Sábado, 25 de Agosto de 2007
Sagitário
 

de 22 de novembro a 21 de dezembro

 


O nativo de Sagitário reflete inteiramente o símbolo de seu signo, o centauro. A metade representada pelo corpo do cavalo mostra o movimento, essa energia que dinamiza o sagitariano, sempre pronto para satisfazer suas curiosidades intelectuais e sensoriais. A parte superior do símbolo, o homem que estende o arco para disparar a flecha, indica as aspirações do nativo. Tudo no centauro está voltado para o céu - braços, flecha, olhos pois seu objetivo é o f irmamento infinito. E como as leis da natureza ensinam que nada se cria e nada se perde, mas tudo se transforma, o que o signo precedente, Escorpião, armazenou, é agora canalizado em forma de energia para servir a um fim superior. Como o espírito ainda não se desligou da matéria, Sagitário também ainda não se desligou da passionalidade típica do signo precedente, da qual guarda um vestígio: o rabo do cavalo, na parte inferior do signo, é o ferrão escorpiônico. Porém, apesar de os sagitarianos ainda terem muito da sensualidade e da passionalidade dos escorpianos, tendem para o alto e para lá dirigem toda a sua atenção e energia. Não podem chegar ao divino porque a parte animal os retém, mas lutam pela auto-afirmação espiritual.
O centauro simboliza o conflito do ser humano, que quer sublimar a matéria para alcançar uma maior espiritualização e que, entretanto, apesar de todos os seus esforços, não consegue anular sua própria animaiidade. Por isso, cabe a Sagitário, mais do que a qualquer outro signo, enfrentar a experiência trans-individual, a escalada dos conceitos morais e espirituais mais elevados, a união de povos e nações para alcançar a paz. O nativo de Sagitário é um educador nato, característica que provavelmente tem origem na criação mítica do centauro Quirão, o mais famoso e sábio de todos os seres desta raça imaginária. Segundo o mito, Saturno, o deus do Tempo, apaixonou-se por Filira, filha de Oceano, e para enganar a vigilância ciumenta de Réia, sua mulher, assumia a forma de um cavalo toda vez que ia visitar a sua amante. Por causa dessa metamorfose, Saturno gerou um filho metade homem e metade cavalo, que foi chamado quirão. Ao ver a monstruosidade de seu filho, Filira o rejeitou e pediu aos deuses que a transformassem numa árvore, pois, assim, não teria mais consciência nem memória. Os deuses olímpicos atenderam a seu pedido e a transformaram numa tília. Saturno se encarregou da educação de seu filho e despertou nele uma magnífica curiosidade: a de descobrir quantas estrelas existem no firmamento. Para poder responder a esta pergunta, Quirão estudou tanto que se tornou o mais sábio de todos os seres. E foi o responsável pela educação - guerreira e civil - dos maiores heróis. Entre seus alunos mais famosos estão o deus Dionísio, jasão e os Argonautas, Teseu, Castor e Pólux, Enéias, Nestor, Ulisses, Telêmaco e Aquiles. Embora fosse imortal, durante a guerra entre Hércules e os centauros, Quirão foi inadvertidamente ferido por uma flecha do herói, cujo veneno produzia feridas dolorosíssimas e incuráveis. Não suportando sua condição, o sábio centauro pediu a Júpiter para morrer. O rei dos deuses, com pena, consentiu, mas para manter imortal o seu nome, transformou-o na constelação de Sagitário. Por isso, o nativo evoluído desse signo é, para aqueles que o conhecem, como Quirão para seus alunos: amigo e orientador. Em relação à vida intelectual, se sua mente tiver sido bem disciplinada pela educação e pela cultura, o sagitariano é capaz de lidar com qualquer tipo de problema.
Clareza, ordem e método unem-se ao gosto pela exploração e pelo estudo de assuntos complexos. Na esfera afetiva, embora seja generoso e sentimental, o sagitariano pode ter problemas na vida matrimonial, pois vive o conflito interior entre uma relação estável e a necessidade de autonomia. Sendo um signo de Fogo, é um dos mais passionais, inclusive do ponto de vista sexual. Depois do Fogo de Áries, explosivo e violento como o despertar da natureza, depois do Fogo de Leão, ardente e dominador como o auge do verão, vem o Fogo de Sagitário, luminoso e reanimador, energia que renova e purifica as paixões.

SAGITÁRIO e a saúde

 

Fortes e sadios, os nativos de Sagitário resistem 
bem às doenças, mas devem cuidar da coluna 
vertebral e do sistema circulatório.
Segundo a Astrologia tradicional, o signo de Sagitário governa as coxas. Porém, estudos mais recentes ampliaram as relações de "correspondências" com outras partes do corpo. Nos dezoito primeiros graus, há uma ligação com a bexiga e com a uretra. Nos graus seguintes, começam as correspondências como ânus e com a parte inferior da coluna vertebral: as três últimas vértebras lombares, as vértebras sacras e as do cóccix.

Características físicas

Em geral, os sagitarianos têm uma estatura média-alta, corpo bem-feito e atlético, ombros largos mas ligeiramente curvados para a frente, membros superiores e inferiores longos em relação ao tórax e mãos grandes.
A maioria dos sagitarianos caminham com passos largos, balançando os braços, e com a cabeça e os ombros um pouco para a frente. Seus dentes podem ser um pouco salientes, a testa é grande e redonda, e o queixo ligeiramente comprido. Os olhos são, como os dentes, ligeiramente proeminentes, com grandes pálpebras e sobrancelhas bem marcadas.

Pontos fracos

De modo geral, as doenças que mais atingem os nativos de Sagitário, e aqueles que têm esse signo como ascendente, são as disfunções circulatórias, a gota, o reumatismo, a ciática, a flebite (principalmente nas mulheres) e as afecções do aparelho respiratório. De qualquer modo, como os sagitarianos são pessoas fortes e resistentes às doenças, dificilmente têm a saúde comprometida seriamente e se recuperam com muita facilidade.
Os nativos do primeiro decanato (de 22 de novembro a 1 de dezembro) podem tero fígado delicado e são susceptíveis a eczemas de origem tóxica. Os nascidos no segundo decanato (de 2 de dezembro a 11 de dezembro) sofrem freqüentemente de perturbações causadas por excessos alimentares (obesidade e diabete) e devem tomar cuidado com a taxa de colesterol. Já os do terceiro decanato (de 12 de dezembro a 21 de dezembro) têm tendência a sofrer de reumatismo e ciática.
O signo de Sagitário está ligado a um hiperfuncionamento das glândulas supra-renais, com a conseqüente tendência à hipertensão arterial, atecção que pode ser constatada em muitos nativos do signo e, principalmente, em pessoas cujo ascendente é Sagitário.

A personalidade de SAGITÁRIO

 

Nervoso, idealista, sonhador e aventureiro, o 
sagitariano ama ama a liberdade e as coisas 
novas.  Porém, quando contrariado,  torna-se 
agressivo com os outros e consigo mesmo. 
Os nativos de Sagitário têm um temperamento, ativo, expansivo e egocêntrico. Quando conseguem desenvolver plenamente sua personalidade, atingem um equilíbrio físico e psíquico invejável. Porém, muitas vezes isso acontece à custa daqueles que os cercam, pois eles não se detêm para pensar nas dificuldades dos outros.
Os sagitarianos são voltados para si mesmos e correm o risco de se tornarem obsessivos, porquenão conseguem desviar a atenção de seus próprios assuntos. Sua tendência não é a auto-análise, mas manter-se constantemente atento para o medo inconsciente que sentem de perder aquilo que consideram "bom". A base de sua personalidade é a insegurança, gerada pela oposição de duas naturezas que devem tentar coexistir. As pulsões internas são vividas de modo muito intenso e, nas pessoas que tenham sido frustradas pelas condições externas, essas pulsões podem se exteriorizar em comportamentos francamente agressivos. Mas é justamente por meio da agressão que o sagitariano recupera seu equilíbrio interior, sempre ameaçado pela alternância de sensações opostas. Como não tem consciência disso, ele tende a somatizar seus conflitos, tornando-se um hipocondríaco ou adotando um comportamento neurótico. Nesses casos, pode provocar doenças em si mesmo, pois não apenas sua psicologia alterará o funcionamento normal do organismo como todas as suas defesas diminuirão consideravelmente. O sagitariano, que ama a liberdade e o descompromisso, está muito sujeito ao stress, porque toda situação que crie dependência ou que se caracterize pela repetição pode levá-lo a uma crise. Nesses casos, ele reage com seu clássico mecanismo de defesa: o jogo. Tentará fugir por meio de qualquer tipo de diversão ou passatempo, desde viagens até um simples jogo de baralho.
Os relacionamentos também representam outra grande ameaça ao seu equilíbrio, principalmente quando suas grandes exigências amorosas não são retribuídas. O nativo de Sagitário não suporta nenhuma relação que não esteja baseada no afeto e, mesmo tornando-se adulto, não muda esse seu ponto de vista. Por isso, ele sempre apelará para os mais diferentes meios que possam lhe garantir afeto e atenção.
Um ambiente desfavorável também pode suscitar no sagitariano um outro mecanismo de evasão: o sonho. Se não conseguir mudar a realidade que o cerca, tenderá a fantasiar, gastando todas as suas energias na tentativa de construir um mundo diferente no qual possa "realizar" suas expectativas. Quando se sente insatisfeito, ele inventa outra realidade e passa a viver nela, abstraindo-se do cotidiano.
O sexo também é um elemento fundamental da personalidade do sagitariano, porque tem muita necessidade dele. Para o nativo, o sexo não é apenas uma fonte de prazer mas também um objetivo constante de sua curiosidade inexaurível, um campo que sempre deve ser explorado, pois sempre há possibilidades de encontrar novidades. Em condições desfavoráveis do ponto de vista sexual, o sagitariano fica ansioso e irrequieto, não recuperando a paz até ter satisfeito todas as suas exigências. Para ele, não existem regras nesse campo, mas, se por acaso encontrar dificuldades, não vai duvidar um minuto para se refugiar num comportamento oposto, tornando-se um defensor da moral corrente. Desta maneira, tenta conter os seus próprios impulsos, agindo de modo conformista e deixando-se guiar pelas regras da moral convencional, o que acaba sendo ótimo para ele, pois o poupa de ter de julgar a si mesmo.
Uma outra reação tipica do sdgitdriano que não consegue satisfazer sua sexualidade é a militância em tudo o que signifique uma frente de vanguarda. Assim, ele sublima e reelabora a sociedade e as relações entre os indivíduos, aderindo a novas formas ideológicas e a avançadas visões de mundo. Quando o sagitariano é do tipo extrovertido, seu encontro com a realidade será uma exploração, limitando-se a viver o presente apenas na medida em que este contiver as sementes do futuro. Mas, se for do tipo introvertido, sua sede de aventura vai se voltar para a busca de si mesmo, de uma imagem perfeita de si, de qualquer coisa que o faça superar sua natureza dupla, procurando sempre um ideal de sabedoria e de equilíbrio. Estes dois elementos são os objetivos principais de seu mergulho em si mesmo. Como o sagitariano se sente mais atraído pelas grandes idéias do que pelos arquétipos que moldam os comportamentos, os modelos culturais são para ele um objeto de pesquisa e não a base de sua segurança. Neste sentido, ele sempre é uma pessoa insegura, mas que sabe lidar com a própria insegurança, na qual percebe os principais aspectos de sua natureza profunda. A mudança não provoca a sua ansiedade; o que o torna ansioso é a solidão, seja espiritual ou física. O mundo é muito imprtante para ele, pois tem uma sensibilidade incrível em relação ao ambiente que o cerca- Obstáculos que limitem a sua liberdade e seu amor pela exploração e pela aventura ou dificuldades existenciais muito prolongadas podem minar seu equilíbrio psíquico, levando-o a situações de crise. No entanto, se consegue viver expansivamente e satisfazendo seus impulsos, o sagitariano atinge alto grau de maturidade e utiliza todo o seu potencial em benefício da sociedade e das pessoas com as quais escolheu viver. Esse é um signo condicionado pelo sucesso. Não o sucesso.feito de aplausos e palcos, mas sim aquele do tipo mais duradouro, ligado ao cumprimento de tarefas específicas.

SAGITÁRIO e o trabalho

 

A metade humana, voltada para o alto, predispõe o 
sagitariano para  trabalhos  ligados à espiritualidade. 
Sua  metade  eqüina, porém, faz com que seja atraído 
pela natureza.
Sagitário talvez seja, de todos os signos, aquele que reflete com mais fidelidade o seu símbolo: o centauro. A flecha apontada para o alto indica um indivíduo que sonha ir cada vez mais longe, que detesta a mediocridade e a banalidade dos hábitos. O tipo não evoluído faz de tudo, mas não faz nada bem, enquanto o sagitariano superior trabalha por gosto, não por obrigação, o que lhe dá grandes chances de ser bem-sucedido. De modo geral, o nativo de Sagitário é ativo mas impulsivo; sensível mas instintivo, genial mas irregular. Por isso, costuma realizar-se somente ao atingir a idade madura. Mas tem a sorte de ser otimista, e esta é a sua melhor qualidade. Ele não se deixa desencorajar facilmente e, movido pela ambição e pela força de vontade, não espera passivamente a ajuda do destino: sabe que deve e pode atingir suas metas com trabalho e perseverança. Protegido por Júpiter, planeta da "grande fortuna", o sagitariano tem tudo para encontrar a riqueza e o sucesso. Sagitário corresponde à nona casa do Zodiaco, a casa da aventura. Por isso, as profissões que envolvem viagens atraem o sagitariano: intérprete, aeromoça, guia turístico, importação/exportação etc. Também gosta de profissões relacionadas ao céu, como piloto de avião, astronauta, astrônomo. A tendência aos estudos e ao mergulho na alma faz com qu abrace carreiras como diplomacia e política ou o inclina a ser juiz, inventor, etc.
Como é bom orador, pode ser animador de auditório, usando sua psicologia e diplomacia. Adapta-se bem a trabalhos que envolvem contatos com as pessoas- assistência social, educação, relações públicas. Se for introvertido, vai dedicar-se à filosofia, ser escritor ou pesquisador. Os sagitarianos gostam de esportes, porque envolvem movimento, e podem ser jogadores d futebol, esquiadores, etc.
Também se adaptam à carreira religiosa: entre os sagitarianos há teólogos, sacerdotes e freiras. Alguns se sentem atraídos pelo sobrenatural, pela parapsicologia e pelo espiritismo; outros seguem religiões novas ou estranhas, ligadas à natureza, que os sagitarianos amam por instinto. Esse é um dos signos mais ligados às manifestações ecológicas em defesa dos animais - representados por sua metade eqüina - e da flora, o que o encaminha para a agricultura ou a jardinagem. Valéry observa que a metade humana do símbolo de Sagitário exprime a deliberação, ou seja, a "decisão ponderada do homem", enquanto a outra metade representa" a impulsividade do cavalo de corrida". Por isso, encontramos pessoas tão diferentes em Sagitário. Mas uma coisa é certa: qualquer que seja a profissão que escolherem, os sagitarianos são mais predispostos a uma vida de movimento do que a uma vida sedentária.

SAGITÁRIO e o amor

Como o símbolo de seu signo, metade homem e metade cavalo, o sagitariano também tem natureza dupla: é sensual no amor e espiritual na afetividade. Menos passional que Escorpião, o signo que o precede, e também menos controlado que Capricórnio, o signo que o segue, Sagitário representa um traço de união, a transição entre dois modos diferentes de amar. É o verdadeiro "símbolo'" do ser humano na sua totalidade física e espiritual: nem muito animaiesco nem muito místico. Como acontece com todos os signos do Zodíaco, há sagitarianos evoluídos e não evoluídos. Nos primeiros, a parte animal é sublimada nos estudos ou nas artes, longe das tentações do mundo. Como o ariano, o sagitariano se entusiasma com muita facilidade e deposita toda a sua confiança no parceiro, aspecto que geralmente aumenta sua desilusão quando é enganado ou abandonado. Gosta de amar, mas não se sente atraído por relações muito longas. Pode ser fiel, mas desde que se sinta livre, O ciúme ou a possessividade do parceiro extinguirá rapidamente sua afeição. E, se seu casamento sofrer nesse sentido, o mesmo acontecerá com os outros aspectos de sua vida. É impulsivo e a diplomacia não é o seu forte, o que muitas vezes o leva a rompimentos, ainda que involuntários. Sempre um ótimo amigo, faz um verdadeiro culto da amizade. É alegre, otimista, discreto, pronto para dar bons conselhos e raramente invejoso ou pouco sincero. Tem a grande qualidade de nunca se escandalizar com absolutamente nada, de saber compreender e de estar sempre pronto para dar o conselho certo em qualquer situação. É um bom psicólogo e costuma perceber de antemão qual é o problema que preocupa o outro. Quando está entre pessoas de quem gosta, o sagitariano é sociável e brincalhão, mas se a companhia não lhe agrada, vai embora ou fica num canto, emburrado e com ar de ofendido.

O amor de SAGITÁRIO com...

 

Áries são dois signos muito impulsivos, mas que têm muita afinidade. Se tiverem interesses comuns, podem fortalecer o relacionamento com lealdade e colaboração. A união será mais promissora se o casal passa dos 30 anos.
Touro não será fácil harmonizar o temperamento aventureiro e livre do sagitariano com o ciumento e possessivo taurino, que prefere a paz do lar para viver. Uma boa amizade será mais positiva do que um romance.
Gêmeos ambos têm temperamentos semelhantes, e esta será uma união feliz se o relacionamento for baseado nas afinidades de cada um e não nos sentimentos. Assim, os inevitáveis problemas serão resolvidos facilmente,
Câncer esta é uma união difícil, que, em geral, exige que o sagitariano abandone o seu lado anticonformista para aceitar os valores burgueses do canceriano. Entre eles, uma grande amizade é mais promissora do que uma paixão.
Leão a harmonia pode ser alcançada entre os dois signos, se o leonino moderar o seu autoritarismo e o sagitariano se mostrar menos im-ptilsivo. As afinidades que existem entre eles reforçarão a união.
Virgem num primeiro momento, a perfeição do meticuloso virginiano pode fascinar o caótiço sagitariano, mas isso também acabará por sufocá-lo, tornando o relacionamento carregado e angustiante para ambos.
Libra este é um relacionamento que tem tudo para dar certo e que pode mesmo se estender ao campo profissional, pois ambos se entendem muito bem. Bastará ao libriano usar de compreensão para com o parceiro.
Escorpião a atração sexual é intensa entre os nativos destes signos, e a união será feliz se o escorpiano moderar a sua possessividade e o sagitariano conseguir conviver com o ciúme e o egoísmo do parceiro.
Sagitário esta poderá ser uma união marcada por muita camaradagem, pois ambos gostam de viver livremente. Mas os desentendimentos também serão constantes. Um trabalho em comum os aproximaria mais.
Capricórnio o sagitariano, brincalhão e inconformista, podeserumexcelentecontraponto para o sério e pessimista capricorniano. Se ambos se ésforçarem para se ajustar, esta pode ser um união gratificante para ambos.
Aquário esta união pode resultar num casal divertido e harmonioso, pois nenhum dos dois se prende ao lado prático da vida. Mas, depois do entusiasmo inicial, a ligação sempre corre o risco de cair no desinteresse.
Peixes esta também parece ser uma união perfeita para o sagitariano, pois o pisciano lhe concede liberdade de ação e é muito afetuoso. Mas, na primeira oportunidade, ele exigirá uma compreensão recíproca.

SAGITÁRIO com ascendente em...

 

Áries este ascendente acentua as paixões, a ambição e a sede de comando, o que permite ao nativo chegar a altas posições na carreira. O duplo Fogo desta combinação dá ânsia de viver e abertura mental para qualquer tipo de experiência. A fidelidade aos valores familiares e sociais aparece num temperamento impulsivo, às vezes inclinado aos excessos na vida sexual.
Touro o componente taurino é positivo para o fogoso sagitariano, que ganha estabilidade afetiva. O encontro Júpiter-Vênus inclina aos prazeres da vida, sem sacrifícios ou problemas. O amor pela casa e o respeito às tradições, típicos de Touro, tornam o nativo mais calmo e tranqüilo. O resultado é uma pessoa brilhante, divertida e, ao mesmo tempo, consciente e responsável.
Gêmeos dois signos opostos, ambos duplos e ambivalentes. Juntos, produzem uma personalidade fascinante, original, eclética, versátil e fantasiosa. Acentuam-se também os defeitos, como o dualismo interior e a indecisão. Apesar de desperdiçarem muita energia, esses indivíduos conseguem atingir os seus objetivos. No casamento, superam as crises evitando o tédio e a monotonia por meio dos amigos
Câncer estes dois signos tão diferentes, unidos na mesma pessoa, podem provocar incoerências e conflitos. O nativo pode se realizar através dos filhos e, ao mesmo tempo, sonhar em viajar sozinho, ou se realizar na profissão e ficar sonhando com um lar, A melancolia canceriana aguça o complexo de inferioridade de Sagitário. O indivíduo alterna crises de depressão e momentos de euforia.
Leão o ascendente Leão aumenta a ambição e a sede de poder d Sagitário, e o indivíduo pode beirar a megalomania. Se o resultado for positivo, surgirá um líder nato, uma pessoa excepcional e de grande inteligência. Esta combinação é mais favorável para a carreira do que para a vida afetiva. O amor pelos filhos é tão grande que pode fazer com que o nativo sacrifique a carreira.
Virgem com este ascendente, a personalidade de Sagitário ga senso prático e racionalidade, o que em geral é positivo. A necessidade de liberdade, típica de Sagitário, pode ser atenuada, favorecendo o casamento. A natureza virginiana - meticulosa demais, rígida e pedante - junta-se à fantasia típica dos signos de Fogo, dando uma pessoa criativa e prática ao mesmo tempo.
Libra o Ar de Balança atiça o Fogo de Sagitário. O nativo com0 este ascendente mantém sua vivacidade inata e ganha dons artísticos sensibilidade, senso de justiça e equilíbrio. A necessidade de segurança afetiva, típica dos fibrianos, conduzirá o "andarilho" sagitariano ao casamento. Na.carreira, o aumento de sensibilidade pode tornar esses indivíduos mais vulneráveis.
Escorpião a combinação com a Água pantanosa de Escorpião, que corresponde aos meandros do inconsciente, produz personalidades fascinantes e profundas, mas difíceis de entender e de aceitar. São pessoas que sabem amar, mas querem conservar a sua própria liberdade, sem concedê-la ao companheiro. No trabalho, são muito dedicados e esforçados, graças à ambição e a uma incrível energia.
Sagitário o ascendente no próprio signo solar aumenta os defeitos e as qualidades do nativo. Neste caso, acentua-se o otimismo, o individualismo e a ambição. Para aqueles que nasceram logo após o nascer do sol e forem evoluídos, há a possibilidade de serem geniais nos campos da filosofia e da religião, embora sejam muito introvertidos, Os nascidos durante a manhã são muito sociáveis.
Capricórnio com este ascendente, o temperamento ambicioso de Sagitário pode se transformar numa vocação espiritual ou, ao contrário, manifestar-se numa carreira materialista e prática. No amor, se prevalecer a influência de Saturno, regente de Capricórnio, teremos pessoas fechadas e problemáticas; em caso oposto, a jovialidade de Júpiter dará expansividade ao nativo.
Aquário esta combinação aumenta no sagitariano o amor pela liberdade, pela espiritualidade e pelos dons artísticos. Favorece a posição social e econômica, porém às custas da vida afetiva. Esses indivíduos precisam de um companheiro com a mesma abertura mental e o mesmo gosto pelas novidades, porque em geral suas idéias não coincidem com as tradições e a moral vigentes.
Peixes são dois signos duplos e móveis, e sua união acentua conflitos interiores. O senso prático diminui, o que favorece a espiritualidade e o sentimento, mas a indecisão típica de Peixes pode criar confusão mental e prejudicar o indivíduo, minando as suas energias. No piano afetivo, a auto-suficiência de Sagitário é reforçada pela tendência à infidelidade de Peixes.


1
Posição no Zodíaco: de 240 a 270 graus.
Elemento: fogo.
Temperamento: colérico.
Simbolismo: nona casa do Zodíaco, representa especulação intelectual; longas viagens por terra e por mar; evolução espiritual; filosofia, a lei e a religião.
Personalidade: otimista e independente, tem muita vitalidade e gosta de todas as atividades que envolvam movimento e ar livre. O esporte é essencial para seu equilíbrio físico e mental. Gosta de viajar e sempre se mostra animado. Muitas vezes pode ser superficial e imprudente, pois aprecia o perigo. Intuitivo, adora arriscar. É um verdadeiro jogador, mas em muitas circunstâncias tem uma visão profunda das coisas, resolvendo as situações com o conhecimento de um verdadeiro sábio. Além disso, é rebelde, esbanjador e não aceita muito bem as críticas.
Clima favorável: temperado, fresco, ventilado, lugares bem iluminados.
Animais: cavalo, pavão, coruja, cervo e unicórnio.
Plantas e flores: freixo, pessegueiro, figueira, jasmim e cravo.
Pedra: safira e turquesa.
Perfume: jasmim.
Metal: estanho.
Cor: púrpura e violeta.
Dia de sorte: quinta-feira, número de sorte: 3.


Publicado por Paula Valentina às 02:48
Link do post | Comentar | Adicionar aos favoritos
|

Pesquisar neste Blog
 
Maio 2010
Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab

1

2
3
4
5
6
7
8

9
11
12
13
14
15

16
17
18
19
20
21
22

23
24
25
26
27
28
29

30
31


Posts Recentes

Lua em Gémeos

" 2012 "

Signos

Lua em Áries:palavra-chav...

Lua em Capricornio

Conheça o Ascendente

Horóscopo Xamânico...

Sol em Balança e Lua em L...

O homem de Lua em Leão:

Lua em Leão

Arquivos

Maio 2010

Abril 2010

Setembro 2009

Junho 2009

Junho 2008

Abril 2008

Março 2008

Fevereiro 2008

Dezembro 2007

Setembro 2007

Agosto 2007

Julho 2007

Junho 2007

Maio 2007

Abril 2007

Março 2007

Fevereiro 2007

Janeiro 2007

Dezembro 2006

Novembro 2006

Outubro 2006

Setembro 2006

Favoritos

Memórias vilacondenses (V...

Caleidoscópio

blogs SAPO
Fazer olhinhos