da abertura da era de Aquário.

A partir desse marco, o comunicado conhecido como o Livro da Lei constituiu-se no fundamento de seus ensinamentos, influenciando significativamente o simbolismo das cartas em seu Tarô.

Em 1895, com o trânsito de Urano pela quarta casa, Crowley ingressou na Faculdade de Trinity, Cambridge. Aí se desenvolveu bastante, descobrindo suas habilidades poéticas, teve sua primeira experiência mística e encontrou-se com a magia. Cambridge com seus grupos e fraternidades, regras e tradições, é, nessa época, um local de meninos velhos em termos de idéias e comportamentos. Aqui, observemos Plutão na sua décima primeira casa em quadratura com Saturno na sétima.

Com Leão ascendendo em seu mapa, ele cresceu em estatura. Seu regente é o Sol que está em conjunção com o fundo do céu e em sextil com Urano na primeira casa. Crow1ey teve uma necessidade interna profunda de ser brilhante, ser especial - mas não de um modo acadêmico convencional. Urano e convencionalismo não se combinam. Então, não surpreende Crowley deixar Cambridge em 1898 sem se graduar Nesse ponto, demos uma olhada no seu Sol na 4ª Casa. Aqui encontramos um Stellium de quatro planetas na casa. Mercúrio está separado do Sol por Vênus e Júpiter. A percepção co espírito de Crowley se cobrem fortemente por estes planetas, conferindo à sua natureza um desejo forte e aspirações religiosas. Aqui. vamos ao ponto central de ambos: Sol / Mercúrio / Júpiter (os artistas, os detalhistas, os que crescem pelo belo, os sábios e grandes místicos e religiosos, os professores e mestres). Aqui visualizemos um triângulo com um pêndulo suspenso em seu vértice com Netuno na 10ª casa que oscila entre as conjunções Sol / Vênus e Júpiter / Mercúrio.

Esse pêndulo fez com que Crowley oscilasse entre ser visto como, às vezes, o estudioso, o encantador, e, em outros momentos, como o hierofante, o Mago, e, ainda, por alguns como o enganador, aquele que falseia.

Profícuo e irregular escritor, Crowley quase nunca revisava seus manuscritos (o Mercúrio em Libra planeta focal de uma quadratura T -, envolvendo o Urano e Saturno). Um dos seus trabalhos foi muito discutido na época em que Crowley analisava os poderes das drogas de então (opiáceos). Isso nos leva ao seu Mapa Natal, onde Netuno faz quadratura com o Ascendente. Em 1922, com o trânsito de Netuno na primeira casa se aproximando de uma conjunção com Urano, o livro foi publicado, mas dado como ultrajante à sociedade inglesa da época. (O Sol de Crowley está na primeira casa do mapa do Reino Unido na época. E o planeta focal de uma quadratura T - envolvendo o Sol e a Lua). Ele era por excelência uma figura posicionada de forma contrária ao sistema existente.

Ao longo de sua vida, Crowley iria prover a imprensa com sua maneira de ser – um alvo fácil para escândalos; tendo se tornado "O homem que uma parte (burguesia) do público britânico amou odiar!"

O estudo do Mapa de Crowley é rico por conflitos internos e dicotomias, como é comum aos gênios, pois do conflito nasce a vida, o drama e a trama. Na magia, encontrou ele seu ponto de realização, de resolução de conflitos, de abertura para o todo e a comunhão com o universo, antevendo os meios de superar as complexidas internas e contradições do homem.

Chamou seu método de Iluminismo Científico e cunhou a frase "O Método da Ciência, A Meta da Religião", indicando que, despida da maquilagem cultural e histórica, a verdade e uma só.

Durante sua vida, Crowley foi membro dirigente do Amanhecer Dourado, OtoOrdem Templar Orientais, e fundador da AA - Astrum Argenteum, tendo feito também diversas viagens pelo mundo, em busca de novos conhecimentos, sendo iniciado no Yoga Tântrico, aprendendo a transmutação e a grande utilização da energia sexual.

Na prática e no estudo da Magia, com suas preces, nomes mágicos, rituais e uso das faculdades psíquicas está a influência de seu Netuno (Retrógrado e Destacado na 10ª Casa de seu mapa, sugere vidas passadas como detentor de grande poder religioso, combinado com um poder de estado, por isso mesmo extremamente energizado, poderoso, e um Karma de grandes responsabilidades místicas e de trazer à luz, por isso, seu grande legado representado por sua obra e, em destaque, seu Tarô).

Para magia cerimonial, no entanto, com sua ordem e atenção para detalhes, devermos olhar a sexta casa do mapa de Crowley. Nessa nós achamos Marte em Capricórnio. E para o aspecto poderoso de fraternidade nós não podemos deixar de ver seu Plutão na 11ª.

Crowley foi o profeta de uma nova era e do porvir. A mensagem dele era proclamação da quintessência divina em cada ser humano. O Amor é a Lei. Vênus em Libra é o planeta focal em uma configuração de YOD que envolve a Lua e Plutão. Essa máxima expressa a grande disciplina de Marte em Capricórnio, em sextil com a Lua e em trígono com Plutão. O conceito libriano de amor divino; e uma vez mais Netuno, atraindo, encantando, emaranhando, seus desejos pessoais e o cosmos. Sendo um yogui, seu Sol em Libra explica essa energia do equilíbrio necessário à sua missão, a busca de seu complemento.

Seu equilíbrio reflete-se nas cartas de seu Tarô, o Livro de Thot, um completo tratado de magia. Em última instância, Crowley ultrapassou os limites de seu corpo em sua vida, talvez encontrando uma espécie de Buraco Negro na Magia, onde, como no Buraco do Cosmos, as leis da física não são válidas. E Netuno lhe proveu da energia necessária a que pudesse ser sentido na plenitude de sua energia espiritual e cósmica, como podemos vivenciar através das cartas de seu Tarô.

Em 1º de dezembro de 1947, com o Netuno em Libra se opondo ao MC, Crowley abandonou o corpo, legando sua obra para o desenvolvimento da humanidade. Suas cinzas foram entregues a Karl Germer (naquele momento a direção maior da Oto) de cuja casa foram roubadas. Nunca foram recuperadas dando um ponto de transmutação com a marca de mistério de Netuno Retrógrado no seu nascimento e refletindo o fortíssimo pentagrama formado em seu mapa natal, ligando as energias da Lua em Peixe com Plutão Retrógrado em Touro, Urano em Leão, a conjunção do Sol com Vênus cm Libra e Marte em Capricórnio.

Como legado, Crowlev nos deixou sua obra incluindo seu riquíssimo Tarô, com cerca de 1200 símbolos e seus múltiplos por combinação, atingindo um número de informações tão infinito quanto as possibilidades potenciais e latentes da alma e da mente. Esses símbolos possibilitam hoje com que a leitura de suas cartas possam trazer a tona toda e qualquer informação sobre qualquer assunto, desde vidas passadas até o futuro, podendo ser chamado de verdadeiro oráculo contemporâneo.



Publicado por Paula Valentina às 02:45
Link do post | Comentar | Adicionar aos favoritos

Sábado, 4 de Agosto de 2007
O Homem Cão

Do horóscopo chinês é quem mais se faz amar. Abençoado com uma mente poderosa e inteligente, no entanto, tem pouca paciência para os dilemas. Na sua visão é tudo recto e branco. Apesar de parecer uma visão um pouco simplista, é uma astuto juiz de carácter e um dos mais leais. Até quando está super irritado, é uma criatura adorável, embora um pouco intratável.

Nobres criaturas, corajosos e modestos, eles conseguem aliar a docilidade ao gesto altruísta, sabedoria ao viver o quotidiano. As primeiras impressões realmente contam para esse signo, e admitam ou não, estão sempre rotulando todos os que conhecem em bons e maus, amigos e inimigos, personalidades sérias ou não. Você pode ter certeza, uma vez que o Cão tenha pronunciado o seu julgamento, será extremamente difícil fazê-lo mudar de ideia. Não importa a rapidez com que possa tirar conclusões a seu respeito, você levará muito tempo até conseguir entendê-lo.

O Cão é um signo altamente verbal e tem uma das línguas mais afiadas do calendário chinês. O Cão não fica bravo por muito tempo e nem odeia para sempre. Este não é um signo materialista. Embora goste de conforto, é muito mais preocupado com os problemas dos desabrigados do que seguir tendências da moda. O problema é que fica tão ocupado salvando os outros e se dedicando a diversas causas que se esquece de cuidar de si mesmo. Deixa de lado os seus próprios interesses e, quando percebe que foi traído ou passado para trás por pessoas sem carácter, fica surpreso e magoado.

São animados, amigáveis e muito atraentes fisicamente e de um modo totalmente acessível. São aquelas pessoas que os outros querem tocar e corresponder com demonstrações físicas de afeição. O Cão permanece sempre independente, mas nunca sairá por aí, muito longe de casa. Profundamente fiel àqueles que ama, ele é de uma tal maneira cego para os erros dos outros, que chega a ficar com essas pessoas por muito tempo depois do objecto da sua devoção ter provocado ser completamente indigno.

Os Cães não abandonam as suas causas facilmente, mas raramente o demonstram. De facto eles podem parecer até imunes às emoções humanas mais baixas. Malícia, mesquinhez e ciúmes estão abaixo da dignidade. O Cão prova o seu amor com o tempo, os seus compromissos são formados na base do dia-a-dia.



Publicado por Paula Valentina às 01:49
Link do post | Comentar | Adicionar aos favoritos

Pesquisar neste Blog
 
Maio 2010
Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab

1

2
3
4
5
6
7
8

9
11
12
13
14
15

16
17
18
19
20
21
22

23
24
25
26
27
28
29

30
31


Posts Recentes

Lua em Gémeos

" 2012 "

Signos

Lua em Áries:palavra-chav...

Lua em Capricornio

Conheça o Ascendente

Horóscopo Xamânico...

Sol em Balança e Lua em L...

O homem de Lua em Leão:

Lua em Leão

Arquivos

Maio 2010

Abril 2010

Setembro 2009

Junho 2009

Junho 2008

Abril 2008

Março 2008

Fevereiro 2008

Dezembro 2007

Setembro 2007

Agosto 2007

Julho 2007

Junho 2007

Maio 2007

Abril 2007

Março 2007

Fevereiro 2007

Janeiro 2007

Dezembro 2006

Novembro 2006

Outubro 2006

Setembro 2006

Favoritos

Memórias vilacondenses (V...

Caleidoscópio

blogs SAPO
Fazer olhinhos