Sábado, 9 de Junho de 2007
TÉCNICAS PARA INTERPRETAÇÕES DE MAPAS ASTROLÓGICOS

 

Há várias abordagens, sistemas, métodos ou técnicas de análise ou interpretação de mapas astrológicos, são eles entre outros:

  1. Visão geral, através da qual obtemos uma caracterização geral do mapa, levantando e analisando as evidências do mapa.
  2. Análise do mapa seguindo a seqüência das casas terrestres, partindo da ascendente e primeira casa, até atingirmos a décima segunda casa.
  3. Análise do ascendente e dos luminares (Sol e Lua).
  4. Análise do plano mental da pessoa.
  5. Análise das condições de saúde.
  6. Análise das casas terrestres, de acordo com os triângulos e com os quadriláteros.

Lembrando ainda que exaltação é uma qualidade essencial para se entender um signo; e também que qualquer planeta em tal casa, impõe condições do mesmo naquela casa, o planeta define uma ação àquela casa.

A caracterização geral do mapa astrológico serve de base preliminar para a interpretação ou análise do mapa astrológico. Tal caracterização segue as seguintes etapas:

  1. Verificação de quantos planetas estão acima do horizonte (planetas diurnos) e de quantos planetas estão abaixo do horizonte (planetas noturnos).
  2. Verificação de quantos planetas estão à esquerda no mapa (planetas orientais) e de quantos planetas estão à direita no mapa (planetas ocidentais).
  3. Verificação da distribuição dos planetas em signos cardeais, fixos ou mutáveis (os quadriláteros).
  4. Verificação da distribuição dos planetas em signos de fogo, terra, ar e água (os triângulos).
  5. Verificação dos planetas que estão em dignidade e em debilidade.
  6. Verificação de quantos e quais planetas estão angulares, ou seja, em casas angulares do mapa (I, IV, VII e X casas).
  7. Verificação do signo ascendente e de seu regente. Neste primeiro contexto é muito importante levar em consideração as características do signo ascendente: se é passivo ou ativo, calmo ou violento, expansivo ou restrito, etc.

Agora, a análise do mapa seguindo a seqüência das casas terrestres:

a) O ascendente e a primeira casa, a característica do signo que contém o ascendente indica o contexto da personalidade do analisado. Planetas com aspectos com o ascendente, devemos primeiramente analisar os planetas que estão em conjunção com o ascendente, levando em consideração ao mesmo tempo sua posição no signo e lembrando bem que o aspecto de conjunção sempre é um aspecto forte. E é importante a verificação da posição ou localização do regente do ascendente, pois tal localização, principalmente por casa terrestre, indica o enfoque, objetivo ou interesse da pessoa.

b) A segunda casa, o signo que ocupa esta casa, a posição do regente desta casa e os aspectos que planetas nesta casa formam com outros planetas e ou pontos sensíveis (Asc e MC). Seguindo-se a seqüência de planetas em conjunção, planetas em "maus" aspectos e planetas com "bons" aspectos...



Publicado por Paula Valentina às 14:01
Link do post | Comentar | Adicionar aos favoritos
|

Pesquisar neste Blog
 
Maio 2010
Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab

1

2
3
4
5
6
7
8

9
11
12
13
14
15

16
17
18
19
20
21
22

23
24
25
26
27
28
29

30
31


Posts Recentes

Lua em Gémeos

" 2012 "

Signos

Lua em Áries:palavra-chav...

Lua em Capricornio

Conheça o Ascendente

Horóscopo Xamânico...

Sol em Balança e Lua em L...

O homem de Lua em Leão:

Lua em Leão

Arquivos

Maio 2010

Abril 2010

Setembro 2009

Junho 2009

Junho 2008

Abril 2008

Março 2008

Fevereiro 2008

Dezembro 2007

Setembro 2007

Agosto 2007

Julho 2007

Junho 2007

Maio 2007

Abril 2007

Março 2007

Fevereiro 2007

Janeiro 2007

Dezembro 2006

Novembro 2006

Outubro 2006

Setembro 2006

Favoritos

Memórias vilacondenses (V...

Caleidoscópio

blogs SAPO
Fazer olhinhos