Sábado, 25 de Agosto de 2007
Peixes
 

de 20 de fevereiro a 20 de março

 


Assim como Gêmeos, o signo de Peixes tem o símbolo duplo, é ambivalente e de natureza contraditória. O símbolo zodiacal é formado por dois peixes, um em cima do outro com as cabeças em sentidos opostos, e unidos por um fio misterioso. Se o pisciano não assumir esta sua dualidade, não se desenvolve espiritualmente, tornando-se uma pessoa confusa e que apela para a magia ou para os conhecimentos esotéricos.
Peixes é o signo mais aberto para a parapsicologia e todos os fenômenos de percepção extra-sensorial, o que se explica perfeitamente quando estudamos seu planeta regente, Netuno. Antigamente, antes da descoberta de Netuno, Júpiter era considerado regente do signo, dualidade que pode ser encontrada entre os nativos. Na verdade, os piscianos dividem-se em dois tipos: os que têm influência de júpiter tendem a engordar, são extrovertidos, sensuais e otimistas; e aqueles nos quais prevalece Netuno são mais tristes, introvertidos, têm tendências masoquistas e são magros. De qualquer modo, nos piscianos em geral a presença de Netuno, senhor dos mares, é inegável, pois, como disse o psicanalista Carl Jung, Peixes é o "símbolo do inconsciente" - as profundidades insuspeitas que se ocultam sob o brilho da superfície. Na mitologia, que confirma a tese de Jung, o mais conhecido mito ligado a este signo zodiacal é o de Eros e Afrodite, Perseguidos pelo deus Tífon, os dois se jogaram na água e quase se afogaram. Penalizado, Netuno enviou dois golfinhos para saivá-los. Para festejar os dois animais, Júpiter fez com que ascendessem ao céu e se transformassem na constelação de Peixes. A interpretação desse mito é a seguinte: Afrodite, ao jogar-se na água, da qual nasceu, retornou à sua pureza divina e original, sublimando as suas experiências sexuais. Eros, o amor, resgatou essas experiências, acompanhando Afrodite através dos meandros do inconsciente, cujo símbolo é o mar. Após ter aceito a sexualidade, purificada pela imersão sublime, Afrodite abriu-se à espiritualidade e se transformou na deusa do amor.
Os piscianos conhecem bem estas sutilezas do amor, mas, contraditoriamente, costumam ficar indecisos, divididos e disperses entre as paixões físicas e o amor platônico, entre o bem e o mal, entre a matéria e o espírito, entre o heterossexualismo e o homossexualismo. Nessa divisão, eles podem se punir ou gozar plenamente os amores, ora tendendo à autocondenação, ora à auto-indulgência. Santo ou louco, gênio ou medíocre, o pisciano típico vai aos extremos. Mas seja evoluído ou não, culto ou inculto, é sempre fascinante. É original, no limite da norma; afetuoso mas infiel; romântico mas sexualmente experiente; e sempre consegue conquistar uma pessoa desprevenida, que não percebe o seu caos interior e a sua falta de poder de decisão. Mercúrio em queda é o responsável por esta confusão entre razão e imaginação, o que costuma aumentar a intuição, mas diminui a racionalidade. Apesar disso, o pisciano superior, mesmo sem senso prático, consegue ter uma vida intelectual rica e profunda, marcada pela moral e por uma espiritualidade muito importante para ele mesmo e para a sociedade. Seja evoluído ou não, ele sempre poderá encontrar a solução para seus problemas na religião.
Depois das ambivaiências terrenas e espirituais, da dualidade razão/instinto, presentes nos onze signos zodiacais precedentes, em Peixes o ser humano astral chega ao estágio final, o signo das grandes provas. Tudo está pronto, como bem o indica a personalidade do pisciano, para começar um novo cicio.

PEIXES e a saúde

 

Os pés e a pele são as partes 
do corpo regidas por Peixes.
Segundo a Astrologia tradicional, o signo de Peixes governa os pés. No entanto, estudos mais recentes relacionam o calcanhar à zona do signo compreendida entre o 201 e o 291 grau, o arco do pé àquela entre o 101 e o 200 e a ponta do pé aos dez primeiros graus do signo. Além disso, entre o 250 grau de Aquário e o 259 de Peixes encontram-se as correspondências com a epiderme de todo o corpo.
Nos dois últimos graus do signo, iniciam-se as correspondências anatômicas com a glândula pineai (epífise), as quais cobrem o chamado "ponto gama", onde a Astrologia localiza a passagem do espírito para a matéria, o fim da vida espiritual pisciana e o inicio da vida material ariana.

Características físicas

Em geral, os piscianos têm estatura média-baixa, corpo arredondado e com tendência à gordura. As pernas são proporcionalmente curtas em relação ao tórax e os ombros são largos, a coluna vertebral costuma ser ligeiramente curva, e as mãos pequenas e gordas. Na maioria dos nativos, os pés são também pequenos e delicados, de dimensões inadequadas para sustentar o peso do corpo, o que provoca certa instabilidade ao andar. O rosto, redondo e cheio, é bem demarcado por uma cabeleira abundante e saudável. A testa é larga mas não muito alta, o olhar se caracteriza por ser sonhador e distante, enquanto a boca é muito bem delineada, com lábios volumosos e sensuais. O nariz é curto e geralmente pequeno, mas bem visível entre as duas bochechas, que ficam vermelhas quando o nativo experimenta alguma emoção.

Pontos fracos

Em termos gerais, as doenças que mais atingem os nativos de Peixes são o reumatismo, os problemas de pele e as intoxicações provocadas por remédios ou por alimentos estragados. A Astrologia medicinal considera que o eixo Peixes-Virgem relacionado com os sais minerais e com a capacidade do intestino em absorver o conteúdo do bolo alimentar. Por isso, os piscianos que têm problemas intestinais tendem a apresentar dificuldades para assimilar esses sais, podendo se tornar pessoas anêmicas. Os nativos do terceiro decanato (10 a 20 de março) têm tendência a consumir grande quantidade de líquidos. Conseqüentemente, podem apresentar distúrbios digestivos e renais, pois fazem os rins funcionarem excessivamente.

A personalidade de PEIXES

 

Sonhador, indeciso e sensual, o nativo de Peixes se 
caracteriza pela sua amabilidade, traço que pode se 
transformar em extrema passividade ou numa grande 
capacidade de compreensão.
O nativo de Peixes é essencialmente uma pessoa emotiva, aspecto que o torna o indivíduo mais maleável do Zodíaco, com todas as características positivas e negativas que esta particularidade possa conter. Positivas são, por exemplo, a flexibilidade e a capacidade de compreensão, que fazem do pisciano uma pessoa atenta, afetuosa e capaz de encontrar solução para os mais variados tipos de problemas negativos são a passividade e a incerteza, que muitas vezes fazem o nativo parecer uma pessoa falsa ou pouco sincera. No entanto, na base de seu comportamento está o desejo instintivo de entrosar-se, de aderir à realidade do mundo como ela é; mas que, ao levar em conta a sua complexidade, fica indeciso e hesita em tomar algum partido. Como o seu elemento, a Água, o pisciano foge de qualquer coisa ou situação que tente dar-lhe uma forma. Voltando ao aspecto negativo do pisciano, é possível dizer que sua personalidade é muito complexa, que prefere atacar pelas costas a assumir um enf rentamento direto, mas que, ao mesmo tempo, é um tipo de personalidade que procura se defender usando as forças ou os recursos que não são visíveis à primeira vista. Isto é, que estão presentes em todas as situações, mas poucas pessoas os enxergam. Em relação a este comportamento ambivalente do pisciano, deve-se lembrar que Peixes é um signo duplo e que, embora não costume se espelhar em si mesmo, como Gêmeos, ele se divide em duas naturezas muito diferentes.
De um lado podemos ver uma pessoa que tende a participar de todas as sensações e emoções que acontecem em sua vida, que se abre às experiências afetivas dele mesmo e dos outros; mas, paralelamente, também é uma pessoa que se fecha em seu mundo idealizado, onde a única coisa importante são as fantásticas histórias que ele próprio conta a si mesmo. Entretanto, se esta duplicidade é evidente para todas as pessoas que convivem com o pisciano, ele a desconhece totalmente, pois a vive como unidade, alternando momentos de participação com momentos do mais absoluto distanciamento.
Mas nada é tão cruel para o nativo de Peixes como a realidade cotidiana. Em muitos casos, o pisciano não consegue viver a sua afetividade, porque não aceita os sentimentos humanos como eles são, com suas limitações e suas intermitências, e se esforça em procurar uma perfeição que só existe em seus sonhos. A este tipo de pisciano pertencem aqueles nativos que vêem e interpretam suas infidelidades não como aventuras sexuais, mas como a impostergável procura de uma alma gêmea, sempre procurada mas nunca encontrada. Assim, estes piscianos se tornam pessoas tão insatisfeitas sexualmente que podem passar a vida toda atrás desse ideal embora nunca o encontrem. E, se o encontram, facilmente o destroem. Do ponto de vista psíquico, quando o pisciano se sente pressionado pela realidade recorre a um comportamento de fuga: ou apela para o ocultismo ou manifesta alguma fobia. No primeiro caso, ele vai concentrar todas as suas energias para desenvolver poderes extra-sensoriais ou para se iniciar em conhecimentos esotéricos. No segundo, ele recorrerá a um sintoma físico qualquer, como, por exemplo, a aversão a lugares fechados (claustrofobia), evitando assim uma crise de ansiedade.
Porém, se o nativo de Peixes conseguir encontrar uma forma de equilíbrio, teremos uma pessoa que, mais do que qualquer outra, saberá se tornar querida pelos outros, não porque seja particularmente generosa ou, manifeste um grande senso de justiça, mas porque sabe viver a realidade dos outros como se fosse a dele mesmo. Desta maneira, o pisciano se mostra muito disponível e aberto para as mais variadas experiências vitais, tornando-se um indivíduo de grande riqueza interior, capaz de encontrar a medida certa que conduz à solução dos problemas. Não é por acaso que tantos artistas pertencem ao signo de Peixes, principalmente no campo da música e das artes plásticas, pois são manifestações que prescindem da palavra e conseguem comunicar até por meio do silêncio. E este silêncio faz parte da personalidade do pisciano, pois é preciso não esquecer que estes nativos têm no mistério a base de seu fascínio e sua grande arma de sedução. De fato, outra característica dos piscianos é se manterem um pouco reticentes, criando um clima de expectativa ao seu redor, que reforça perfeitamente a intenção de ficarer um pouco distantes de tudo e de todos.
Na verdade, há um lado da personalidade dos nativos de Peixes que jamais é revelado, não porque pertença a um tipo de temperamento fechado, mas porque ele sempre necessita de uma margem de manobra. Porém, este lado secreto pode se tornar algo muito pesado para o nativo, transformando-se numa dura "prisão" para a parte mais íntima de seu ser, que paga assim o preço de seu equilibrio. E é desta prisão crue o pisciano mais introvertido observa o mundo, tentando encontrar o caminho que o leve à solução dos problemas que atingem aos demais ou a ele próprio. Mas como está "aprisionado", encontrar esse caminho requer tempo, impedindo que ele possa tomar decisões rápidas e concretas. E por isso que o pisciano só alcança a maturidade pouco a pouco, observando e experimentando as coisas e as situações ao longo do tempo, até o dia em que se sente capaz de tomar uma decisão, mas uma decisão que certamente será irrevogável. No campo sentimental, o pisciano também tem estemesmo comportamento. Demora muito para dar o primeiro passo, mas depois que avança, nada o faz voltar atrás. E isto pode acontecer repentinamente, pegando de surpresa os outros, que muitas vezes não conseguem entender o seu comportamento. Indeciso e ambíguo, o pisciano só consegue dar o melhor de si quando chega a uma síntese dos componentes que formam a sua personalidade, síntese na qual possa desenvolver harmonicamente suas duas naturezas fundamentais: aquela ligada ao mundo do instinto primordial, ao líquido que origina o segredo da vida, e aquela ligada ao mundo da morte, que prolonga e renova o movimento eterno da vida.

PEIXES e o trabalho

 

Bem-dotados para a arte, os nativos de Peixes
podem ser ótimos músicos ou artistas plásticos.
As profissões mais adequadas para o nativo de Peixes são aquelas relacionadas com o mundo das sensações e dos sentimentos. No entanto, segundo a tradição, como a Água é o element do signo, o pisciano também pode se dar muito bem em todas as atividades que se relacionem com ela. Por isso, profissões como marinheiro, pescador, mergulhador, nadador, armador etc. adequam-se muito bem a estes protegidos de Netuno. Eles também podem se realizar em profissões que exijam flexibilidade e maieabilidade, isto é, que permitam uma total integração da personalidade do indivíduo com a ação a ser realizada. Neste sentido, pode se pensar em todas as atividades artísticas que não precisem da palavra, mas que tenham como meio de expressão o som e as cores. Em primeiro lugar, encontram-se as atividades ligadas à música, como intérprete, concertista ou diretor de orquestra. Em segundo lugar, a profissão de pintor, mais especificamente como criador de obras de pequena dimensão, nas quais tudo pode estar expresso por meio da luminosidade de uma cor.
Outras atividades que se adaptam muito bem ao nativo de Peixes são as que exiiem um trabalho lento e subterrâneo, tais como a diplomacia e o trabalho em pesquisas que investiguem assuntos desconhecidos. Como os piscianos são dotados de muita fantasia e de uma forte intuição, que os habilita a deduzir quais serão os gostos do futuro, eles costumam dar ótimos profissionais de publicidade ou de atividades ligadas à moda.
Intuitivos e muito ligados a tudo o que diz respeito às emoções e ao mundo do inconsciente, estes nativos também podem ser excelentes psicólogos, embora nesta área tenham a limitação de se envolverem demais com os problemas dos pacientes. Mas entre todas as atividades para as quais estão habilitados, nenhuma é melhor do que as ligadas ao teatro, seja como ator, cenógrafo, organizador, diretor ou mesmo produtor. Qualquer trabalho relacionado com o mundo da ficção fascina o pisciano. Em geral, estes nativos são ótimos atores, mas como custam a assumir uma atitude, costumam demorar a se decidir pela carreira artística. Como, aliado a isso, o mundo dos espetáculos é tradicionalmente muito competitivo, o pisciano desiste, porque qualquer tipo de luta o perturba. Se puder entrar na carreira de uma maneira sem conflitos, não terá dúvidas e poderá se realizar.

PEIXES e o amor

Confusos e caóticos, os nativos de Peixes procuram no parceiro aquilo que eles costumam não ter: senso prático, poder de decisão e firmeza. Mas podem ficar entediados se o parceiro tiver essas qualidades e não tiver fantasia e originalidade. Porém, essa originalidade não deve contrariar os valores sociais, porque o pisciano, que já se sente "diferente", fora da norma, precisa então da aprovação e do aplauso de seu meio social. O nativo de Peixes sempre vai ficar sonhando com uma pessoa oposta àquela com quem está. Se seu parceiro for fiel, ele sonhará com uma mulher fatal ou com um playboy irrecuperável; se for bonito, vai se arrepender de não ter continuado o namoro com aquela pessoa sem graça, mas que pelo menos não o deixava preocupado toda vez que olhava para outra pessoa; se o parceiro estiver muito apaixonado, ele se sentirá invadido.
Os piscianos são ciumentos, embora não tanto quanto os escorpianos. Não são fiéis, apesar de acharem que podem sê-lo. Antes de se casar, colecionam "casos" e namoros. Como neste signo Vênus está em exaltação, eles têm grande energia para o amor, tanto que pode-se dizer que os piscianos "amam" todas as pessoas que o cercam. Uma vez casados, se o cônjuge for independente e sol icítado, eles ficam quietinhos para não correrem riscos, pois temem serem "pagos com a mesma moeda". Apesar de sua tendência à infidelidade, o pisciano geralmente dá um ótimo marido ou esposa. É atencioso e compreensivo, dedica-se à família e tem muito senso de responsabilidade, além de uma enorme capacidade de sacrifício. No entanto, também gosta de se fazer de vítima para conquistar o afeto dos outros. Não é mentiroso, mas costuma distorcer a realidade a seu favor. Mas o pisciano também é capaz de ser fiel... por algum tempo. Ele é do tipo que um dia diz que vai até a esquina e nunca mais aparece. Nisso é como o geminiano: não gosta de discutir, agüenta enquanto pode, mas, se não conseguir manter certa independência, um belo dia desaparece da vida de seu parceiro, sem deixar sequer um bilhete de adeus.
Sexualmente, não é nem quente nem frio: é apaixonado e sempre precisa de justificativas afetivas, mesmo para as aventuras mais fugazes. Costuma ser um grande amante, porque conhece todos os meandros físicos e psicológicos do parceiro. É muito romântico e sabe atingir o lado sentimental do outro, a quem envolve numa rede de carinho e doçura. Mas mesmo nas paixões é confuso e muito curioso. Deseja todos os tipos de experiências, principalmente para compreender melhor a si mesmo.
Em termos de amizade, os piscianos preferem amigos do sexo oposto, mas, como amam todo mundo, sempre estão dispostos a ajudar um amigo do próprio sexo que esteja necessitando de alguma coisa.

O amor de PEIXES com...

 

Áries união estimuIante,enquanto o impaciente ariano suportar a hipersensibilidade de Peixes. O pisciano sente-se atraído no início, até descobrir a, prepotência de Áries. A união pode durar se Áries moderar seu temperamento.
Touro a atração pode ser forte, pois o pisciano se sente seguro e protegido junto ao taurino, e ambos gostam das mesmas coisas. Mas se a obstinação de um entrar em choque com a teimosia do outro podem sair faíscas.
Gêmeos no início, estes dois signos se atraem, mas com o tempo as coisas podem se complicar. O pisciano não aprova o comportamento superficial do geminiano, que por sua vez se cansa do jeito sonhador do parceiro.
Câncer se um dos dois tiver um pouco de senso prático, a união será positiva; caso contrário, viverão num mundo de fantasias e sonhos impossíveis. O pisciano anima o melancólico canceriano, e este dirige o confuso pisciano.
Leão o romântico pisciano deixa-se cair nas garras do leonino dominador, mas, quando percebe que perdeu o controle da situação, afasta-se, o que deixa o leonino ofendido em sua honra. Profissionalmente, a união pode resistir.
Virgem são dois signos opostos e, justamente por isso, a união pode dar certo, já que os dois se completam. O pisciano leva um pouco de fantasia ao burocrático virginiano que, por sua vez, organiza o mundo caótico do parceiro.
Libra união com muitas chances, já que ambos são doces, românticos e compreendem um ao outro. Só existe um perigo: que o tímido e solitário pisciano comece a sentir ciúme da extrema sociabilidade do libriano.
Escorpião união problemática. No início, uma paixão fulminante e irresistivel. Com o tempo, a relação pode atingir altos níveis ou descambar para terríveis crises de ciúme. Profissionalmente, a união é positiva.
Sagitário combinação muito positiva, porque o sagitariano tem o senso prático que falta ao parceiro, enquanto o pisciano tem a paixão pelas viagens, pelo misticismo e pela filosofia que caracteriza este signo de Fogo.
Capricórnio diferentes mas complementares, podem encontrar um no outro aquilo que lhes falta. O místico pisciano ganha com o senso prático do parceiro, enquanto Capricórnio se satisfaz com o enorme afeto de Peixes.
Aquário duas pessoas cheias de iniciativas e de novas idéias, mas sem nenhum senso prático. Ambos podem ser infiéis: o pisciano por necessidade de amor,o aquariano por curiosidade. Profissionalmente, podem se dar muito bem.
Peixes este é um casal que pode dar certo. Ambos são iguais, sonhadores e sentimentais. Mas, como não têm nenhum senso prático, podem ter de enfrentar muitas dificuldades juntos. Profissionalmente, vão se entender muito bem.

PEIXES com ascendente em...

 

Áries o componente ariano dá ao nativo de Peixes energia e força de vontade. Graças a essa garra, poderá enfrentar obstáculos e ter sucesso na vida. A falta de decisão é compensada pela ambição. Esta combinação produz indivíduos excepcionais, a não ser que o conflito entre introversão e desejo de agir transforme o nativo num dom-quixote, perdido em sonhos de glória ou em superficialidades.
Touro esta combinação é positiva, embora possa produzir conflitos entre praticidade e fantasia. O ascendente Touro dá estabilidade, "pé na terra" e realismo ao pisciano, tão aéreo e confuso. Os dons artísticos aumentam, assim como o amor pelo belo, pela natureza, pelos filhos e pelas tradições, mas aumenta também o medo da solid No trabalho, o nativo se torna mais constante, e também mais teimos
Gêmeos este ascendente acentua a insegurança e a instabilidade do nativo. Em compensação, torna-o mais crítico, maleável, intuitivo, criativo, sociável e fascinante. Preocupa-se mais com a realização profissional do que com o amor, o que o faz um tanto volúvel. Gosta de viajar e de ter muitos amigos. Aprecia o diálogo, mas pode ser influenciável. Costuma fazer diversas coisas ao mesmo tempo.
Câncer o duplo componente aquático aumenta a sensibilidade e a emotividade, o que pode ser vantajoso no piano artístico, mas certamente não em termos práticos. Este ascendente acentua os problemas não superados em relação à figura materna: nostalgia, apego excessivo e incapacidade para se libertar de sua imagem. Muita tendência ao sonho e à poesia.
Leão o componente leonino é positivo para o confuso pisciano. As carências práticas do signo de Água são preenchidas pela garra, ambição, poder de decisão e autoridade de Leão. No plano sentimental, o indivíduo tenta se adaptar às regras sociais, nem que seja por uma questão de imagem. Na verdade, neste nativo prevalecem a volubilidade e a necessidade de trocar de parceiro.
Virgem são dois signos em oposição que provocam conf I itos inimagináveis. A ordem, o rigor, o perfeccionismo e o senso prático de Virgem podem entrar em choque ou misturar-se com o senso poético e a percepção aérea de Peixes, produzindo muita confusão mental. No entanto, algumas vezes o ascendente virginiano consegue organizar e dar equilíbrio ao temperamento pisciano.
Libra este ascendente aumenta o fascínio e o temperamento artístico do pisciano. A sociabilidade e a diplomacia típicas do libriano atenuam a introversão de Peixes, aumentando o seu rendimento psicológico e prático, tanto no campo comercial quanto no afetivo. Porém, alguns defeitos aumentam: inconstância e indecisão. O casamento surge como opção para evitar a solidão.
Escorpião esta é uma combinação que produz pessoas excepcionais, extremamente inteligentes e sensíveis. É comum que estes nativos se tornem grandes artistas ou literatos, criadores que oscilam entre a loucura e a genialidade. Porém, em geral são pessoas atormentadas, que podem importunar quem as ama, porque são muito ciumentas e possessivas.
Sagitário a duplicidade de ambos os signos e o fato de os dois serem basicamente dominados por Júpiter acentuam os defeitos e as qualidades deste nativo. Embora possa ser um indivíduo um pouco caótico e autoritário, tem uma personalidade fascinante, sociável e diplomática. No seu íntimo, vive a contradição de desejar uma vida amorosa estável e a vontade de ter total liberdade sexual.
Capricórnio na maior parte dos casos, esta é uma combinação positiva. O ascendente dá realismo e ordem, aspectos que ajudam o confuso pisciano. Mas às vezes os defeitos capricornianos, como o pessimismo e a introversão, barram a sociabilidade e a confiança nas próprias capacidades. Em relação à vida afetiva, aumenta a tendência à fidelidade e ao casamento.
Aquário o componente aquariano dá à irracionalidade de Peixes um atributo de verdadeira genialidade e inovação. O nativo costuma ter tanto senso de humor que é capaz de rir de si mesmo e das próprias desgraças. Em geral, estes indivíduos não sofrem do complexo de vítima que caracteriza o pisciano; ao contrário, ganham um lado hedonista que lhes permite gozar as coisas boas da vida.
Peixes o ascendente no mesmo signo aumenta as qualidades e os defeitos do nativo. Nesta combinação, mais do que em outras, deve-se considerar se se trata de um pisciano evoluído ou não. No primeiro caso, a pessoa terá o dom da mediunidade e grandes qualidades artísticas. No tipo não evoluído podem aparecer desvios sexuais, oportunismo, preguiça incontrolável e compuisão à marginalidade.

 

1
Posição no Zodíaco: de 330 a 360 graus.
Elemento: água.
Temperamento: fleumático.
Simbolismo: décima segunda casa do Zodíaco, representa a última etapa do caminho humano e, portanto, a sua reincorporação ao Universo. Simboliza também a eternidade e o infinito, o mistério e tudo o que é oculto, inclusive a vida interior e os inimigos que não se mostram.
Personalidade: sonhador e indeciso, o pisciano é basicamente receptivo. Muito emotivo, tende a manter uma posição passiva diante da vida. Como não sabe enfrentar os momentos de dificuldade, tende a procurar soluções no misticismo ou nas práticas ocultas. A realidade é demasiado violenta para o pisciano, que se sente melhor em seu mundo de sonhos do que na luta cotidiana da vida real. Devido às suas tendências místicas é extremamente compreensivo e cheio de compaixão.
Clima favorável: temperado, com brisas leves.
Animais: elefante e golfinho.
Plantas e flores: bétula e ninféia.
Pedra: ametista.
Perfume: glicínia.
Metal: platina.
Cor: azul.
Dia de sorte: quinta-feira, número de sorte: 9.


Publicado por Paula Valentina às 02:52
Link do post | Comentar | Adicionar aos favoritos

Aquário
 

de 21 de janeiro a 19 de fevereiro

 


O nativo de Aquário é facilmente reconhecível devido ao jeito de se vestir ou ao seu comportamento sempre um pouco excêntrico. Em geral, o aquariano tem dons artísticos, sendo um bom orador, principalmente quando se trata de usar argumentos originais. Originalidade, aliás, é algo que não falta neste signo. Qualquer que seja o gênero do nativo - um executivo de terno e gravata, um cientista excêntrico, um playboy elegante; ou um hippie, ele nunca é como os outros. Na verdade, o aquariano é a figura mais interessante de todo o Zodíaco.
E Urano, o regente do signo, é o responsável pelas "estranhezas" de Aquário. Sendo o planeta das transformações, das revoluções e das mutações, faz com que todos os aquarianos, mesmo os mais tradicionalistas, tenham "algo" a mais. Antigamente era Saturno quem governava o signo, mas não o Saturno tirânico e solitário que encontramos em Capricórnio. O Saturno aquariano é aquele que presidia as saturnais romanas, festas da Antigüidade nas quais os excessos eram considerados como uma energia capaz de proteger o homem dos perigos do cotidiano. Nas moedas romanas, Saturno era representado com uma ânfora na mão, da qual saía água, o símbolo da transformação da matéria em espírito. Até hoje, o signo costuma ser representado por uma figura humana com um jarro na mão, do qual sai água. Este líquido representa a sabedoria e a inteligência derramadas sobre aqueles que têm sede de saber. A água limpa a alma e cultiva o espírito de quem pode e quer compreende na constelação de Aquário também tem a forma de um vaso antigo: representa a urna do rei Minos, sacerdote e legislador dos cretenses.
Os aquarianos podem ser altruístas, fiéis e generosos, mas não suportam restrições. Não podem viver se forem impedidos de dar asas à sua imaginação e criatividade, inclusive no casamento. Têm uma vida social ativa e interessante, são idealistas, e se dedicam de corpo e alma a causas nobres. Os grandes movimentos coletivos podem ser identificados com este signo, que representa as inovações da ciência e as associações humanitárias.
Em geral, os aquarianos costumam gostar de artesanato e de trabalhos manuais, o que os liga com o mito de Hefestos, o artesão dos deuses gregos. Filho de Zeus e de Hera, nasceu muito feio e foi rejeitado pela mãe, que o jogou na Terra, onde foi criado com muito carinho pelas ninfas. Apaixonou-se por Afrodite, a deusa da beleza e do amor, e conseguiu conquistara com suas proezas técnicas. Mas ela apaixonou-se por áries, o deus da guerra, e Hefestos, cheio de ciúmes, preparou uma armadilha para vingar-se dos amantes. Um dia, quando Afrodite e Ares faziam amor no próprio leito de Hefestos, uma rede invisível envolveu o casal, deixando seus corpos nus presos à cama. O marido vingativo, então, chamou todos os deuses de Olimpo para que vissem o despudor de sua mulher. Zeus, admirado com a criatividade da armadilha, convidou Hefestos a morar no Olimpo, Neste deus habilidoso vemos as melhores qualidades dos aquarianos: técnica, originalidade e rapidez de raciocínio, por meio dos quais conseguem estabelecer o diálogo com os outros e com a parte espiritual de si mesmos.

Estamos perto de entrar na Era de Aquário, e já sentimos no ar o espírito dos nativos deste signo, cuja palavra chave é "humanidade". Aproxima-se uma época na qual talvez seja possível assistirmos à comunhão entre ciência e humanismo, entre consciente e inconsciente.
Embora o signo de Aquário contenha a imagem da água, seu elemento é o Ar. Na verdade, contém os dois: a Água que leva o egocêntrico "eu" a se dissolver e o Ar que leva o indivíduo a expandir-se no coletivo. Por isso, o aquaríano é, dentro do Zodíaco, um dos indivíduos que mais valoriza as amizades. Estes nativos são amigos sinceros, sabem compreender os outros sem criticá-los, mesmo que não concordem com eles, e, para ajudar um amigo, são até capazes de descuidar da pessoa amada. Para o aquariano, o amor se baseia muito mais na amizade e na compreensão do que no instinto e na paixão.

AQUÁRIO e a saúde

 

Como Aquário rege os membros inferiores, os nativos
do signo estão propensos a sentirem fortes cãibras na 
barriga da perna e a fraturas nos tornozelos.
Segundo a astrologia tradicional, o signo zodiacal de Aquário governa os membros inferiores, na parte compreendida entre o joelho e o tornozelo - especificamente o tornozelo e a barriga da perna. Nos seus primeiros 25 graus, o signo também está vinculado com a circulação sangüínea. E é por meio desta que está relacionado com os processos eletroquímicos que acontecem nos tecidos do coração. Na superfície de cada uma das células desses tecidos existem minúsculos filamentos que, por meio do estímulo provocado pelo cálcio contido no fluxo sangüíneo que chega ao coração, produzem as contrações cardíacas e regularizam os batimentos. No piano astrológico, esse sistema eletroquímico representa a relação Aquário/Urano e parece ser complementar do funcionamento cardíaco, ligado à relação entreosol e Leão, que é o signo oposto a aquário.

Características físicas

Em geral, o aquariano tem estatura média-alta, com o corpo cheio e, às vezes, um pouco gordo nos homens. O tórax é largo e bem desenvolvido. Tanto os homens quanto as mulheres têm as pernas bem-feitas e gostam de andar depressa. A voz é aveludada e agradável; a cabeça um pouco grande em relação ao resto do corpo, e os aquarianos não têm muito cabelo (nos homens há tendência à calvice). O rosto é oval, longo e forte, e a pele delicada e sadia. A expressão dos olhos costuma ser magnética, de um fascínio muito forte.

Pontos fracos

Em geral, as doenças que mais atingem os nativos de Aquário são as disfunções cardiovasculares, as varizes e as hemorroidas. Os aquarianos devem ser cautelosos ao praticarem esportes: correm o risco de sofrer de cãibras muito fortes ao nadar e de ferir ou fraturar as pernas. Também manifestam tendência a um leve hipertireoidismo que pode exigir terapias longas e complicadas. Com freqüência, o hipertireoidismo pode causar uma aceleração anormal do metabolismo, que altera as reações funcionais, produzindo irritação nervosa, distúrbios vasomotores, taquicardia, aumentada temperaturadocorpo.e hipertensão arterial. Os aquarianos do primeiro decanato (21 a 30 de janeiro) estão especialmente sujeitos a varizes. Os nativos do segundo decanato (31 de janeiro a 9 de fevereiro) queixam-se freqüentemente de taquicardia de origem nervosa. Os do terceiro decanato (10 a 19 de fevereiro) estão sujeitos a problemas ligados à circulação arterial e venosa.

A personalidade de AQUÁRIO

 

Extrovertido, idealista e aventureiro, o aquariano 
gosta de viver em liberdade e sem compromissos.  
Eterno visionário de um mundo novo, seu principal 
problema é a falta de contato com a realidade.
Pessoa aberta para o mundo, o aquariano dificilmente se fecha em si mesmo e jamais esconde seus sentimentos. Pelo contrário, resolve seus problemas externando-os e buscando compreensão por parte dos outros. É um indivíduo que não tem dificuldade em se relacionar e sempre procura aconselhar e ajudar os outros - não como um professor, mas com a intenção de comunicar a própria experiência e, por meio dela, tentar entender a dos outros. Sempre se coloca por cima das polêmicas, porque dificilmente se deixa envolver por elas. Como regra, mantém-se tranqüilo, pois tem capacidade de observar certo distanciamento em relação a si mesmo e aos próprios impulsos.
Para se realizar, o aquariano precisa se sentir livre de qualquer tipo de pressão, até mesmo a de seus próprios instintos, e é capaz de sacrificar tudo pela sua liberdade, exceto o contato com as pessoas, sem o qual não pode viver. Mas o aquariano não procura o outro por razões afetivas e sim porque deseja trocar opiniões e idéias. A comunicação, neste caso, acontece ao nível do intelecto e não do coração. Diante das situações humanas com que se depara, reage racionalmente, procurando analisar os sentimentos dos outros e solucionar os problemas que lhe são propostos. Se estiver pessoalmente ligado a esses problemas, tentará evitar o envolvimento, passando para outro a responsabilidade de resolver as dificuldades que ele ajudou a criar. E sempre uma pessoa muito lúcida em suas análises, e seu distanciamento em relação a tudo ajuda-o a superar as situações problemáticas. Nessas horas, põe a sua agressividade para fora, dirigindo-a para pessoas ou objetos que servem de instrumento para restabelecer o seu equilíbrio. É muito difícil um aquariano ficar deprimido ou dirigir sua agressividade contra si próprio. E, mesmo que isto venha a acontecer, ele mantém a sua atitude de distanciamento, como se nele existissem duas pessoas completamente diferentes e sem nenhuma comunicação entre si. Por isso, os aquarianos podem, às vezes, dar a impressão de serem dissimulados, pessoas com "duas caras". Nestes indivíduos, tal duplicidade não é o resultado de uma elaboração consciente, mas provém da distância que sempre existe entre eles e os seus próprios impulsos. Isso torna o amadurecimento do aquariano muito difícil na medida em que ele raramente consegue se olhar de frente e aceitar-se como efetivamente é. Sua tendência natural é projetar tudo no futuro e manter ilusões positivas. Quando falha, nunca procura a causa em seu próprio comportamento e sempre culpa o azar ou alguma pessoa de más intenções.

No tipo mais evoluído, esse desligamento em relação às necessidades materiais e às paixões humanas pode aprofundar-se a ponto de lhe permitir libertar-se de tudo e enfrentar a miséria e as dificuldades da vida sem se deixar abater. Assim, cultiva o espírito e mantém o equilíbrio, tornando-se uma pessoa de grandes ideais, preocupada com o bem-estar físico e espiritual da humanidade. Daí nasce a tendência, tipicamente aquariana, de proteger os fracos e indefesos, não por meio da justiça, mas sim da generosidade. Nos grandes ideais, sua personalidade encontra uma compensação para a tendência dispersiva em relação ao mundo ou um elemento unificador para suas múltiplas aspirações. No tipo menos evoluído, predomina o gosto pela aventura. É uma pessoa que vive em constante estado de excitação, precisando de excessos para se sentir vivo. Sempre está buscando novidades e nada o aborrece mais do que ter de se render às exigências do cotidiano.

Torna-se rebelde e independente, não por escolha racional, mas devido a uma espécie de insatisfação que o leva a buscar novas experiências, nas quais se joga de corpo e alma. E ao fazê-lo, não hesita em carregar consigo outras pessoas, sem a menor preocupação com as conseqüências que isso possa trazer. Em geral, o aquariano é bem falante, e sempre tem argumentos convincentes, o que o torna um verdadeiro sedutor por meio das palavras, convencendo os outros a seguir pelos caminhos novos que ele propõe. Ele não dá muita importância às limitações impostas pelos costumes ou pela moral. Sempre tem os olhos voltados para um mundo novo. Não fica nem um pouco abaladocom críticas ou censuras, e nada se consegue fazendo-o sentir-se culpado - ele não tem diante de si uma imagem ideal de si mesmo, e sim uma imagem ideal da sociedade.

E como não pode ser responsabilizado ou sentir-se responsável pelos defeitos da sociedade, jamais se sente culpado por contrariar as suas regras. Paralelamente, se o aquariano não conseguir expandir a sua personalidade por meio da aventura, procurará compensar essa frustração por meio de qualquer excesso que lhe dê a sensação de estar vivo: comendo muito, bebendo demais, dedicando-se a um esporte arriscado ou experimentando situações potencialmente perigosas. Porém, atendência básicadoaquariano - de nunca se deixar escravizar por nada pode evitar que ele adquira um vício. Em relação ao sexo, como a tudo o mais, sua reação é semprea mesma: usa e abusa, mas nunca se deixa dominar. Em termos gerais, o nativo de aquário não se interessa pela qualidade, mas sim pela quantidade. Para ele é mais importante ter muitos projetos do que realizar apenas um bom projeto. E se não conseguir realizar nenhum, não faz mal, porque para ele vale mais adquirir experiência; e isso ele sempre consegue.

AQUÁRIO e o trabalho

 

Muito espaço, a natureza e a visão do futuro são 
as necessidades do aquariano. Por isso, qualquer 
atividade que junte estes elementos tem potencial-
mente a chance de realização para o nativo.

Como a personaIidade do aquariano é regida por Urano e Saturno, ele pode se desenvolver em qualquer área, contanto que não haja nenhum limite para sua expansão.
No campo da ação, as atividades criativas são as que mais combinam com este signo, porque os nativos se sentem realizados quando a sua criação serve de veículo para transmitir aos outros seu modo de ver e de sentir. Entre estas atividades, pode-se citar a de escritor, que usa a palavra para se comunicar com o mundo. Também as atividades ligadas à difusão de informações cumprem a mesma função. Os nativos de Aquário dão bons jornalistas, especialmente de rádio e televisão. Estes dois meios de comunicação, devido ao seu grande alcance, costumam ser escolhidos pelos aquarianos. A tecnologia é um outro setor no qual o aquariano tem muitas chances: gostam de máquinas eletrônicas de qualquer tipo, e projetá-las, construí-Ias ou operá-las é para eles um divertimento. Como têm os olhos voltados para o futuro, também se dão bem em atividades ligadas à conquista do espaço. Os aquarianos não só não temem como aderem às novidades, porque estimulam a imaginação. Profissões como astronauta, piloto de avião ou pára-quedista são ótimas oportunidades para desenvolver esse seu lado agitado e aventureiro.
Mas a tecnologia moderna, em todas as suas atividades, não basta para satisfazer a curiosidade do aquariano. Para se realizar plenamente, ele também deve escolher tarefas ligadas à natureza, que é outra de suas grandes paixões. Neste campo, ele também tende a ser um inovador. Sempre atraído pela ciência, pode dedicar a vida à biologia, ou pode ser um excelente criador de animais. Naturalmente, tenderá sempre a escolher animais ou plantas exóticas, com a intenção secreta ou inconsciente de produzir novas espécies.
Mas o campo no qual o aquariano tem mais possibilidades de se realizar é o da ação voltada para a conquista de novos espaços físicos ou morais. Como não é nada econômico, muito pelo contrário, e dá pouca importância ao dinheiro, deve evitar todas as atividades que exijam prudência e previsão, especialmente no campo financeiro. Deve preferir a política ou a liderança de movimentos de libertação. Nesses campos, pode acionar tanto a sua generosidade quanto a sua aspiração por um mundo melhor. Embora o aquariano nãoseja um esportista nato, quando se interessar por algum esporte deve escolher aqueles que usam principalmente as pernas: corredor, tenista, ciclista, esquiador ou atleta de saltos. Em relação à arte, a música é o meio ideal para o aquariano se expressar.

AQUÁRIO e o amor

A não ser que sua casa zodiacal, a da amizade, esteja em situação muito desfavorável, o nativo deste signo cultiva bastante todas as relações de amizade, tanto no amor como profissionalmente. Qualquer relação que não esteja baseada na amizade corre o risco de acabar ou, pelo menos, de entrar em crise. Como não é passional nem instintivo, antes de se apaixonar o aquariano precisa afeiçoar-se. Mas, mesmo apaixonado, a coisa mais importante para ele é a liberdade. Além disso, gosta de novidades e surpresas. Conseqüentemente, a pessoa amada é submetida a uma série de provas, que avaliam seu caráter, grau de afeição, ciúme, gosto pelas novidades, grau de auto-suficiência etc. Se o resultado for positivo, o aquariano poderá relaxar. achará que pode contar com uma pessoa muito parecida com ele e que, principalmente, não gosta de relacionamentos tipo prisão e nem de vida banal- Nomomentocertoapessoaamada poderá convencê-lo de que o casamento, naquele momento, é algo extremamente original. Mas cuidado se o aquariano ouvir falar de casamento no início da relação: fugirá sem deixar vestígios.
Ainda que o relacionamento com um aquariano não dê em casamento e seja apenas uma aventura, vale a pena, porque assim ganha-seu amigo fiel, com quem se pode contar. Para perder a amizade de um aquariano é preciso fazer coisas realmente terríveis. Nem o ciúme é capaz disso, porque ele consegue entender a situação, mesmo que não esteja de acordo ou não aprove o ocorrido. Talvez o melhor meio de perder a amizade de um aquariano seja tentar lhe impor alguma coisa. Ele pode até obedecer, porque não gosta de mandar, mas também não aprecia ser mudado. Talvez no início, pelo gosto da novidade, se deixe comandar, mas nada nem ninguém pode modificar os seus hábitos. Seu comportamento não significa falta de amor, embora possa parecer assim: ele sabe amar e ama muito, só que precisa amar tudo - os amigos, o trabalho, a família, seus hobbies, a humanidade etc.
Sexualmente, o aquariano não é instintivo e consegue controlar os seus impulsos. Mas, se for conquistado, intelectualmente, pela pessoa certa, pode chegar a surpreender. Como é muito curioso, pode tentar os mais diversos tipos de experiências sexuais desde o homossexualismo até o sexo grupal, mas não por razões libidinosas, e sim porque quer explorar o mistério da psique humana.

O amor de AQUÁRIO com...

 

Áries união difícil, mas certamente nada tediosa. O ariano, dominador, pode se irritar com a imprevisibilidade e a instabilidade do aquariano. No início pode haver uma grande paixão, mas depois a relação esfria.
Touro são dois signos tão diferentes que é difícil determinar o que pode acontecer. Porém, se ambos cederem um pouco, modificando os temperamentos, a união pode dar certo. No plano profissional a relação é ótima.
Gêmeos embora sejam parecidos, podem se completar. Ambos são instáveis, efetivamente frios, sexualmente cerebrais, intelectuais, e gostam das novidades. Não serão unidos por uma paixão, mas por uma grande compreensão.
Câncer o aquariano inovador tem dificuldade em adaptar-se ao canceriano, muito conservador. As dificuldades são grandes, mas a relação pode sobreviver se um dos dois se submeter ao outro e, principalmente, se ele for de Aquário.
Leão união perfeita sob todos os pontos de vista. O leonino, extrovertido, e o aquariano, imprevisível, vão competir para ver quem surpreende mais o parceiro com novidades e originalidade.
Virgem união problemática. O virginiano, hipercrítico, não agüenta muito as "novidades" do aquariano, que se entedia com o parceiro. Só podem se entender se compartilharem a mesma profissão ou a mesma atividade.
Libra as afinidades podem garantir uma boa amizade, mas a ligação amorosa costuma ser complicada: depois de uma grande paixão, pode vir o tédio. O libriano deve respeitar os momentos de solidão do aquariano.
Escorpião o forte magnetismo dos dois signos provocará uma grande atração entre ambos. Como os dois são de extremos, o resultado pode ser um sucesso ou um fracasso total. O ciúme de Escorpião costuma torturar o aquariano.
Sagitário é o encontro de duas almas gêmeas que, parecidas em muitas coisas, são diferentes na medidado necessário. Ambos gostam das mesmas coisas. O único problema é no plano sexual, pois Sagitário é muito exigente.
Capricórnio o capricorniano é muito semelhante ao aquariano saturnino, mas, para se entender com o aquariano dominado por Urano, vai ter que se esforçar. Neste caso, é melhor que mantenham apenas uma relação de amizade.
Aquário contrariamente ao que acontece nos outros signos, dois aquarianos juntos não correm o risco de se entediar. Sexualmente são mais amigos do que amantes, mas podem ter uma vida plena, divertida, cheia de amizades.
Peixes no início, estes dois signos vão se sentir muito atraídos. Sendo ambos sonhadores, tudo vai correr às mil maravilhas, mas, diante da primeira dificuldade prática, o castelo pode desabar completamente.

AQUÁRIO com ascendente em...

 

Áries a união dos regentes dos dois signos, Urano e Marte, acentua a intensidade do caráter e a combatividade, A inclinação por tudo o que é novo, moderno e futurista, característica de Aquário, é acentuada por um signo que, sendo o primeiro do Zodíaco, tem a força do precursor. A vida sentimental está favorecida pelo senso de liberdade, que dá muito charme ao nativo.
Touro este ascendente pode dar ao nativo características tão contrastantes que acabam tendo um resultado positivo. A passionalidade e o senso prático de Touro favorecem a vida áfetiva, enquanto a criatividade e o espírito inovador de Aquário favorecem a vida profissional. Ao mesmo tempo, o hedonismo tauriano modera os altos vôos imaginativos do aquariano.
Gêmeos esta combinação favorece a vida intelectual, mas não a afetiva. Aquário é independente e Gêmeos volúvel: o resultado não pode propiciar relacionamentos estáveis e longos. Em compensação, em termos de trabalho intelectual, o ecietismo e a superficialidade geminianos são sistematizados por Aquário, tornando-se profundos, originais e muito criativos.
Câncer com este ascendente, o aquariano tende a conservar todas as suas qualidades, mas torna-se uma pessoa menos original e excêntrica. O tradicionalismo e o apego à família, típicos de Câncer, levam o nativo a ter uma relação matrimonial mais "normal", O idealismo de Aquário, por sua vez, modera a melancolia canceriana, dinamizando sua tendência aos convencionalismos.
Leão o egocentrismo e a ambição de leão fazem com que o humanitário aquariano se volte para atividades mais práticas e concretas. Em geral, estes nativos têm um temperamento difícil, porque são muito dominadores, ambiciosos, gostam de aparecer e fazem só aquilo que eles querem. No entanto, podem ser pessoas excepcionais, muito criativas e com grande força de vontade.
Virgem esta combinação dá muito equilíbrio ao nativo de Aquário. A sociabilidade, a imaginação e o anticonformismo aquarianos dão vida e moderam o senso prático exagerado e quase maníaco de Virgem; enquanto o componente virginiano acalma os "vôos" e as "loucuras" do aquariano. Do ponto de vista intelectual, aumentam a curiosidade e a potencialidade analítica.
Libra Vênus, regente de Balança, influencia positivamente estes nativos, dando-lhes fascínio, dons artísticos, senso de justiça e sociabilidade. A combinação é positiva, principalmente porque os componentes librianos trazem equilíbrio e senso prático, duas carências dos aquarianos. No entanto, a indecisão é um aspecto que não se resolve, podendo até aumentar.
Escorpião o componente escorpiano dá ao nativo de Aquário mais profundidade nos interesses e pontos de vista. O idealismo do signo de Ar também se torna mais prático e concreto, graças à energia, força de vontade e agressividade trazidas por Marte. Estes indivíduos podem ser excepcionais, conseguir o sucesso e atingir metas importantes, com idéias geniais, novas e originais.
Sagitário por meio da influência de júpiter, regente de Sagitário, o nativo de Aquário adquire mais otimismo e senso prático, conservando a sua originalidade e o amor pela humanidade. Como o sagitariano é fundamentalmente uma pessoa acomodada, o nativo vai tender para as relações estáveis, ainda que isso aconteça apenas para ser aceito pela sociedade, e não por razões afetivas.
Capricórnio com esta combinação, o nativo é uma mistura de tradicionalismo e anticonformismo, de senso prático e excesso de idealismo, de generosidade e avareza, Nos indivíduos mais evoluídos é uma combinação positiva, pois aumenta a energia para o trabalho, o que permite pôr em prática os ideais aquarianos. Nos nativos não evoluídos as contradições impedem a realização dos projetos.
Aquário os duplos aquarianos são pessoas muito simpáticas, ainda que um pouco agitadas. Profundamente humanos, tendem a revolucionar tudo a sua volta. Os defeitos e as qualidades de Aquário são acentuados: amor pela liberdade, originalidade, anticonformismo etc. Esta é uma característica dos gênios, isto é, daquelas pessoas que não apenas se aprofundam num conhecimento mas também o renovam.
Peixes no campo intelectual e no místico estes nativos podem fazer muitas coisas. Porém, infelizmente, costuma faltar-lhes força de vontade, senso prático e decisão. Podem ser confusos ou ficar eternamente indecisos entre duas atividades, dois interesses ou dois amores. Como são um pouco fracos, tendem a escolher o caminho mais fácil. No plano afetivo são dedicados e bastante submissos.

 

1

Posição no Zodíaco: de 300 a 330 graus.
Elemento: ar.
Temperamento: sangüíneo.
Simbolismo: a 11.a casa do Zodíaco representa os relacionamentos, os contatos inter-humanos do cotidiano e as amizades. Também simboliza as inclinações intelectuais e os prazeres pessoais.
Personalidade: audacioso, amante de tudo o que muda e se transforma, o nativo está dotado de forte espírito humanitário. É o anticonformista por excelência, rebela-se contra as tradições e vive voltado para o futuro. Como tem um grande senso de oportunidade, muitas vezes pode dar a impressão de ser interesseiro e desleal. O amor ao progresso inclina o nativo de Aquário a escolher ocupações relacionadas à política e à ciência. Independente e cordial, costuma ser caprichoso e obstinado.
Clima favorável: frio seco, com vento e neve.
Animais: coruja, corvo e enguia.
Plantas e flores: salgueiro e papoula.
Pedra: água-marinha.
Perfume: tomilho.
Metal: alumínio
Cor: negra.
Dia de sorte: sábado, número de sorte: 3.


Publicado por Paula Valentina às 02:51
Link do post | Comentar | Adicionar aos favoritos

Capricórnio


de 22 de dezembro a 20 de janeiro

 

Posição no Zodíaco: de 270 a 300 graus.
Elemento: terra.
Temperamento: melancólico.
Simbolismo: a décima casa do Zodíaco, que representa a afirmação no campo social, o desejo de poder, a ambição e o sucesso.
Personalidade: Pessimista, prudente, introvertido. Corajoso e objetivo, enfrenta os problemas com sangue-frio. É desconfiado, especialmente no campo afetivo, mas sabe inspirar confiança fazendo uso de seu comportamento fiel. Autocontido, dedica grande parte de sua energia aos interesses de sua carreira ou às coisas que reafirmam seu prestígio. Neste sentido, os capricornianos sempre correm o risco de se desumanizarem, pois põem a vida afetiva em segundo plano.
Clima favorável: frio e seco.
Animais: jacaré, serpente, morcego, cabra e todos os animais de patas fendidas.
Plantas e flores: todas as árvores altas, como o pinheiro e o eucalipto, madressilva, narciso, aquilégia, samambaias e heras.
Pedra: quartzo rosado.
Perfume: flor de laranjeira.
Metal: chumbo.
Cor: verde-escuro.
Dia de sorte: sábado, número da sorte 4.
Países, regiões e cidades do signo: índia, Afeganistão, México, Albânia, Bósnia, Bulgária, Grécia, Punjab, Saxônia, Salonica, Trácia, Brandemburgo, Bruxelas, Oxford, Delhi, Tóquio.

Com o signo de Capricórnio, inicia-se o solstício de inverno, período no qual, no hemisfério norte, a vegetação fica desfolhada, a paisagem parece morta, vencida pelo frio, pelo gelo e pela neve. As cores se apagam, e tudo fica cinzento, Mas, sob essa aparência de marte, a vida se prepara para renascer. Como se refletisse a aparência exterior desse período, o pessimismo é a característica básica do temperamento deste signo. O nativo de Capricórnio é prudente e introvertido e não aceita nenhuma novidade ou proposta até que tenha pesado cuidadosamente todos os prós e os contras. Mas isso não quer dizer que lhe falte iniciativa no dia-a-dia. Quer dizer, sim, que suas decisões, antes de serem postas em prática, sempre precisam ser ponderadas, refletidas e avaIiadas. O capricorniano precisa ter certeza de que tudo está sendo feito com o máximo cuidado e a maior segurança, de que não corre nenhum risco, pois não deixa nada por conta do acaso ou da improvisação. Pode parecer que lhe falta coragem, mas não é certo, porque é justamente nas situações dramáticas, que requerem coragem e firmeza, que o capricorniano mostra tudo aquilo de que é capaz, enfrentando os problemas com determinação, objetividade e sangue-frio.

Tende a ser desconfiado e a não contar com a ajuda de ninguém. Confia unicamente em si mesmo, não por orgulho, mas por causa de seu pessimismo inato. Suas características tipicamente saturninas, ou seja, a frieza, a melancolia, a tristeza, a dureza, o temperamento fechado e, às vezes, até a falta de sensibilidade, dão ao nativo de Capricórnio a possibilidade de se controlar e dominar seus instintos.
Em geral, o capricorniano chega onde quer, porque não lhe faltam qualidades: paciência, precisão, pontualidade e grande senso de responsabilidade, atributos por meio dos quais conquista a estima e a confiança dos outros. Freqüentemente é um indivíduo carregado de responsabilidade e cumpre suas tarefas com perfeição. Sua paciência é de grande ajuda onde quer que seja necessário ter muita aplicação e concentração.
O capricorniano costuma ser forte e resistente, principalmente porque sua prudência faz com que evite excessos de qualquer espécie. Mas nem sempre cuida de sua saúde no momento oportuno.
No amor, o capricorniano busca, mais do que prazer físico, harmonia e compreensão mútua, e a segurança de sentimentos estáveis e duradouros. Seu modo de amar, em que as manifestações dos sentimentos são tão raras, pode ser frustrante, principalmente para as pessoas passionais. E um erro achar que se pode prender um nativo deste signo pelo amor físico e pelo erotismo, pois Capricórnio é o signo que mais tem capacidade de renunciar ao amor quando seus desejos não são correspondidos.
Porém, debaixo de uma aparência dura e fria, o capricorniano tem sentimentos profundos e fortes, que dificilmente consegue exteriorizar devido à sua autocrítica implacável; aliás, este aspecto o impede de dar vazão a seus sentimentos e de extravazar seus entusiasmos. Fiel e sério no amor, o capricorniano procura relacionamentos afetivos seguros, com os quais possa contar como algo permanente, algo assim como um bem conquistado. Naturalmente busca uma pessoa íntegrae leal e que inspire confiança. O homem de Capricórnio costuma procurar uma companheira de boa aparência, com a qual ele possa ter orgulho de ser visto.
Embora o capricorniano tenha um comportamento austero, deseja sempre o prestígio. Suas maiores qualidades decorrem de sua capacidade de concentração e meditação que, com o passar do tempo, levam-no a experiências interiores de alto nível, de natureza filosófica e espiritual. Se conseguir renunciar a seu natural apego pelos valores materiais, o capricorniano pode atingir um alto grau de maturidade e consciência, passando a ver a vida de um modo menos rígido, abrindo-se para os outros e transmitindo a sabedoria que conquistou no seu íntimo.

CAPRICÓRNIO e a saúde

 

Considerados os mais longevos do Zodíaco,
os nativos de Capricórnio devem cuidar dos 
ossos e da pele, seus principais pontos fracos.

Segundo a astrologia tradicional, o signo zodiacal de Capricórnio governa os joelhos, mas estudos feitos recentemente revelaram novas "correspondências" com outras partes e funções do corpo. Agora sabemos que o signo está ligado ao metabolismo do cálcio e dos sais minerais, aos ossos e às cartilagens. Os graus iniciais de Capricórnio também têm correspondências anatômicas com as nádegas.

Características físicas
Em geral, o capricorniano tem o corpo magro e ossudo, estatura média-alta e membros superiores e inferiores bastante desenvolvidos em comparação ao tronco. Embora os ossos sejam fortes, geralmente o tórax não é muito desenvolvido. A cabeça costuma ser pequena em relação ao resto do corpoe as mãos, ao contrário, longas, grandes e ossudas. O rosto tem traços fortes e irregulares, e a expressão costuma ser séria e pensativa, Os ossos da testa são ligeiramente marcados, as orelhas podem ser um pouco "de abana", os olhos são pequenos e profundos, o nariz é fino. Os lábios também são finos e o queixo é proeminente.

Pontos fracos
Em geral, as doenças que mais atingem os nativos de Capricórnio são as artroses, reumatismos, artrites, problemas de pele, cáries e outras afecções dentárias. Porém, esses males só aparecem na segunda ou terceira fase da vida. O capricorniano está mais sujeito a problemas crônicos do que a males agudos e, por isso, quando fica doente, é comum que tenha de se submeter a tratamentos longos e complicados. Em relação aos ossos, corre o risco de fraturas e luxações, principalmente no joelho, seu ponto fraco. Deve tomar muito cuidado com as temperaturas baixas, pois sempre está sujeito às doenças provocadas pelo frio, como gripes, pneumonias etc. Os capricornianos nascidos nos dez primeiros dias de janeiro são os que mais problemas têm em relação à assimilação de cálcio e de sais minerais, estando por isso mais sujeitos à osteoporose.
Os capricornianos dos três decanatos tendem a ter problemas com o funcionamento das glãndulas supra-renais. Quando estas apresentam problemas acentuados, o metabolismo torna-se mais lento, o que provoca hipotermia (temperatura do corpo abaixo do normal), vertigens quando está de pé, diminuição do volume sanguíneo e, principalmente, queda da pressão arterial. Apesar disso, os nativos de Capricórnio são os indivíduos mais longevos do Zodíaco: a velhice ataca o corpo, mas a lucidez mental e a força de vontade os mantêm vivos. E o segredo dessa longevidade está no fato de saberem utilizar bem as suas energias, evitando desperdiçá-las, de não serem muito comilões e, de modo geral, de não terem muitos vícios prejudiciais à saúde.

A personalidade de CAPRICÓRNIO

 

Ambicioso, persistente e autocontrolado, 
o capricorniano tem tendência a isolar-se do
resto da humanidade, criando no seu
interior um mundo de regras rígidas e de
valores que ele julga imprescindíveis.

O capricorniano é decididamente o oposto daquilo que se entende por uma pessoa instintiva e impulsiva. Nele, impulsividade e instinto são aspectos que estão sob controle, enquanto se acentuam traços como a calma, a seriedade e a objetividade. Conseqüentemente, o nativo de Capricórnio é "introvertido" ou seja, é um tipo de pessoa que opõe certa resistência quando entra em confronto com o mundo, mantendo à distancia pessoas e situações que exijam muito envolvimento. No plano consciente, não dá muito valor às aparências e jamais se deixa dominar pelas emoções. Por isso, a emotividade pode faltar na sua personalidade ou, caso apareça de alguma maneira, ela sempre será contida ou mesmo reprimida, o capricorniano tende a ser tímido, tem medo de se envolver efetivamente e não gosta de situações que escapem ao seu domínio.
Para ele, a regra básica é o autocontrole. Por isso, consegue se tornar imune aos estímulos emocionais provenientes do mundo exterior, mantendo-se afastado e controlando todas as situações que a ele se apresentam. Porém,como o inconsciente tende naturalmente para a compensação, a emotividade fica represada sem chegar ao nível da consciência, criando as tensões características do capricorniano. E os seus fantasmas são, no essencial, aqueles determinados pelo medo do relacionamento com as pessoas, porque, na sua intimidade, ele é atormentado justamente por aquilo que parece desprezar com seu comportamento frio e distante. Por meio deste mecanismo, as pessoas e os objetos assumem um significado mágico, fortemente emocional e desproporcionado, pois a percepção é tão interiorizada que assume uma grande força inconsciente. Este processo é chamado pelo psicólogo Carl C. Jung de "angústia do objeto", porque, segundo esta teoria psicanalítica, aos olhos do indivíduo (neste caso o capricorniano), as pessoas e os objetos têm qualidades poderosas e inquietantes, de tal forma que ele não consegue estabelecer uma relação direta com a pessoa ou o objeto de seu interesse.
Em conseqüência, o indivíduoacaba por estabelecer no seu inconsciente uma ligação muito forte e de caráter infantil. Desta maneira, para o capricorniano, a relação com o mundo é do tipo primitivo, porque é determinada pela simbologia das coisas. Os objetos estranhos e novos provocam medo e desconfiança, como se escondessem perigos insuspeitos; toda e qualquer mudança é tida como desagradável e até mesmo perigosa, pois é vista como sinal de um poder mágico do objeto. As variações e alternâncias do mundo podem, portanto, tornar a vida algo extremamente ameaçador aos olhos do capricorniano, que prefere manter-se fiel a princípios rígidos e indiscutíveis, tais como a tradição ou a experiência já adquirida. Em relação aos seus entes queridos, quanto mais frio o capricorniano se mostra em aparência mais forte é o sentimento guardado dentro dele. Porém, por ser interiorizado e primitivo, esse sentimento tende a fortalecer-se e a durar muito tempo.
A inclinação dos nativos de Capricórnio à depressão e à melancolia deve-se a Saturno, seu planeta regente. Este, o planeta mais "séria" de todo o Zodíaco, provoca nos capricornianos um comportamento cético em relação às aparências e aos sonhos da vida. O nativo deste signo, além de ser uma pessoa fria, é extremamente exigente e severo em relação a si mesmo e aos outros: ele não dá a menor importância às aparências e vai direto ao cerne e ao significado das coisas. Por isso, costuma ser muito seletivo, escolhe e classifica, para depois reordenar tudo de acordo com o seu sistema, feito apenas de coisas que ele considera importantes. Mas se o capricorniano não se preocupa com as aparências e não é superficial deve-se principalmente à sua necessidade de segurança. E, para ele, sua segurança significa estabelecer pontos de referência estáveis, como, por exemplo, um projeto de vida, que ele seguramente seguirá à risca.

Para compensar a sua falta de alegria, o capricorniano costuma ser ambicioso, ou melhor, costuma buscar a auto-afirmação. E suas características básicas são a força de vontade, a persistência para atingir o autodomínio e para conseguir controlar as pessoas e as coisas. Ele tem grandes chances de alcançar uma posição social elevada e de manter seu prestígio, porque sempre se propõe a dominar os acontecimentos, sem se deixar levar pelas emoções que poderiam desviá-lo do objetivo fixado. Em compensação, tem uma visão realista de seus limites e de suas possibilidades, o que o ajuda a atingir a sua meta: sua lucidez lhe permite "prever" as manobras e as etapas de sua própria ascensão. Pessimista nato, o capricorniano está sempre pronto para o pior, o que o torna capaz de lutar mesmo nas circunstâncias mais adversas. Os obstáculos, em vez de desencorajá-lo, parecem fortalecê-lo, e sua persistência faz com que consiga suportar e superar as situações mais desfavoráveis. É, na verdade, um lutador, pois Marte está em exaltação em Capricórnio. Porém, neste signo, a força marciana perde a passionalidade e torna-se sólida e dura como pedra. A ambição, nos tipos inferiores, pode ser material, principalmente se estiver baseada no desejo de obter prestígio a qualquer preço e na construção de uma "máscara" social, No tipo superior, a ambição pode estar dirigida para conquistas de cunho espiritual, embora até isto possa torná-lo incrivelmente duro e rígido. Devido a essas características, a palavra-chave de Capricórnio é atividade. Por isso, o nativo deste signo deve lembar-se de um provérbio oriental que diz: "Mate a ambição... mas trabalhe com aqueles que são ambiciosos". Na verdade, o que falta ao capricorniano é confiança, capacidade de deixar as coisas correrem. Quanto mais se fecha mais duro fica, e torna-se seletivo demais em relação às pessoas, apenas prestando atenção àquelas que estão dentro de seu campo de ação. O nativo de Capricórnio tem forte tendência a isolar-se do resto da humanidade. Algumas vezes por escolha, outras por medo e desconfiança, o resultado é que freqüentemente acaba escolhendo a solidão como a melhor saída para a sua vida. Por isso, as neuroses mais freqüentes nos nativos deste signo são as crises maníaco-depressivas que, sob a influência de Saturno, símbolo do tempo, tornam-se cíclicas. Todos os signos de Terra estão ligados às sensações provenientes da matéria e do corpo físico. Daí uma possessividade e um apego que, se no taurino se traduz na busca de afeto e erotismo, no capricorniano se transforma em ambição e desejo de poder.

O nativo de capricórnio não é exatamente dotado de senso de humor, pois leva tudo muito a sério. Como um dos mitos simbólicos que o representam, o de Sísifo, condenado a carregar eternamente a mesma pedra até o topo da montanha, ele está marcado pelo sofrimento e pela auto-ironia. Porém, é justamente esta auto-ironia que pode aliviar o sofrimento do capricorniano, porque por meio dela ele pode superar a si mesmo. Simbolicamente, este tipo de personalidade, é "terra e ar", na medida em que transforma a melancolia e a tristeza profunda (Terra) por meio do humor (Ar), ultrapassando assim os limites de sua própria natureza.

CAPRICÓRNIO e o trabalho

 

O sucesso profissional quase sempre está
garantido para o capricorniano, qualquer
que seja a área escolhida.  Porém,
não deve se deixar dominar pelo pessimismo
nem pela sua permanente desconfiança.

Por temperamento, o capricorniano tende à solidão e, por isso, fica muito infeliz em ambientes agitados e desordenados, principalmente aqueles em que não consegue impor a sua organização mental. O seu ambiente ideal tem de ser calmo, bem organizado e deve estar dirigido por alguém que possa ser admirado e imitado. Por isso, o ambiente em que o capricorniano se sente melhor é aquele relacionado com grandes comunidades, organizadas em nome de um ideal ou de objetivos bem definidos, como os conventos, os museus, os hospitais e também os organismos internacionais, os ministérios e as fábricas. O capricorniano se realiza em trabalhos nos quais possa utilizar seus dons de administrador e como braço-direito de grandes líderes. Mas se o sucesso, que mais cedo ou mais tarde vai cruzar o caminho do capricorniano, levá-lo a ser ele mesmo um líder, certamente vai precisar de alguém ao seu lado, um colaborador em quem possa confiar e que o reconforte em seus momentos de pessimismo e depressão. O nativo deste signo pode ser um ótimo administrador ou um bom advogado, contanto que não se dedique ao direito penal, porque, nessa área, seus rígidos princípios morais podem lhe causar problemas. As atividades Iigadas à economia adaptam-se muito bem a seu temperamento, embora ele jamais chegue a ser um bom comerciante, pois não tem jogo de cintura. Na verdade, o capricorniano pode se dar bem em qualquer profissão, contanto que se desenvolva dentro de determinadas condições, que são ais de seu planeta regente. Por isso, para o capricorniano, em vez de indicar as profissões, é melhor descrever o modo como essas atividades devem ser exercidas. Em primeiro lugar, ele não deve se deixar dominar pela tendência à depressão e pelo ceticismo, únicos elementos capazes de distanciá-lo do sucesso que sempre está em volta dele. Em segundo lugar, seu ambiente de trabalho deve ser organizado, tradicional, onde ele exerça autoridade sobre certos colegas (mas também tenha um chefe carismático e influente) e quefreqüentementeapresenteobstáculosqueele possa superar. Porém, não se deve esperar que o capricorniano se destaque de imediato, porque ele concebe o sucesso como um edifício, a ser construido pedra sobre pedra, Qualquer outro tipo de êxito o deixaria humilhado.

Embora seja um tradicionalista, às vezes gosta de novidades. Por isso, também pode ser um viajante, capaz de dar a volta ao mundo; mas, é claro, só viajará quando tudo estiver perfeitamente organizado e quando todas as metas estiverem definidas. Apesar dessa "mania" de organização, o capricorniano que sempre tem um pé na terra, também é capaz de adaptar-se a possíveis mudanças de planos sem muitos dramas, contanto que isso não signifique desorganização ou risco. Por natureza é um signo austero, mas não recusa o conforto quando este provém de seu próprio trabalho.

CAPRICÓRNIO e o amor

Sendo fundamentalmente uma pessoa fiel, o capricorniano não gosta de aventuras, nem em termos amorosos nem nas amizades. Ele não estimula afetos superficiais ou passageiros e sempre escolhe bem as suas companhias. Como é ambicioso(a), tende a escolhê-las em ambientes socialmente mais elevados do que o seu. Mas quando um nativo de Capricórnio escolhe um amigo, o que é pouco freqüente, merece toda confiança. Conserva seus amigos da juventude por toda a vida, porque neles o capricorniano sempre encontrará refúgio ou apoio durante suas fases de pessimismo e mau humor. Mas, se lhe acontece perder uma dessas amizades, passa a se sentir só e infeliz. No entanto, por mais que o sofrimento o perturbe, ele jamais dá o braço a torcer, porque uma das qualidades pessoais que mais valoriza é a própria dignidade. Como tende a ser pão-duro, jamais empresta dinheiro - nem aos amigos mais queridos - e nunca contrai dívidas.
Sua desconfiança natural faz com que prefira reIacionar-se com pessoas do seu próprio sexo e tenda a considerar as do sexo oposto como potenciais inimigos ou gente na qual não se pode confiar. O capricorniano é um lutador em todos os campos da vida, inclusive no amoroso. Está sempre disposto a dedicar-se à conquista, porque este tipo de relação, além de estimular a sua ambição, também soluciona seu profundo problema de solidão e melancolia.
Por outro lado, o nativo de Capricórnio jamais será um bom companheiro para pessoas impulsivas e passionais. Não sente a menor atração por aqueles que gostam de ser sensuais, preguiçosos, amantes do luxo e dos prazeres, assim como detesta as pessoas que não têm rígidos princípios morais ou que são muito fantasiosas.
Do ponto de vista estritamente astrológico, o capricorniano se dá bem com nativos de Libra, devido ao equilíbrio e ao senso de justiça desse signo, que complementam sua praticidade e objetividade natural, ou com os fogosos nativos de Aries, com os quais partilha o mesmo gosto pelas dificuldades e a mesma obstinação.

O amor de CAPRICÓRNIO com...

 

Áries podem se dar bem sexualmente ou quando compartilham das mesmas ambições. Em outros casos, a relação é geralmente conflitante, pois o capricorniano se mostra frio e intransigente, enquanto o ariano é muito amoroso e impulsivo.
Touro união de dois signos de Terra, que pode ser positiva sob vários aspectos, especialmente do ponto de vista profissional. Este encontro corre apenas um risco: com o tempo, a relação pode cair na monotonia.
Gêmeos relação bastante complicada, pois os dois signos são muito diferentes. Os defeitos de um costumam ser insuportáveis para o outro. Em termos afetivos e sexuais, essas diferenças chegam a ser insuperáveis.
Câncer a união destes dois signos pode ser muito positiva, apesar de serem opostos no Zodíaco. No entanto, estes signos têm os mesmos objetivos, pois ambos procuram a segurança, pensam no futuro e evitam riscos.
Leão pode ser uma união promissora, principalmente se, além da ligação afetiva, existir uma relação de trabalho, de modo que possam colaborar um com o outro para alcançar o sucesso. Porém, é uma união sem muito enlevo.
Virgem em termos afetivos, estes dois signos são frios e incapazes de externar seus_ sentimentos, o que pode levar a relação ao tédio e à monotonia. No campo profissional, a união tende a ser perfeita.
Libra é uma ótima combinação. Balança traz fantasia, harmonia e flexibilidade para contrabalançar o sóbrio e fechado Capricórnio. Por sua vez, este dá seriedade e constância à frívola Balança. O resultado é de muita harmonia.
Escorpião embora costume haver problemas sexuais - a combinação da Terra fria com a Água fervente é muito difícil -, se os tipos forem evoluídos a união pode ser harmoniosa. A relação é muito positiva profissionalmente.
Sagitário ótima combinação, porque o sagitariano, brincalhão e aventureiro, completa o sério e prudente nativo de Capricórnio. Na relação, ambos precisam se esforçar para chegar a uma união harmoniosa.
Capricórnio esta união se caracteriza por muita prudência e pouco entusiasmo. Pode ser uma relação sólida, mas sem grandes paixões ou demonstrações de afeto, correndo o risco de afundar na rotina e no tédio.
Aquário a instabilidade típica de Aquário será freada pela seriedade de capricórnio, o que pode levar a uma relação de complementação. Porém, há sempre o risco da desestabilização entre estes parceiros tão diferentes.
Peixes quando baseada em afinidades espirituais, esta união pode ser positiva. Mas, sea relação estiver apoiada na atração física, não tem muitas chances de durar, porque o romantismo pisciano não suportará a frieza do parceiro.

CAPRICÓRNIO com ascendente em...

 

Áries nesta combinação de Terra e Fogo, a força de vontade, a concentração de energia e a firmeza de Capricórnio são alimentadas pelo fogo primário de Áries, cujo impulso instintivo dá energia e decisão, impelindo as forças estáticas do signo à ação. A determinação e a ambição de Capricórnio, unidas ao idealismo de Áries, levam este nativo a altas posições.
Touro nestes casos, os dois signos de Terra exaltam a razão, tornando o nativo com estas características uma pessoa decidida e consciente das próprias capacidades. O lado negativo desta combinação é uma certa vulnerabilidade, quando sai das esferas racionais e práticas, lacuna que se torna bem evidente no campo sentimental e nos relacionamentos sociais.
Gêmeos a Terra e o Ar, elementos contrastantes, podem produzir uma combinação altamente positiva. Capricórnio dá racionalidade e senso prático, enquanto Gêmeos corlduz à fantasia, à criatividade e à inovação. A soma de tudo cria um temperamento aberto, dinâmico, sempre disponível e pronto para o diálogo, que se desenvolve muito bem no campo intelectual.
Câncer a fusão da dureza de Capricórnio com a sensibilidade de Câncer tende a radicalizar a introversão típica do capricorniano. Os sentimentos passam a ter um papel muito importante, enquanto a vida interior destas pessoas é moldada pela intuição e pela fantasia. A perseverança, comum aos dois signos, possibilita a conquista de uma posição social elevada.
Leão combinação positiva, pois reforça a racionalidade capricorniana com a energia solar de Leão, produzindo um temperamento ativo, tanto no plano social quanto no intelectual. A perseverança e a ambição podem levar este nativo a enfrentar tarefas difíceis, numa constante procura de grandes sucessos, mas sempre orientado por princípios morais e pelo senso de honra.
Virgem a racionalidade, o perfeccionismo e o senso crítico de Virgem, combinados com a tenacidade e a serenidade do Capricórnio, podem produzir indivíduos excepcionais em termos práticos, capazes de realizar grandes projetos. No plano afetivo, porém, estas pessoas costumam se caracterizar pela frieza e pela incapacidade de manifestar seus sentimentos.
Libra a união de duas naturezas tão diferentes pode levar a muitos conflitos. Em geral, a seriedade capricorniana entra em constante atrito com a volubilidade dos librianos, produzindo um temperamento inseguro e instável sob a aparência de firmeza e segurança. No campo profissional, estes nativos têm aptidões para as artes, especialmente literatura.
Escorpião combinação de energia que gera um temperamento problemático, fechado e introvertido. Estes nativos terão imensas dificuldades em mostrar as próprias qualidades, porque, como são muito desconfiados, costumam esconder seus aspectos positivos. Para conseguir o sucesso, deverão lutar muito e também renunciar a muitas coisas.
Sagitário as forças de Capricórnio, impulsionadas pelo fogo de Sagitário, produzem um caráter humano e sensível, sempre disposto a ajudar o próximo e capaz de superar sozinho qualquer tipo de dificuldade. A honestidade, a correção e o senso de justiça são as exigências espirituais deste nativo, características que podem levá-lo ao auto-sacrifício.
Capricórnio a duplicação das características capricornianas dá um temperamento forte, resistente, perseverante e desconfiado. Se por um lado as qualidades do signo são acentuadas, também há o risco de um excessivo fechamento em si mesmo. Capaz de qualquer sacrifício para conseguir o seu objetivo, este nativo geralmente consegue atingir uma posição de destaque na sociedade.
Aquário a genialidade, a inventividade e o espírito empreendedor de Aquário, sempre disposto a renovar tudo o que está à sua volta, unem-se à constância e à seriedade de Capricórnio, modificando o tradicional temperamento do nativo. Este se torna uma pessoa moderna e dinâmica, com uma vida pouco rotineira, mas que nunca perde o senso de disciplina e de coerência.
Peixes nesta combinação, a força de vontade e a firmeza de Capricórnio entram em choque com a indecisão e a insegurança de Peixes, levando o nativo a uma atitude de extrema prudência. O medo do futuro, que é visto como algo cheio de perigos, provoca um estado de insegurança constante, a qual, por sua vez, obriga o nativo a uma permanente busca de afirmação social,



1



Publicado por Paula Valentina às 02:49
Link do post | Comentar | Adicionar aos favoritos

Sagitário
 

de 22 de novembro a 21 de dezembro

 


O nativo de Sagitário reflete inteiramente o símbolo de seu signo, o centauro. A metade representada pelo corpo do cavalo mostra o movimento, essa energia que dinamiza o sagitariano, sempre pronto para satisfazer suas curiosidades intelectuais e sensoriais. A parte superior do símbolo, o homem que estende o arco para disparar a flecha, indica as aspirações do nativo. Tudo no centauro está voltado para o céu - braços, flecha, olhos pois seu objetivo é o f irmamento infinito. E como as leis da natureza ensinam que nada se cria e nada se perde, mas tudo se transforma, o que o signo precedente, Escorpião, armazenou, é agora canalizado em forma de energia para servir a um fim superior. Como o espírito ainda não se desligou da matéria, Sagitário também ainda não se desligou da passionalidade típica do signo precedente, da qual guarda um vestígio: o rabo do cavalo, na parte inferior do signo, é o ferrão escorpiônico. Porém, apesar de os sagitarianos ainda terem muito da sensualidade e da passionalidade dos escorpianos, tendem para o alto e para lá dirigem toda a sua atenção e energia. Não podem chegar ao divino porque a parte animal os retém, mas lutam pela auto-afirmação espiritual.
O centauro simboliza o conflito do ser humano, que quer sublimar a matéria para alcançar uma maior espiritualização e que, entretanto, apesar de todos os seus esforços, não consegue anular sua própria animaiidade. Por isso, cabe a Sagitário, mais do que a qualquer outro signo, enfrentar a experiência trans-individual, a escalada dos conceitos morais e espirituais mais elevados, a união de povos e nações para alcançar a paz. O nativo de Sagitário é um educador nato, característica que provavelmente tem origem na criação mítica do centauro Quirão, o mais famoso e sábio de todos os seres desta raça imaginária. Segundo o mito, Saturno, o deus do Tempo, apaixonou-se por Filira, filha de Oceano, e para enganar a vigilância ciumenta de Réia, sua mulher, assumia a forma de um cavalo toda vez que ia visitar a sua amante. Por causa dessa metamorfose, Saturno gerou um filho metade homem e metade cavalo, que foi chamado quirão. Ao ver a monstruosidade de seu filho, Filira o rejeitou e pediu aos deuses que a transformassem numa árvore, pois, assim, não teria mais consciência nem memória. Os deuses olímpicos atenderam a seu pedido e a transformaram numa tília. Saturno se encarregou da educação de seu filho e despertou nele uma magnífica curiosidade: a de descobrir quantas estrelas existem no firmamento. Para poder responder a esta pergunta, Quirão estudou tanto que se tornou o mais sábio de todos os seres. E foi o responsável pela educação - guerreira e civil - dos maiores heróis. Entre seus alunos mais famosos estão o deus Dionísio, jasão e os Argonautas, Teseu, Castor e Pólux, Enéias, Nestor, Ulisses, Telêmaco e Aquiles. Embora fosse imortal, durante a guerra entre Hércules e os centauros, Quirão foi inadvertidamente ferido por uma flecha do herói, cujo veneno produzia feridas dolorosíssimas e incuráveis. Não suportando sua condição, o sábio centauro pediu a Júpiter para morrer. O rei dos deuses, com pena, consentiu, mas para manter imortal o seu nome, transformou-o na constelação de Sagitário. Por isso, o nativo evoluído desse signo é, para aqueles que o conhecem, como Quirão para seus alunos: amigo e orientador. Em relação à vida intelectual, se sua mente tiver sido bem disciplinada pela educação e pela cultura, o sagitariano é capaz de lidar com qualquer tipo de problema.
Clareza, ordem e método unem-se ao gosto pela exploração e pelo estudo de assuntos complexos. Na esfera afetiva, embora seja generoso e sentimental, o sagitariano pode ter problemas na vida matrimonial, pois vive o conflito interior entre uma relação estável e a necessidade de autonomia. Sendo um signo de Fogo, é um dos mais passionais, inclusive do ponto de vista sexual. Depois do Fogo de Áries, explosivo e violento como o despertar da natureza, depois do Fogo de Leão, ardente e dominador como o auge do verão, vem o Fogo de Sagitário, luminoso e reanimador, energia que renova e purifica as paixões.

SAGITÁRIO e a saúde

 

Fortes e sadios, os nativos de Sagitário resistem 
bem às doenças, mas devem cuidar da coluna 
vertebral e do sistema circulatório.
Segundo a Astrologia tradicional, o signo de Sagitário governa as coxas. Porém, estudos mais recentes ampliaram as relações de "correspondências" com outras partes do corpo. Nos dezoito primeiros graus, há uma ligação com a bexiga e com a uretra. Nos graus seguintes, começam as correspondências como ânus e com a parte inferior da coluna vertebral: as três últimas vértebras lombares, as vértebras sacras e as do cóccix.

Características físicas

Em geral, os sagitarianos têm uma estatura média-alta, corpo bem-feito e atlético, ombros largos mas ligeiramente curvados para a frente, membros superiores e inferiores longos em relação ao tórax e mãos grandes.
A maioria dos sagitarianos caminham com passos largos, balançando os braços, e com a cabeça e os ombros um pouco para a frente. Seus dentes podem ser um pouco salientes, a testa é grande e redonda, e o queixo ligeiramente comprido. Os olhos são, como os dentes, ligeiramente proeminentes, com grandes pálpebras e sobrancelhas bem marcadas.

Pontos fracos

De modo geral, as doenças que mais atingem os nativos de Sagitário, e aqueles que têm esse signo como ascendente, são as disfunções circulatórias, a gota, o reumatismo, a ciática, a flebite (principalmente nas mulheres) e as afecções do aparelho respiratório. De qualquer modo, como os sagitarianos são pessoas fortes e resistentes às doenças, dificilmente têm a saúde comprometida seriamente e se recuperam com muita facilidade.
Os nativos do primeiro decanato (de 22 de novembro a 1 de dezembro) podem tero fígado delicado e são susceptíveis a eczemas de origem tóxica. Os nascidos no segundo decanato (de 2 de dezembro a 11 de dezembro) sofrem freqüentemente de perturbações causadas por excessos alimentares (obesidade e diabete) e devem tomar cuidado com a taxa de colesterol. Já os do terceiro decanato (de 12 de dezembro a 21 de dezembro) têm tendência a sofrer de reumatismo e ciática.
O signo de Sagitário está ligado a um hiperfuncionamento das glândulas supra-renais, com a conseqüente tendência à hipertensão arterial, atecção que pode ser constatada em muitos nativos do signo e, principalmente, em pessoas cujo ascendente é Sagitário.

A personalidade de SAGITÁRIO

 

Nervoso, idealista, sonhador e aventureiro, o 
sagitariano ama ama a liberdade e as coisas 
novas.  Porém, quando contrariado,  torna-se 
agressivo com os outros e consigo mesmo. 
Os nativos de Sagitário têm um temperamento, ativo, expansivo e egocêntrico. Quando conseguem desenvolver plenamente sua personalidade, atingem um equilíbrio físico e psíquico invejável. Porém, muitas vezes isso acontece à custa daqueles que os cercam, pois eles não se detêm para pensar nas dificuldades dos outros.
Os sagitarianos são voltados para si mesmos e correm o risco de se tornarem obsessivos, porquenão conseguem desviar a atenção de seus próprios assuntos. Sua tendência não é a auto-análise, mas manter-se constantemente atento para o medo inconsciente que sentem de perder aquilo que consideram "bom". A base de sua personalidade é a insegurança, gerada pela oposição de duas naturezas que devem tentar coexistir. As pulsões internas são vividas de modo muito intenso e, nas pessoas que tenham sido frustradas pelas condições externas, essas pulsões podem se exteriorizar em comportamentos francamente agressivos. Mas é justamente por meio da agressão que o sagitariano recupera seu equilíbrio interior, sempre ameaçado pela alternância de sensações opostas. Como não tem consciência disso, ele tende a somatizar seus conflitos, tornando-se um hipocondríaco ou adotando um comportamento neurótico. Nesses casos, pode provocar doenças em si mesmo, pois não apenas sua psicologia alterará o funcionamento normal do organismo como todas as suas defesas diminuirão consideravelmente. O sagitariano, que ama a liberdade e o descompromisso, está muito sujeito ao stress, porque toda situação que crie dependência ou que se caracterize pela repetição pode levá-lo a uma crise. Nesses casos, ele reage com seu clássico mecanismo de defesa: o jogo. Tentará fugir por meio de qualquer tipo de diversão ou passatempo, desde viagens até um simples jogo de baralho.
Os relacionamentos também representam outra grande ameaça ao seu equilíbrio, principalmente quando suas grandes exigências amorosas não são retribuídas. O nativo de Sagitário não suporta nenhuma relação que não esteja baseada no afeto e, mesmo tornando-se adulto, não muda esse seu ponto de vista. Por isso, ele sempre apelará para os mais diferentes meios que possam lhe garantir afeto e atenção.
Um ambiente desfavorável também pode suscitar no sagitariano um outro mecanismo de evasão: o sonho. Se não conseguir mudar a realidade que o cerca, tenderá a fantasiar, gastando todas as suas energias na tentativa de construir um mundo diferente no qual possa "realizar" suas expectativas. Quando se sente insatisfeito, ele inventa outra realidade e passa a viver nela, abstraindo-se do cotidiano.
O sexo também é um elemento fundamental da personalidade do sagitariano, porque tem muita necessidade dele. Para o nativo, o sexo não é apenas uma fonte de prazer mas também um objetivo constante de sua curiosidade inexaurível, um campo que sempre deve ser explorado, pois sempre há possibilidades de encontrar novidades. Em condições desfavoráveis do ponto de vista sexual, o sagitariano fica ansioso e irrequieto, não recuperando a paz até ter satisfeito todas as suas exigências. Para ele, não existem regras nesse campo, mas, se por acaso encontrar dificuldades, não vai duvidar um minuto para se refugiar num comportamento oposto, tornando-se um defensor da moral corrente. Desta maneira, tenta conter os seus próprios impulsos, agindo de modo conformista e deixando-se guiar pelas regras da moral convencional, o que acaba sendo ótimo para ele, pois o poupa de ter de julgar a si mesmo.
Uma outra reação tipica do sdgitdriano que não consegue satisfazer sua sexualidade é a militância em tudo o que signifique uma frente de vanguarda. Assim, ele sublima e reelabora a sociedade e as relações entre os indivíduos, aderindo a novas formas ideológicas e a avançadas visões de mundo. Quando o sagitariano é do tipo extrovertido, seu encontro com a realidade será uma exploração, limitando-se a viver o presente apenas na medida em que este contiver as sementes do futuro. Mas, se for do tipo introvertido, sua sede de aventura vai se voltar para a busca de si mesmo, de uma imagem perfeita de si, de qualquer coisa que o faça superar sua natureza dupla, procurando sempre um ideal de sabedoria e de equilíbrio. Estes dois elementos são os objetivos principais de seu mergulho em si mesmo. Como o sagitariano se sente mais atraído pelas grandes idéias do que pelos arquétipos que moldam os comportamentos, os modelos culturais são para ele um objeto de pesquisa e não a base de sua segurança. Neste sentido, ele sempre é uma pessoa insegura, mas que sabe lidar com a própria insegurança, na qual percebe os principais aspectos de sua natureza profunda. A mudança não provoca a sua ansiedade; o que o torna ansioso é a solidão, seja espiritual ou física. O mundo é muito imprtante para ele, pois tem uma sensibilidade incrível em relação ao ambiente que o cerca- Obstáculos que limitem a sua liberdade e seu amor pela exploração e pela aventura ou dificuldades existenciais muito prolongadas podem minar seu equilíbrio psíquico, levando-o a situações de crise. No entanto, se consegue viver expansivamente e satisfazendo seus impulsos, o sagitariano atinge alto grau de maturidade e utiliza todo o seu potencial em benefício da sociedade e das pessoas com as quais escolheu viver. Esse é um signo condicionado pelo sucesso. Não o sucesso.feito de aplausos e palcos, mas sim aquele do tipo mais duradouro, ligado ao cumprimento de tarefas específicas.

SAGITÁRIO e o trabalho

 

A metade humana, voltada para o alto, predispõe o 
sagitariano para  trabalhos  ligados à espiritualidade. 
Sua  metade  eqüina, porém, faz com que seja atraído 
pela natureza.
Sagitário talvez seja, de todos os signos, aquele que reflete com mais fidelidade o seu símbolo: o centauro. A flecha apontada para o alto indica um indivíduo que sonha ir cada vez mais longe, que detesta a mediocridade e a banalidade dos hábitos. O tipo não evoluído faz de tudo, mas não faz nada bem, enquanto o sagitariano superior trabalha por gosto, não por obrigação, o que lhe dá grandes chances de ser bem-sucedido. De modo geral, o nativo de Sagitário é ativo mas impulsivo; sensível mas instintivo, genial mas irregular. Por isso, costuma realizar-se somente ao atingir a idade madura. Mas tem a sorte de ser otimista, e esta é a sua melhor qualidade. Ele não se deixa desencorajar facilmente e, movido pela ambição e pela força de vontade, não espera passivamente a ajuda do destino: sabe que deve e pode atingir suas metas com trabalho e perseverança. Protegido por Júpiter, planeta da "grande fortuna", o sagitariano tem tudo para encontrar a riqueza e o sucesso. Sagitário corresponde à nona casa do Zodiaco, a casa da aventura. Por isso, as profissões que envolvem viagens atraem o sagitariano: intérprete, aeromoça, guia turístico, importação/exportação etc. Também gosta de profissões relacionadas ao céu, como piloto de avião, astronauta, astrônomo. A tendência aos estudos e ao mergulho na alma faz com qu abrace carreiras como diplomacia e política ou o inclina a ser juiz, inventor, etc.
Como é bom orador, pode ser animador de auditório, usando sua psicologia e diplomacia. Adapta-se bem a trabalhos que envolvem contatos com as pessoas- assistência social, educação, relações públicas. Se for introvertido, vai dedicar-se à filosofia, ser escritor ou pesquisador. Os sagitarianos gostam de esportes, porque envolvem movimento, e podem ser jogadores d futebol, esquiadores, etc.
Também se adaptam à carreira religiosa: entre os sagitarianos há teólogos, sacerdotes e freiras. Alguns se sentem atraídos pelo sobrenatural, pela parapsicologia e pelo espiritismo; outros seguem religiões novas ou estranhas, ligadas à natureza, que os sagitarianos amam por instinto. Esse é um dos signos mais ligados às manifestações ecológicas em defesa dos animais - representados por sua metade eqüina - e da flora, o que o encaminha para a agricultura ou a jardinagem. Valéry observa que a metade humana do símbolo de Sagitário exprime a deliberação, ou seja, a "decisão ponderada do homem", enquanto a outra metade representa" a impulsividade do cavalo de corrida". Por isso, encontramos pessoas tão diferentes em Sagitário. Mas uma coisa é certa: qualquer que seja a profissão que escolherem, os sagitarianos são mais predispostos a uma vida de movimento do que a uma vida sedentária.

SAGITÁRIO e o amor

Como o símbolo de seu signo, metade homem e metade cavalo, o sagitariano também tem natureza dupla: é sensual no amor e espiritual na afetividade. Menos passional que Escorpião, o signo que o precede, e também menos controlado que Capricórnio, o signo que o segue, Sagitário representa um traço de união, a transição entre dois modos diferentes de amar. É o verdadeiro "símbolo'" do ser humano na sua totalidade física e espiritual: nem muito animaiesco nem muito místico. Como acontece com todos os signos do Zodíaco, há sagitarianos evoluídos e não evoluídos. Nos primeiros, a parte animal é sublimada nos estudos ou nas artes, longe das tentações do mundo. Como o ariano, o sagitariano se entusiasma com muita facilidade e deposita toda a sua confiança no parceiro, aspecto que geralmente aumenta sua desilusão quando é enganado ou abandonado. Gosta de amar, mas não se sente atraído por relações muito longas. Pode ser fiel, mas desde que se sinta livre, O ciúme ou a possessividade do parceiro extinguirá rapidamente sua afeição. E, se seu casamento sofrer nesse sentido, o mesmo acontecerá com os outros aspectos de sua vida. É impulsivo e a diplomacia não é o seu forte, o que muitas vezes o leva a rompimentos, ainda que involuntários. Sempre um ótimo amigo, faz um verdadeiro culto da amizade. É alegre, otimista, discreto, pronto para dar bons conselhos e raramente invejoso ou pouco sincero. Tem a grande qualidade de nunca se escandalizar com absolutamente nada, de saber compreender e de estar sempre pronto para dar o conselho certo em qualquer situação. É um bom psicólogo e costuma perceber de antemão qual é o problema que preocupa o outro. Quando está entre pessoas de quem gosta, o sagitariano é sociável e brincalhão, mas se a companhia não lhe agrada, vai embora ou fica num canto, emburrado e com ar de ofendido.

O amor de SAGITÁRIO com...

 

Áries são dois signos muito impulsivos, mas que têm muita afinidade. Se tiverem interesses comuns, podem fortalecer o relacionamento com lealdade e colaboração. A união será mais promissora se o casal passa dos 30 anos.
Touro não será fácil harmonizar o temperamento aventureiro e livre do sagitariano com o ciumento e possessivo taurino, que prefere a paz do lar para viver. Uma boa amizade será mais positiva do que um romance.
Gêmeos ambos têm temperamentos semelhantes, e esta será uma união feliz se o relacionamento for baseado nas afinidades de cada um e não nos sentimentos. Assim, os inevitáveis problemas serão resolvidos facilmente,
Câncer esta é uma união difícil, que, em geral, exige que o sagitariano abandone o seu lado anticonformista para aceitar os valores burgueses do canceriano. Entre eles, uma grande amizade é mais promissora do que uma paixão.
Leão a harmonia pode ser alcançada entre os dois signos, se o leonino moderar o seu autoritarismo e o sagitariano se mostrar menos im-ptilsivo. As afinidades que existem entre eles reforçarão a união.
Virgem num primeiro momento, a perfeição do meticuloso virginiano pode fascinar o caótiço sagitariano, mas isso também acabará por sufocá-lo, tornando o relacionamento carregado e angustiante para ambos.
Libra este é um relacionamento que tem tudo para dar certo e que pode mesmo se estender ao campo profissional, pois ambos se entendem muito bem. Bastará ao libriano usar de compreensão para com o parceiro.
Escorpião a atração sexual é intensa entre os nativos destes signos, e a união será feliz se o escorpiano moderar a sua possessividade e o sagitariano conseguir conviver com o ciúme e o egoísmo do parceiro.
Sagitário esta poderá ser uma união marcada por muita camaradagem, pois ambos gostam de viver livremente. Mas os desentendimentos também serão constantes. Um trabalho em comum os aproximaria mais.
Capricórnio o sagitariano, brincalhão e inconformista, podeserumexcelentecontraponto para o sério e pessimista capricorniano. Se ambos se ésforçarem para se ajustar, esta pode ser um união gratificante para ambos.
Aquário esta união pode resultar num casal divertido e harmonioso, pois nenhum dos dois se prende ao lado prático da vida. Mas, depois do entusiasmo inicial, a ligação sempre corre o risco de cair no desinteresse.
Peixes esta também parece ser uma união perfeita para o sagitariano, pois o pisciano lhe concede liberdade de ação e é muito afetuoso. Mas, na primeira oportunidade, ele exigirá uma compreensão recíproca.

SAGITÁRIO com ascendente em...

 

Áries este ascendente acentua as paixões, a ambição e a sede de comando, o que permite ao nativo chegar a altas posições na carreira. O duplo Fogo desta combinação dá ânsia de viver e abertura mental para qualquer tipo de experiência. A fidelidade aos valores familiares e sociais aparece num temperamento impulsivo, às vezes inclinado aos excessos na vida sexual.
Touro o componente taurino é positivo para o fogoso sagitariano, que ganha estabilidade afetiva. O encontro Júpiter-Vênus inclina aos prazeres da vida, sem sacrifícios ou problemas. O amor pela casa e o respeito às tradições, típicos de Touro, tornam o nativo mais calmo e tranqüilo. O resultado é uma pessoa brilhante, divertida e, ao mesmo tempo, consciente e responsável.
Gêmeos dois signos opostos, ambos duplos e ambivalentes. Juntos, produzem uma personalidade fascinante, original, eclética, versátil e fantasiosa. Acentuam-se também os defeitos, como o dualismo interior e a indecisão. Apesar de desperdiçarem muita energia, esses indivíduos conseguem atingir os seus objetivos. No casamento, superam as crises evitando o tédio e a monotonia por meio dos amigos
Câncer estes dois signos tão diferentes, unidos na mesma pessoa, podem provocar incoerências e conflitos. O nativo pode se realizar através dos filhos e, ao mesmo tempo, sonhar em viajar sozinho, ou se realizar na profissão e ficar sonhando com um lar, A melancolia canceriana aguça o complexo de inferioridade de Sagitário. O indivíduo alterna crises de depressão e momentos de euforia.
Leão o ascendente Leão aumenta a ambição e a sede de poder d Sagitário, e o indivíduo pode beirar a megalomania. Se o resultado for positivo, surgirá um líder nato, uma pessoa excepcional e de grande inteligência. Esta combinação é mais favorável para a carreira do que para a vida afetiva. O amor pelos filhos é tão grande que pode fazer com que o nativo sacrifique a carreira.
Virgem com este ascendente, a personalidade de Sagitário ga senso prático e racionalidade, o que em geral é positivo. A necessidade de liberdade, típica de Sagitário, pode ser atenuada, favorecendo o casamento. A natureza virginiana - meticulosa demais, rígida e pedante - junta-se à fantasia típica dos signos de Fogo, dando uma pessoa criativa e prática ao mesmo tempo.
Libra o Ar de Balança atiça o Fogo de Sagitário. O nativo com0 este ascendente mantém sua vivacidade inata e ganha dons artísticos sensibilidade, senso de justiça e equilíbrio. A necessidade de segurança afetiva, típica dos fibrianos, conduzirá o "andarilho" sagitariano ao casamento. Na.carreira, o aumento de sensibilidade pode tornar esses indivíduos mais vulneráveis.
Escorpião a combinação com a Água pantanosa de Escorpião, que corresponde aos meandros do inconsciente, produz personalidades fascinantes e profundas, mas difíceis de entender e de aceitar. São pessoas que sabem amar, mas querem conservar a sua própria liberdade, sem concedê-la ao companheiro. No trabalho, são muito dedicados e esforçados, graças à ambição e a uma incrível energia.
Sagitário o ascendente no próprio signo solar aumenta os defeitos e as qualidades do nativo. Neste caso, acentua-se o otimismo, o individualismo e a ambição. Para aqueles que nasceram logo após o nascer do sol e forem evoluídos, há a possibilidade de serem geniais nos campos da filosofia e da religião, embora sejam muito introvertidos, Os nascidos durante a manhã são muito sociáveis.
Capricórnio com este ascendente, o temperamento ambicioso de Sagitário pode se transformar numa vocação espiritual ou, ao contrário, manifestar-se numa carreira materialista e prática. No amor, se prevalecer a influência de Saturno, regente de Capricórnio, teremos pessoas fechadas e problemáticas; em caso oposto, a jovialidade de Júpiter dará expansividade ao nativo.
Aquário esta combinação aumenta no sagitariano o amor pela liberdade, pela espiritualidade e pelos dons artísticos. Favorece a posição social e econômica, porém às custas da vida afetiva. Esses indivíduos precisam de um companheiro com a mesma abertura mental e o mesmo gosto pelas novidades, porque em geral suas idéias não coincidem com as tradições e a moral vigentes.
Peixes são dois signos duplos e móveis, e sua união acentua conflitos interiores. O senso prático diminui, o que favorece a espiritualidade e o sentimento, mas a indecisão típica de Peixes pode criar confusão mental e prejudicar o indivíduo, minando as suas energias. No piano afetivo, a auto-suficiência de Sagitário é reforçada pela tendência à infidelidade de Peixes.


1
Posição no Zodíaco: de 240 a 270 graus.
Elemento: fogo.
Temperamento: colérico.
Simbolismo: nona casa do Zodíaco, representa especulação intelectual; longas viagens por terra e por mar; evolução espiritual; filosofia, a lei e a religião.
Personalidade: otimista e independente, tem muita vitalidade e gosta de todas as atividades que envolvam movimento e ar livre. O esporte é essencial para seu equilíbrio físico e mental. Gosta de viajar e sempre se mostra animado. Muitas vezes pode ser superficial e imprudente, pois aprecia o perigo. Intuitivo, adora arriscar. É um verdadeiro jogador, mas em muitas circunstâncias tem uma visão profunda das coisas, resolvendo as situações com o conhecimento de um verdadeiro sábio. Além disso, é rebelde, esbanjador e não aceita muito bem as críticas.
Clima favorável: temperado, fresco, ventilado, lugares bem iluminados.
Animais: cavalo, pavão, coruja, cervo e unicórnio.
Plantas e flores: freixo, pessegueiro, figueira, jasmim e cravo.
Pedra: safira e turquesa.
Perfume: jasmim.
Metal: estanho.
Cor: púrpura e violeta.
Dia de sorte: quinta-feira, número de sorte: 3.


Publicado por Paula Valentina às 02:48
Link do post | Comentar | Adicionar aos favoritos

Escorpião


de 23 de outubro a 21 de novembro

 


Posição no Zodíaco: de 210 a 240 graus.
Elemento: água.
Temperamento: fleumático.
Simbolismo: oitava casa do Zodíaco, relacionada à morte e, num sentido mais amplo, à mutação completa. É o fim de um ciclo e o início de outro, o momento da passagem de uma vida a outra. A natureza completou o seu cicio e agora prepara-se para renascer. Há menos horas de luz, as noites são cada vez mais longas.
Personalidade: inteligentes e arredios, os nativos desse signo têm um fascínio particular graças ao mistério que criam em torno de si. Têm emoções e sentimentos fortes, são muito criativos e persistentes, mas também sabem ser rancorosos e obstinados, desconfiados e ciumentos, são tradicionalistas no que se refere à vida familiar.
Clima favorável: gostam da chuva, da névoa e do sol dourado do outono. Também agradam aos escorpianos as tempestades e o céu cinzento. Devem evitar as ventanias e o calor seco.
Animais: tigre, gavião e escorpião.
Plantas e flores: videira, gladíolo e azaiéia.
Pedra: opala.
Perfume: sândalo.
Metal: aço
Cor: vermelho-escuro e marrom.
Dia de sorte: terça-feira. número da sorte: 8


O signo de Escorpião cobre o período do ano que vai de 23 de outubro a 21 de novembro. É um signo fixo, pois corresponde ao auge de uma estação (o outono, no hemisfério norte; a primavera, no hemisfério sul), e feminino, e seu oposto é Touro. junto a Câncer e Peixes, faz parte dos signos de Água, com os quais, graças ao elemento comum, mantém uma boa relação. É domicílio noturno de Marte e Plutão, tem Mercúrio em exaltação, júpiter em queda e Vênus em exílio, e está localizado na oitava casa do Zodíaco.
Combinando todos esses elementos, obtém-se o perfil psicológico dos nativos do signo. Marte em domicílio noturno dá muita energia e agressividade; Plutão, também em domicílio noturno, favorece as mutações, assim como as grandes revoluções e renovações. A tudo isso se junta a inteligência, dada por Mercúrio em exaltação, e a impassibilidade, ocasionada pelo exílio de Vênus. A queda de Júpiter faz prever dificuldades e um temperamento fechado, com tendência à tristeza e pouca atração pelos prazeres da vida. A oitava casa, a da morte, indica a transformação, a constante passagem de um estado a outro.

O símbolo gráfico de Escorpião lembra o de Virgem: é um M cujas duas primeiras hastes representam as garras do animal, e a terceira, voltada para cima, a cauda. Assim como o M de Virgem está tradicionalmente relacionado à palavra "mãe" o de Escorpião está ligado à letra r, que simboliza o arquétipo do homem. Nesse sentido, o significado profundo do signo é o Homem, visto na sua condição de ser mortal e representante do gênero masculino. Em Escorpião, completa-se o caminho da vida, iniciado em Áries, e os signos seguintes correspondem às etapas que todo ser humano ainda tem de percorrer depois da morte, antes de chegar à paz definitiva, em Peixes. O animal associado a esse signo, como todos os outros atribuídos aos diferentes signos, dá importantes indicações e analogias referentes ao nativo de Escorpião. Nele se encontra, ao mesmo tempo, a agressividade e o mistério do signo. É um animal que vive em lugares sombrios e úmidos, e ataca à traição. Em conseqüência, a traição, a agressividade escondida e o desejo de ferir estão intimamente ligados ao signo.

Do ponto de vista mitológico, a história geralmente associada ao signo de Escorpião é a de órion. Conta o mito que Júpiter, acompanhado de Netuno e Mercúrio, apresentou-se à corte do Rei Hirieu e foi recebido com muita hospitalidade. Ali ficou sabendo que o rei, que tinha perdido sua esposa recentemente, desejava um filho, pois sua mulher não conseguira tê-lo. Os deuses, então, pediram a pele de um touro sacrificado, colocaram nela as suas sementes e ordenaram que a pele fosse enterrada. Nove meses depois, quando Hirieu desenterrou a pele, encontrou dentro dela um belo e forte menino, que chamou de órion. O jovem cresceu na corte e se transformou num excelente caçador. Uma vez, durante uma caçada, a deusa Diana o viu e se apaixonou por ele imediatamente. Porém, num dia em que os dois estavam sozinhos na ilha de Quio, órion embriagou-se e tentou violentar a deusa. Zelosa de sua virgindade e muito irritada com o atrevimento do caçador, Diana fez surgir da terra um escorpião e ordenou que picasse mortalmente o jovem. Ao ver o caçador morto, a deusa arrependeu-se do que tinha feito e pediu a Júpiter que transformasse órion em uma constelação (as Três-marias formam o cinturão do caçador na constelação de órion). Dessa maneira, a história de órion é um mito de vingança, no qual se misturam sexo, vinho e a liberação dos instintos mais reprimidos. Por isso, o signo de Escorpião é visto de modo negativo, embora sua posição no zodíaco também tenha aspectos muito positivos. A oitava casa está ligada à morte, mas esta não é concebida apenas como fim da vida e sim como transição para um estado de consciência plena e eterna, o momento em que todas as paixões passam a ser consideradas com distanciamento. Visto desse ângulo, o signo de Escorpião adquire um valor especial, derivado do fato de estar localizado na fase final do ciclo vital. Isso se reflete no temperamento dos nativos que, quando pertencem ao tipo evoluído, estão em condições de perceber a essência de todas as vivências humanas, porque podem ver o destino comum a todos os seres humanos.

ESCORPIÃO e a saúde

 

Dormindo bem todos os dias e cuidando para não contrair 
doenças venéreas, o nativo garantirá sua saúde.

Segundo a astrologia tradicional, o signo de Escorpião governa os órgãos reprodutores, mas estudos feitos recentemente revelaram correspondências mais precisas. Os primeiros graus desse signo relacionam-se aos testículos e ovários. Entre o 150 e o 250 graus encontra-se a região associada à próstata e ao útero. E, nos últimos dois graus, estão as correspondências com o ânus, que se prolonga até o início do signo seguinte, Sagitário.

Características físicas

Em geral, o nativo de Escorpião tem estatura média-baixa, musculatura pouco desenvolvida e cabeça com formato levemente quadrangular. Os membros inferiores costumam ser curtos em relação ao tronco. O rosto dos homens e das mulheres de Escorpião não é muito harmonioso: possui formato anguloso, com supercílios ligeiramente proeminentes; o nariz é mais largo embaixo. O homem de Escorpião geralmente tem a boca grande, o queixo quadrado e as sobrancelhas grossas e marcadas. O olhar é profundo e penetrante nos dois sexos. Mesmo nos países nórdicos, os escorpianos costumam ser morenos. Andam de cabeça erguida e balançam o corpo de um lado para o outro. A voz sempre tem algo de especial: ou é forte ou agradável ou sensual.

Pontos fracos

Em linhas gerais, as doenças que mais atingem os nativos desse signo são aquelas relacionadas aos órgãos reprodutores. No homem, a mais comum é a hipertrofia da próstata e na mulher, os vários distúrbios ginecológicos. Ambos estão sujeitos a doenças venéreas, Os escorpianos são frequentemente acometidos de hemorroidas e fístulas. Se não dormirem o suficiente podem ser vítimas de esgotamento nervoso, já que esse signo corresponde à oitava casa, ligada ao sono. Por isso é importante que descansem bastante e, se tiverem insônia, podem curá-la com um chá natural, como o de camomila, por exemplo. O signo de Escorpião aparece como o estimulador da produção dos hormônios sexuais, o que pode explicar a exuberância sexual dos nativos.

A personalidade de ESCORPIÃO

 

Sentimentalmente fechado e bastante ligado 
à sexualidade, o nativo de Escorpião possui um 
espírito forte e inovador, mas introvertido e agressivo.

O temperamento do nativo desse signo não é nada fácil: tem uma agressividade profunda e é dominado por paixões violentas. Estas não são vividas com luminosidade, como é o caso dos arianos, mas sim na escuridão do inconsciente, onde a riqueza de fantasmas é inesgotável. O caráter profundo e misterioso do escorpiano faz dele um ser fascinante, que atrai todos os elementos passionais do Zodíaco. Esse signo associa-se à oitava casa, cujo simbolismo envolve tudo o que está além da nossa compreensão: a morte, o sexo, a transmutação espiritual e psicológica. Essas forças estão presentes na personalidade do nativo, capaz de perceber o mistério magnético da morte e da transformação. Por isso sente profundamente a inutilidade e o caráter perecível das coisas deste mundo.

Sua inteligência, ligada aos valores do elemento Água, faz com que pressinta a existência de algo mais além da morte e busque respostas no misticismo. O tipo mais evoluído de escorpiano possui um espírito voltado para os recursos dos outros, aos quais ele ajuda a enriquecer por meio da partilha do que é seu. Pode colaborar para regenerar as coisas imperfeitas, como, por exemplo, ajudando amigos a analisarem os problemas emocionais e sexuais que os perturbam. Nesse processo, o escorpiano também se enriquece. Seu temperamento está associado à regeneração, à eliminação daquilo que é inferior e pode ser descartado ou substituído por algo superior, que possa ser partilhado e utilizado socialmente. Daí provém uma característica importante do nativo desse signo: o espírito forte e dominador, indispensável para enfrentar os perigos inevitáveis em qualquer processo de regeneração das características pessoais. Determinação e sensibilidade são outras qualidades presentes nesse tipo de nativo, cujo espírito de luta não é voltado para fora, como o do ariano. Seu caráter é introvertido, e ele sabe como se empenhar na busca dos seus objetivos que, geralmente, estão associados com alguma mudança radical. Esta é outra característica do escorpiano evoluído: ele é inovador e pode ser um verdadeiro revolucionário, embora suas "revoluções" se façam mais ao nível do raciocínio que da luta armada.

O tipo menos evoluído pode acumular ressentimentos, passando a ser movido pelo desejo de vingança. Isto porque o nativo do signo não suporta sofrer humilhação. Quando reage com rancor, o escorpiano revela o seu tipo "bilioso", aquele que fica isolado remoendo seus pensamentos e sentimentos, sem se conceder um só instante de relaxamento.
A traição é outra coisa que o escorpiano não tolera. Quando é traído, reage com um ódio que extravasa a figura do ofensor e se estende a todo o gênero humano. As pessoas que lhe são chegadas sentirão os efeitos de sua vingança.
Marte encontra em Escorpião seu domicílio diurno, o que dá ao nativo uma tendência acentuada para a briga e para a destruição, a guerra contra tudo e contra todos. Piutão, o atual regente desse signo, é o planeta da evolução coletiva, das transformações, da regeneração e das atitudes compulsivas inconscientes. Governa também o sexo, visto como a força criativa e regeneradora do corpo. Assim, a sexualidade do escorpiano é acentuada tanto por Marte quanto por Plutão. Mercúrio encontra-se exaltado nesse signo, o que acentua as características dos planetas nele domiciliados. Quando a agressiv.idade marciana é governada pela inteligência de Mercúrio, deixa de ser perigosa, embora ainda possa conter as intenções destruidoras próprias de Escorpião. Vênus em exílio marca fortemente a personalidade do nativo, pela falta de sentimento. Vênus rege o signo de Touro, que é afetuoso, paternal e fecundo. Quando comparado com esse seu oposto complementar, o escorpiano é sentimentalmente fechado, árido e arisco. Finalmente, Júpiter em queda retira o otimismo do nativo, alinhando-o entre os pessimistas do Zodíaco. O pessimismo dos capricornianos, regidos por Saturno, é prudente, enquando o de Escorpião está impregnado de desconfiança em relação às pessoas e à vida em geral. No entanto, não há quem tenha maior ânsia de viver que o escorpiano. O que ele deseja não é vida luxuosa e confortável, mas o contato rude com a realidade do mundo e dos homens.

Além de tudo, Escorpião é um signo de Água, que significa o inconsciente o princípio feminino, o útero materno. Essas associações começaram a ser aceitas a partir do desenvolvimento da teoria freudiana, mas diferem, por exemplo, da concepção uterina de Câncer, que é a mãe que protege e dá segurança. O útero escorpiano é aquele que guarda e desenvolve os mistérios da vida e da transformação. A água é o líquido protetor que alimenta a criança de forma misteriosa e a envolve totalmente. A água de Escorpião é turva e profunda, o desconhecido, o território não explorado. Escorpião, Peixes e Cãncer formam o trio de Água, associado às forças ocultas, às forças do instinto, da criação e da vida. A mãe escorpiana geralmente é castradora e mesmo as mães de outros signos podem parecer como tais para os filhos de Escorpião. Se a figura da mãe não for visualizada pela criança como "protetora", ela se sentirá esmagada pela força da imagem escorpiana da mãe. Isso às vezes provoca dramas no processo de desenvolvimento do nativo, A possessividade e o ciúme das mães de escorpianos sempre geram conflitos de grandes proporções,quesemanifestam pormeio de obsessões ou excessos sexuais.

O nativo de Escorpião também pode se mostrar tímido, com sensibilidade exagerada, e conseqüente dificuldade para o convívio social. Nesses casos, nada melhor que desenvolver a sociabilidade com seus companheiros de signo fixo, os leoninos, os aquarianos e os taurinos.

ESCORPIÃO e o trabalho

 

Excelentes estrategistas, os nativos de Escorpião 
podem se dedicar à pesquisa científica ou à psicologia 
clínica, caso não se interessem pela carreira militar.

Se relacionarmos algumas celebridades que nasceram sob o signo de Escorpião, para ter uma idéia das atividade que os nativos desse signo podem realizar, ficaremos surpresos com o resultado: Charles De Caulle, Martinho Lutero, Picasso e Marie Curie. Sempre como inovadores, estes escorpianos atuaram em campos bastante diversos de atividades: política, religião, arte, ciência. Isso demonstra que o nativo desse signo tem um espaço bem amplo para desenvolver sua personalidade.

De acordo com a indicação planetária, os nativos estão voltados para as profissões ligadas à arte da guerra e à pesquisa, tanto científica quanto espiritual. Nas atividades comerciais, suas oportunidades são poucas, a não ser que outros aspectos planetários indiquem e favoreçam tal possibilidade. Marte e Mercúrio apóiam o nativo nas profissões associadas às artes militares ou à ciência da guerra. Nesse campo, o escorpiano pode se tornar um grande estrategista, pois tem rapidez de raciocínio, percepção, visão ampla e objetiva e capacidade de organização e reflexão. O nativo sabe analisar facilmente os fatores de interesse, com uma atitude de distanciamento e objetividade, o que o ajudará a tirar as conclusões certas. Tais qualidades fazem dele um bom militar, preparado para o comando e para qualquer combate, até mesmo no sentido figurado. Adapta-se, portanto, a todas as atividades que exijam a formulação de um plano de ataque, ou de uma estratégia ofensiva, como por exemplo, uma campanha de publicidade. No campo das ciências, o escorpiano também tem boas chances: pode se tornar um ótimo médico e um bom cirurgião, em virtude de sua ligação com a oitava casa do Zodíaco. É muito habilidoso no manejo de qualquer tipo de ferramentas ou instrumentos, o que pode ser útil em todas as profissões que exijam precisão manual, como química ou desenho, por exemplo. Está também ligado às atividades relacionadas à regeneração de características pessoais. Por isso, pode se dar bem tanto como padre, que "regenera" seus fiéis, quanto como psiquiatra ou psicólogo, que ajuda seus pacientes a desenvolverem um processo de transformação ou regeneração da personalidade. Interessa-se muito pelo mundo da ciência e de suas leis e pode se tornar um excelente observador das mudanças ocorridas na natureza ou um pesquisador de assuntos científicos. Para isso é dotado de alto poder de análise. Embora não seja apegado ao dinheiro, o nativo de Escorpião pode ser bom financista, em virtude de suas qualidades estratégicas. E recupera-se com facilidade de revezes financeiros.

ESCORPIÃO e o amor

O nativo deste signo é dotado de grande fascínio, o que lhe garante uma vida amorosa intensa, embora complicada. As relações afetivas constituem o centro da existência de todo ser humano, porém, no escorpiano, isso torna-se extremamente importante. No círculo do Zodíaco, Escorpião associa-se ao momento da morte, à passagem da vida terrena para a vida eterna. Por isso, o escorpiano vivencia o ato do amor como uma morte, ou seja, experimenta nele urna espécie de dissolução no ser amado, na qual busca dar tudo de si, podendo chegar à auto-anulação. Esta, no entanto, já contém o germe do renascimento.

Muito inteligente, o nativo de Escorpião,está sempre envolto numa aura de mistério. E inútil tentar penetrar nessa região desconhecida: além de não conseguir nada, você lhe causará um grande aborrecimento, porque ele detesta invasões. Como se pode ver, a vida com um nativo deste signo não é fácil, mas tem suas compensações. Quando apaixonado, ele será capaz de qualquer sacrifício pela pessoa amada, e demonstrará uma generosidade que não costuma ter em outras áreas da vida. Se quiser conquistar um nativo de Escorpião, você deverá, antes de mais nada, ser um bom amante. O sexo é muito importante para ele, não como um fim em si, mas como instrumento de conhecimento, e você deve estar disposto a participar dos jogos amorosos propostos, que usam uma técnica refinada para envolver completamente o parceiro. No escorpiano, no entanto, o modo lúdico de ver o amor nunca tem um caráter alegre e despreocupado, e a passionalidade do nativo pode tornar a relação extremamente cansativa.

Se você ama alguém de Escorpião, não espere atitudes atenciosas e belas palavras. Elas até podem aparecer, mas o escorpiano possui um código próprio de valores, onde predominam alguns gestos fundamentais aos quais ele atribui um significado profundo. Se você não perceber esses gestos, fatalmente acabará por perdê-lo. O ciúme é algo muito sério para o nativo de Escorpião. Por isso, não tente enciumá-lo; ele evita a todo custo situações que possam despertar-lhe esse sentimento, para ele tão doloroso. Antes, procure transmitir-lhe segurança afetiva e, principalmente, não o traia sexualmente, porque isso o atingiria de maneira profunda. E aí, logo você iria sentir o gosto da vingança do escorpiano, que não tardaria em dar-lhe o troco, atingindo exatamente o seu ponto fraco, que ele descobre com facilidade.

O amor de ESCORPIÃO com...

 

Áries os primeiros encontros podem ser muito estimulantes: a atração física e a ilusão farão pensar no grande amor. Depois, o ariano, que gosta de cantar de galo, se irritará com o ciúme e a possessividade do escorpiano.
Touro sem afeto, a paixão entre esses dois signos opostos pode virar briga. Se a mulher for taurina, a relação durará: Escorpião domina e ela se realiza no lar e nos filhos. No campo profissional, pode ocorrer um clima de inveja.
Gêmeos dotados de temperamentos diversos, o geminiano racional e o escorpiano instintivo se olham com paixão ou com indiferença. No plano profissional, a união é ótima porque um supre as falhas do outro. Divergências sexuais.
Câncer uma vez superadas as dificuldades iniciais, esta união pode durar. O escorpiano deve ajudar o parceiro a vencer os bloqueios sexuais e a liberar-se para o amor físico. Se a mulher for canceriana, as chances aumentam.
Leão apaixonados, estes dois vivem brigando por ciúme e por conflitos de autoridade. E que ninguém tente acalmá-los, porque não gostam de intromissões. Se trabalham juntos podem soltar faíscas. Essa união desconhece o tédio.
Virgem os dois são muito diferentes. Passada a atração inicial, o virginiano racional não suportará o ciúme constante de Escorpião. Este, por sua vez, ficará extremamente irritado com a mania de criticar do parceiro.
Libra esta união promete uma vida amorosa feliz, desde que o libriano se submeta ao parceiro e não lhe cause ciúme. A colaboração profissional não é favorável: o libriano detesta o jeito autoritário do escorpiano.
Escorpião grandes paixões e grandes brigas entre essas almas gêmeas que se encontram. Depois aparecerão os mesmos defeitos e, se não houver influências planetárias favoráveis, a união acabará. Na profissão, não se combinam.
Sagitário podem se unir por estima, o que é positivo no campo profissional. As chances de uma relação afetiva duradoura só se realizam quando o escorpiano consegue mandar e o sagitariano agüenta o ciúme do parceiro.
Capricórnio apesar dos problemas sexuais que podem surgir entre o escorpiano passional e o parceiro racional, se os tipos forem evoluídos a união será harmoniosa. No campo prof issional, a colaboração é altamente positiva.
Aquário a forte atração inicial dessas duas personalidades sem moderação tem possibilidade de durar, mas o ciúme de Escorpião limitará a liberdade de Aquário. A colaboração artística e profissional promete ser bem-sucedida.
Peixes nessa união problemática, o amor não substitui a falta de passionalidade de Peixes e poderá haver ciúme recíproco. No campo profissional, o escorpiano dá garra e energia ao parceiro, que lhe sugere novas iniciativas.

ESCORPIÃO com ascendente em...

 

Áries esta combinação produz personalidades excepcionais, tanto pelo dinamismo quanto pela inteligência. A dupla influência de Ma impede o nativo de ocupar posições subalternas: ele precisa de postos de comando. Tem capacidade de organização, embora seja incapaz de suportar regras. Deseja casar-se, devido à grande energia sexual, mas pode ter dificuldade em aceitar as regras do casamento.
Touro a Água escorpiana fecunda a Terra taurina: a inteligência e a energia do signo solar agitam a preguiça e a lentidão do signo ascendente. Combinação positiva para a vida familiar, mas o gênio de Escorpião pode prevalecer sobre a calma de Touro. Em termos sexuais, é uma ótima combinação de erotismo refinado e sensualidade natural e profunda.
Gêmeos união da inteligência eciética e superficial de Gêmeos com a inteligência aguda e profunda de Escorpião. O temperamento do nativo se enriquece e os defeitos são atenuados. O resultado pode ser a genialidade, quando se trata de personalidades evoluídas. A vida amorosa pode ser muito agitada, pelo caráter volúvel de Gêmeos que se une à grande sensualidade de Escorpião.
Câncer esta posição do ascendente acentua a introversão, a mediunidade, o apego à mãe e o instinto maternal do nativo de Escorpião. As mulheres se realizam na maternidade. Podem ocorrer personalidades muito fascinantes, embora com humor variável e possibilidade de neuroses. Profissionalmente, são dotados de qualidades artísticas e intelectuais verdadeiramente notáveis.
Leão se o nativo puder usar suas qualidades de organização e estratégia será profissionalmente brilhante. Em posto subalterno, será frustrado e, se for um tipo não evoluído, poderá ser um perigo para a humanidade. Bom cônjuge se o parceiro lhe trouxer vantagens ou colaboração profissional que satisfaçam sua ambição. Preocupa-se com sua imagem e oscila entre a sociabilidade e a introversão.
Virgem embora muito diferentes, a combinação destes dois signos numa mesma pessoa pode proporcionar-lhe grande capacidade prática e estratégica, indicando-a para cargos de prestígio e de responsabilidade. Temperamento harmonioso e equilibrado. Se a Água de Escorpião não alagar a Terra virginiana, as qualidades dos dois signos serão fecundas e se desenvolverão positivamente.
Libra os defeitos do signo de Água, como a introversão, o ciúme, a possessividade, a ambição, o desejo de domínio, são refinados pela extroversão e diplomacia de Balança, tornando o nativo invulgar em termos de inteligência, dons artísticos e capacidade estratégica. No amor, prevalecerá a necessidade libriana de muitas experiências, ou ocorrerá um equilíbrio de tendências bastante favoráveis.
Escorpião com ascendente no mesmo signo que o Sol, o nativo tem acentuados a ambição, o desejo de comando, a impuisividade e a agressividade. No amor, será preciso analisar as posições de Vênus e Marte. Com Mercúrio e Marte em posição desfavorável, o nativo será egocêntrico, violento, vingativo, enfim, um tipo inferior. Caso contrário, será fiel, honesto, idealista, organizador e enérgico.
Sagitário combinação problemática, pois o nativo parecerá alegre, otimista e extrovertido, quando vive atormentado pelos seus problemas de introversão e ambição. Este ascendente aumenta a sede de prestígio social e profissional. No amor, procura alguém que, além de lhe dar afeto, possa ajudá-io a ampliar sua capacidade financeira e elevar sua posição na sociedade.
Capricórnio o nativo ganha em força de vontade, energia e senso prático, o que lhe dará grandes vantagens no campo profissional. A introversão, a ambição e os conflitos interiores, características comuns aos dois signos, são enfatizados. Com harmonia no amor, a sexualidade acentuada de Escorpião pode ser redimensionada pela racionalidade de Capricórnio, ou prevalecer uma dessas tendências.
Aquário a inteligência profunda e analítica de Escorpião, unida ao conformismo e à sociabilidade de Aquário, tornam o nativo simpático e positivo. No tipo não evoluído, pode ocorrer rebeldia contra as normas sociais e morais e escândalos públicos. Afetivamente, o nativo é fascinante, aliando a frieza e a racionalidade do signo de Ar com a sensualidade e a possessividade do signo de Água.
Peixes o excesso de Água pode provocar um alagamento da psique, quando o indivíduo acumula os defeitos dos dois signos: falta de senso prático, incapacidade de tomar decisões e confusão mental. No amor, haverá uma mistura de romantismo, ilusão, sensualidade e ciúme que poderá provocar infelicidade e produzir quimeras. A única possibilidade de encontrar equilíbrio é por meio da arte.



1



Publicado por Paula Valentina às 02:47
Link do post | Comentar | Adicionar aos favoritos

Libra
 

de 23 de setembro a 22 de outubro

 


O signo de Balança é representado graficamente por duas linhas paralelas, sendo que a superior é curvada num semicírculo. Esta representação assemelha-se ao hieróglifo egípcio que designa equilíbrio. Além disso, a imagem sugere um arco, cuja construção envolve a noção de equilíbrio entre forças opostas. Está aí o significado mais profundo desse signo e o anseio mais premente do libriano: a necessidade de conciliação entre os opostos. No nativo do signo, essa conciliação se expressa por meio da prática da justiça: só o juizo é capaz de atingir as raizes dos confIitos, pois introduz um elemento racional - fruto da observação imparcial - na conturbação dos sentimentos antagônicos. A imparcialidade inata e a habilidade para pesar e ponderar as questões são as características mais positivas do libriano que, em geral, tem um temperamento tranqüilo e quieto, afetuoso e amante do belo em todas as suas formas de expressão. Isso faz dele uma pessoa refinada e moderada, embora apresente traços acentuados de inconstância e de superficialidade, tornando-se, muitas vezes, alguém difícil de ser compreendido. Sua vocação é a união, representada pela sétima casa do Zodíaco, que simboliza o despertar para as experiências sociais mais objetivas. Por isso, Balança está ligado ao amor, às reuniões sociais e às associações de negócios. Nesta casa, as idéias e os bens do indivíduo têm de ser ponderados e comparados às idéias e aos bens dos outros. O libriano de tipo positivo mostra-se romântico, idealista, voltado para a busca da perfeição e da harmonia.

No tipo menos desenvolvido, tais qualidades se expressam de forma negativa. O nativo jamais consegue tomar uma decisão, porque fica ponderando interminavelmente, pesando prós e contras com a finalidade de encontrar a perfeição e a harmonia. Essa indecisão se faz presente, principalmente, nos momentos em que ele se vê às voltas com grandes mudanças em sua vida.
Intimamente, o libriano está sempre buscando a aprovação dos outros, mas, quando tem capacidade de decisão, pode se tornar um líder reconhecido ou um ótimo conselheiro. De modo geral, o que falta às pessoas de Balança é um objetivo mais prático e a autoconfiança mais forte em defesa de seus próprios direitos.

É difícil encontrar na mitologia uma lenda que se adapte perfeitamente ao signo de Balança. Apesar de toda a controvérsia, o mito de Eros e Psiquê é o que tem sido associado mais frequentemente ao tipo libriano. Psiquê é uma linda mortal por quem Eros se apaixona e com a qual se casa. Para viver com ela, o deus olímpico não deve mostrar seu corpo. Encontram-se sempre à noite, de forma que Psiquê não conhece o rosto do amado. Aguilhoada pela curiosidade e pela dúvida, uma noite, após o amor, acende uma lamparina para ver o amado adormecido. É um homem lindo! Emocionada, Psiquê deixa cair uma gota de óleo no ombro de Eros, que acorda e, irritando-se com sua desobediência, a abandona. Psiquê inicia então uma longa busca para recuperar o homem amado. Seu desespero leva-a à casa de Afrodite, onde Eros se recupera do ferimento no ombro. Afrodite exige dela o cumprimento de provas difíceis, que a moça realiza com grandes sacrifícios. Finalmente, Psiquê tem de ir aos Infernos, buscar o segredo da beleza com Perséfone. Enfrentando perigos, ela consegue chegar ao reino de Hades, onde a bela Perséfone lhe entrega uma pequena caixa. Mais uma vez, a curiosidade vence a mortal apaixonada. Psiquê abre a caixa e cai envolta em profundo e pesado sono. Eros, que só agora soubera de sua busca desesperada, encontrada e, prendendo o sono, desperta Psiquê e leva-a consigo ao Olimpo. Pede a Zeus que a transforme em imortal para que possam se casar e ali viver. Zeus consente e o casamento é celebrado. O significado deste mito aborda a questão da confiança no amor e o dilema do conhecimento. Os mortais anseiam pelo amor e também pelo conhecimento pleno. Mas, no momento em que este último se realiza, o amor se retira. Esse é um dos aspectos do amor e dos relacionamentos simbolizado pelo signo de Balança: a confiança no outro - ponto de equilíbrio de uma união - apesar da impossibilidade de se ter um conhecimento completo da individualidade com a qual nos associamos. O amar total parece ser um privilégio dos imortais.

LIBRA e a saúde

De acordo com a astrologia tradicional, o signo zodiacai de Balança governa os rins, mas estudos feitos recentemente revelaram dados que complementam essa informação. Nos primeiros dez graus de Balança estão as correspondências com as glândulas supra-renais (localizadas acima dos rins) e com o cólon, que têm início nos graus finais do signo precedente, o de Virgem. Em torno do 109 grau de Balança está situada a correspondência com o apêndice. Do 109 até o 291 grau estende-se a região que governa os rins.

Características físicas

Em geral, o nativo de Balança tem estatura de média a alta, bacia e ombros largos. A cabeça é bem-feita e redonda, geralmente proporcional ao corpo. O rosto oval tem traços harmoniosos e expressão agradável, principalmente nas mulheres. O nariz é bem-feito e os olhos têm um desenho regular e bonito. Os librianos costumam ter bons dentes, queixo redondo e bem formado. Os homens do signo de Balança têm os traços do rosto finos e uma expressão que se aproxima da doçura. A voz, porém, nem sempre é agradável. As mulheres apresentam muita graça nos movimentos do corpo. Ambos os sexos têm tendência para engordar na maturidade, pois a influência de Balança pode provocar acúmulo de gorduras, mesmo em nativos jovens e longilíneos.

Pontos fracos

Em linhas gerais, as doenças que mais atingem os nativos de Balança são aquelas que se relacionam aos rins: cálculos, albuminúria (presença de albumina na urina), nefrose, nefrite etc. Também estão sujeitos ao lumbago, que é uma doença que se manifesta na região governada por esse signo.

Os librianos podem ter problemas relacionados à bexiga - como cistite, por exemplo devido à sua proximidade com os rins. A tendência à obesidade que afeta os nativos de Balança - devido à influência de Vênus, seu planeta regente - é reforçada pelo hábito comum entre eles de comerem muito doce e outros alimentos saturados de sacarose (o açúcar industrialmente refinado). Essa é uma substância que alimenta pouco, aumenta o peso e expõe os nativos a distúrbios de vesícula, de pele e inflamações do apêndice. Os nascidos entre 23 de setembro e 13 de outubro têm um sistema nervoso frágil, especialmente quando se trata de desilusões amorosas. Estas podem levá-ios ao esgotamento, que, em geral, é passageiro. A nível endócrino, o signo de Balança estimula as supra-renais e a sexualidade. Assim, os nativos costumam ser sexualmente exuberantes e as mulheres apresentam uma menarca mais precoce e uma menopausa mais tardia que a média.

A personalidade de LIBRA

 

Objetivo e imparcial, o libriano é um conciliador perfeito: 
ama a harmonia e empenha-se na defesa da justiça. Sua 
maior dificuldade,  porém,  está  em  tomar uma decisão.
O nativo desse signo só temum grande problema: a escolha. Muitas vezes, a necessidade de tomar uma decisão atira-o numa situação desagradável, oscilando entre vários pontos de vista sem conseguir optar por nenhum deles. Essa indecisão (ou mesmo insegurança), em parte, é fruto do seu modo eqüidistante de ser, que lhe permite ver as coisas de vários ângulos e de diferentes pontos de vista. Com essa visão múltipla, o libriano esbarra em um outro obstáculo oferecido pela sua personalidade: a exigência em ser justo. Na hora da decisão, essa preocupação deixa-o ainda mais hesitante. E, para completar, existe ainda o desejo de agradar a todos, despertando no nativo o receio de que sua escolha provoque conflitos ou mesmo desagrado. Como se vê, decidir é uma dura tarefa para ele.

Não há nada que um libriano deteste mais do que brigas e discussões. Enquanto o nativo de Áries - seu oposto complementar - se realiza criando e superando tensões, o Iibriano só se sente bem quando cria ou restabelece a harmonia. Essa é uma das razões que o caracterizam como um indivíduo conciliador, sempre em "negociações" para aplainar as divergências e restabelecer a paz. Para tanto não lhe falta talento, já que foi feito para o diálogo, para ele uma necessidade vital. Em geral, sua inteligência é viva, com uma percepção rápida, embora apresente dificuldade para se aprofundar nas coisas. Se a posição de outros planetas em sua carta astral não alterar essa tendência, o nativo poderá se tornar o tipo "borboleta", que toca em tudo, mas não permanece em nada. A razão e a lucidez intelectual, próprias desse signo de Ar, dotam-no de uma arma eficaz para julgar as pessoas e as situações. Ninguém é tão capaz quanto ele de ser objetivo e imparcial. Essa característica tanto pode ser uma qualidade quanto pode se manifestar de forma negativa, principalmente quando se refere às suas relações sentimentais.

Em geral ele não é um amante apaixonado, mesmo porque não se dá muito bem com paixões. Quando se vê envolvido pela paixão, sofre muito e acaba tendo algum tipo de esgotamento. O libriano é antes de tudo um amante cerebral e, muitas vezes, busca novas experiências eróticas apenas por curiosidade intelectual. As mudanças no campo afetivo são particularmente difíceis para o nativo desse signo, que fica prolongando a situação para não ter de enfrentar ou causar rupturas. Por isso, algumas vezes, são tachados de hipócritas e ambíguos, o que não é verdade, pelo menos para o tipo evoluído. Ele quer resolver a situação da melhor maneira, e, quando isso é impossível, fica gastando suas energias em causas perdidas.

Vênus, em domicílio diurno no signo de Balança, dá ao nativo uma sensibilidade afetiva rara, tornando-o aberto e disponível para os outros. Sua cordialidade pode ser superficial, em virtude do desejo de estar sempre agradando a tudo e a todos. Mas é afetivo e também gosta de ser querido, de modo que, com jeito e carinho, pode-se conseguir muito de um libriano. A preocupação maior desse nativo é com a justiça; não tolera situações de injustiça, e sofre muito com isso, especialmente quando ele é a vítima. Mas, mesmo quando não é o alvo da injustiça, o libriano sente-se envolvido e responsável, e põe à disposição do prejudicado todas as suas qualidades diplomáticas e de negociação, com a finalidade de reparar a situação. E somente nesses casos que o nativo de Balança se torna severo e rigoroso, chegando mesmo a concentrar todas as suas forças no sentido de resolvê-ios. Como é de seu caráter, buscará o caminho da conciliação, mas não cederá em nada que lhe pareça obscuro ou suspeito. E, em nome da justiça, também não se deixará influenciar pelos outros, coisa que geralmente tende a permitir. O Sol em queda no signo de Balança pode explicar a falta de energia que é o verdadeiro calcanhar-de-aquiles do nativo. Sempre tachado de preguiçoso ou comodista, o libriano busca no conforto uma defesa inconsciente para evitar o cansaço a que está sujeito. Foge de tudo aquilo que possa esgotá-io, não só fisicamente quanto mental e emocionalmente. Por isso é que não se dá bem com paixões; são muito cansativas. O cansaço mental pode atingi-lo quando se sente só e cercado de conflitos. Em tal situação, o libriano pode adoecer de puro esgotamento mental e emocional. Pelo mesmo motivo, não fica curtindo um caso de amor acabado. Busca logo outra companhia para não ter de enfrentar a solidão, sendo capaz de assumir qualquer tipo de compromisso para evitá-la. Esse medo da solidão associa-se ao seu gosto por situações novas e variadas, caracterizando-o como um indivíduo que gosta de mudanças desde que elas não sejam profundas a ponto de ameaçar a harmonia já conquistada. De forma geral, o nativo não é muito apegado a princípios rígidos, não tendo vocação para viver ou morrer por uma causa. Tem três grandes inimigos declarados: o álcool, o frio e o cansaço. O álcool é aqui entendido como vicio, porque o nativo de Balança, muito sociável, costuma usar com moderação esse tipo de bebida. No entanto, possui uma grande aversão por hábitos rígidos ou qualquer tipo de dependência. Por isso não se dá bem com o fumo, o álcool e todos os tipos de drogas ou situações que possam viciar. Seria tolice pensar que o libriano faz isso por virtude. É que ele simplesmente detesta ser obrigado a repetir rituais, verdadeiras amarras em sua necessidade de conhecer e fazer coisas novas. A curiosidade do nativo faz com que ele ponha de lado tudo o que já viveu e experimentou. É por isso que o libriano pode chegar a ter vícios, mas estes serão passageiros e não deverão acompanhá-lo pela vida toda.

Normalmente, o frio não faz bem à sua constituição física, que suporta mal os rigores do clima, seja ele muito frio ou quente demais. Essa aversão não é apenas uma questão física, mas uma tendência de sua personalidade, que odeia os extremos, optando sempre pelo meio-termo. Seu sistema nervoso é delicado e o ambiente poderá afetá-lo. O libriano é extremamente sensível às mudanças de tempo e de estação e não tem muitas defesas contra as intempéries, principalmente devido a sua f alta de energia e sua permanente disponibilidade para o cansaço.

LIBRA e o trabalho

 

O nativo de Balança detesta a repetição e o trabalho 
cansativo. Deseja ambientes finos, onde seja estimado 
e possa exercer seu senso de justiça.
Para encontrar uma profissão que o agrade, o nativo de Balança precisará conciliar sua exigência de racionalidade com uma atividade pouco repetitiva ou cansativa. Só se dará bem se trabalhar em ambientes refinados ou em lugares onde se sinta querido e estimado. O sucesso é sempre um acontecimento forte na vida profissional do libriano, nunca uma conquista. Desprovido de agressividade, ele não se empenha em disputar postos de comando, aos quais também não se adapta muito bem po causa de sua indecisão. Isso, no entanto, não o impede de ser ambicioso e de tentar atingir seus objetivos por meio de uma ação pacífica constante. Dessa forma, resistência passiva e capacidade de negociação tornam-se suas armas mais fortes. Quando descobre o que quer, o nativo de Balança sabe ser paciente e esperar o momento certo para agir. Com isso, muitas vezes consegue desconcertar o adversário cheio de energia para a disputa. Se precisar prejudicar alguém para atingir seu objetivo, o libriano desistirá da luta , porque não gosta de vencer à custa de outros.

A profissão mais indicada para o nativo desse signo é a de juiz, na qual poderá pôr em prática o seu senso natural de justiça, o seu equilíbrio e o seu grande humanitarismo. O interesse pelo próximo e a vontade de proteger os fracos e perseguidos podem encaminhá-io para a advocacia, profissão que lhe dará ocasião de utilizar e desenvolver seu dom oratório e sua sutileza de raciocínio. A diplomacia é outra atividade que realiza o nativo de Balança, sempre capaz de representa sua pátria com inteligência e elegância. Estará bem nessa profissão: adora viajar, conhecer lugares e pessoas novas, e tem muita facilidade para se adaptar a qualquer ambiente e fazer amigos, embora superficiais. O nativo de Balança gosta de companhia, mas não suporta criticas, e o fracasso em qualquer empreendimento lhecausaprofunda inseguranç Por isso, precisa ser sempre encorajado. Nos momentos de lazer costuma desenvolver o lado artístico, sempre presente no nativo desse signo. Pode tocar instrumentos musicais, desenhar, pintar, escrever etc. Se decidir transformar sua arte em profissão, poderá se dar bem, mas raramente ganhará destaque no mundo artístico ou conseguirá criar uma obra-prima. Não possui a dedicação necessária para vencer as dificuldades que sempre se apresentam e não sabe organizar bem sua própria fantasia.

Há muitos atores que são nativos de Balança. É um trabalho ao qual o libriano se adapta, mais pelo tipo de vida que pela atividade em si. O aplauso do público satisfaz sua vaidade e sua necessidade de ser elogiado e querido. No entanto, pode abandonar a profissão por achá-la demasiado cansativa.

LIBRA e o amor

Balança é considerado o signo do amor, porque está domiciliado na sétima casa, que é a casa das uniões. Os nativos desse signo possuem fascínio e atraem os outros facilmente. Sempre têm muito o que fazer no campo sentimental e sabem como lidar com isso. Nesse ponto se parecem com os geminianos, que passam deuma aventura à outra sem nenhum envolvimento emocional. Mas apenas se parecem, pois os nativos de Balança, embora possam ter relações paralelas, sempre dão muito de si para os outros. Não se envolvem com várias pessoas por falsidade ou malandragem mas porque sabem encontrar algo de bom em cada uma delas e não conseguem escolher apenas uma. Isso implicaria em renunciar a alguma coisa, e o libriano não deseja perder nada. A escolha é sempre uma diminuição, uma perda, principalmente no campo sentimental. Somente a pessoa certa, aquela que corresponde ao seu ideal há muito sonhado, poderá levá-lo a escolher com decisão. Então vai se casar e encarar facilmente a vida a dois, pois estará realizando a sua maior aspiração. E durante toda a vida vai se empenhar em melhorar a vida conjugal. Se por acaso o casamento não der certo, o nativo de Balança viverá uma situação muito dolorosa, porque não consegue suportar separações. No tipo mais evoluído, um problema desse tipo pode se transformar numa catástrofe sentimental, deixando-o marcado para sempre, até mesmo tirando-lhe o gosto pela vida- Ninguém notará, porque o libriano conseguirá manter seu ar vivo e sorridente, mas por dentro estará acabado. Depois disso, vai relutar em se entregar novamente, e fará escolhas que normalmente não realizaria. Conquistar um libriano pode parecer fácil, mas não é, Ele pode se mostrar disponível, íntimo e atento, mas, na hora H, dirá uma frase ou fará um gesto que jogará por terra os castelos do parceiro. Se você pretende conquistar um nativo de Balança, nunca se mostre muito disponível e procure sempre deixá-lo um pouco em dúvida. Ele se ligará procurando descobrir a chave do mistério. Muito afeto e carinho é outra forma de conquistar o nativo desse signo: dar-lhe afeto com um toque de proteção, porque no amor ele gosta de ser submisso. Seu ideal inconfessável, tanto no homem como na mulher, é a gueixa japonesa: educada e culta, uma doce companhia para os outros. O nativo de Balança tem um único objetivo em sua vida amorosa: tornar o mundo agradável para a pessoa amada e receber o mesmo em troca.

O amor de LIBRA com...

 

Áries união ideal, inclusive do ponto de vista sexual. Fascinado com a doçura de Balança, o ariano terá sua energia organizada e orientada para fins mais evoluídos- e, por sua vez, dará apoio à personalidade indecisa da libriana.
Touro combinação esplêndida, pois ambos os signos são regidos por Vênus, planeta do amor, da beleza e da arte, As pequenas brigas de ciúme poderão ser superadas pela compreensão mútua, afetividade e interesse pela arte.
Gêmeos Gêmeos:ambos buscam o conhecimento e gostam dos estudos e da arte, o que favorece a colaboração profissional. No amor, podem ocorrer divergências sexuais, e o casamento só dará certo entre nativos espiritualmente evoluídos.
Câncer favorável à amizade. No amor, haverá cansaço mútuo: Cãncer é demasiado maternal e Balança, excessivamente sociável. A união resistirá se ela for de Câncer e, realizada no lar, tolerar as escapadelas do parceiro.
Leão amizade que se transforma rapidamente em amor. Com um trabalho comum, a união se fortalece. O egocêntrico Leão pode não ligar muito para o romântico libriano, que tenderá a encontrar consolo em outras relações.
Virgem união perfeita no plano profissional, pois o meticuloso e crítico virginiano tem as qualidades que faltam ao sonhador nativo de Balança. No amor, são comedidos e ficarão juntos se conseguirem superar os conflitos iniciais.
Libra os librianos são os únicos que poderão viver com alguém do mesmo signo sem entregar-se ao tédio e à irritação. Depois da paixão inicial, ficarão mais amigos que amantes e, com ideais comuns, poderão manter a união.
Escorpião se Balança se submeter a Escorpião e não lhe provocar ciúme, poderá receber em troca uma vida amorosa plena e feliz. No campo profissional, a união é ruim porque o libriano não tolerará o autoritarismo de Escorpião.
Sagitário com tanta coisa em comum, esse só poderá ser um casal feliz, ou eles serão ótimos colaboradores profissionais. O libriano deve esforçar-se para não ser possessivo, porque Sagitário é avesso aos laços apertados.
Capricórnio ótima união. Balança traz fantasia e harmonia para Capricórnio, que oferece realismo e constância ao parceiro. É preciso que o capricorniano não aprisione o libriano com seu ciúme e seu pessimismo.
Aquário bom para a amizade. Como os dois gostam de arte, vida social e independência, a união será positiva. No amor, o tédio pode substituir a paixão. O libriano deve aprender a respeitar o desejo de solidão do parceiro.
Peixes doces e românticos, os nativos desses signos podem se dar bem. Balança oferecerá estabilidade psicológica, material e espiritual ao instável Peixes. O único perigo é o pisciano se enciumar com as amizades do parceiro.

LIBRA com ascendente em...

 

Áries é uma combinação de resultados imprevisíveis. O nativo poderá ter conflitos entre individualismo e sociabilidade ou mostrar-se harmonioso, intuitivo, com capacidade de iniciativa e constância. Essa combinação favorece atividades artísticas e o comércio relacionado à moda e à beleza. O nativo quer casar-se para ter companhia e, quando jovem, pode ter muitos casos amorosos.
Touro os dois signos regidos por Vênus, planeta do amor, quando mostram aspectos positivos, criam harmonia, sensibilidade, refinamento e sensualidade. A vida social e afetiva é muito importante para esse tipo de nativo, que poderá ter grande êxito no campo profissional, principalmente se seu trabalho ligar-se à arte ou à natureza. Deseja casar-se e ter filhos.
Gêmeos esse ascendente aumenta a superficialidade, a falta de senso prático e a indecisão do nativo de Balança. Sendo ambos signos de Ar, podem deixar a pessoa cheia de si, acentuando o convencimento geminiano. Nos casos positivos, o nativo poderá obter destaque excepcional no campo do jornalismo, da literatura, da arte ou do comércio. O casamento remediarás ansiedade afetiva e psíquica.
Câncer combinação problemática, pois alia a timidez e a suscetibilidade cancerianas à sensibilidade e indecisão de Balança. Esse ascendente pode impedir uma realização profissional brilhante porque o nativo estará sempre buscando proteção e apoio. Poderá ficar famoso na política ou na arte. O casamento será marcado pelo confIito entre tradição e inconstãncia.
Leão em geral, é uma das melhores combinações: o Ar de Balança alimenta o Fogo leonino, e o nativo ganha em vitalidade, segurança, extroversão, charme e equilíbrio. No plano profissional, tem boas oportunidades no plano artístico e no comércio de luxo. Em tipos negativos, prevalecem o exibicionismo, a inconstância afetivae a ambição. No casamento, sempre consegue encontrar a harmonia.
Virgem é um ascendente que freia a exuberância do libriano, sendo uma combinação bastante positiva. O nativo fica mais crítico e decidido, mais refletido e enérgico, mais organizado e racional. Na profissão, aumentam suas chances de sucesso. A escolha do parceiro é cuidadosa e, geralmente, seu casamento dá certo. Não é uma pessoa instintiva: pensa muito antes de tomar uma decisão.
Libra o nativo tem suas qualidades e defeitos acentuados: aumentam a sociabilidade, a indecisão, o senso artístico e a sensibilidade. No amor, será preciso estudar as posições de Marte e de Vênus. Se o planeta regente do signo estiver mal colocado, teremos o tipo ambicioso e egocêntrico. O tipo superior é honesto, passional, idealista e trabalhador, e quer se casar por amor.
Escorpião com esses signos de características opostas, o nativo pode tender para um lado ou para outro, ou ficar em conflito. A sociabilidade do libriano choca-se com a introversão de Escorpião. A evolução espiritual pode ser problemática se o nativo não for bastante inteligente. A vida afetiva desses indivíduos é muito movimentada: procuram a alma gêmea e brigam muito por ciúme.
Sagitário combinação bastante positiva: o nativo aprofunda seus dons intelectuais e artísticos, com objetivos místicos e filosóficos e, mais raramente, com finalidades oportunistas. As relações com o exterior - política, diplomacia, comércio e artes - são favorecidas. Sendo muito sociável, pode casar-se cedo. Embora dê suas escapadinhas, tem muito senso de responsabilidade.
Capricórnio com Terra no ascendente, o libriano terá mais espírito prático, social e artístico, aumentando sua força de vontade, energia e poder de decisão. Combinação profissionalmente positiva. Os tipos mais evoluídos podem trazer grandes contribuições à humanidade no campo da justiça. Afetivamente, Saturno prevalece sobre Vênus e o amor é marcado pela frieza, tradição e vida regrada.
Aquário nessa combinação positiva, o que falta ao nativo é espírito prático. O Ar dos dois signos pode fazer com que o libriano voe muito alto e viva sempre nas nuvens. São favorecidas as profissões ligadas à arte, assistência social e medicina. Existe possibilidades de mediunidade. No amor, a inconstância do libriano une-se ao desejo de liberdade do aquariano.
Peixes esse ascendente aprofunda a personalidade do nativo, sendo uma combinação positiva do ponto de vista intelectual, filosófico, místico e psicológico. Profissionalmente, pode ocorrer preguiça e ausência de senso prático. No amor, a exaltação de Vênus em Peixes dá uma grande capacidade afetiva. Embora o nativo esteja voltado para o casamento, poderão ocorrer amores paralelos.


1

Posição no Zodíaco: de 180 a 210 graus.
Elemento: ar.
Temperamento: sangüíneo.
Simbolismo: sétima casa do Zodíaco, relacionada às uniões, às associações e ao casamento. A natureza já cumpriu,o seu cicio e se prepara para a hibernação. Signo de transição e de equilíbrio, fase em que a duração do dia é igual à da noite.
Personalidade: aberto e afetuoso, feito para o diálogo. Tem grande encanto natural e gosta de ser cordial com todos. É um ótimo anfitrião. Busca a harmonia e a perfeição: seu jeito e seu temperamento conciliador fazem dele um diplomata natural. Seu maior defeito é a indecisão, que muitos confundem com preguiça. Quando sabe o que quer, atinge facilmente seus objetivos.
Clima favorável: temperado, seco e luminoso, mas não em excesso. As vezes gosta de névoa. Deve evitar o vento, a tempestade e o sol muito forte.
Animais: rola, rouxinol e animais que vivem em conchas.
Plantas e flores: macieira, choupo e hortênsia.
Pedra: diamante.
Perfume: almíscar.
Metal: bronze
Cor: rosa e tonalidades de azul.
Dia de sorte: sexta-feira, número de sorte: 7.


Publicado por Paula Valentina às 02:46
Link do post | Comentar | Ver comentários (4) | Adicionar aos favoritos

VIRGEM
 

de 23 de agosto a 22 de setembro

 


O signo de Virgem é o sexto do Zodíaco, correspondendo, portanto, à sexta casa, relacionada ao cotidiano, aos colegas de trabalho, à saúde, à higiene e aos pequenos animais domésticos. Representa também o ponto de saída do mundo familiar e a preparação para a vida social. O planeta Mercúrio, regente desse signo, está associado à inteligência. Na sexta casa, seu ambiente fica restrito aos acontecimentos do dia-a-dia. Por isso, a inteligência dos virginianos está voltada para as pequenas coisas, é minuciosa e se utiliza da análise e da seleção. Exaltado em Virgem, Urano que representa a técnica em seu sentido mais amplo, a organização, as mudanças imprevistas e a eliminação do que é inútil dá aos nativos habilidade intelectual e manual, apego ao essencial e espírito crítico. Exilados nesse signo, Júpiter e Netuno tornam o virginiano introspectivo e sem entusiasmo, refratários a quaisquer corrente místicas ou forças ocultas. O signo de Virgem é representado graficament pela letra M, primeira da palavra mãe, que na mitologia greco-romana designava a deusa Deméter, responsável pelo bom andamento das colheitas. No cristianismo, a Virgem é representada por Maria, mãe de Jesus, que é virgem e mãe ao mesmo tempo. Simbolicamente, portanto, o signo está associado à fertilidade potencial, que se realiza não pelo homem mas por si mesma. No mito de Deméter, sua filha Core (depois Perséfone) torna-se alvo da paixão de Hades, o senhor dos infernos, que a rapta e a leva para o reino das sombras. lnconformada com o desaparecimento da filha amada, Deméter procura-a por todos os cantos-. Pede ajuda ao Sole fica sabendo de seu paradeiro. Desgostosa, deixa o Oiimpo e vai viver entre os humanos, abandonando suas funções de presidiras colheitas. A fome começa a grassar entre os homens,ezeusintervém, ordenandoa Hadesque envie Perséfone de volta à casa materna. O senhor dos Infernos obedece, mas antes oferece à amada um fruto que ela aceita. Depois de comer o fruto - que representa a iniciação sexual -, Perséfone já não quer voltar para a mãe. Recorrem então ao julgamento de Zeus, que dá uma sentença equilibrada: todos os anos, Perséfone deverá passar o inverno com o marido e voltar para junto da mãe quando a natureza renasce, na primavera. A saída de Perséfone dos Infernos e seu retorno acompanham o ciclo produtivo da natureza. Quando está ao lado da mãe, Deméter cuida para que os grãos amadureçam e a colheita seja farta. Quando Perséfone volta para junto de Hades, a deusa se retira desolada e os homens têm de enfrentar a dura estação do inverno, tempo em que nada cresce e nada é colhido. Devido ao simbolismo do mito, a sexta casa representa o desligamento dos vínculos excessivos com a família e com o universo da infância e a entrada no mundo das relações adultas. É a casa do noivado, aquela em que se trabalha duro para abandonar os limites familiares e iniciar a participação no mundo social. Inclui-se aí a iniciação sexual, pois o domínio da própria sexualidade possibilita o rompimento dos laços infantis e o emergir de uma nova consciência, aquelaqueenglobaum mundomais amplo. Mas é também o signo da castidade, considerada necessária para garantir um instrumento de autoridade sobre os outros. O nativo desse signo não se afirma pela força mas pelo exercício da virtude, da humildade e da purificação. Na base dessa postura, está o mecanismo de repressão dos instintos, representado no mito pela recusa de Deméter em aceitar a vida afetiva da filha, o que significa que Deméter não aceita também os seus próprios instintos. O signo de Virgem está associado também ao conhecimento. É um signo racional, voltado para as técnicas e para a análise concreta e prática do cotidiano e de tudo que cerca o nativo. Inclusive ele mesmo, pois Virgem é o signo da autocrática. Desenvolvendo um senso realista, trabalhando duro e com eficiência, o virginiano aprende a discriminar e ganha segurança para viver as experiências mais amplas que o esperam. Estas, simbolizadas pelos signos e casas que vêm a seguir, dizem respeito à vida em sociedade e englobam o casamento, a carreira profissional e as associações sociais.

VIRGEM e a saúde

 

Com uma boa dieta alimentar, o nativo de Virgem 
regularizará os intestinos, órgão regido pelo seu signo.
Pela tradição astrológica, o signo zodiacal de Virgem está associado aos intestinos. Hoje em dia, sabe-se que a correspondência anatõmica do signo com o fígado, situada nos primeiros quinze graus de Virgem, tem início nos graus centrais do signo de Leão. Já o baço está ligado aos graus centrais de Virgem e, na segunda metade do signo, situam-se as correspondências com o cólon. Este signo ainda é associado às mãos e aos dedos.

Características físicas

Em geral, o nativo de Virgem apresenta estatura média e conformação física normal. Se o ascendente localizar-se nos primeiros dez graus do signo, a estatura pode ser mais baixa e o corpo atarracado. A testa do virginiano é grande e alta, as narinas pequenas e os lábios finos, com o inferior um pouco mais saliente. As linhas do rosto são suaves, dando ao nativo um semblante especialmente harmonioso.
O olhar é penetrante e, em relação aos padrões clássicos de beleza, os olhos mostram-se muito próximos um do outro. Esta característica faz com que o virginiano tenha um esperto ar de raposa. O andar é rápido e leve.

Pontos fracos

De um modo geral, as doenças a que o nativo de Virgem está sujeito ligam-se aos intestinos e ao sistema nervoso. O distúrbio mais freqüente do virginiano é a prisão de ventre que, tornando-se crõnica, pode chegar a provocar intoxicações.
É por isso que o nativo deve evitar alimentos como a farinha branca, o açúcar refinado e outros cereais industrializados, que costumam lhe causar colites, hérnias do diafragma, diverticulites intestinais, apendicites e cálculos biliares. Ele precisa de uma alimentação rica em fibras, cereais integrais, legumes e verduras, que normalizará seu intestino, dispensando o uso de laxantes e outros remédios do gênero.
O nativo de Virgem, e aqueles que têm o ascendente neste signo, em geral é bastante preocupado com sua saúde. Muitas vezes abusa demedicamentos químicos sem necessida de e sem orientação médica. Com isso, corre o risco de ter uma intoxicação séria, perigo que ameaça principalmente o virginiano do primeiro decanato. Poderia, com grande vantagem para o físico e a mente, seguir uma dieta alimentar correta e fazer uso de remédios naturais, como ervas e águas medicinais.

A personalidade de VIRGEM

 

Inteligente e analítico, o virginiano age com 
prudência e meticulosidade, filtrando seus 
instintos na peneira fina da razão.
O que caracteriza a personalidade do nativo de Virgem é a inteligência viva, analítica, . sempre voltada para a busca da verdade e do novo. Essa procura, no entanto, restringe-se às realidades concretas do dia-a-dia, evitando os níveis do real que escapam à análise racional direta. Por isso, o nativo não se interessa por forças ocultas ou mistérios do inconsciente. Embora tenha consciência da existência desses fenômenos, o seu apego à realidade prática e objetiva afasta-o deles. O nativo de Virgem nunca se lança impulsivamente na vida, como o ariano. A ênfase à racionalidade torna-o um pouco tímido, prudente e pessimista, já que precisa de bases racionais para desfrutar os prazeres que lhe são oferecidos. Mostra-se sempre comedido e meticuloso. Em geral, o virginiano é pouco passional e, para viver tranqüilo, necessita de um ambiente isento de dramaticidade e complicações. Em nome da sua paz de espírito, é capaz de sacrificar coisas e pessoas que lhe são muito queridas. Impõe-se não pela autoridade mas pela argumentação racional, que é o seu forte. É dotado de grande senso do dever e, se não for vencido pela preguiça, executará suas tarefas com grande eficiência. O temperamento do nativo desse signo é basicamente nervoso, e a estrutura de sua personalidade assenta-se na repressão dos instintos em nome da razão. Nunca age impulsivamente e olha de modo crítico aqueles que o fazem. Para ele, tudo tem de se moldar a uma ordem preestabelecida, sendo muito disciplinado tanto interiorquanto exteriormente. O virginiano de tipo positivo agrupa as várias qualidades do signo e, em geral, possui inteligência aguda, voltada para a realidade concreta. É um observador perspicaz, e sua natureza reflexiva e contemporizadora ajuda-o a saf ar-se m u ito bem de situações conf I itivas, embora não seja dado a conciliaçõesSeu caráter aparentemente dócil esconde um temperamento cheio de convicções fortes, que não tem necessidade de alardear. Guarda-as para si, e isto lhe basta. Tende a ser solitário, mas gosta de companhia, desde que esta não seja demasiado ruidosa e incômoda para a vida cotidiana desse indivíduo bastante apegado aos hábitos. O virginiano não só tem boa capacidade de autocrítica, como sabe cuidar muito bem de si, tanto física quanto espiritualmente. Sua habilidade para auto-analisar-se torna-o consciente de suas reais possibilidades, que costuma utilizar de forma acertada, pesando e escolhendo os meios que o levem a atingir os objetivos propostos. O tipo negativo incorpora de forma destrutiva as qualidades do signo, tornando-se excessivamente fechado e hipocondríaco. É uma pessoa isolada e preguiçosa, sempre muito preocupadaconsigomesma. Éodoenteimaginário por excelência: aquele que passa o tempo todo analisando seus sintomas e detectando as doenças que julga ter. Sua inteligência analítica se torna pedantismo, e ele fica tão cheio de manias que não há quem o suporte. Meticuloso ao extremo, com horizontes restritos, esse tipo de virginiano apega-se às tradições não por convicção mas para usá-las como barreira entre ele e o mundo exteriorO sistema nervoso é o seu ponto fraco, por isso está sempre sobressaltado. Mas, além das doenças que cria, costuma sofrer realmente de sérios distúrbios, que funcionam como escudos protetores para a sua incapacidade de fazer frente aos problemas e às dificuldades da vida. Quando uma situação começa a pressioná-io demais, o virginiano sofre um mal-estar providencial, que o retira do campo de batalha, deixando aos outros as decisões que ele deveria tomar. O tipo superior dos nativos de Virgem, em geral, possui um temperamento asceta e é capaz de privar-se de tudo para atingir seus objetivos mais elevados, sempre ligados com a busca da perfeição. Nunca faz alarde dos sacrifícios realizados. Para ele, a consciência tranqüila é suficiente, recompensando-o de qualquer espécie de privação. Essa tendência virginiana para o sacrifício e a privação pode, muitas vezes, transformar-se num comportamento sadomasoquista. Quando isso acontece, o nativo tende a tolher-se de tudo aquilo que poderia lhe dar prazer, em nome de razões moralistas. E, muitas vezes, exige que aqueles que o cercam compartilhem de seus sacrifícios. Isso é decorrência da tendência virginiana de filtrar os instintos com a razão. Quando não consegue desenvolver um mecanismo de sublimação dos instintos que o auxilie nessa tarefa, o nativo vê crescer o seu pendor para o sacrifício. Este deixa de estar ligado ao senso do dever ou à busca da perfeição, para se transformar num mecanismo compulsivo de autopunição contínua, acionado sempre que ocorre a manifestação de um instinto que ele considera censurável. Tal tipo de mecanismo não é exclusividade do nativo de Virgem. Ele se manifesta em qualquer pessoa que não sabe se aceitar e que, por isso, não perdoa seus próprios erros e defeitos. É o reinado de um juiz implacável: o superego. Nos virginianos, porém, essa tendênciapodeser levadaaextremos. Mas, como é impossível reprimir aquilo que se é, o nativo extravasará seus conflitos por meio de uma autopunição extremada ou esmerando-se em torturar os outros com críticas maldosas e cruéis. Em outro tipo de virginiano, a relação entre instinto e repressão pode ser invertida: teremos então o nativo indisciplinado, rebelde, anticonformista e autoritário. Aquele que luta o tempo todo para ser o que não é. Torna-seegocêntrico,desorganizadoeperdulário. Em geral, esse tipo de virginiano sofre de grande carência afetiva e procura vingar-se nos outros, atormentando todos aqueles que lhe dedicam algum afeto. Refugiado na obstinação e na preguiça, recusará toda responsabilidade e buscará os outros mais por oportunismo que por amizade sincera.

VIRGEM e o trabalho

 

Desprovido de ambição, inteligente e meticuloso, o 
virginiano busca na vida profissional um meio para 
aperfeiçoar seu conhecimento e suas qualidades naturais.
O nativo de Virgem é, antes de mais nada, uma pessoa meticulosa. Quando exagerada, essa particularidade pode se tornar um defeito, mas, se for usada com equilíbrio, constituirá uma qualidade positiva em sua vida profissional. As ocupações adequadas para os nativos desse signo são aquelas que exigem paciência e precisão. Em geral, não possui sede de poder, adaptando-se melhor às posições subalternas, nas quais se destaca sempre como funcionário pontual e consciencioso. Sua precisão natural também o capacita para as atividades manuais e o artesanato. O virginiano gosta muito de fabricar objetos com as mãos. A tendência para a exatidão e a correção dá-lhe habilidade de expressão, tornando indicado o estudo de línguas. Em negócio próprio, é aconselhável que trabalhe com a família: dá-se muito bem administrando as propriedades e os recursos familiares e gosta de exercer suas atividades junto com irmãos e parentes. O que não significa que vá poupá-ios de críticas, principalmentequandoosconsideraperdulários. A natureza prudente do nativo torna-o um indivíduo econômico, avesso a qualquer tipo de especulação financeira. Também não precisa de muito dinheiro, porque sua natureza fundamentalmente austera dispensa o luxo, que considera um desperdício. Pode, no entanto, se tornar avarento. Em relação ao trabalho, como a tudo na vida, é bastante desconfiado e pessimista. Não porque desconfie dos outros, como pode acontecer com o capricorniano, mas por pensar muito antes de agir, o que, em última instância, faz com que conte apenas consigo mesmo. O nativo de Virgem adapta-se bem ao trabalho de pesquisa, principalmente no campo das ciências exatas, revelando-se um excelente coletor de dados e informações. Se houvesse uma profissão de colecionador, essa seria a atividade perfeita para o virginiano, que adora catalogar, selecionar e enriquecer sua bagagem com novos conhecimentos e experiências. São essas qualidades que o tornam um excelente bibliotecário e um tradutor esmerado. O bom senso e a vida regrada, além da erudição -que nãoexibe -e dodidatismo, capacita m-no para o magistério, atividade na qual ele dará ênfase ao conteúdo das matérias e ao lado moral dos ensinamentos. Sempre modesto, faz questão de não ficar em primeiro plano e pode dar uma falsa impressão de mediocridade. Como médico, o nativoobterá êxito: cuidandoda saúde alheia, estará "exorcizandd' suas próprias doenças. Além disso, o virginiano tem uma queda natural para o estudo de técnicas e do funcionamento de organismos, o que pode possihilitar-lhe um vasto conhecimento dessa ,,máquina" que é o corpo humano.

VIRGEM e o amor

Não é muito fácil conquistar um virginiano. Antes de mais nada é necessário aprender a não ligar para a sua mania de estar sempre analisando a si próprio e aos outros. Para tanto, é preciso agir com tato, evitando discussões diretas e estéreis, porque o nativo de Virgem, muito sensível, se ofende com muita facilidade e exige que o parceiro seja como ele: alguém que evita fazer comentários desagradáveis. Embora nunca deixe de ser racional, ele é sentimental e profundamente romântico. Mas sempre quer ver as coisas com muita clareza e, mesmo no amor, nunca se esquiva do lado prático da vida. Quando se abre, é bastante afetuoso; apaixonado, nunca. Isto porque nem sempre é fácil para o virginiano exprimir-se tão integral e ardentemente quanto desejaria. E, se tiver também Vênus em Virgem, as inibições e as dificuldades vão aumentar ainda mais. É inútil pretender causar-lhe ciúme: ele se fechará num silêncio carregado e desistirá do parceiro, achandoque confiou na pessoa errada. Apesar de criticar tudo e todos, parecendo sempre frio e distante, o virginiano é um ótimo companheiro. Basta ensiná-lo a incluir doses de fantasia em sua vida e a tratar os outros com um pouco mais de indulgência. No fundo,elegosta mesmoédecalmaedeotimismo e será pródigo em pequenas gentilezas para aquele que lhe proporcionar essas sensações. O nativo de Virgem geralmente não é muito predisposto ao sexo, embora não o exclua. Suas manifestações sexuais aparecem sempre como conseqüência do sentimento e nunca como um simples produto da atração física. Quem souber sensibilizá-lo sentimental e intelectualmente, receberá em troca um afeto caloroso e efusivo. Tolice, no entanto, é querer iniciar uma relação com o nativo de Virgem baseando-se apenas na atração física. O virginiano nem sabe o que é erotismo e costuma condená-lo tanto nos outros como em si mesmo. Por isso é que o nativo de Virgem pode facilmente fazer voto de castidade e não se perturba se passar por um período longo de abstinência sexual. Do ponto de vista estritamente astrológico, o elemento Terra do virginiano combina com os signos de Fogo, que lhe transmitem energia e vitalidade. De acordo com a atração entre os opostos, o nativo de Virgem também se harmoniza com as pessoas de Água, que lhe abrem a possibilidade da aceitação do instinto, algo que é bastante obscuro para o nativo desse signo; ajudam-no também a usar a instrospecção como um meio de conhecimento e não como arma repressiva; e podem fazê-lo ver que nem todo conhecimento passa pelo f iltro da razão e da verificação científica. O entendimento com os signos de Ar, por sua vez, é bastante difícil. lmprevisíveis e versáteis, eles só irritam o virginiano.

O amor de VIRGEM com...

 

Áries o virginiano falante e o ariano impulsivo só se darão bem se tiverem uma atividade comercial em comum,, na qual Virgem realize seu desejo de ordem e Aries sua sede decomando. Então, até o amorpoderá darcerto.
Touro se não ocorrer desencontro no plano sexual, a união é positiva. Os dois são de Terra e podem ficar muito unidos se tiverem um trabalho em comum. A não ser que as críticas do virginiano esgotem a paciência taurina.
Gêmeos são tão diferentes que podem até se gostar. O agitado e inconstante geminiano apreciará o senso crítico e o caráter metódico do virginiano, que se sentirá rejuvenescido com a vivacidade e o senso de humor do parceiro.
Câncer o amor entre Virgem e Câncer nunca será à primeira vista, mas fruto do tempo e da decisão racional: precisam um do outro. O virginiano ganhará poesia e colocará ordem no mundo caótico e sonhador do canceriano.
Leão o equilíbrio entre esses dois seres tão diferentes pode surgir de uma atividade profissional em comum, pois o calculismo d Virgem é muito útil às ambições de Leão. N amor, ficarão juntos se o tédio não os afast
Virgem sensíveis, práticos e sexualmente moderados, dois virginianos juntos viverão em harmonia, principalmente se tiverem atividades em comum. O único risco são os defeitos de cada um, que podem se acentuar no casal.
Libra união perfeita no plano profissional: o que o virginiano racional e crítico não conseguir, o libriano impulsivo e sonhador obterá. No amor são grandes amigos e ficarão juntos se superarem os conflitos iniciais.
Escorpião somente um trabalho em comum poderá garantir a continuidade dessa união. Embora Virgem goste da passionalidade de Escorpião e este vibre com a fidelidade do parceiro, os defeitos tenderão a prevalecer entre eles.
Sagitário nativos desses dois signos não deveriam se casar nunca, embora possa haver um grande entendimento espiritual entre eles. Sagitário se sentirá aprisionado pela ordem virginiana e se cansará de tanta crítica.
Capricórnio o bom entendimento deste casal pode afundar no tédio e na monotonia, devido à frieza e à incapacidade de demonstrarem seus sentimentos. Filhos salvariam esta união que, no campo profissional, pode ser perfeita.
Aquário a união entre o virginiano muito críticoeo aquariano cheiodeoriginalidades pode ser cansativa, a não ser que tenham crescido jun-tos ou que possuam um trabalho em comum. Nesse caso, poderão evoluir espiritualmente.
Peixes união complementar favorável, com Peixes levando fantasia ao mundo de Virgem, enquanto este organiza o mundo do parceiro. O oportunismo de um e a eterna indecisão do outro podem levá-los ao cansaço.

VIRGEM com ascendente em...

 

Áries esta é uma combinação rara que, apesar e apresen r conflitos entre a impuisividade e a necessidade de reflexão, pode ser muito positiva para a vida profissional. O nativo alia a garra e a energia de Áries com a capacidade estratégica e a constância de Virgem. É instável na vida sentimental, pois quer casar-se, busca o parceiro perfeito, mas também deseja viver muitos amores,
Touro o virginiano com este ascendente tem sua praticidade e seu senso de realismo acentuados, oque pode ser muito positivo a nível profissional. Embora tenha pouca imaginarão, é capaz de realizar qualquer tarefa. O nativo também poderá querer se afirmar socialmente, aqualquercusto. Noamor, adespreocupaçãotaurinadá um toque de alegria à tendência melancólica de Vi, gem.
Gêmeos este tipo de nativo tem o seu signo solar e o ascendente regidos pelo planeta Mercúrio, o que lhe acentua a inteligência e a capacidade crítica e analítica. É um virginiano menos taciturno e mais extrovertido e brincalhão, podendo oscilar entre esses dois estados de espírito. Apesar de buscar no casamento uma afinidade intelectual e espiritual, pode ser infiel ou ter aventuras sexuais.
Câncer unidos na mesma pessoa, esses dois signos introvertidos Câncer e Virgem - aumentam a sensibilidade do nativo, que se mostra suscetível, reservado, altamente crítico e desejoso de ter filhos. No trabalho busca principalmente a segurança econõmica. No campo afetivo, escolhe seu parceiro considerando a estima que ele poderá lhe proporcionar no meio social em que vivem.
Leão este tipo de virginiano é uma pessoa que inspira confiança, sendo ao mesmo tempo analítica e extrovertida. Gosta de se exibir e costuma brilhar pela inteligência. Profissionalmente, sempre consegue alcançar seus objetivos. No casamento, procura tanto o amor quanto as vantagens econômicas. Apenas o tipo negativo vê o casamento exclusivamente como um trampolim para ascensão social,
Virgem como sempre acontece, o ascendente no mesmo signo que o Sol acentua tanto as características positivas quanto as negativas do nativo. Em geral, este tipo é c'rítico, melancólico, introvertido, apegado à ordem, oportunista, prático e insatisfeito emocionalmente. Quanto às tendências afetivas e sexuais, vão depender das posições dos planetas Marte e Vênus.
Libra este signo ameniza o caráter demasiado rígido do virginiano, aumentando sua delicadeza, sensibilidade, diplomacia, seu amor pela arte e pelo belo. O tipo positivo tem inteligência analítica e crítica, poder de decisão, senso prático e capacidade estratégica, Afetivamente multiplicará seus flertes, mas estará sempre à procura da cara-metade com quem se casará e terá filhos.
Escorpião no plano afetivo, o ciúme e a possessividade tornam esse tipo de virginiano insuportável, embora possa se sacrificar pela pessoa amada. Nada escapa à sua inteligência profunda e à sua afiada capacidade crítica. É uma pessoa realmente excepcional, que pode se destacar de forma brilhante na vida profissional. Mas é preciso ter muita paciência para suportá-lo.
Sagitário sob a influência de dois signos tão diferentes, o nativo oscila entre o pessimismo virginiano e o otimismo de Sagitário. Se não souber equilibrá-los, poderá sofrer neuroses que dificultarão sua vida profissional e social. O tipo evoluído pode se realizar no plano místico ou filosófico. No amor, Júpiter, regente do signo de Fogo, acentua a tendência do virginiano para o casamento.
Capricórnio a dupla ênfase nos signos de Terra limita o desenvolvimento espiritual do nativo, privando-o de uma visão mais aberta. Certas tendências são reforçadas: paciência, prudência, perseverança, introversão, senso prático e conservadorismo. Quando bem dosadas, essas características são extremamente proveitosas. Pode esquivar-se do amor, devido ao seu caráter desconfiado e triste.
Aquário a grande inteligência do virginiano é enriquecida com novas idéias e o resultado costuma ser notável, tanto no plano social quanto na vida profissional. O nativo torna-se menos fechado em relação ao amor e às amizades, ganhando em sociabilidade e em humanidade. O amor deverá nascer da amizade, mas, se realizar-se profissionalmente, este virginiano não sentirá vontade de se casar.
Peixes signos opostos unidos na mesma pessoa provocam conflitos que, em alguns casos, podem criar problemas. Se Virgem predomina, o nativo será prático e realista, mas perdido em ambigüidades. Se prevalecer o caráter pisciano, o desenvolvimento espiritual e místico se chocará com a racionalidade. É confuso no amor e, embora bem-dotado artisticamente, pode não se realizar por pura preguiça.


Posição no Zodíaco: de 150 a 180 graus.
Elemento: terra.
Temperamento: melancólico.
Simbolismo: sexta casa do Zodíaco, se refere à saúde e às doenças, ao trabalho cotidiano, aos pequenos animais e aos cuidados com o próprio corpo. É o signo da colheita: os grãos já foram ceifados, e a natureza descansa antes de recomeçar seu trabalho. Simboliza também a introspecção, a crítica, a inteligência analítica.
Personalidade: prático e bem organizado, o nativo desse signo é dotado de capacidade de análise e poder de observação. É pouco expansivo, mas quando se abre mostra-se afetuoso, demonstrando seus sentimentos com gestos delicados e pouco comuns. Apresenta uma imagem convencional em relação ao ambiente em que vive e à geração a que pertence. É crítico e introspectivo.
Clima favorável: fresco, arejado, temperado. Tanto a luminosidade como a temperatura devem ser moderadas.
Animais: cão e andorinha.
Plantas e flores: sabugueiro e verbena.
Pedra: ágata.
Perfume: gardênia.
Metal: níquel
Cor: azul-marinho
Dia de sorte: quarta-feira, número de sorte: 5


Publicado por Paula Valentina às 02:45
Link do post | Comentar | Adicionar aos favoritos

Leão
 

de 22 de julho a 22 de agosto

 


Signo de rei, domicílio do Sol, que é fonte de vida e energia, representa o principal arquétipo de nossa psique: o ego e o superego. Leão é o Deus-Pai, o princípio paterno e a autoridade. O leão, animal que representa o signo, é o rei da floresta, nascido para comandar, um tipo excepcional nos casos evoluídos ou autoritário, nos não-evoluídos. Essa tendência a dominar, característica de Leão, exprime-se principalmente no campo profissional: o leonino é um brilhante estrategista, organizador e coordenador. Como os verdadeiros líderes, ele também é magnânimo, generoso e tolerante. Apesar de ser esnobe, seletivo e orgulhoso, costuma compreender a todos e é capaz de se transformar, deixando à vontade qualquer pessoa que esteja ao seu lado. O tipo não evoluído costuma ser arrogante, megalômano, orgulhoso, superficial, e sente-se ofendido por qualquer coisa.
O símbolo gráfico do signo é a estilização do rabo do leão, e pode ser encontrado nos Zodíacos mais antigos. Seu elemento é o fogo e está ligado ao meio-dia, à plena maturidade do indivíduo, à passagem do inconsciente ao consciente, do Não-Eu ao Eu. Para os seguidores do psicólogo suíço Carl Jung, o Sol significa , no horóscopo feminino, a "Animus", isto é, a imagem masculina do inconsciente, e, no horóscopo masculino, a "Sombra Pessoal", ou seja, os valores inconscientes reprimidos.
Na mitologia clássica, o Sol é representado por Apolo, que assume suas feições, Apoio foi, na arte grega, o modelo ideal de jovem, com um intelecto luminoso e um corpo perfeito, no esplendor da beleza e no vigor dos músculos. Apoio pode enviar doenças e curá-las com seus dardos, que são, como os raios do Sol, ao mesmo tempo benéficos e maléficos. O calor excessivo prejudica as plantas e os animais, assim como a cólera de Apoio pode ser fatal. Segundo o mito, Hércules conquistou a imortalidade após ter realizado doze trabalhos, dos quais o primeiro foi lutar com o leão de Neméia, passagem mitológica que representa a tomada de consciência à qual, mais cedo ou mais tarde, chegam os nativos deste signo. O astrólogo italiano Roberto Sicuteri diz que, neste acontecimento, está representado aquilo que Freud chama de principio de realidade: "0 homem deve dominar a adversidade reconhecendo-a, sem se refugiar na memória ou se fechar em si mesmo (duas maneiras de fazer prevalecer o princípio do prazer). Assim, sacrificando a sua segurança e se expondo, ele alcançará uma vida mais integrada".

Do ponto de vista da simbologia dos signos, em leão assistimos ao nascimento do homem, produto do espermatozóide Áries e do óvulo-Touro, unidos no signo de Gêmeos e em metamorfose de gestação no signo de Câncer. O exílio de Saturno em Leão exclui a mesquinhez e o calculismo, em favor de uma abertura mental para tudo que é racionalmente perceptível. Daí a inteligência criativa, expansiva, vasta, analógica, crítica, simbólica, sintética e ordenada do leonino. Em relação aos sentimentos, este é o signo que tem mais dificuldade em encontraro companheiro ideal. Leão é passional e, assim como Hércules, de uma liberdade sexual irreprimível.
Leão é o quinto signo do Zodíaco e corresponde portanto à quinta casa, que é a casa da sexualidade fora do casamento, mas também a dos filhos. Em nível psicológico, o arquétipo que domina o signo é a relação Hércules-Apolo, cujas características básicas são a ambição e o exibicionismo, que, dependendo do grau de evolução espiritual, podem levar o nativo a grandes feitos ou a grandes derrotas. Como diz Bonomi, outro astrólogo italiano, "o leonino só pode ser acusado de possuir defeitos que são excessos de virtudes. O excesso é o grande inimigo deste signo".

LEÃO e a saúde

 

O coração e as costas são as partes do corpo
governadas por Leão. O ponto fraco do signo é 
o sistema cardiovascular.
Segundo a astrologia tradicional, o signo zodiacal de Leão governa o coração e as costas. No entanto, estudos mais recentes comprovaram novas "correspondências" com outras partes do corpo. Nos primeiros graus do signo, há relações com o duodeno e a pieura. Os graus centrais correspondem ao pâncreas.
Na segunda metade do signo começam as correspondências com o fígado, que se estendem por toda a primeira metade do signo seguinte, Virgem. Nos últimos dez graus, iniciam-se as relações com o baço, que também continuam nos primeiros graus de Virgem, Além disso, o signo de leão está anatomicamente ligado ao antebraço e ao pulso (ponto onde se controla o ritmo dos batimentos cardíacos).

Características físicas

Em geral, o leonino tem estatura média-alta, ombros largos e ar altivo. Costuma ter a testa ampla, as maçãs do rosto redondas, a boca um pouco grande e os lábios bem desenhados. O nariz quase sempre tem as narinas bem abertas, os olhos são muito expressivos, de olhar atento e vivo, e as mãos são grandes. O leonino caminha com passos leves e rápidos.

Pontos fracos

De modo geral, as doenças que mais atingem os nativos de Leão são aquelas relacionadas ao sistema cardiovascular, e as causadas por problemas na coluna vertebral.
Os nascidos no primeiro detanato (21 a 31 de julho) estão mais sujeitos à úlcera do duodeno. Os do segundo decanato (1 a 10 de agosto) devem prevenir-se contra a diabetes e a insuficiência do pâncreas. Os do terceiro decanato (11 a 22 de agosto) têm predisposição para as doenças hepáticas. Todos os leoninos devem se precaver contra problemas no funcionamento das glândulas supra-renais, que podem causar hipertensão arterial e fragilidade dos vasos sangüíneos. Em geral, os nativos de Leão, entre todos os signos do Zodíaco, são considerados os mais fortes e resistentes. Têm muita energia e, se não conseguirem extravasá-Ia, podem se tornar ansiosos. Por isso, é aconselhável que pratiquem algum esporte desde a infância.

A personalidade de LEÃO

 

Exuberante e generoso, o leonino entrega-se à 
vida sem reservas, tendo como únicas armas 
sua imensa vitalidade.
Os nativos de Leão vêm ao mundo sob a infIuência de um signo de Fogo, no qual o Sol tem seu domicílio. Além disso, Saturno e Urano encontram-se em exílio, enquanto netuno está em queda. A partir destas características, tudo o que é secreto, íntimo, fica definitivamente afastado. O nativo de leão é extrovertido, entusiasmado, aberto a tudo o que seja símbolo de vitalidade, sempre muito disponível e generoso. A chave de sua personalidade é precisamente esta: uma contínua disponibilidade em relação ao mundo que o cerca, buscando a valorização consciente do papel do "eu".

Dentro da trilogia do Fogo, Leão representa o equilíbrio entre Áries (a racionalidade) e Sagitário (o passional). Por isso, mais do que os nativos de outros signos, o leonino tem condições de contrabalançar a razão e a paixão. E é em função desse equilíbrio que tomará as decisões mais importantes de sua vida. Leão é certamente o signo mais rico do Zodíaco. O leonino é portador de um temperamento exuberante, e, assim, todos os matizes da paixão e da razão se alternam na sua alma. Nele podemos encontrar as experiências fundamentaisdo homem: a vida, a morte e, entre as duas, o amor. Este é para os leoninos uma das coisas mais importantes da vida. Eles só podem ser pessoas equilibradas se tiverem amor, seja dando ou recebendo. É claro que todos buscamos o amor, e que, para todos nós, a imagem de um bebê se alimentando no seio materno é a própria imagem da felicidade, do paraíso perdido que, conscientemente ou não, buscamos recuperar pela vida afora. Mas para o nativo de Leão essa imagem é extremamente forte: ele sonha ser, ao mesmo tempo, o bebê e o seio materno. Uma prova disso é Leão ocupar a quinta casa do Zodíaco, a casa onde se reflete a nossa relação com os pais. Em qualquer situação, o leonino se sente pai (ou mãe) e filho, assim como o taurino, embora as causas que motivem esse comportamento sejam diferentes em ambosos signos. Para o taurino, esse sentimento nasce da necessidade de possuir, enquanto que, para o leonino, provém de sua tendência básica a dar e receber, numa gratificante troca de afeto. Por esse motivo, o sexo adquire uma grande importância na vida do leonino, não como meio de fecundação, mas como intercâmbio de prazer. Ele dá o máximo de si esperando urna resposta à altura, que lhe permita reforçar sua auto-afirmação. O leonino precisa proteger e amar, e ser protegido e amado em seus momentos difíceis.
No fundo um pouco inseguro, o nativo de Leão encontra sua segurança noespelhodasociedade em que vive. E por meio da imagem que os outros lhe devolvem, por meio daquilo que as outras pessoas sentem por ele e dizem dele, que o leonino recarrega suas energias e reafirma seus próprios propósitos.
O leonino é, por natureza, otimista. Não porque pense que "tudo vai bem no melhor dos mundos", como o Cândido de Voltaire, mas porque sabe encontrar o lado positivo das coisas. Isto provém de sua essência solar e luminosa, que joga luz sobre os cantos obscuros da vida. Sabe principalmente perceber o fado bom das pessoas, assim como seus defeitos. Consegue organizar a vida das outras pessoas melhor do que elas próprias e, às vezes, sua interferência consegue ser intolerável, quando se mostra pomposo e superdogmático. Mas, quando consegue reavaliar suas opiniões e fazer bom uso de seu encanto pessoal, torna-se uma pessoa cordial que realmente "ilumina" a vida dos que o cercam. O leonino costuma ter problemas para se defender dos outros, pois, num certo sentido, é um grande ingênuo. Não concebe a traição e, portanto, não pode aceitá-ia, principalmente da parte daqueles que considera amigos.

Embora não demonstre, o leonino é suscetível e fácil de magoar. Pelo contrário, se for tratado injustamente, vai mostrar toda a sua magnanimidade. Mas cuidado se ele se enfurecer: imediatamente subirá ao "trono" e colocará o "inferior" impertinente em seu devido lugar. Outra característica dos leoninos: eles têm uma acentuada tendência a dramatizar e fazer cenas para serem o centro das atenções. Mas, como o importante é que eles sejam o centro, essa tendência pode ser canalizada de maneira positiva para outros aspectos de sua vida: vestindo-se esplendidamente, fazendo coisas grandiosas, organizando festas, viagens, reuniões. Podem ter certeza de que ele ficará com o melhor, mas também providenciará o melhor para todos, no que prevalece seu lado generoso. O leonino evoluído desenvolverá harmoniosamente e de modo positivo sua ambição e seu orgulho. Será uma pessoa exuberante, entusiasmada, criativa e generosa, com uma carga de vitalidade e afetuosidade fora do comum, o amante perfeito, o amigo em que se pode confiar. Mas, essa mesma natureza, que gera excelentes qualidades, se for frustrada dará origem a sérios defeitos. No leonino não evoluído, a exuberãncia sé transformará em megalomania, a autoconfiança pode virar convencimento exagerado, e a generosidade pod desperdiçar-se num gesto inútil de energia, com a única intenção de aparecer. Nesse caso, o indivíduo passa a vida buscando a glória, custe o que custar, sempre disposto a sacrificar qualquer coisa para satisfazer suas ambições. Ele sempre pensa que tudo está a seu favor, mesmo quando a maré vira, e assim pode se meter em grandes enrascadas. Basta recordar, sem nenhuma intenção de comparação ou julgamento, que Napoleão Bonaparte e Benito Mussolini eram nativos deste signo.
De qualquer modo, a característica principal dos nativos de Leão é a força de sua personalidade, força esta que provém do Sol, do princípio masculino, gerador, e que encontra sua representação na força vital do adulto realizado, que pode conduzir a si mesmo e aos outros. Mas leão também representa o Superego, particularidade que pode causar os piores dilemas internos. Em todos os signos está presente a dinâmica desse verdadeiro "supervisar", que é na verdade a projeção de uma imagem ideal de nós mesmos, à qual devemos corresponder. Porém, se por alguma razão, não for possível corresponder a essa imagem, em nenhum signo tanto como em Leão isto se torna um verdadeiro desastre. A impossibilidade de ver realizada sua imagem ideal entrará em choque com a auto-estima natural do Leão. O resultado é um inevitável sentimento de culpa, e, como o leonino não dá o braço a torcer, vai procurar resolver seus problemas por si só, e apenas vai conseguir piorar as coisas. É dificílimo ajudar um leonino que atravessa uma crise, porque ele vai evitar demonstrá-la a todo custo. E esta é a única situação que pode fazer com que se torne reservado. Seu drama só vai transparecer em somatizações ou na evidente modificação de seu habitual bom humor.

LEÃO e o trabalho

 

Carismático, generoso, organizado.  O leonino 
nasceu para comandar ou para viver entre o brilho 
dos metais e das pedras preciosas.
O leonino é o rei, o chefe, o líder. Portanto, não vai se dar bem em nenhuma atividade em que ocupe uma posição subalterna. Pode resistir nesse cargo durante algum tempo, mas só se vislumbrar a possibilidade de sair dele o mais rápido possível. O ideal para ele são as atividades autônomas em que possa brilhar, ou as carreiras nas quais, após um período de aprendizagem, passe a ocupar um cargo de prestígio, uma posição que mereça respeito e consideração.

Em ordem de importância, as profissões mais aconselhadas para os nativos de Leão são: estadista, industrial, embaixador, político, dramaturgo, ourives e antiquário. Na verdade, a profissão que mais agrada ao leonino é a de estadista. Mesmo que não consiga se eleger presidente ou tornar-se um importante ministro, a política sempre o atrai, pois, além de colocá-lo em evidência, dá a ele possibilidades concretas de fazer algumas coisa pelo bem da sociedade. E é bom lembrar que o leonino é, em qualquer situação e durante toda a sua vida, uma pessoa generosa. Porém, a vida política pode trazer-lhe problemas e frustrações, porque ele nao é astuto. O nativo de Leão tem muito carisma e um enorme poder para falar às multidões, mas, se lhe pedirem para fazer manobras de corredor, certamente vai se perder. Como não é um negociador - gosta de impor a sua opinião e não de discuti-Ia -, resolve melhor as situações complicadas quando está numa posiçao de poder. Nesse caso, vai impor seu ponto de vista e, ao mesmo tempo, mostrar-se magnânimo, a ponto de conquistar o adversário.

O leonino tem grandes qualidades de organização, mas não é um estrategista, porque, devido à sua impaciência, não sabe perder uma batalha, mesmo que isso signifique vencer a guerra. Quem trabalha com um leonino deve saber uma coisa básica: não se deixar abalar por sua ocasional violência ou por seus ataques de raiva, pois tudo isso desaparece logo depois que surge. Aliás, tanto a violência quanto a raiva são as respostas que ele dá quando se sente ignorado e, corno tem consciência disso, acaiba sendo grato àqueles que se mantêm tranqüilos e imperturbáveis diante de sua fúria.

Como o leonino costuma ser uma pessoa de bom gosto, também pode ter muito sucesso em profissões ligadas à estética. Lidar com metais e mergulhar no brilho das pedras preciosas são atividades adequadas a ele, que sente uma verdadeira paixão pelo luxo. Por isso, pode-se dar muito bem no campo da ourivesaria ou na compra e venda de jóias. A fabricação de tecidos finos também é outra atividade que fascina o nativo de Leão, que tem habilidades naturais para combinar texturas, cores e desenhos.

LEÃO e o amor

leão é o quinto signo do Zodíaco e, portanto, corresponde à quinta casal a casa da energia sexual e da criatividade. Além disso, este signo é o domicílio do Sol, centro do sistema solar, que simbolicamente corresponde ao coração do homem, fonte de energia afetiva, emotiva e física. Estas características simbólicas e esotéricas explicam claramente por que o leonino - principalmente o tipo evoluído - ama de modo tão completo. Ele costuma ser o amante perfeito: dá muito de si mesmo (geralmente para receber elogios que reforcem sua auto-estima, embora não admita) e exige o mesmo em troca. Mas, se o orgulho e o exibicionismo forem exagerados, podem fazer com que o indivíduo se torne pretensioso. Os leoninos são, por natureza, galantes. Encontram sempre os gestos, as palavras, as ocasiões e os lugares perfeitos para envolver o parceiro de uma maneira que ele fica perdidamente apaixonado. Qualquer que seja sua origem social, o leonino gosta de mostrar a pessoa amada para todos, como se exibisse um enorme brilhante no dedo. Esse exibicionismo às vezes chega a ser exagerado e de mau gosto. Mas o fato de ele mostrar sempre o melhor lado de seu parceiro e levá-lo consigo a todos os lugares dá a seu amado a ilusão de estar seguro. Isso realmente não passa de uma ilusão, pois ele pode ter várias "pessoas amadas", todas sendo testadas, para no final escolher o parceiro certo, que esteja mais de acordo com as suas exigências. Na juventude, podem ocorrer conflitos entre essa tendência exibicionista, essa vontade de "jogar charme" e a fidelidade. O leonino, ao mesmo tempo, quer ser visto com parceiros belíssimos ou importantes e sente, no fundo, o desejo de legalizar sua união com a pessoa amada.

Embora seja também passional, devido à sua ambiçã o oleonino sempre guarda uma pontinha de interesse. Mesmo contra sua vontade, sua mente está sempre a fazer cálculos, E, como para ele o prestígio social é muito importante, vai preferir se casar com uma herdeira já meio arruinada que possa introduzido nas altas rodas a se casar com uma nouveau riche que não freqüenta as pessoas certas.

Como o rei da selva, o leonino acha normal que os seus familiares o aceitem e venerem, apesar de seus defeitos. Uma vez casado, só trairá o parceiro se este não corresponder ao seu ideal, e vai se desculpar junto a ele por seu desinteresse, alegando preocupações e compromissos profissionais. Mas, por causa dos filhos, dificilmente abandonará o lar, pois é só em função deles que concebe o casamento. E é o melhor pai possível - severo mas ao mesmo tempo generoso e amigo dos filhos. O nativo de Leão se preocupa em deixar marcas de sua passagem, seja no campo profissional ou da amizade, seja por meio de seus descendentes. Aos filhos ele sempre dá o que há de melhor, não só porque os ama, mas também em função de sua preocupação com o prestígio social. Ele procura ter com os filhos uma relação baseada na amizade e sempre está disposto a aiudá-los nos momentos de necessidade. Da mesma forma que com os filhos, o leonino busca nos amigos uma dependência afetiva. Vai ajudá-los sempre que precisarem, mas também se dá o direito de tomar tudo o que possa interessá-lo.

O esnobismo do leonino pode fazer com que ele se feche para novas amizades ou para pessoas que ele considera inferiores, social, moral ou intelectualmente. Mas, mesmo assim, no fundo ele deseja ter amizade - embora superficial com essas pessoas, que servem para comprovar a ascendência do leão, rei dos animais.

O amor de LEÃO com...

 

Áries nessa união de dominadores tudo poderá dar certo se o ariano passional contentar-se em mandar em silêncio, deixando espaço para o leonino brilhar. Realizado, este oferecerá ao parceiro seu amor ardente.
Touro o tímido taurino logo se cansará do exibicionismo do parceiro. A harmonia sexual ou um trabalho comum podem salvar a união, pois Touro oferece um apoio seguro às ambições de carreira do leonino.
Gêmeos o encontro entre a inteligência do geminiano e a ambição de Leão pode ser estimulante, desde que não entrem em competição. Têm boas chances de se darem bem sexualmente.
Câncer quando esses dois signos se encontram, a paixão pode ser violenta, principalmente se a mulher for de Câncer. Doce e submissa, é o tipo ideal para o leonino dominador. Mas essa paixão não costuma resistir ao tempo.
Leão nesse encontro de leoninos puros, ambiciosos e dominadores, pode ocorrer o tédio ou a intensa paixão, intercalada de terríveis discussões. Se trabalharem no mesmo ramo, a competição poderá levá-los ao ódio mútuo.
Virgem nem sempre a união do passional Leão com o virginiano cerebral dá certo. Se casarem, tenderão a ficar juntos por respeito às tradições. A força de vontade de Virgem ajuda o leonino em suas ambições prof issionais.
Libra a amizade entre o leonino passional e egocêntrico e o libriano romântico e sensível se transforma em amor facilmente, embora Leão possa se descuidar do parceiro. Atividades profissionais conjuntas favorecem a relação.
Escorpião união marcada por uma paixão forte, com crises de ciúme e conf I itos de autoridade. juntos no plano profissional, Leão e Escorpião soltarão faíscas. Se os desentendimentos não forem graves, ficarão juntos por toda a vida.
Sagitário união positiva, pois ambos têm temperamento e sentimentos semelhantes e gostam demudanças,viagens,emoções. O leonino deve moderar seu autoritarismo e o sagitariano sua impulsividade; aí viverão em harmonia.
Capricórnio sóbrios na relação sentimental, Leão e Capricórnio unem a força de vontade e a perseverança na busca de realizações profissionais, lutando juntos para chegar ao sucesso. União muito positiva.
Aquário o encontro perfeito, tanto para o amor comoparaa colaboração prof issional. O leonino extrovertido e brilhante e o aquariano imprevisível compreendem-se e se respeitam, apostando para ver quem é o mais original.
Peixes união difícil, que poderá resistir se houver afinidade profissional. O leonino não suporta as lágrimas do pisciano sentimental e sonhador. Dominará totalmente o parceiro, ofendendo-se quando este tentar se libertar.

LEÃO com ascendente em...

 

Áries em geral, o leonino com este ascendente é alegre, ativo e simpático, o centro das atenções em todas as situações. Profissionalmente terá garra, ambição e força de vontade. Sempre apaixonado, por tudo e por todos, desejará ter família e filhos. Os tipos menos evoluídos poderão mostrar-se arrogantes, presunçosos, agressivos e inconstantes.
Touro é uma combinação positiva porque alia o senso prático e a garra de Touro com a ambição de Leão. O nativo dá muito para os outros, mas exige o mesmo em troca. É um ótimo funcionário, pois tem idéias novas e capacidade para realizá-las; quando trabalha por conta própria atinge seus objetivos. No amor, a energia taurina concretiza os anseios leoninos de formar família.
Gêmeos idéias originais e força de vontade são os trunfos profissionais do leonino com ascendente em Gêmeos. Isso não o livra da possibilidade de ser superficial, convencido e arrogante. No campo afetivo, oscila entre o desejo de casar-se e o de ter novas experiências amorosas. Seu senso de humor ajuda-o a acalmar os ânimos dos outros e a convencê-los de sua boa fé.
Câncer para definir esse tipo, é preciso verificar as posições do Sol e da Lua, regentes dos signos em questão. Em geral, o nativo tem forte intuição e está sujeito a grandes variações de humor. Sua criatividade artística realiza-se numa atividade prática ou comercial. No plano afetivo, é conflitivo: a vontade de ter filhos entra em choque com a necessidade de realização prof issional.
Leão quando o ascendente está localizado no próprio signo solar, as características do signo se acentuam. Nesse caso, é preciso examinar as posições dos outros planetas: a de Vênus e Marte, em relação ao amor; a da lua, em relação aos filhos. O desejo de brilhar aumenta e pode tornar o indivíduo arrogante ou impulsioná-lo para a realização plena de suas capacidades artísticas e intelectuais.
Virgem em geral, predominam as qualidades dos dois signos: a tendência leonina à expansividade é moderada e racionalizada pelo ascendente em Virgem. No campo profissional, a ambição, a inteligência e os dons artísticos de Leão são concretizados de forma positiva. No amor, há conflito entre o desejo de unir-se à pessoa amada e o caiculismo virginiano que pesa os prós e os contras da decisão.
Libra uma feliz combinação de signos complementares que, em geral, dá ao nativo equilíbrio e harmonia interior. O indivíduo tem êxito em atividades profissionais que exijam organização e diplomacia, na arte e no campo da justiça. Tem muitos amigos e, no amor, a afetividade libriana predomina sobre a passionalidade leonina. Tudo isso não o impede de ser exibicionista e namorador.
Escorpião combinação caótica mas fascinante. Se Marte for dominante, o temperamento do nativo será marcado por ciúme, agressividade, orgulho e arrogância. Sua inteligência aguda e invuigar torna-se ainda mais terrível, já que nada lhe escapa. No plano profissional, é capaz de fazer milagres. Se achar alguém que o suporte e satisfaça suas exigências sexuais, será muito fiel.
Sagitário dois signos de Fogo, dose dupla de impuisividade e paixão. O nativo não evoluído pode revelar oportunismo e anseio exagerado de ascensão social. Em geral, consegue atingir seus objetivos. No amor, estudará seus pretendentes com cuidado e acabará se casando, pois precisa da aprovação do meio em que vive. Poderá se realizar por meio de estudos místicos e filosóficos.
Capricórnio este ascendente dá ao leonino maior força de vontade para realizar suas potencialidades. O senso prático de Capricórnio facilitará a conquista dos objetivos profissionais, conseguidos mais por constância e teimosia que pela inteligência de Leão. Sua fidelidade é fruto de uma certa frieza sentimental, e ele exibirá essa virtude para obter a aprovação e a estima dos outros.
Aquário esta combinação produz personalidades invulgares, porque une a originalidade e a inteligência inovadora de Aquário com a força de vontade e a ambição de Leão. O nativo pode mostrar tendência ao parasitismo. O leonino de tipo aquariano não é propenso ao casamento, considerando-o como uma exigência social ou como um dever muito pouco agradável.
Peixes com o ascendente nesse signo de Água, o leonino ganha em intuição e criatividade, mas perde em senso prático. Poderá dedicar-se a atividades no campo da psicologia, das ciências esotéricas, da religião e das questões sociais. No plano sentimental, é bastante confuso, pois deseja dedicar-se à pessoa amada, mas vive perdido em sonhos românticos com outras pessoas.


1
Posição no Zodíaco: de 120 a 150 graus.
Elemento: fogo.
Temperamento: colérico.
Simbolismo: representa o pleno verão. A natureza está no apogeu de sua maturidade, pronta para a grande colheita. Simboliza as noites quentes e estreladas, nas quais se ouve o canto dos grilos.
Personalidade: cheio de vida, exuberante e com muita iniciativa, o nativo do signo caminha decididamente em direção ao sucesso e só se contenta com a glória. É ambicioso e vaidoso, sempre consciente de seus méritos e quase nunca de seus limites. Embora extrovertido e generoso, está constantemente ocupado com a própria imagem, não por narcisismo, mas por desejo de poder. Ingênuo, deixa-se levar por quem sabe bajulá-lo. É um líder nato.
Clima favorável: quente e seco, ou frio intenso, mas sem umidade. Gosta do vento e das tempestades.
Animais: leão, águia, salmão.
Plantas e flores: carvalho, laranjeira, trigo, limoeiro, loureiro e girassol.
Pedra: rubi
Perfume: incenso.
Metal: ouro.
Cor: amarelo e todas as variações das cores do sol, desde a alvorada até o crepúsculo.
Dia de sorte: domingo, número de sorte: 1.


Publicado por Paula Valentina às 02:36
Link do post | Comentar | Adicionar aos favoritos

CÂNCER
 

de 21 de junho a 21 de julho

 

Quando vemos alguém que nos parece uma pessoa comum, apegada aos convencionalismos e um pouco apagada, e nem desconfiamos que estamos diante de um nativo do mais complicado e atormentado dos signos: Câncer.
Doce e tímido como o animal que o representa, agressivo e duro como a casca do caranguejo, o canceriano tem de aprender, antes de mais nada, a se defender de seu próprio inconsciente. A Lua, senhora do inconsciente e da imaginação, tem domicílio neste signo. Portanto, é normal que Câncer seja o mais lunático de todos os signos do Zodíaco e que seus nativos, assim como a Lua, que tem quatro fases, tenham freqüentese imperceptíveis variações de humor. A influência da Lua sobre as marés já é conhecida desde a Antigüidade, e na Astrologia medieval acreditava-se que esse astro controlava tudo o que está ligado à água. Como a Lua "movia" a águados mares, pensava-se que ela também controlava as mudanças dos líquidos internos do corpo, especialmente os do cérebro. Por muito tempo acreditou-se que a Lua estivesse ligada à loucura e fosse responsável pelo fato de certas pessoas ficarem "lunáticas".
Na mitologia, são muitas as divindades lunares, e todas representam a maternidade, inclusive a deusa caçadora Ártemis, a Diana dos romanos, conhecida por se vingar daqueles que por ela se apaixonavam. Embora ela recusasse sua sexualidade à maioria dos homens e dos deuses, quando chegava a noite corria ao encontro do pastor Endimião, de quem teve muitos filhos. Para o astrólogo italiano Roberto Sicuteri, outro mito ligado ao signo de Câncer é o de Édipo: "Nessa esfera estão os arquétipos da mãe e do filho, do homem e da Lua, da gestação e do nascimento. Se no filho vibra sempre o fantasma de Édipo, a mãe de Câncer é sempre uma manifestação de Jocasta". Segundo a mitologia grega, Laio, rei de Tebas, teve um filho com sua esposa, Jocasta. Para desgraça da família real, logo após o nascimento do menino, foi profetizado que ele mataria o pai e se casaria com a própria mãe. Para evitar que a profecia se cumprisse, Laio mandou matar seu filho, mas o carrasco teve pena da criança e a abandonou amarrada numa árvore. Assim foi encontrada por um pastor, que a desamarrou e levou ao rei de Corinto. Édipo foi adotado pelo rei e cresceu como seu filho, até que, após ouvir alguns murmúrios sobre sua origem, foi consultar o oráculo de Delfos. A pitonisa confirmou a terrível verdade sobre seu destino e, para evitar a morte daquele que acreditava ser seu pai, Édipo fugiu de Corinto. Logo depois, a profecia se realizou: sem sabê-lo, o jovem Édipo matou seu pai e casou-se com sua mãe, Jocasta.
Em outro nível simbólico, o signo de Câncer também corresponde ao triunfo das forças geradoras e maternais: é o tempo da formação das sementes, da maturação dos grãos e do máximo esplendor da vegetação. O elemento do signo, a Água, também indica a fecundação. No caso de Câncer, a água não é pantanosa como a de Escorpião, mas transparente e profunda: representa o liquido amniótico do ventre materno e é também a fonte que dá origem aos rios e mares.
O signo gráfico de Câncer - dois noves ou dois seis, que giram em torno um do outro também lembra o processo de gestação: a força do universo que, girando, se funde, se divide e se multiplica. Sendo o quarto signo do Zodíaco, corresponde à quarta casa, que rege a família e tudo o que está relacionado a ela. Na escolha do companheiro, assim como na escolha do amigo, o canceriano não é totalmente desinteressado. Quer o melhor, não por oportunismo, já que no fundo é um idealista, mas porque deseja o melhor para os seus. Júpiter, o planeta da posse e do conforto, está em exaltação neste signo, o que impede o nativo de desperdiçar seus sonhos em fantasias impossíveis e inúteis. Quando se agarra a alguma coisa e tem certeza de estar no caminho certo, é muito difícil fazer com que largue a sua presa. O caranguejo tem pinças, e pode ferir; o canceriano é agressivo e sabe se vingar. Não é impulsivo, pois costuma se controlar e pensar antes de agir. Por isso, faz o possível para passar despercebido até o momento oportuno de se lançar sobre o alvo e vencer.

CÂNCER e a saúde

O estômago e todos os líquidos do corpo, -inclusive o leite materno, são regidos pelo signo de Câncer. Segundo a Astrologia tradicional, o signo de Câncer governa todos os líquidos do corpo, o estômago e as funções digestivas.
Porém, estudos mais recentes permitiram constatar que as correspondências anatômicas entre o estômago e os signos do Zodíaco são ainda mais extensas do que se pensava: iniciam-se aproximadamente no 25.o grau de Gêmeos (boca do estômago) e terminam nos primeiros graus de Leão (duodeno). Em Câncer, também se encontram correspondências com os pulmões, os cotovelos, algumas partes do coração (como a aorta, por exemplo) e os seios.

Características físicas

Em geral, os cancerianos têm uma estatura média baixa, corpo forte, tórax largo, braços finos, mãos pequenas e pés menores que o normal. A cabeça é redonda e a testa estreita. O nariz é forte, não muito grande, com a ponta arrebitada. As maçãs do rosto são cheias, e a boca é grande. É bastante comum que os cancerianos balancem um pouco ao andar, porque costumam ter os pés ligeiramente virados para dentro.

Pontos fracos

Em linhas gerais, as doenças que mais atingem os nativos de Câncer estão ligadas ao aparelho digestivo - gastrite de origem física ou psicológica, úlcera gástrica, constipação etc. Os cancerianos do primeiro decanato (nascidos entre 21 e 30 de junho) parecem ter uma tendência especial às anemias leves, às hipovitaminoses (deficiência na quantidade de vitaminas) causadas por má alimentação e a várias doenças de pele.
Os nascidos no segundo decanato (de 1 a 10 de julho) são mais atingidos por distúrbios digestivos, provocados pela excessiva acidez do suco gástrico.
Os nascidos no último decanato (de 11 a 20 de julho) estão mais sujeitos à retenção de líquidos e costumam sofrer de aerofagia e de dilatação do estômago. Do ponto de vista endócrino, os cancerianos têm tendência ao hipotireoidismo e à obesidade.

A personalidade de CÂNCER

 

lntrovertido e irracional, o canceriano tem o comportamento 
do caranguejo: quando é atacado, fecha-se dentro de sua
casca ou ataca com suas poderosas pinças.
A personalidade do canceriano é determinada por um fator muito importante: neste signo, a Lua está em seu domicílio. Embora essa posição lunar, por si só, já seja suficiente para explicar as particularidades do nativo, deve-se acrescentar ainda que Júpiter está em exaltação, Saturno e Urano em exílio, e Marte em queda, aspectos que, em conjunto, traçam o perfil de uma pessoa sentimental e que tem no inconsciente a chave de sua personalidade. Para complementar o retrato psicológico do canceriano, é preciso lembrar que todas essas características se combinam na quarta casa do Zodíaco, que representa o início e o final da vida. Como resultado, surge um indivíduo tímido, introvertido, irracional, que detesta novidades e mudanças, afetuoso e muito apegado aos valores familiares. Se a vida lhe der chances de se abrir, terá uma personalidade equilibrada e tranqüila. Mas, se o canceriano for reprimido e a vida lhe der muitas oportunidades para se fechar dentro de sua casca, será uma pessoa medrosa, desconfiada, que nunca enfrenta situações que podem causar sofrimento, preferindo se esconder na passividade e no silêncio. E, quando isso acontece, a primeira reação das pessoas é ficarem preocupadas com ele, mas, depois de um tempo, no qual tentam ajudá-lo, cada qual seguirá seu próprio caminho, e o canceriano continuará remoendo seus rancores e desilusões. O que acontece, na verdade, é que ele tem muita dificuldade para sair dessa situação, porque, quando os outros se cansam de tentar auxiliá-lo, ele acha que ninguém está ligando para seus problemas e sente que sua grande "certeza" está confirmada: não é compreendido nem amado por ninguém. E a questão toda está exatamente aí. O canceriano, devido à sua configuração astral, não sabe e não consegue se impor. Quando a delicadeza e a persuasão falham, ele não tem outras armas, fica arrasado pela prepotência dos outros e por ter sido "injustamente" postode lado. Nof undo, sempre se sente como uma criança que espera uma recompensa por ter se comportado direitinho e feito todos os seus deveres.

O canceriano é também essencialmente tradicionalista. Mantém-se fiel aos valores que os pais lhe ensinaram e transmite a seus filhos esses mesmos valores. Mas, apesar disso, é uma pessoa que tem muita intuição e está aberta para o que se passa ao redor. Embora nunca se envolva, percebe com muita rapidez o que está acontecendo.

A vida interior é fundamental para o canceriano, e ele precisa do sobrenatural para encontrar o seu equilíbrio. Câncer é um signo no qual acreditar em algo "religiosamente" é uma questão de sobrevivência. E, por isso, toda vez que se sente ameaçado, recorre ao misticismo para recuperar sua harmonia.
O canceriano detesta todo e qualquer excesso. Toma decisões prudentes e racionais, não porque seja uma pessoa racional, mas porque tem medo da vida. Assim como se refugia em sua casca quando se vê diante da incompreensão e da agressividade, também foge de todas as decisões que possam trazer mudanças radicais, justificando essa fuga a partir das regras e dos valores que aprendeu e dos quais não quer se afastar. Considerando todos esses aspectos, pode-se ver que o canceriano é uma pessoa paciente ao extremo, capaz de suportar quase tudo e quase todos os tipos de pessoa. Porém, a razão disso não é a passividade, mas o fato de não conseguir reverter a situação em benefício próprio. Em conseqüência, ele acaba se colocando em situações diifíceis, nas quais é ameaçado com aquilo que mais teme, ou seja, o isolamento e a indiferença dos outros.

A personalidade de todos nós tem em sua base muitas contradições, e conquistamos o equilíbrio à medida que superamos cada uma delas. A principal contradição do canceriano é o grande desejo de dar e receber afeto e não conseguir fazê-lo. Por isso, é muito comum ver o nativo de Câncer sublimando sua afetividade na relação com os pais (o que na maioria das vezes se torna problemático) e encontrando a solução ideal na relação com os próprios filhos. A força vital do canceriano só se manifesta no momento da paternidade ou da maternidade. A fase mais importante de sua vida é a do estabelecimento de sua família. O canceriano evoluído (aquele que teve chances de se desenvolver em harmonia) é uma pessoa sem nenhum problema de inserção na família, tanto a de origem quanto a própria. É à família que ele se dedica, e nela encontra o amor e o respeito que deseja. Ele tentará reproduzir essa situação no mundo exterior e, de forma instintiva, procurará ambientes em que possa se comportar como em família. Se encontrar esse ambiente, o canceriano evoluído terá encontrado, fora de casa, um lugar onde é estimado e apreciado por sua doçura, amabilidade, equilíbrio e afetuosidade.

O canceriano não evoluído (que não teve desenvolvimento harmonioso) é uma pessoa bastante difícil, instável e de humor variável. Sempre procurando afeto, nunca se satisfaz com o que obtém e repentinamente tende a mudar de ocupação e de família. Ao contrário do tipo evoluído, vai procurar constituir uma família colecionando várias, uma depois da outra. Em outras palavras, pode-se dizer que o nativo de Câncer, mais do que o nativo de qualquer outro signo, vive o "complexo de mãe". Os homens de Câncer não conseguem se libertar da figura materna, e as mulheres não conseguem se libertar da própria imagem de "mãe", com toda sua carga de sacrifícios e responsabilidades. No primeiro caso, o canceriano é instável e tenta estabelecer com toda e qualquer pessoa uma relação filial, reproduzindo assim alguma fase da sua infância na qual tenha sentido falta da mãe ou se teve uma mãe muito forte e decidida que sufocou sua personalidade. No segundo caso, a canceriana encara as responsabilidades familiares com tanta abnegação que acaba fazendo delas seu único interesse na vida.

Embora possa parecer contraditório, o canceriano é pouco inclinado às depressões. Apenas quando se sentir abandonado pelos filhos é que vai entrar em crise. Na verdade, esse é o único fato que pode arrasar o nativo de Câncer. E, se isso acontecer, ele vai reagir fechando-seem umdosseus insondáveiselongos silêncios, mostrando uma vez mais sua incrível resistência para aceitar os fatos da vida como eles são.

CÂNCER e o trabalho

 

Pelo seu instinto maternal e pelo seu interesse 
em  ajudar os outros, o canceriano dá um ótimo 
médico, psicólogo ou professor.

As profissões mais indicadas para o nativo de Câncer são aquelas que permitem concretizar seu interesse pelos outros. Porém, esse interesse não é movido pela intenção de modificar a situação de grupos ou classes sociais: o canceriano não investe na defesa de causas políticas ou civis; interessa-se apenas por pessoas em particular e por casos específ icos.
Para funcionar de modo satisfatório em qualquer atividade, o canceriano precisa de um suporte ideológico (seja ele religioso ou social) que de algum modo explique o mundo e a vida. Portanto, basta que por trás de seu trabalho exista um ideal espiritual para que o canceriano sinta que está na profissão certa. Por isso, ele se dá bem em ordens religiosas ou em grupos semelhantes. Ele também se adapta muito bem ao ambiente hospitalar, podendo ser um excelente médico ou enfermeiro.

Tem grandes qualidades para exercitar essas funções porque, independente do aspecto técnico, sabe tranqüilizar um doente e lhe dar segurança. Devido a seu natural interesse pelo próximo, não vai se limitar a uma relação impessoal, pelo contrário, vai se preocupar com todos os aspectos da vida do paciente.

CÂNCER e o amor

Como o animal que representa o signo -o caranguejo -, o canceriano é paciente e irritadiço ao mesmo tempo, o que certamente complica as coisas para quem deseja o seu amor ou a sua amizade. No entanto, para que ele se zangue, é preciso que alguém ultrapasse os limites de sua paciência. Às vezes, não é a gravidade do fato que o irrita, mas a "fatalidade" de ter acontecido no "momento errado" é importante lembrar que ele está sujeito a freqüentes alterações de humor). A Lua, com domicílio neste signo, torna-o instável. Marte, em queda, facilita a irritabilidade e os ataques de agressividade. Mas há um ponto no qual ele revela ser muito paciente: no amor, pois o canceriano espera e sonha eternamente com o amor ideal - se for mulher, com o Príncipe Encantado-, se for homem, com a Bela Adormecida. Porém, chegado o momento, acaba se contentando com aquele que será o melhor pai de família ou com a moça mais virtuosa que conhece. Às vezes, o canceriano se casa por medo da solidão, já que a companhia de outras pessoas, em qualquer tipo de relação, é para ele muito importante. Como o caranguejo, que anda para trás, o canceriano se agarra ao passado e tem saudade da juventude. o passado é sempre o melhor momento de sua vida. É muito difícil que o nativo de Câncer se volte para o futuro ou sonhe com ele. O mais comum é viver de lembranças e recordações. E essa característica pode se tornar realmente problemática: introvertido, carente de afeto e hipersensível, o canceriano pode transformar em neuroses as experiências negativas do passado, porque não consegue se desvencilhar delas. Voltado para tudo o que já aconteceu, gosta de História, de romances de cavalaria com final feliz e de qualquer aventura plena de romantismo. Ele não se sente à vontade com as coisas "modernas", embora tente se mostrar avançado e anticonformista. Na verdade, acaba mentindo para si mesmo ou achando as mais variadas desculpas para não agir de acordo com as inovações que afirma compartilhar. E o conservadorismo de Câncer revela-se em todos os seus sentimentos. O canceriano nunca se esquece de seus amigos. de infância, e sempre preferirá as velhas amizades aos amigos recentes. No amor, é muito fiel e procura, até encontrar, uma relação segura, para poder constituir sua idealizada família.

O amor de CÂNCER com...

 

Áries uma união que pode dar certo, principalmente se o homem for de Áries, porque a canceriana não se importa nem um pouco em se submeter por completo a um homem de personalidade forte.
Touro no amor, esta combinação tem um risco: como ambos são hipersensíveis e emotivos, podem naufragar num copo d'água diante dos problemas do cotidiano. No plano profissional ou no plano da amizade, a união é positiva.
Gêmeos a união pode dar certo se ela for de Câncer, pois suportará sem problemas a independência do companheiro, agindo como se fosse sua mãe. Porém, se ele for o canceriano, é muito difícil que suporte a liberdade dela.
Câncer o encontro pode ser maraviIhoso: os dois amam a casa, a família e os filhos. Mas, como as duas pessoas têm o mesmo signo solar, a relação pode acabar no marasmo. A união resistirá se houver filhos.
Leão no início, pode surgir uma violenta paixão entre os dois signos, pois são opostos e complementares. Mas a relação pode se desgastar com o tempo e acabar em brigas muito sérias.
Virgem à primeira vista, esses dois signos podem se detestar ou ser amigos, sem pensar nem de longe em amor. Depois, à medida que vão se conhecendo, podem perceber que precisam um do outro, porque ambos se compensam.
Libra na amizade, esta combinação é perfeita. Mas, no amor, as coisas se complicam, pois o canceriano tende a se cansar da "sociabilidade", nem sempre inocente, do libriano. E este, por sua vez, não suporta o amor maternal do outro.
Escorpião união difícil. Mas, se ultrapassar os obstáculos iniciais, é uma das mais duradouras. O ciúme pode separá-los, mas a sexualidade pode uni-los para sempre. Cabe ao escorpiano liberar o canceriano.
Sagitário o sagitariano é anticonformista; o canceriano, acomodado. Podem seu unir mais por amizade do que por paixão, principalmente se ele for o canceriano. No plano profissional, podem ganhar muito dinheiro juntos.
Capricórnio a união entre esses dois signos é quase sempre positiva: embora sejam opostos no Zodíaco, e portanto diferentes, têm os mesmos objetivos. Ambos buscam a segurança, são previdentes e evitam riscos.
Aquário o aquariano, inovador e excêntrico, não se adapta ao canceriano, conservador. As dificuldades são muitas, mas a união pode resistir se um dos dois se submeter ao outro, principalmente se ele for de Aquário.
Peixes uma combinação que pode dar certo, mas com o permanente risco da mais absoluta falta de senso prático. Ambos se perdem em sonhos impossíveis, sentimentalismo e visões poéticas. Podem ser ótimos amigos.

CÂNCER com ascendente em...

 

Áries o ascendente num signo de Fogo anima o canceriano, dando-lhe mais energia, força de vontade e ambição, qualidades que podem levá-lo ao sucesso no campo profissional. Em relação à vida afetiva, a tenacidade típica de Câncer prevalece nas coisas importantes, e a instabilidade de Áries se manifesta nas pequenas coisas.
Touro a Água, elemento do signo de Cãncer, torna fértil a Terra, elemento do signo de Touro. Da mesma maneira, esse ascendente deixa o sonhador e lunático canceriano mais estável e concreto. A tendência básica é a preguiça e o hedonismo, o que faz com que a pessoa viva apenas o momento presente, contentando-se com prazeres imediatos.
Gêmeos essa combinação pode produzir indivíduos excepcionais mas contraditórios. No campo profissional, prevalecem a extroversão, a ambição e o ecletismo típicos do geminiano. No plano afetivo, pode haver confIito entre o desejo de se casar e a vontade de ter muitas experiências amorosas ou sexuais, muitas vezes apenas por pura curiosidade.
Câncer o ascendente no próprio signo acentua os defeitos e as qualidades do nativo: hipersensibilidade, introversão, melancolia, fantasia, infantilidade. É comum a pessoa ter problemas com a mãe, situação que só pode ser superada depois de muita luta com o próprio inconsciente. As qualidades de Câncer, como a imaginação e o senso estético, favorecem a formação de grandes artistas.
Leão a Água, elemento do signo de Câncer, pode apagar o Fogo, elemento do signo de Leão. Já que os astros regentes dos dois signos, Lua e Sol, se opõem para formar o dia e a noite, o nativo com este ascendente pode ter muitos conflitos internos. No entanto, a segurança e a ambição leoninas ajudam a revelar as capacidades de Câncer.
Virgem esta combinação produz personalidades excepcionais, principalmente em termos profissionais, graças ao seu senso crítico aguçado. Mas também produz temperamentos que podem chegar a ser insuportáveis. Por outro lado, este ascendente dá ao canceriano um senso prático que ajuda muito a sua sensibilidade e intuição, além de acentuar o já natural amor pela família.
Libra este ascendente diminui ainda mais, no instável canceriano, a força de vontade, o senso prático e o poder de decisão. Nos tipos evoluídos, a realização se faz por meio dos filhos, da psicologia e da arte. O tipo não evoluído pode ter um caráter fraco ou ser uma pessoa que se perde em sonhos. No amor, os nativos com este ascendente correm o risco de ser dominados.
Escorpião o canceriano com este ascendente tende a ser uma pessoa fechada, arredia, estranha e geralmente colérica. Felizmente, porém, costuma ser de uma inteligência superior, refinada e profunda. No amor, este canceriano pode ter problemas, porque os parceiros não conseguem agüentar o seu ciúme, a sua tendência à autodestruição e a sua hipersensibilidade.
Sagitário dois signos tão diferentes, unidos na mesma pessoa, inevitavelmente criam confIitos: coexistem os desejos de independência e de estabilidade, de "correr mundo" e de se dedicar à família, de vida social e de introversão. O tipo evoluído encontrará seu caminho na arte e em todas as atividades relacionadas, de um modo ou de outro, com o instinto materno.
Capricórnio embora estes dois signos sejam opostos no Zodíaco, nem sempre o nativo com esta combinação está sujeito a conflitos. Por mais estranho que pareça, este ascendente ajuda o canceriano, dando-lhe maior senso prático e capacidade de decisão, Em relação ao amor, acentuam-se os valores convencionais e tradicionais, em benefício dos filhos.
Aquário combinação bastante complicada, mas que pode ser positiva se a pessoa conseguir superar os inevitáveis conflitos entre o desejo de liberdade e a vontade de formar uma família, entre conservadorismo e receptividade para idéias novas. No piano profissional, este ascendente torna tradicionalista o canceriano mais inovador, principalmente no campo artístico.
Peixes os nativos com esta combinação não costumam ser pessoas comuns. Dependendo do grau de evolução, este canceriano pode ser um gênio ou o indivíduo mais caótico e desorientado do mundo. Em qualquer um dos casos, ele não se caracteriza pelo senso prático, energia ou força de vontade. No campo profissional, pode ter muito sucesso em qualquer atividade artística.


Posição no Zodíaco: de 90 a 120 graus.
Elemento: água.
Temperamento: fleumático.
Simbolismo: corresponde à quarta casa do Zodíaco e à fase da juventude, do desabrochar da personalidade. É o momento do auge da criatividade, quando a natureza está no seu maior esforço de maturação. A imagem do signo é o ventre materno fecundado.
Personalidade: introvertido, tímido e sonhador, parece sempre estar fora do mundo. Por ser muito reservado, é sempre difícil ajudá-lo. Retira-se para dentro de sua casca, prudentemente, toda vez que sente o perigo pairando no ar. A mulher de Câncer nasce para ser mãe, enquanto o homem nunca se separa definitivamente de sua família.
Clima favorável: como o canceriano é muito sensível, não se dá bem em climas extremos, muito quentes ou muito frios. Para que esteja feliz, o ar sempre deve ter um pouco de umidade. A chuva não o entusiasma, mas também não lhe é muito desagradável, pois ele se sente atraído pela atmosfera nublada.
Animais: gato, cisne, caranguejo.
Plantas e flores: tília, lírio-d'água, aveleira.
Pedra: esmeralda.
Perfume: lilás
Metal: prata.
Cor: branco.
Dia de sorte: segunda-feira, número de sorte: 2.


Publicado por Paula Valentina às 02:23
Link do post | Comentar | Ver comentários (9) | Adicionar aos favoritos

Gêmeos
 
de 21 de maio a 20 de junho

 

Contrariamente aos outros signos, o geminiano não apresenta características tão distintas que possam ser percebidas imediatamente. Na verdade, ele pode ser "tudo e o contrário de tudo", ou seja, embora possa ter algumas características, também pode ter as características exatamente opostas. O geminiano é ambivalente e contraditório, e não há um igual a outro. O único traço que o distingue é uma boa dose de despreocupação. É o signo zodiacal que vive melhor e que melhor su porta as contrariedades e as desilusões. O geminiano tem uma intuição especial para perceber o perigo de uma desilusão, de modo que se desliga antes que isso aconteça. Embora seja sensível, mantém um distanciamento irônico da realidade, o que lhe permite ver a situação e a si mesmo "de fora". Quando sofre, é por orgulho ou amor próprio ferido, pois é bastante superficial e nada passional. A ambivalência de seu comportamento já aparece nas origens mitológicas e históricas do signo, pois, ao observar todas as duplas de gêmeos famosos da história, percebe-se que sempre um complementa o outro tanto nos vícios quanto nas virtudes: dualidade entre o bem e o mal, entre a identidades a semelhança. O tema dos gêmeos fascinou todas as culturas. Como disse um famoso antropólogo: "O medo do homem primitivo diante da aparição de gêmeos é o medo de visualizar a própria ambivalência, o medo de objetivar assemelhanças e as diferenças, o medo de reconhecer a própria individualidade, o medo de rompero sentimento coletivo que não nos diferencia".
Há vários mitos de gêmeos. Um deles narra que Leda, mulher de Tíndaro, rei de Esparta, foi vista por Zeus enquanto se banhava num rio. O deus apaixonou-se por ela e, transformando-se em cisne, seduziu-a. Dessa união nasceram dois ovos: um continha Castore Clitemnestra (gerados por Tíndaro e, portanto, mortais) e o outro, Pólux e Helena (de origem divina, pois foram gerados por Zeus). As relações entre esses quatro gêmeos, principalmente entre Castor e Pólux, refletem perfeitamente as características do signo. Assim que nasceram, foram confiados a Mercúrio, que é o planeta regente do signo. Astrologicamente, Mercúrio, o deus da comunicação, protetor dos comerciantes e dos ladrões, é o planeta da inteligência, da racionalidade, da linguagem e da crítica. Assim, Cêmeoséosignoda intuição, dadedução e da indução, aspectos que formam o dualismo natural dos nativos.
O geminiano é camaleônico por excelência: consegue se adaptar a qualquer ambiente e a qualquer situação com uma rapidez e uma facilidade surpreendentes. Seu metal é o mercúrio, que escorre sem nunca parar; seu elemento é o ar; e é um signo móvel. No plano anatômico, rege os pulmões e, conseqüentemente, a respiração, os braços e os ombros. Gêmeos corresponde à terceira casa, a das viagens curtas, dos estudos, dos escritos, das correspondências, do jornalismo, das leituras, da oratória e das relações superficiais. O símbolo de Gêmeos são duas linhas horizontais e duas linhas verticais, que representam as duas figuras mitológicas, Castor e Pólux. Em relação à interpretação astrológica do mito, diz o astrólogo italiano Roberto Sicuteri: "Com um poucode imaginação, podemos ver nesse mito o confronto freudiano entre o princípio de prazer e o princípio de realidade. Castor é a liberação dos instintos e a realização de todos os sonhos, enquanto Pólux, ao contrário, simboliza a serenidade espiritual, que rejeita o comportamento dionisíaco ou instintivo, sendo o atributo divino que triunfa diante do impulso de Castor. Transposto para a tipologia astrológica, esse mito mostra a alternância das necessidades instintivas e intelectuais". Pois, como diz a lenda, depois que Castor foi morto, Pólux pediu a Zeus que tornasse o irmão imortal, para que os dois pudessem estar sempre juntos. Zeus atendeu ao pedido e, a partir desse momento, os gêmeos ficavam juntos seis meses no Inferno e seis meses no Olimpo. Talvez seja por isso que muitos geminianos passam a vida entre o "inferno" e o "paraíso”, alternando comportamentos que oscilam entre a mais pura racionalidade e a intuição mais aguda.

GÊMEOS e a saúde

Os ombos e o aparelho respiratório são as partes regidas por Gêmeos.
Segundo a astrologia tradicional, o signo de Gêmeos governa os ombros e o aparelho respiratório. Estudos mais recentes, entretanto, permitiram um conhecimento mais detaihadodas ligações entre as diversas zonas do Zodíaco e o corpo humano.
Os primeiros dois graus do signo estão relacionados a uma glãndula muito importante, a tireóide, cuja correspondência zodiacal inicia-se nos dois últimos graus do signo precedente, Touro. A zona compreendida entreos graus O e 15 corresponde à traquéia, àorfioplata e à clavícula. Na segunda metade do signo iniciam-se as correspondências com o aparelho respiratório.

Características físicas

Em geral, os geminianos têm corpo magro, altura média-alta, pernas e braços longos e tórax pouco desenvolvido, as mulheres têm seios pequenos. As mãos e os dedos são longos. A cabeça é pequena, geralmente de forma triangular, alongada em direção ao queixo. Os olhos são muito expressivos, o nariz é longo e reto, as orelhas são pequenas e o pescoço é longo e fino. Os geminianos falam depressa, com voz aguda, e andam a passos largos e rápidos.

Pontos fracos

Em termos gerais, as doenças que mais atingem os nativos do signo de Gêmeos são as do aparelho respiratório: bronquite crônica, asma, enfisema, enfim, problemas respiratórios congênitos ou adquiridos. O signo de Gêmeos provoca uma tendência ao hipertireoidismo, que pode causar sensíveis alterações do metabolismo, acompanhadas de agitação, cansaço psíquico (esquecimentos) e físico (alterações circulatórias ou dos tecidos). No geminiano, o hipertireoidismo costuma vir acompanhado de emagrecimento e ansiedade. Mesmo quando a tireóide funciona normalmente, é fácil perceber que os nativos do signo têm um sistema nervoso delicado, não suportam esforços mentais prolongados e precisam muito de repouso e de afastamento das obrigações do dia-a-dia. Os geminianos nascidos por volta do dia 25 de maio ou nos dias 11 e 13 de junho apresentam em seu mapa astral uma conjunção do Sol com três estrelas fixas (Prima in Naribus Hyadum, Bellatrix e Lusis). Essa conjunção predispõe aos distúrbios dos olhos, o que se torna outro ponto fraco desses nativos.

A personalidade de GÊMEOS

Cerebral, antitradicional e ambíguo, o geminiano sente a alegria de viver sem muitas responsabilidades. Para ele, a vida é um jogo e só ganha quem sabe jogá-lo.
Na base da personalidade dos geminianos encontra-se a ambivalência. Eles juntam tantos aspectos em si mesmos, inclusive aqueles que são contraditórios, que parecem duas pessoas em uma. São como duas naturezas que se refletem uma na outra.
Se considerarmos as influências que os elementos astrológicos têm sobre os nativos do signo, veremos que o planeta Mercúrio está em seu domicílio noturno, Plutão está em exaltação e Júpiter e Netuno estão em exílio. O elemento é o Ar, o temperamento é sanguíneo, e estamos na terceira casa do Zodíaco. A combinação desses fatores dá as seguintes características: inteligência e curiosidade, disponibilidade para todo tipo de experiência nova, desligamento das coisas tradicionais, compreensão imediata mas superficial da realidade, sociabilidade e fascínio junto aos mais jovens. A combinação positiva desses aspectos dá um indivíduo que procura interpretar a realidade que o cerca, usando todos os meios de que dispõe, e que se empenha nessa tarefa de forma espontânea. Por seu fado negativo, a combinação produz um temperamento superficial demais, cerebral nos afetos e um pouco enganadorem sua ânsia de agradar a todos a qualquer custo.
O calcanhar-de-aquiles do geminiano reside exatamente naquilo que é a sua maior qualidade: a riqueza e a clareza de idéias. Sempre ansioso para descobrir tudo e entender tudo, corre o risco de esgotar as suas energias nervos as com facilidade. O geminiano não é muito forte, mas como sua preocupação com a realidade é superficial, pode agir de acordo com suas necessidades e não em função de suas reservas de energia. Por isso, a sua tábua de salvação é o "esgotamento nervosa", recurso que o nativo usa toda vez que se vê em alguma situação complicada.
Quando o geminiano consegue conviver sem problemas com a sua auto-imagem, ele pode ser um indivíduo seguro de si, que, embora pareça presunçoso, é uma pessoa essencialmente serena e alegre. Mas se ele não convive bem com a sua própria imagem, poderá ter um temperamento narcisista, vaidoso ao extremo. Ele passará por cima de todas as regras ou limites, tentando alimentar a sua vaidade, pois, na verdade, não suporta que qualquer aspecto de sua personalidade seja colocado em questão ou seja menosprezado.
A chave da personalidade do geminiano é o cérebro, único meio de chegar a esse indivíduo que, contrariamente às aparências, não se entrega fácil. Embora não seja uma pessoa fechada, e muito menos reservada, no fundo ele se bastaa si mesmo, de tal forma que nos sentimentos mais profundos sempre acaba sozinho. E dificilmente percebe isso, porque fica tão ocupado em viver intensamente, participar de tudo, estar em todos os lugares, que não tem tempo para mais nada. Mas se ele não se conscientizar desse aspecto, seu inconsciente poderá transformá-lo num problema, gerando uma situação de desorientação que desemboca em somatizações. E é muito difícil fazer com que ele tome consciência desse processo. Uma das principais características do nativo é a recusa categórica ao envelhecimento. Sentem-se jovens a vida toda, e, mais do que jovens, adolescentes, porque nunca perdem a curiosidade e a necessidade de estarem rodeados de amigos com quem possam trocar idéias, tentando compreender a si mesmos e à realidade. Com esse espírito eternamente jovem, não concebem que o tempo também passa para eles, e lutam com todas as suas forças, mesmo as do inconsciente, contra um corpo que já não responde com tanta energia e uma cabeça que começa a perder a agilidade. Por isso, a segunda parte da vida é, para os geminianos, um contínuo dispêndio de energias na luta para se conservarem eternamente jovens.
Essa jovialidade geminiana faz com que os nativos raramente amadureçam. É comum encontrar pessoas do signo que se mantêm um tanto ingênuas durante toda a vida: embora sejam capazes de compreender a complexidade das situações, elas preferem não assumir nenhuma responsabilidade. O geminiano gosta muito dessa "fuga das responsabilidades", pois nela encontra um meio de não se culpar quando suas ações ou seu comportamento contrariam as regras ou as convenções da sociedade, o que, aliás, é muito freqüente na sua vida. Pois, curioso por natureza, o geminiano gosta de experimentar tudo, sem se preocupar com as reações ou os sentimentos dos outros. No entanto, depois de terminada a experiência, ele se enquadra novamente e age como se nada tivesse acontecido.
Por um lado, o geminiano costuma surpreender por sua agilidade intelectual, pouco se importando se os outros estão entendendo ou não. Mas, por outro lado, ele é também um ótimo conselheiro e amigo, pois sua visão objetiva dos fatos pode ser de grande ajuda para quem estiver precisando de conforto numa situação difícil. Na verdade, o geminiano gosta do papel de "irmão", seja na família ou no grupo de amizades. Ele se sente participante toda vez que se trata de elaborar esquemas que visem a libertação pessoal. E se sentem cúmplices quando se trata de atacar qualquer tipo de autoridade.
Mas é importante perceber qual é a verdadeira razão desse permanente anticonvencionalismo do geminiano, dessa constante revolta contra tudo aquilo que possa ser um símbolo de autoridade. Na verdade, ele não age por convicção ou seguindo ideais. O geminiano simplesmente reage àquilo que mais detesta: o tédio, seu maior inimigo. E como as coisas e as pessoas, com o passar do tempo, tendem a se acomodar ou virar "modelos" de comportamento, o nativo de Gêmeos se aborrece com a falta de novidade de tudo o que se cristalizou ou ficou consagrado. Como reação, ele ataca para desestabilizar o que está ordenado e fixo. Depois de ter logrado o que quer, ele se sente muito bem, pois agora tem pela frente novos desaf ios e aventuras que o estimulam. Coerente com o seu temperamento, o geminiano vê a vida como um jogo e ele sabe como jogá-lo.
Voltando às combinações dos elementos astrológicos, o geminiano é um indivíduo sobre o qual a predominância do domicílio noturno de Mercúrio se faz sentir de modo determinante. Junta-se a essa influência a exaitação de Plutão com o exílio de júpiter e Netuno. Mercúrio representa a inteligência e a versatilidade, Plutão o princípio de atividade, Júpiter e Netuno as profundezas do ego. De tudo isso, pode-se concluir que os nativos do signo tendem mais à compreensão e à ação do que à especulação propriamente dita. O elemento Ar reforça a versatilidade de Mercúrio, enquanto o gênero do signo, masculino, reforça o grande princípio contido na simbologia do planeta Plutão, ou seja, as forças criativas e regenerativas do corpo. Se desejamos realmente entender o geminiano, temos de nos lembrar de que para ele o que conta não é o sentimento, mas o pensamento, e que o seu coração não tem razões que a própria razão desconhece. Para ele, tudo passa pelo cérebro, inclusive e principalmente a sexualidade. Em sua busca quase irracional do prazer, o geminiano pode se tornar um mestre em erotismo, o que vai enriquecer seus relacionamentos, mas também pode criar certa instabilidade. Dada a ambivaiência relacionada à constelação de Gêmeos desde a mitologia clássica, não é raro que os nativos deste signo resolvam, a uma certa altura da vida, fazer a experiência concreta de sua homossexualidade latente.

GÊMEOS e o trabalho

 

	Embora não seja ambicioso, o geminiano
	geralmente é um vencedor, pois o
	trabalho é um dos grandes estímulos
	que o mantêm constantemente ativo.

As profissões mais adequadas para o nativo de Gêmeos são as relacionadas à comunicação, em qualquer de suas formas. A comunicação pode ser verbal ou escrita, mas de qualquer modo terá de responder à exigência de conhecimento e socialização que forma a base do temperamento geminiano.
Isto se explica claramente pelo simbolismo do signo, terceira casa astral, com Mercúrio em domicílio noturno, Plutão em exaltarão e o exílio de júpiter e Netuno. A combinação desses elementos, em relação ao trabalho, dá um indivíduo de inteligência ágil e brilhante, que percebe rapidamente as situações, embora depois nem sempre saiba elaborá-las. Por isso, o geminiano pode ficar encarregado de fazer projetos, mas não de colocá-los em execução, pois ficaria terrivelmente entediado. E, desinteressado, só faria um erro atrás do outro.
A curiosidade, que é seu impulso de vida, faz com que se interesse por tudo e por todos, e por isso adapta-se muito bem a atividades onde possa relacionar-se com pessoas e exercer a sua incrível lucidez. A profissão mais recomendada é a de jornalista, porque reúne a possibilidade de entrar em contato com o grande público e de colocar num só artigo todos os problemas do mundo e suas respectivas soluções. Isso satisfaz a necessidade de exercício intelectual do geminiano e não o esgota. Além disso, é uma profissão sempre variada e com novos desafios, e nada pode ir mais de encontro aos seus interesses do que essa mudança constante de ares.
Na carreira dipiomática, o geminiano também vai se dar bem, com um relativo sucesso. Pode ser que se encontre em dificuldades quando as situações exigirem paciência e, justamente, diplomacia, mas aqui também entra em jogo a astúcia, uma de suas maiores qualidades. O geminiano jamais terá a paciência de um taurino, mas pode se revelar extremamente paciente numa situação de "gato e rato" na qual ele seja, naturalmente, o gato. Apesar disso, ele é um bom companheiro de trabalho, sempre próximo dos colegas, mas longe dos superiores, dequem sempre desconfia. Outro fator é que ele oscila entre uma ponta de ambição e o desinteresse mais absoluto, o que desorienta os amigos, que nunca conseguem chegar a uma conclusão se é possível contar com ele ou não. De todos os signos do Zodíaco, Gêmeos é talvez o mais preparado para vencer na vida, porque é inteligente e flexível, e se orienta em direção ao novo, ao futuro. Mas a superficialidade e o amor pelo raciocínio podem estragar tudo. Um geminiano não realizado em termos profissionais tenta obter na fantasia aquilo que não conseguiu na realidade, tornando-se então um contador de histórias em quem não se pode confiar.

GÊMEOS e o amor

A duplicidade é uma constante no signo de Gêmeose, naturalmente, ela está presente também no amor. Há dois tipos de geminiano: o fiel e o namorador. Porém, em muitos casos, essas duas tendências coexistem na mesma pessoa e se manifestam de forma alternada ao longo da vida do nativo.
Os geminianos são, ao lado dos aquarianos, os amantes mais fascinantes e mais "escorregadios" do Zodíaco. Conquistá-los costuma ser uma tarefa árdua. Podem ser fiéis, mas muito mais por displicência ou fraqueza do que por amor. Na arte da conquista, são verdadeiros mestres: sabem envolver a sua "vítima" por todos os lados, sem deixar nenhuma escapatória, recorrendo a olhares sensuais, palavras pouco claras mas insinuantes, encontros sedutores e cheios de mistério. Mas, infelizmente para suas "vítimas", eles costumam perder todo o interesse sexual por elas antes mesmo de chegar à sedução definitiva, porque já fizeram tudo mentalmente ou porque, de tanto racionalizar, acabam inibindo os instintos.
Se já é difícil conquistar um geminiano, imagine mantê-lo apaixonado! Ele é capaz de ter dez amores ao mesmo tempo e não se decidir por nenhum. Porém, um belo dia acorda decidido a se casar, e, se nove das namoradas tiverem se cansado da concorrência, casa-se com a única que ficou, mesmo que seja só para se vingar das outras que o abandonaram "injustamente". No entanto, casar-se com um geminiano não garante que ele tenha sido conquistado: ele pode ter casado por oportunismo, por tédio, para escandalizar a família, para ter filhos, para fazer algo diferente ou para poder ficar em paz. Enfim, para ele, o casamento não significa necessariamente um ato de amor. De qualquer modo, uma vez casado,o geminiano vai se submeter completamente ao cônjuge, a quem nunca deixará, a não ser que este interfira de maneira drástica em seus hábitos "sagrados". Mesmo sendo fiel ao parceiro, o geminiano não abandonará seus amigos, seus costumes e tudo aquilo que mais apreciava em sua vida de solteiro. Pois, no fundo, para o geminiano, suas amizades e sua liberdade estão acima de qualquer coisa.
Ao lado de Aquário, Gêmeos é o signo que tem o sentido de amizade mais desenvolvido. Em companhia de amigos, o geminiano é simpático, brincalhão e espirituoso como poucos. Além disso, ele precisa de muitas pessoas à sua volta, porque não suporta o tédio e, mais cedo ou mais tarde, acaba se cansandode uma relação a dois.

O amor de GÊMEOS com...

 

Áries união possível, embora não totalmente segura. Os dois tendem a ter paixões fulminantes, costumam ser infiéis e não se aprofundam nas relações. Na amizade ou nocampo profissional, é um encontro excelente.
Touro estas pessoas podem se sentir imediatamente atraídas uma pela outra: o romantismo e a sensualidade de touro fascinam o racional Gêmeos. Entretanto, a infidelidade geminiana pode estragar tudo.
Gêmeos esta combinação dificilmente dá certo, exceto nos casos em que um dos parceiros renuncia à sua independência. No entanto, o fato de serem duas pessoas muito parecidas acaba afundando ambos num profundo tédio.
Câncer a união pode dar certo se a mulher for de câncer, pois ela sublima tudo na maternidade e assim consegue suportar a independência do marido. Caso contrário, um homem canceriano jamais aceitará a liberdade de sua geminiana.
Leão é um encontro estimulante, pois juntam-se a inteligência e a vaidade do geminiano com o orgulho e a ambição do leonino. No plano sexual, apesar das diferenças, os dois conseguem um relacionamento harmonioso.
Virgem sendo tão diferentes, é possível que se detestem ao se conhecerem, mas depois podem aprendera dar valor às qualidades um do outro e podem até casar. O virginiano adorará a vivacidade e o senso de humor do geminiano.
Libra ambos signos de Ar, têm em comum a inteligência, o temperamento e o amor pelo estudos e pelas artes. Entretanto, podem ocorrer divergências no relacionamento sexual, devido à indiferença do geminiano.
Escorpião entre esses dois signos pode surgir uma violenta paixão ou uma frieza total devido às suas profundas diferenças. Quando a união acontece, pode dar certo porque cada um supre as carências do outro.
Sagitário embora os dois signos estejam em situações opostas no Zodíaco, eles têm algumas coisas em comum: adoram novidades, mudanças, viagens e a própria liberdade. Isso torna difícil a possibilidade de um casamento.
Capricórnio é uma combinação muito difícil, pois, sendo tão diferentes, os defeitos de um costumam ser insuportáveis para o outro. No plano afetivo e sexual, essas diferenças são insuperáveis.
Aquário a união é positiva tanto no aspecto profissional como no amor. Apresentam muitas semelhanças e, por isso, podem se completar. Como ambos são "frios", não serão unidos pela paixão, mas por uma grande compreensão.
Peixes no início sentem-se atraídos, mas logo surgem grandes divergências: o geminiano não suporta o jeito "meloso" do pisciano, que não entende o descaso e a auto-suficiência do outro. Em alguns casos, os filhos salvam a união.

GÊMEOS com ascendente em...

 

Áries essa combinação costuma produzir pessoas especiais, porque a versatilidade do geminiano se une à energia e à capacidade de domínio do ariano, formando uma personalidade capaz de alcançar cargos de muita importânciae responsabilidade. No plano afetivo, não melhora a situação do nativo, pois o ascendente acentua a natural tendência à infidelidade e às paixões repentinas.
Touro este ascendente dá equilíbrio entre a vivacidade intelectual e o senso prático, pois juntam. Se Vênus e Mercúrio, produzindo uma personalidade muito positiva para o trabalho artístico e para o amor. No plano afetivo, essas pessoas também encontram o equilíbrio que naturalmente falta ao geminiano, porque o ascendente os torna mais fiéis e apegados à vida familiar.
Gêmeos o ascendente no mesmo signo acentua as características do geminiano, tanto as positivas quanto as negativas. Em relação ao amor, é fortíssima a tendência a experimentar sensações novas e trocar de parceiro permanentemente, assim como se vê acentuada a duplicidade típica do signo. Se o geminiano for evoluído, terá dons formidáveis para a arte e para atividades culturais.
Câncer a combinação desses dois signos tão diferentes numa me pessoa gera uma personalidade conflitante. O nativo é atraído pela tranqüilidade da vida familiar e, ao mesmo tempo, deseja uma infinita liberdade. Os homens podem ter problemas causados por uma fase edipiana mal superada; as mulheres conseguem superar essa tendência por meio da maternidade.
Leão esta é uma excelente combinação e pode dar pessoas realmente excepcionais, líderes natos, atraentes, ambiciosos e ótimos oradores. O casamento é uma necessidade premente, tanto pelo aspecto social quanto pela necessidade de segurança afetiva. Há risco de megalomania, presunção ou muita superficialidade, traços que podem destruir as excelentes chances naturais da pessoa.
Virgem o ascendente em um signo de Terra é positivo para o geminiano, que ganha em profundidade mental, senso prático e capacidade de organização. Ambos são regidos por Mercúrio, o que favorece as atividades intelectuais, sociais e comerciais. Um agudo senso crítico, devido ao componente virginiano, influencia a vida afetiva.
Libra esses nativos podem ser personalidades de destaque no campo artístico ou social. A união de Mercúrio, regente de Gêmeos, com Vênus, regente de Balança, favorece o surgimento de conflitos entre o egocentrismo e a generosidade. No campo profissional, a combinação é ótima, mas no afetivo acentua-se o sentimento de independência e a falta de compromisso, assim como a tendência à infidelidade.
Escorpião uma combinação que causa conflitos, facilmente superáveis depois dos 30 anos, Se o nativo for evoluído, serão suavizados os defeitos típicos de Gêmeos, como a superficialidade, o descaso e a inconstância. No amor, o ascendente aumenta positivamente a sexualidade. No tipo não evoluído, a influência de Escorpião torna-o exigente, volúvel, convencido e desorganizado.
Sagitário o Ar (Gêmeos) alimenta o Fogo (Sagitário), no sentido positivo do misticismo ou no sentido negativo do arrivismo. De qualquer modo, este ascendente nunca é totalmente negativo, pois sempre dá ao nativo um pouco mais de ambição, energia e senso do dever. No amor, pode prevalecer Júpiter, o regente de Sagitário, que diminuirá as tendências volúveis do geminiano.
Capricórnio uma combinação particularmente positiva, pois dá ao nativo mais energia, senso prático e perseverança. No campo profissional, essas pessoas podem dar grandes contribuições na área da construção ou da agricultura. No aspecto afetivo, também há uma sensível melhora: o geminiano torna-se mais constante e amadurecido, e ganha mais energia sexual.
Aquário as pessoas com essa combinação podem ser verdadeiros pioneiros em termos intelectuais, científicos ou sociais, pois reúnem a extroversão de quem tem o Sol em Gêmeos e a mente aberta para as novidades e mudanças do componente Aquário. No amor, a combinação não costuma ser feliz, menos ainda no casamento, Essas pessoas são tão fascinantes que se perdem em inúmeras ai'xões.
Peixes esses dois signos são ambivalentes e, unidos na mesma pessoa, podem dar grande inteligência e talento artístico. Porém, também criam certa instabilidade e conflitos, principalmente na primeira parte da vida. Em geral, costuma prevalecer uma dose "saudável" de senso de oportunidade, a qual mantém o nativo com os pés na terra e diminui a sensibilidade doentia do pisciano.

Posição no Zodíaco: de 61 a 90 graus.
Elemento: ar.
Temperamento: sanguíneo.
Personalidade: a melhor característica do nativo é a sua curiosidade. Vivo e comunicativo, parece estar bem com todos, mas, na verdade, não está mesmo bem com ninguém. Tende a se afastar das responsabilidades, e seus piores inimigos são a rotina e o tédio. Adora viajar e mudar de ambiente.
Clima favorável: o ambiente mais adequado ao geminiano é aquele onde possa exercitar a sua curiosidade. Ele não tem preferência por um lugar especial - mar, montanha ou campo gosta de todos por igual. O que realmente importa para ele é encontrar um espaço no qual possa relaxar.
Animais: macaco e papagaio.
Plantas e flores: oliveira, acácia, castanheira, margarida, lírio-do-vale.
Pedra: magnetita.
Perfume: zimbro.
Metal: mercúrio.
Cor: cinza.
Dia de sorte: quarta-feira, número de sorte: 5.


Publicado por Paula Valentina às 02:22
Link do post | Comentar | Adicionar aos favoritos

Pesquisar neste Blog
 
Maio 2010
Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab

1

2
3
4
5
6
7
8

9
11
12
13
14
15

16
17
18
19
20
21
22

23
24
25
26
27
28
29

30
31


Posts Recentes

Lua em Gémeos

" 2012 "

Signos

Lua em Áries:palavra-chav...

Lua em Capricornio

Conheça o Ascendente

Horóscopo Xamânico...

Sol em Balança e Lua em L...

O homem de Lua em Leão:

Lua em Leão

Arquivos

Maio 2010

Abril 2010

Setembro 2009

Junho 2009

Junho 2008

Abril 2008

Março 2008

Fevereiro 2008

Dezembro 2007

Setembro 2007

Agosto 2007

Julho 2007

Junho 2007

Maio 2007

Abril 2007

Março 2007

Fevereiro 2007

Janeiro 2007

Dezembro 2006

Novembro 2006

Outubro 2006

Setembro 2006

Favoritos

Memórias vilacondenses (V...

Caleidoscópio

blogs SAPO
Fazer olhinhos