Sábado, 25 de Agosto de 2007
CÂNCER
 

de 21 de junho a 21 de julho

 

Quando vemos alguém que nos parece uma pessoa comum, apegada aos convencionalismos e um pouco apagada, e nem desconfiamos que estamos diante de um nativo do mais complicado e atormentado dos signos: Câncer.
Doce e tímido como o animal que o representa, agressivo e duro como a casca do caranguejo, o canceriano tem de aprender, antes de mais nada, a se defender de seu próprio inconsciente. A Lua, senhora do inconsciente e da imaginação, tem domicílio neste signo. Portanto, é normal que Câncer seja o mais lunático de todos os signos do Zodíaco e que seus nativos, assim como a Lua, que tem quatro fases, tenham freqüentese imperceptíveis variações de humor. A influência da Lua sobre as marés já é conhecida desde a Antigüidade, e na Astrologia medieval acreditava-se que esse astro controlava tudo o que está ligado à água. Como a Lua "movia" a águados mares, pensava-se que ela também controlava as mudanças dos líquidos internos do corpo, especialmente os do cérebro. Por muito tempo acreditou-se que a Lua estivesse ligada à loucura e fosse responsável pelo fato de certas pessoas ficarem "lunáticas".
Na mitologia, são muitas as divindades lunares, e todas representam a maternidade, inclusive a deusa caçadora Ártemis, a Diana dos romanos, conhecida por se vingar daqueles que por ela se apaixonavam. Embora ela recusasse sua sexualidade à maioria dos homens e dos deuses, quando chegava a noite corria ao encontro do pastor Endimião, de quem teve muitos filhos. Para o astrólogo italiano Roberto Sicuteri, outro mito ligado ao signo de Câncer é o de Édipo: "Nessa esfera estão os arquétipos da mãe e do filho, do homem e da Lua, da gestação e do nascimento. Se no filho vibra sempre o fantasma de Édipo, a mãe de Câncer é sempre uma manifestação de Jocasta". Segundo a mitologia grega, Laio, rei de Tebas, teve um filho com sua esposa, Jocasta. Para desgraça da família real, logo após o nascimento do menino, foi profetizado que ele mataria o pai e se casaria com a própria mãe. Para evitar que a profecia se cumprisse, Laio mandou matar seu filho, mas o carrasco teve pena da criança e a abandonou amarrada numa árvore. Assim foi encontrada por um pastor, que a desamarrou e levou ao rei de Corinto. Édipo foi adotado pelo rei e cresceu como seu filho, até que, após ouvir alguns murmúrios sobre sua origem, foi consultar o oráculo de Delfos. A pitonisa confirmou a terrível verdade sobre seu destino e, para evitar a morte daquele que acreditava ser seu pai, Édipo fugiu de Corinto. Logo depois, a profecia se realizou: sem sabê-lo, o jovem Édipo matou seu pai e casou-se com sua mãe, Jocasta.
Em outro nível simbólico, o signo de Câncer também corresponde ao triunfo das forças geradoras e maternais: é o tempo da formação das sementes, da maturação dos grãos e do máximo esplendor da vegetação. O elemento do signo, a Água, também indica a fecundação. No caso de Câncer, a água não é pantanosa como a de Escorpião, mas transparente e profunda: representa o liquido amniótico do ventre materno e é também a fonte que dá origem aos rios e mares.
O signo gráfico de Câncer - dois noves ou dois seis, que giram em torno um do outro também lembra o processo de gestação: a força do universo que, girando, se funde, se divide e se multiplica. Sendo o quarto signo do Zodíaco, corresponde à quarta casa, que rege a família e tudo o que está relacionado a ela. Na escolha do companheiro, assim como na escolha do amigo, o canceriano não é totalmente desinteressado. Quer o melhor, não por oportunismo, já que no fundo é um idealista, mas porque deseja o melhor para os seus. Júpiter, o planeta da posse e do conforto, está em exaltação neste signo, o que impede o nativo de desperdiçar seus sonhos em fantasias impossíveis e inúteis. Quando se agarra a alguma coisa e tem certeza de estar no caminho certo, é muito difícil fazer com que largue a sua presa. O caranguejo tem pinças, e pode ferir; o canceriano é agressivo e sabe se vingar. Não é impulsivo, pois costuma se controlar e pensar antes de agir. Por isso, faz o possível para passar despercebido até o momento oportuno de se lançar sobre o alvo e vencer.

CÂNCER e a saúde

O estômago e todos os líquidos do corpo, -inclusive o leite materno, são regidos pelo signo de Câncer. Segundo a Astrologia tradicional, o signo de Câncer governa todos os líquidos do corpo, o estômago e as funções digestivas.
Porém, estudos mais recentes permitiram constatar que as correspondências anatômicas entre o estômago e os signos do Zodíaco são ainda mais extensas do que se pensava: iniciam-se aproximadamente no 25.o grau de Gêmeos (boca do estômago) e terminam nos primeiros graus de Leão (duodeno). Em Câncer, também se encontram correspondências com os pulmões, os cotovelos, algumas partes do coração (como a aorta, por exemplo) e os seios.

Características físicas

Em geral, os cancerianos têm uma estatura média baixa, corpo forte, tórax largo, braços finos, mãos pequenas e pés menores que o normal. A cabeça é redonda e a testa estreita. O nariz é forte, não muito grande, com a ponta arrebitada. As maçãs do rosto são cheias, e a boca é grande. É bastante comum que os cancerianos balancem um pouco ao andar, porque costumam ter os pés ligeiramente virados para dentro.

Pontos fracos

Em linhas gerais, as doenças que mais atingem os nativos de Câncer estão ligadas ao aparelho digestivo - gastrite de origem física ou psicológica, úlcera gástrica, constipação etc. Os cancerianos do primeiro decanato (nascidos entre 21 e 30 de junho) parecem ter uma tendência especial às anemias leves, às hipovitaminoses (deficiência na quantidade de vitaminas) causadas por má alimentação e a várias doenças de pele.
Os nascidos no segundo decanato (de 1 a 10 de julho) são mais atingidos por distúrbios digestivos, provocados pela excessiva acidez do suco gástrico.
Os nascidos no último decanato (de 11 a 20 de julho) estão mais sujeitos à retenção de líquidos e costumam sofrer de aerofagia e de dilatação do estômago. Do ponto de vista endócrino, os cancerianos têm tendência ao hipotireoidismo e à obesidade.

A personalidade de CÂNCER

 

lntrovertido e irracional, o canceriano tem o comportamento 
do caranguejo: quando é atacado, fecha-se dentro de sua
casca ou ataca com suas poderosas pinças.
A personalidade do canceriano é determinada por um fator muito importante: neste signo, a Lua está em seu domicílio. Embora essa posição lunar, por si só, já seja suficiente para explicar as particularidades do nativo, deve-se acrescentar ainda que Júpiter está em exaltação, Saturno e Urano em exílio, e Marte em queda, aspectos que, em conjunto, traçam o perfil de uma pessoa sentimental e que tem no inconsciente a chave de sua personalidade. Para complementar o retrato psicológico do canceriano, é preciso lembrar que todas essas características se combinam na quarta casa do Zodíaco, que representa o início e o final da vida. Como resultado, surge um indivíduo tímido, introvertido, irracional, que detesta novidades e mudanças, afetuoso e muito apegado aos valores familiares. Se a vida lhe der chances de se abrir, terá uma personalidade equilibrada e tranqüila. Mas, se o canceriano for reprimido e a vida lhe der muitas oportunidades para se fechar dentro de sua casca, será uma pessoa medrosa, desconfiada, que nunca enfrenta situações que podem causar sofrimento, preferindo se esconder na passividade e no silêncio. E, quando isso acontece, a primeira reação das pessoas é ficarem preocupadas com ele, mas, depois de um tempo, no qual tentam ajudá-lo, cada qual seguirá seu próprio caminho, e o canceriano continuará remoendo seus rancores e desilusões. O que acontece, na verdade, é que ele tem muita dificuldade para sair dessa situação, porque, quando os outros se cansam de tentar auxiliá-lo, ele acha que ninguém está ligando para seus problemas e sente que sua grande "certeza" está confirmada: não é compreendido nem amado por ninguém. E a questão toda está exatamente aí. O canceriano, devido à sua configuração astral, não sabe e não consegue se impor. Quando a delicadeza e a persuasão falham, ele não tem outras armas, fica arrasado pela prepotência dos outros e por ter sido "injustamente" postode lado. Nof undo, sempre se sente como uma criança que espera uma recompensa por ter se comportado direitinho e feito todos os seus deveres.

O canceriano é também essencialmente tradicionalista. Mantém-se fiel aos valores que os pais lhe ensinaram e transmite a seus filhos esses mesmos valores. Mas, apesar disso, é uma pessoa que tem muita intuição e está aberta para o que se passa ao redor. Embora nunca se envolva, percebe com muita rapidez o que está acontecendo.

A vida interior é fundamental para o canceriano, e ele precisa do sobrenatural para encontrar o seu equilíbrio. Câncer é um signo no qual acreditar em algo "religiosamente" é uma questão de sobrevivência. E, por isso, toda vez que se sente ameaçado, recorre ao misticismo para recuperar sua harmonia.
O canceriano detesta todo e qualquer excesso. Toma decisões prudentes e racionais, não porque seja uma pessoa racional, mas porque tem medo da vida. Assim como se refugia em sua casca quando se vê diante da incompreensão e da agressividade, também foge de todas as decisões que possam trazer mudanças radicais, justificando essa fuga a partir das regras e dos valores que aprendeu e dos quais não quer se afastar. Considerando todos esses aspectos, pode-se ver que o canceriano é uma pessoa paciente ao extremo, capaz de suportar quase tudo e quase todos os tipos de pessoa. Porém, a razão disso não é a passividade, mas o fato de não conseguir reverter a situação em benefício próprio. Em conseqüência, ele acaba se colocando em situações diifíceis, nas quais é ameaçado com aquilo que mais teme, ou seja, o isolamento e a indiferença dos outros.

A personalidade de todos nós tem em sua base muitas contradições, e conquistamos o equilíbrio à medida que superamos cada uma delas. A principal contradição do canceriano é o grande desejo de dar e receber afeto e não conseguir fazê-lo. Por isso, é muito comum ver o nativo de Câncer sublimando sua afetividade na relação com os pais (o que na maioria das vezes se torna problemático) e encontrando a solução ideal na relação com os próprios filhos. A força vital do canceriano só se manifesta no momento da paternidade ou da maternidade. A fase mais importante de sua vida é a do estabelecimento de sua família. O canceriano evoluído (aquele que teve chances de se desenvolver em harmonia) é uma pessoa sem nenhum problema de inserção na família, tanto a de origem quanto a própria. É à família que ele se dedica, e nela encontra o amor e o respeito que deseja. Ele tentará reproduzir essa situação no mundo exterior e, de forma instintiva, procurará ambientes em que possa se comportar como em família. Se encontrar esse ambiente, o canceriano evoluído terá encontrado, fora de casa, um lugar onde é estimado e apreciado por sua doçura, amabilidade, equilíbrio e afetuosidade.

O canceriano não evoluído (que não teve desenvolvimento harmonioso) é uma pessoa bastante difícil, instável e de humor variável. Sempre procurando afeto, nunca se satisfaz com o que obtém e repentinamente tende a mudar de ocupação e de família. Ao contrário do tipo evoluído, vai procurar constituir uma família colecionando várias, uma depois da outra. Em outras palavras, pode-se dizer que o nativo de Câncer, mais do que o nativo de qualquer outro signo, vive o "complexo de mãe". Os homens de Câncer não conseguem se libertar da figura materna, e as mulheres não conseguem se libertar da própria imagem de "mãe", com toda sua carga de sacrifícios e responsabilidades. No primeiro caso, o canceriano é instável e tenta estabelecer com toda e qualquer pessoa uma relação filial, reproduzindo assim alguma fase da sua infância na qual tenha sentido falta da mãe ou se teve uma mãe muito forte e decidida que sufocou sua personalidade. No segundo caso, a canceriana encara as responsabilidades familiares com tanta abnegação que acaba fazendo delas seu único interesse na vida.

Embora possa parecer contraditório, o canceriano é pouco inclinado às depressões. Apenas quando se sentir abandonado pelos filhos é que vai entrar em crise. Na verdade, esse é o único fato que pode arrasar o nativo de Câncer. E, se isso acontecer, ele vai reagir fechando-seem umdosseus insondáveiselongos silêncios, mostrando uma vez mais sua incrível resistência para aceitar os fatos da vida como eles são.

CÂNCER e o trabalho

 

Pelo seu instinto maternal e pelo seu interesse 
em  ajudar os outros, o canceriano dá um ótimo 
médico, psicólogo ou professor.

As profissões mais indicadas para o nativo de Câncer são aquelas que permitem concretizar seu interesse pelos outros. Porém, esse interesse não é movido pela intenção de modificar a situação de grupos ou classes sociais: o canceriano não investe na defesa de causas políticas ou civis; interessa-se apenas por pessoas em particular e por casos específ icos.
Para funcionar de modo satisfatório em qualquer atividade, o canceriano precisa de um suporte ideológico (seja ele religioso ou social) que de algum modo explique o mundo e a vida. Portanto, basta que por trás de seu trabalho exista um ideal espiritual para que o canceriano sinta que está na profissão certa. Por isso, ele se dá bem em ordens religiosas ou em grupos semelhantes. Ele também se adapta muito bem ao ambiente hospitalar, podendo ser um excelente médico ou enfermeiro.

Tem grandes qualidades para exercitar essas funções porque, independente do aspecto técnico, sabe tranqüilizar um doente e lhe dar segurança. Devido a seu natural interesse pelo próximo, não vai se limitar a uma relação impessoal, pelo contrário, vai se preocupar com todos os aspectos da vida do paciente.

CÂNCER e o amor

Como o animal que representa o signo -o caranguejo -, o canceriano é paciente e irritadiço ao mesmo tempo, o que certamente complica as coisas para quem deseja o seu amor ou a sua amizade. No entanto, para que ele se zangue, é preciso que alguém ultrapasse os limites de sua paciência. Às vezes, não é a gravidade do fato que o irrita, mas a "fatalidade" de ter acontecido no "momento errado" é importante lembrar que ele está sujeito a freqüentes alterações de humor). A Lua, com domicílio neste signo, torna-o instável. Marte, em queda, facilita a irritabilidade e os ataques de agressividade. Mas há um ponto no qual ele revela ser muito paciente: no amor, pois o canceriano espera e sonha eternamente com o amor ideal - se for mulher, com o Príncipe Encantado-, se for homem, com a Bela Adormecida. Porém, chegado o momento, acaba se contentando com aquele que será o melhor pai de família ou com a moça mais virtuosa que conhece. Às vezes, o canceriano se casa por medo da solidão, já que a companhia de outras pessoas, em qualquer tipo de relação, é para ele muito importante. Como o caranguejo, que anda para trás, o canceriano se agarra ao passado e tem saudade da juventude. o passado é sempre o melhor momento de sua vida. É muito difícil que o nativo de Câncer se volte para o futuro ou sonhe com ele. O mais comum é viver de lembranças e recordações. E essa característica pode se tornar realmente problemática: introvertido, carente de afeto e hipersensível, o canceriano pode transformar em neuroses as experiências negativas do passado, porque não consegue se desvencilhar delas. Voltado para tudo o que já aconteceu, gosta de História, de romances de cavalaria com final feliz e de qualquer aventura plena de romantismo. Ele não se sente à vontade com as coisas "modernas", embora tente se mostrar avançado e anticonformista. Na verdade, acaba mentindo para si mesmo ou achando as mais variadas desculpas para não agir de acordo com as inovações que afirma compartilhar. E o conservadorismo de Câncer revela-se em todos os seus sentimentos. O canceriano nunca se esquece de seus amigos. de infância, e sempre preferirá as velhas amizades aos amigos recentes. No amor, é muito fiel e procura, até encontrar, uma relação segura, para poder constituir sua idealizada família.

O amor de CÂNCER com...

 

Áries uma união que pode dar certo, principalmente se o homem for de Áries, porque a canceriana não se importa nem um pouco em se submeter por completo a um homem de personalidade forte.
Touro no amor, esta combinação tem um risco: como ambos são hipersensíveis e emotivos, podem naufragar num copo d'água diante dos problemas do cotidiano. No plano profissional ou no plano da amizade, a união é positiva.
Gêmeos a união pode dar certo se ela for de Câncer, pois suportará sem problemas a independência do companheiro, agindo como se fosse sua mãe. Porém, se ele for o canceriano, é muito difícil que suporte a liberdade dela.
Câncer o encontro pode ser maraviIhoso: os dois amam a casa, a família e os filhos. Mas, como as duas pessoas têm o mesmo signo solar, a relação pode acabar no marasmo. A união resistirá se houver filhos.
Leão no início, pode surgir uma violenta paixão entre os dois signos, pois são opostos e complementares. Mas a relação pode se desgastar com o tempo e acabar em brigas muito sérias.
Virgem à primeira vista, esses dois signos podem se detestar ou ser amigos, sem pensar nem de longe em amor. Depois, à medida que vão se conhecendo, podem perceber que precisam um do outro, porque ambos se compensam.
Libra na amizade, esta combinação é perfeita. Mas, no amor, as coisas se complicam, pois o canceriano tende a se cansar da "sociabilidade", nem sempre inocente, do libriano. E este, por sua vez, não suporta o amor maternal do outro.
Escorpião união difícil. Mas, se ultrapassar os obstáculos iniciais, é uma das mais duradouras. O ciúme pode separá-los, mas a sexualidade pode uni-los para sempre. Cabe ao escorpiano liberar o canceriano.
Sagitário o sagitariano é anticonformista; o canceriano, acomodado. Podem seu unir mais por amizade do que por paixão, principalmente se ele for o canceriano. No plano profissional, podem ganhar muito dinheiro juntos.
Capricórnio a união entre esses dois signos é quase sempre positiva: embora sejam opostos no Zodíaco, e portanto diferentes, têm os mesmos objetivos. Ambos buscam a segurança, são previdentes e evitam riscos.
Aquário o aquariano, inovador e excêntrico, não se adapta ao canceriano, conservador. As dificuldades são muitas, mas a união pode resistir se um dos dois se submeter ao outro, principalmente se ele for de Aquário.
Peixes uma combinação que pode dar certo, mas com o permanente risco da mais absoluta falta de senso prático. Ambos se perdem em sonhos impossíveis, sentimentalismo e visões poéticas. Podem ser ótimos amigos.

CÂNCER com ascendente em...

 

Áries o ascendente num signo de Fogo anima o canceriano, dando-lhe mais energia, força de vontade e ambição, qualidades que podem levá-lo ao sucesso no campo profissional. Em relação à vida afetiva, a tenacidade típica de Câncer prevalece nas coisas importantes, e a instabilidade de Áries se manifesta nas pequenas coisas.
Touro a Água, elemento do signo de Cãncer, torna fértil a Terra, elemento do signo de Touro. Da mesma maneira, esse ascendente deixa o sonhador e lunático canceriano mais estável e concreto. A tendência básica é a preguiça e o hedonismo, o que faz com que a pessoa viva apenas o momento presente, contentando-se com prazeres imediatos.
Gêmeos essa combinação pode produzir indivíduos excepcionais mas contraditórios. No campo profissional, prevalecem a extroversão, a ambição e o ecletismo típicos do geminiano. No plano afetivo, pode haver confIito entre o desejo de se casar e a vontade de ter muitas experiências amorosas ou sexuais, muitas vezes apenas por pura curiosidade.
Câncer o ascendente no próprio signo acentua os defeitos e as qualidades do nativo: hipersensibilidade, introversão, melancolia, fantasia, infantilidade. É comum a pessoa ter problemas com a mãe, situação que só pode ser superada depois de muita luta com o próprio inconsciente. As qualidades de Câncer, como a imaginação e o senso estético, favorecem a formação de grandes artistas.
Leão a Água, elemento do signo de Câncer, pode apagar o Fogo, elemento do signo de Leão. Já que os astros regentes dos dois signos, Lua e Sol, se opõem para formar o dia e a noite, o nativo com este ascendente pode ter muitos conflitos internos. No entanto, a segurança e a ambição leoninas ajudam a revelar as capacidades de Câncer.
Virgem esta combinação produz personalidades excepcionais, principalmente em termos profissionais, graças ao seu senso crítico aguçado. Mas também produz temperamentos que podem chegar a ser insuportáveis. Por outro lado, este ascendente dá ao canceriano um senso prático que ajuda muito a sua sensibilidade e intuição, além de acentuar o já natural amor pela família.
Libra este ascendente diminui ainda mais, no instável canceriano, a força de vontade, o senso prático e o poder de decisão. Nos tipos evoluídos, a realização se faz por meio dos filhos, da psicologia e da arte. O tipo não evoluído pode ter um caráter fraco ou ser uma pessoa que se perde em sonhos. No amor, os nativos com este ascendente correm o risco de ser dominados.
Escorpião o canceriano com este ascendente tende a ser uma pessoa fechada, arredia, estranha e geralmente colérica. Felizmente, porém, costuma ser de uma inteligência superior, refinada e profunda. No amor, este canceriano pode ter problemas, porque os parceiros não conseguem agüentar o seu ciúme, a sua tendência à autodestruição e a sua hipersensibilidade.
Sagitário dois signos tão diferentes, unidos na mesma pessoa, inevitavelmente criam confIitos: coexistem os desejos de independência e de estabilidade, de "correr mundo" e de se dedicar à família, de vida social e de introversão. O tipo evoluído encontrará seu caminho na arte e em todas as atividades relacionadas, de um modo ou de outro, com o instinto materno.
Capricórnio embora estes dois signos sejam opostos no Zodíaco, nem sempre o nativo com esta combinação está sujeito a conflitos. Por mais estranho que pareça, este ascendente ajuda o canceriano, dando-lhe maior senso prático e capacidade de decisão, Em relação ao amor, acentuam-se os valores convencionais e tradicionais, em benefício dos filhos.
Aquário combinação bastante complicada, mas que pode ser positiva se a pessoa conseguir superar os inevitáveis conflitos entre o desejo de liberdade e a vontade de formar uma família, entre conservadorismo e receptividade para idéias novas. No piano profissional, este ascendente torna tradicionalista o canceriano mais inovador, principalmente no campo artístico.
Peixes os nativos com esta combinação não costumam ser pessoas comuns. Dependendo do grau de evolução, este canceriano pode ser um gênio ou o indivíduo mais caótico e desorientado do mundo. Em qualquer um dos casos, ele não se caracteriza pelo senso prático, energia ou força de vontade. No campo profissional, pode ter muito sucesso em qualquer atividade artística.


Posição no Zodíaco: de 90 a 120 graus.
Elemento: água.
Temperamento: fleumático.
Simbolismo: corresponde à quarta casa do Zodíaco e à fase da juventude, do desabrochar da personalidade. É o momento do auge da criatividade, quando a natureza está no seu maior esforço de maturação. A imagem do signo é o ventre materno fecundado.
Personalidade: introvertido, tímido e sonhador, parece sempre estar fora do mundo. Por ser muito reservado, é sempre difícil ajudá-lo. Retira-se para dentro de sua casca, prudentemente, toda vez que sente o perigo pairando no ar. A mulher de Câncer nasce para ser mãe, enquanto o homem nunca se separa definitivamente de sua família.
Clima favorável: como o canceriano é muito sensível, não se dá bem em climas extremos, muito quentes ou muito frios. Para que esteja feliz, o ar sempre deve ter um pouco de umidade. A chuva não o entusiasma, mas também não lhe é muito desagradável, pois ele se sente atraído pela atmosfera nublada.
Animais: gato, cisne, caranguejo.
Plantas e flores: tília, lírio-d'água, aveleira.
Pedra: esmeralda.
Perfume: lilás
Metal: prata.
Cor: branco.
Dia de sorte: segunda-feira, número de sorte: 2.


Publicado por Paula Valentina às 02:23
Link do post | Comentar | Adicionar aos favoritos
|

3 comentários:
De joice a 7 de Setembro de 2011 às 23:01
Sou do signo d cancer,mas o q sera q tenho em comum em relaçäo ao q foi dito anterior?


De Gabriel a 20 de Janeiro de 2013 às 06:19
Não concordo sou de 2 de julho e tenho sentimentos, mas a descrição que vc dá é de uma verdadeira mulherzinha. Não esqueça que nos homens temos hormonios masculinos fortes como a trestosterona. Eu mesmo por exemplo tenho um, comportamento bem masculino. Pesquisem - dedo indicador menos que o anelar...


De helena a 21 de Novembro de 2014 às 11:39
Ameiiii...simplesmente fantástico!


Comentar post

Pesquisar neste Blog
 
Maio 2010
Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab

1

2
3
4
5
6
7
8

9
11
12
13
14
15

16
17
18
19
20
21
22

23
24
25
26
27
28
29

30
31


Posts Recentes

Lua em Gémeos

" 2012 "

Signos

Lua em Áries:palavra-chav...

Lua em Capricornio

Conheça o Ascendente

Horóscopo Xamânico...

Sol em Balança e Lua em L...

O homem de Lua em Leão:

Lua em Leão

Arquivos

Maio 2010

Abril 2010

Setembro 2009

Junho 2009

Junho 2008

Abril 2008

Março 2008

Fevereiro 2008

Dezembro 2007

Setembro 2007

Agosto 2007

Julho 2007

Junho 2007

Maio 2007

Abril 2007

Março 2007

Fevereiro 2007

Janeiro 2007

Dezembro 2006

Novembro 2006

Outubro 2006

Setembro 2006

Favoritos

Memórias vilacondenses (V...

Caleidoscópio

blogs SAPO
Fazer olhinhos