Sábado, 7 de Abril de 2007
OS PLANETAS
O SOL

O Sol é o centro do nosso sistema solar, ele comanda, organiza, dirige e mantém todos os planetas que gravitam à sua volta.

Também em nosso horóscopo, o Sol representa a parte importante de nossas vidas, vitalizando e desvitalizando a casa onde se encontra.

O Sol sempre indica a vitalização das coisas, simboliza o pai, a autoridade, o governo, o comando de todas as áreas. O Sol está ligado ao controle interno que temos, aquilo que nos leva a organizar a estrutura que está à nossa volta, a Casa onde ele se encontra, é onde seremos capazes de vitalizarmos e desvitalizarmos. Como aspectos benéficos do Sol, temos a honra, a lealdade, a auto confiança e todos os sentimentos dignos. Aspectos passivos do Sol, ocasionam a vaidade, a arrogância, o egoísmo, o ódio e a imposição. Com aspectos fluentes (positivos) temos energia, força interior, capacidade de organização e comando; com aspectos pressionantes (negativos) causa a insegurança, a fraqueza interna, a falta de força e coragem.

O Sol bem aspectual traz capacidade de magnetismo, atração que comanda o aspecto perpetuador, conservador e aumentador do princípio vital.

O símbolo do Sol é um ponto dentro de um círculo; o ponto representa a individualização da energia criadora, concentrada e centralizada, irradiando par um círculo maior de manifestações infinitas.

O Sol representa a fagulha, a centelha Divina de vida, que anima e sustenta toda a manifestação seja concreta ou abstrata, visível ou invisível. Todas as pessoa têm o Sol dento de si (individualização), capacidade de centralização, organização e magnetismo pessoal. A diferença está em que, misturada esta energia com a Casa e o Signo onde está, produz variações. A Terra, sendo regida pelo Sol central, irradia dentro de si um campo de emanação e sensibilidade onde se acham presentes os 3 aspectos: o impulso criador de sustentação e perpetuação do mesmo, a transformação, e o retorno ao principio vital.

O Ser humano possuí também essa essência vital criadora, que o anima e sustenta, formando também a esfera de emanação e sensibilidade, que se encontra representada no Horóscopo.

A partir daí, é fácil compreendermos como é importante a posição do Sol dentro do Horóscopo, pois de acordo com o Signo e a Casa, poderemos identificar qual a característica da capacidade vital criadora de determinada individualização.

No plano humano, a posição do Sol, está relacionada também com a vitalidade do indivíduo, sua capacidade criadora no plano mental e sua maneira interna de ser. A pessoa raciocina e racionaliza como o Signo Solar, age e manifesta-se como o Ascendente, e se relaciona com o meio e emocionalmente, com o Signo Lunar. Conforme, a posição do Sol, podemos criar e sustentar a vida, obter êxito, expansão, sucesso, apoio de autoridades e pessoas influentes, somos capazes de organizar, atrair, dirigir, governar, encontrando o reconhecimento de nossos méritos e capacidades.

Os ângulos ativos do Sol, indicam uma personalidade atraente, com ideais elevados, dignidade, capacidade de julgar, de dirigir e de se impor perante os ambientes e situações, encontrando apoio e proteção de pessoas influentes e importantes. Dá também, grande vitalidade, força mental e magnetismo pessoal.

Os ângulos passivos do Sol, de acordo com os Planetas em ação, inclinam ao exagero, conferem a diminuição do magnetismo, do atrativo, da alegria de viver e conseqüentemente produz, falta de confiança em si e nos outros, egocentrismo, indisciplina, julgamentos errados, mágoas e amor próprio ferido. Biologicamente o Sol está relacionado com os órgãos vitais, coração, fígado e baço, e bem aspectual rege a vitalidade, o poder de recuperação e saúde em geral.

Socialmente o Sol está relacionado, com o pai, com o governo e pessoas influentes em nossos destinos. A relação do Sol com a 5a Casa do Horóscopo, se apresenta também em tudo que nos traz alegria de viver, amor, as diversões, os jogos, os esportes e a vida social.

Os lugares onde se procura educar, dirigir, orientar, estimular o que está reconhecendo com valor. Por exemplo: a arte, a criatividade, beleza e o brilho social.

A LUA

No Sistema Solar, a Lua, reflete a luz solar, é o satélite da Terra, agindo como elemento de ligação e relação entre o Sol e a Lua. No Horóscopo, também, a Lua funciona sempre como elemento de ligação e troca, entre o meio externo e o meio interno.

A Lua, é a relação emocional do indivíduo com o meio em que vive, a família, são as impressões que são marcadas à níveis inconscientes.

A Lua representa os sentimentos originais sobre nós próprios, ou seja, é a auto imagem daquilo que somos e transmitimos. Em Astrologia, a Lua é o reflexo daquilo que fomos no passado (em outras vidas), dependendo de sua posição, aspectos e signos, são modelos específicos mentais e emocionais que nos ensinam ou ajudam na busca da alta expressão.

A Lua é associada também com as condições da infância e da relação com os pais, principalmente, com a mãe.

A Lua é todo um processo de experiência vivida, impressa no emocional. Todas s impressões emocionais do indivíduo estão marcadas na posição da Lua. Se queremos, de certa forma, retornar ao passado para saber como as pessoas carregam suas vivências, devemos olhar a posição ou os aspectos do signo da Lua. Ela está ligada ao sentimento, aquilo que se exprime em mim e que eu levo como experiência emocional. É exatamente o contrário de Saturno (que rege o signo oposto), aquele que Lua rege, que é a experiência vivida através de passo a passo da razão.

Saturno é a própria experiência, é o fator concreto da minha vida, é o que vivi ontem e vivo por 24 horas.

A Lua pode viver 24 horas, como pode levar 1 segundo, ou 1 minuto, para ela não existe tempo, pois a emoção é temporal.

Assim como só os leoninos fixam a energia pura (Sol), só os cancerianos (da lua) terão a emoção pura. Quem tem o Sol em Leão, terá a energia leonina pura e quem tem a Lua em Câncer, terá energia emocional pura.

A Lua não é afeto no sentido de desejo (aquilo que eu amo, que eu gosto, e que quero), ela é sentimento (é o que quer) o que eu sinto a respeito das pessoas (é o que transmite à elas). A Lua (como satélite no céu) é um reflexo de nós mesmo. Ela representa muito, o que eu transmito muito para as pessoas à meu respeito. Exemplo: eu ajo de forma sagitariana, mas em minha relação com as outras pessoas, eu transmito em emocional (ariano) é onde eu tenho a minha Lua. Emoção é coisa que não se pode deixar de transmitir, mesmo que a Lua esteja em capricórnio que dá certa timidez, retraimento e fechamento emocional, colocando barreiras de frieza, para não entrar no emocional, há emoção, enquanto energia não fica escondida. É através da Lua que veremos a imagem da pessoa que reflete para os outros. Exemplo: a pessoa poderá ter determinado aspecto de insegurança no mapa, porém, tendo a Lua em Leão, transmite aos outros uma imagem de segurança, centralização, somente quem a conhece profundamente vai perceber que esta pessoa tem um problema.

A Lua é um símbolo (Yin) feminino e está relacionado ao Signo de Câncer, que é emocionalidade, proteção, imagem materna. Não é que a Lua seja a nossa mãe, mas é através da posição do signo e dos aspectos do mapa, que manifestamos a relação com a nossa mãe.

Num Horóscopo feminino, a Lua representa muito o lado feminino da mulher, o lado materno, em Horóscopo masculino, ela representa a imagem que o homem faz da mulher mãe e à relação com a figura materna. As pessoas que tem o Sol em conjunção com a Lua, normalmente são fechados, sentem as coisas e rebatem para dentro de si, não as jogam para fora. Exemplo: a mulher que tem essa conjunção no mapa fica extremamente Solar, falta-lhe sensibilidade. Quando a Lua está cheia, dizem que ela está em oposição ao Sol, assim reflete toda a luz solar e transmite o magnetismo do Sol ampliado, (no mapa) também deve estar em oposição ao Sol, é característica de uma pessoa aberta, expansiva (reflete mais o que lhe vai dentro). Quando a Lua começa a minguar, a luz solar deixa de ser refletida, até chegar à nova onde não há reflexão. Aí ela não transmite o magnetismo solar, é como se ela rebatesse a luz de volta para o Sol. Isto se dá, quando em conjunção com o Sol, não transmite o interior. Na Lua Nova, o magnetismo do Sol não está ampliado, as coisas crescem para dentro, isto é, fortificam suas raízes, pois o magnetismo do Sol, não as puxa em direção à ele. A junção da Lua na agricultura é muito grande, por isso, na Lua Nova devem ser plantadas as hortaliças, que são raízes, como cenoura, nabo, que devem se fortificar dentro da terra. Assim também a Lua, tem influência sobre o nosso emocional, e para o corte de cabelo, é importante observar a posição da Lua.

MERCÚRIO

Após a fecundação (Lua com Sol) há a bipartição da célula para que haja a multiplicação e o crescimento. Este plano é de Mercúrio, é a primeira fase de adaptação do novo ser. Mercúrio é adaptabilidade no meio.

A primeira adaptação da à um mundo diferente, é feita através da respiração, ela tem que sair de um ambiente líquido e se adaptar à atmosfera.

Mercúrio rege Gêmeos, que está ligado à respiração. Ao longo da vida, o homem terá que se adaptar constantemente à novas situações, para isso, ele terá que perceber e captar.

A percepção é coisa mercuriana, porém não é uma percepção subjetiva (interna) e sim adjetiva (pelos cinco sentidos).

Mercúrio é a diversificação do pensamento, é a primeira etapa da diversificação, é o primeiro estágio da diversificação do conhecimento, através do pensamento, e este está ligado à Mercúrio e Gêmeos.

Pensamento livre não raciocina. Assimilação, aprendizado, é aquilo que eu capto por meu intelecto. A expressão do que eu sei, conheço da minha idéia, são elementos mercurianos. A expressão do homem, nada mais é do que um veículo da comunicação de suas idéias. Essas idéias, não precisam necessariamente serem criadas por ele. Ele pode adquiri-las à medida que vai crescendo, absorvendo, e captando informações exteriores, que farão parte de suas próprias idéias. Estas podem ser comunicadas através da palavra, da escrita, do desenho, etc...

A função mercuriana, ela não é exatamente a palavra ou a escrita, e sim a expressão da comunicação. Através de Mercúrio, eu troco informações com os outros. Ele é a conexão daquilo que uma pessoa está falando e eu assimilando, ou daquilo que estou pensando e transmitindo. É a troca, Mercúrio só existe em tempo de dois, nunca em de um. Enquanto Marte, Sol, ascendente são símbolos da umidade, Mercúrio é o símbolo da dualidade, da duplicidade, da divisão, é o movimento. Não só o movimento real que é a locomoção, mas também o movimento da relação, que é a troca de ar nos pulmões.

Mercúrio é o símbolo dual, da multiplicidade, todos os meus movimentos, estão ligados a Mercúrio. Ele rege a locomoção. E é através do movimento que eu capto e conheço melhor as coisas. Mercúrio, está ligado às viagens pequenas e rápidas. Em trânsito ativo, de Mercúrio, significa que estamos aptos a nos locomover e captar melhor as coisas, é ótimo período para viagens. Em trânsito passivo, a pessoa fica tão dispersiva e agitada que não capta bem as coisas. Respiração sistema nervoso (nervosismo), movimento (locomoção), isto está ligado à Mercúrio.

O planeta e o signo transmitem sua energia à Casa que estão: Exemplo: Mercúrio em Sagitário, transmite o aprofundamento do conhecimento, a perfeição filosófica. Mercúrio é a consciência da Alma.

Em signo fixo, determina as duas radicais: 1a - Em Cardinais, impulsividade no falar. 2a - Em mutáveis, instabilidade nas idéias.

 VÊNUS

Depois da bipartição e multiplicação, se dá o crescimento. Neste plano, trazendo a forma, o acúmulo da matéria e o embelezamento desta forma, temos Vênus. Ele está ligado ao embelezamento das coisas, das pessoas, é a natureza se embelezando. Ele é o florir da natureza, é a primavera (que é quando a natureza se enfeita e tem beleza). Já Saturno, é a época em que tudo cai, já floriu, já deu frutos e depois envelhecem.

Vênus é a juventude, é a descoberta do corpo, do amor, do desejo e da atração. Isto não quer dizer que Vênus signifique isto, mas marca um período na juventude, onde começa a ativação desta. Também não quer dizer que a criança não tenha aspectos venusianos, a vaidade; também não quer dizer que não tenha aspectos saturninos como amadurecimento e responsabilidade. Quando a criança traz um dever da escola para fazer em casa (tem a responsabilidade de Saturno), mas isto só será realmente vivido na maturidade. Vênus é o símbolo Yin, feminino, e está ligado ao arquétipo da mulher, ao desejo, à satisfação dos sentidos, à sensibilidade, ao afeto e ao carinho.

Vênus, é regente em Touro e está ligado à conservação, e então, eu me embelezo para conservar a união, para atrair e ter alguma coisa além de mim, que é um comparativo, uma relação. A conservação, pressupõe à materialização, ao segurar, ao manter, ter próximo à si, sentir as coisas na própria pele.

Vênus está ligado ao desejo material da pessoa, ao acúmulo, aos sentidos concretos do homem e aos sentimentos de apego (em trânsito, quando se tem na quadratura de Vênus, pode se ter apegos e desejos demais, sem concretização), é querer uma pessoa muito próxima.

Vênus, é todo um sentido de relação direta do sentimento (os 5 sentidos) não a emoção (Lua em Câncer). Ele está ligado à relação afetiva, aos sentidos sensoriais, também estética e ao gosto das pessoas.

Vênus, (no Mapa) mostra o conceito de beleza que a pessoa tem. Exemplo: (Quem tem Vênus em Aquário vai mostrar-se uma pessoa de gosto diferente, Vênus em Câncer mostra uma pessoa ligada à emoção, se a coisa é fria, não é bela).

Vênus em qualquer Horóscopo, mostra o lado feminino na pessoa. Em Horóscopo de mulher mostra a própria feminilidade, em Horóscopo de homem, mostra o seu lado feminino. A Lua está ligada ao lado mãe, e Vênus está ligado ao desejo que o homem tem pela mulher, isto é, no tipo de mulher que ele idealiza e aprecia. Exemplo: Si ele tem Vênus em Peixes, vai gostar de uma mulher com características piscianas, isto é sensível, tranqüila, etc... O homem tem o Sol em conjunção com Vênus, terá certo grau de feminilidade. Ele entende a mulher e se identifica com ela, isto não quer dizer que seja efeminado.

Vênus em Libra é mais espiritual, mais intelectual, mais de conceitos (com maneiras diplomáticas nos relacionamentos). Em Touro, Vênus é relacionamento material, sensual de desejos.

Na saúde, Vênus está ligado ao desejo (a satisfação dos sentidos, gula, desejo sexual), as glândulas, podem indicar uma tendência para engordar ou emagrecer, isto é, descontrole glandular.

Vênus também está ligado ao poder da fecundação: Exemplo: em trânsito ou no Mapa com conjunção com Júpiter dá uma mulher com muita feminilidade.

MARTE

Marte é o impulso do nascer, do sair para for, é o crescer para chegar ao Sol. O plano de Marte indica este impulso, esta força. Marte é o início da luta do homem, do impulso que ele dá para vencer. É o entrar na vida, lutando para obter um lugar ao Sol, é a própria corrida (competição) na vida. Marte representa a força propulsora do impulso que gera a obtenção das coisas que nós desejamos.

Marte é o regente de Áries, é o segundo arquétipo da força que cria a vida, desta força que faz o homem alcançar adiante e criar a idéia. Eu luto, imponho através da força de minha vontade. Marte está ligado à força da individualidade. O símbolo de Marte é um círculo com uma flecha em sentido oblíquo, ou seja, a força de Marte está dirigida para um alvo, é uma força extremamente objetiva. O seu símbolo lembra o arco e a flecha, onde eu faço força para atirar até um alvo determinado. Esse alvo à ser alcançado tem a medida exata da força que eu tenho que aplicar. Onde temos Marte, é onde lutamos, pois ele representa a nossa força de vontade para chegarmos a conseguir um lugar ao Sol e para isso, teremos que ser agressivos com o mundo, pois ele o é conosco.

Por isso Marte mexe com a nossa força impulsiva e com a nossa agressividade. Ele é a coragem que temos para colocar para fora e estar ligado à competição. Onde temos Marte, temos a nossa força de luta para competir e querer chegar à frente. Marte é um símbolo Yang (Masculino) de força, é o fruto da batalha, é o comando, é o símbolo da minha verdade. Ele mostra de que maneira expressarmos nossa verdade. Com segurança ou insegurança, com dificuldade ou facilidade, ações impulsiva ou amadurecidas. Ele está ligado aos pensamentos, tanto físicos como psíquicos. Quando Marte é mal aspectual, a pessoa tem tendência a ferir-se com facilidade. Marte, pelo signo em que está, mostrará a força de luta do indivíduo. Exemplo: Quem tem Marte em Câncer, sua força será maior no sentido de proteger do que impor a sua vontade, esta força, vem com emoção e não com impulso e decisão. Marte no Meio do Céu, mostra uma pessoa que luta pelos seus objetivos, está ligado à uma pessoa que quer exercer liderança.

Na mulher, Marte na 10a Casa, pode fixar a presença masculina marcante de incentivo e impulso na profissão dela e na própria, ou a necessidade de buscar a própria liberdade profissional, mas muitas vezes isto pode canalizar para a figura masculina de sua vida.

Em Horóscopo de ambos os sexos, é um dado de masculinidade, no homem representa de que maneira se manifesta a masculinidade, se agressivamente (fogo), objetivamente (terra), racionalmente (ar), emocionalmente (água). Exemplo: Marte em Câncer será manifestado de maneira emocional, sensível, protetoramente. No Horóscopo da mulher de Marte, representa a capacidade de impulso dela e também o seu conceito de masculinidade. Com Marte em Câncer, ela tem necessidade de um homem protetor, que compreenda a sua sensibilidade e emotividade feminina; Marte em Leão, ela que um homem que seja arrojado, agressivo na busca que ele quer. Marte simboliza a força objetiva do homem, da figura masculina (pode ser a figura paterna). Marte no Horóscopo simboliza o impulso que eu dou para conseguir meus objetivos, minha ação independente. Urano também é impulso, mas o alvo é o futuro. Marte, o alvo é objetivo concreto, é o que quero alcançar agora. Plutão também é força, mas inteiramente diferente da força de Marte, é a força objetiva, é o poder, enquanto Marte é luta externa, objetiva, é dirigida à um alvo determinado.

JÚPITER

Se Marte é luta, Júpiter é a recompensa pela nossa luta. Júpiter é crescimento, desenvolvimento, elevação, é onde eu começo colher os frutos da minha luta. Onde eu tenho Júpiter, tenho resultados daquilo que plantei, eu encontro satisfação e felicidade. Quem tem Júpiter bem aspectual é uma pessoa que sabe estruturar bem a sua vida, sabe plantar bem, e quem planta bem colhe bem. Já aquele que tem Júpiter mal aspectual, não sabe estruturar a sua vida, planta mal e colhe mal, ficando insatisfeito e frustrado. Júpiter mal aspectual também significa excesso à pessoa que quer mais do que precisa. Exemplo: em trânsito de Júpiter, quadratura de Vênus, pessoa, não sabe a medida das coisas. Espera mais atenção e carinho eu o parceiro pode dar, ou melhor, do que ele necessita. Ela não sabe o grau de sua necessidade.

Júpiter também é Justiça, está ligado ao grau da Justiça que temos. Dona Eny dizia que onde temos o Júpiter, aí estava sua satisfação e felicidade, mas com o homem, nunca busca a felicidade onde ela está, vai buscá-la onde há dificuldade, em Saturno, que é a limitação.

Por isso, em conjunção com Saturno, o Júpiter é um bom aspecto, traz equilíbrio. Júpiter não é lento, é evolutivo, é o ir para a frente na medida certa. Ele não é impulsivo, mas equilibrado. Ele será aquilo que vamos conseguindo aos poucos, através do nosso trabalho.

Júpiter são as nossa obtenções, fala-se em Júpiter como a nossa fortuna (em italiano quer dizer Sorte) não materialmente falando, é onde temos proteção. Se Júpiter está em minha 5a Casa, minha fortuna, são meus filhos, meus amores, etc... se ele está na 7a Casa, serão minhas uniões e relacionamentos, si está na 3a Casa, será o que aprendo e assimilo, e na 2a Casa é a proteção ao meu esforço, os meus ganhos. Na 1a Casa, é a minha personalidade, é a proteção minha pessoa, meus relacionamentos, é o que desenvolvo e cresço em mim mesmo, sou expansivo e agradável à todos.

Júpiter na 9a Casa, é o crescer através do conhecimento, é a cultura, mas Júpiter nesta Casa causa um grau de insatisfação muito grande, a pessoa está sempre buscando além.

Júpiter está ligado à saúde, é o poder de crescimento e recuperação.

Júpiter dá insatisfação na quadratura e conjunção.

SATURNO

Depois que a planta cresceu e frutificou, ela chega agora ao último plano concreto. Caem os frutos e as folhas, ficando somente o tronco e as raízes. Do fruto sairá nova semente, para que possa haver a perpetuação da espécie. O homem que já tem suas lutas (em Marte), seus ganhos ( em Vênus), seus haveres e merecimentos, no plano (em Júpiter), tem agora que conservar e arcar com as responsabilidades de todas as experiências.

Podemos dizer que Saturno é a concretização, resume todos os passos de Vênus à Júpiter, de certa forma, ele abrange todo este significado. Por ser o último dos planetas à nível concreto, Saturno vai fechar o mundo da realidade, representando a morte do homem, no sentido físico. Ele é o limite do tempo e espaço, pois a razão do homem é o seu limite. Saturno é a preocupação em manter uma estrutura sólida, em nível real e concreto de vida. Uma experiência saturnina é feita com responsabilidade e amadurecimento, e tem a preocupação de levar à um determinado caminho, a concretização.

Capricórnio, cujo regente é Saturno, está muito ligado à realidade, pressupõe o presente, mas o presente para Capricórnio significa construir as estruturas sólidas e firmes de hoje, para poder viver com realidade, o amanhã. Seria atingir uma segurança através de uma realidade tangível e madura, e isto nos leva à uma realidade saturnina, que é, precaução, cautela, seriedade, paciência, maturidade.

Saturno está ligado à auto realização, ele é considerado na Astrologia Esotérica, como o Planeta do Carma, onde Saturno está, aí está o nosso Carma. Mas no sentido de aprendizado, crescimento, desenvolvimento e evolução. Por isso dizem que, onde está Saturno, há muitos obstáculos à serem vencidos. Arroio - dá muita importância à Saturno, por ser o Planeta que representa o grau da realidade do homem, a alta realização e a tomada de consciência das experiências pelas quais o homem passa. Saturno é viver a dureza de cada experiência, por mais pura que a experiência seja, ela sempre tem a dureza da realidade. Saturno nos leva a experimentar a limitação, que é uma característica do mando material. Saturno também está ligado nos deveres, e ao conceito de, Dever e responsabilidade.

Pela posições de Saturno no Horóscopo, dá para sentir, como uma pessoa arcará seu próprio dever (o dever com ele mesmo). É claro que a pessoa assume suas próprias responsabilidades, ela tem um limite, e este, é Saturno. O Mapa também vai indicar, até que ponto a pessoa tem consciência de seus próprios limites e de que maneira trabalha este limite.

Se a pessoa tiver Saturno muito pressionado, poderá ter dificuldade em saber seus limites e conseqüentemente, em concretizar o seu amadurecimento. A posição de Saturno, também nos mostra, de que maneira a pessoa irá sentir as experiências, se será à nível psicológico ou emocional. Se ele tiver numa Casa de Terra, serão à nível concreto, em Casa de Fogo, serão limitações no impulso, naquilo que a pessoa coloca para fora, pela própria força, na Casa de Ar, vem pelo pensamento, pelo intelecto, não racionalmente, na Casa de Água, à nível emocional e inconsciente. O símbolo de Saturno, é uma cruz e uma foice, pode ser visto também como uma Âncora. A Cruz, representa o sofrimento, aquilo que nos incomoda, a Foice é o que corta, é o limite do tempo e a Âncora é o que prende e segura. Por isso onde temos Saturno, temos um ponto fixo, um pé preso, impedindo uma saída. No Horóscopo, Saturno, simboliza um ponto de sensibilidade, uma área de vida, onde temos que lutar para vencer a limitação, através de uma abordagem séria e concreta dos problemas. A posição de Saturno, revela ainda onde o indivíduo sente a dificuldade da experiência, o peso, a limitação, e onde por isso, se vê a trabalhar duramente para criar a segurança e a estabilidade.

É nessa área que a pessoa deve se adaptar às necessidades práticas da vida, à despeito de qualquer medo ou ansiedade que possa sentir, fazendo um esforço extra e assumindo novas responsabilidades.

Saturno nos mostra a verdadeira natureza do mundo material, sua influência, a necessidade de encararmos com realidade, é saber o ponto de vista prático e objetivo das coisas da vida. Ele nos leva a experimentar a limitação.

OS transaturninos

DANE RUDHYAR, refere-se aos transaturninos, como embaixadores da Galáxia e afirma: Qualquer sistema orgânico ou unidade está subjetiva à duas forças contrárias. Há a força que puxa todas as partes do sistema para o centro (Força de gravidade), mas há também a força exercida pelo espaço exterior, que realmente pressupõe um sistema maior, dento do qual o primeiro funciona.

Todos os Planetas do nosso sistema solar e todos os seres vivos da Terra, são em alguma medida afetados pelas pressões e forças que nos atingem, vindas da Galáxia; Igualmente afetados somos em direção oposta, pela força gravitacional do Sol, centro do nosso sistema.

Saturno, todavia, representa a linha básica de demarcação entre essas duas forças opostas, a da Galáxia e a Solar.

Os Planetas que estão no interior da órbita de Saturno, são principalmente vassalos do Sol, enquanto os Planetas após Saturno, são o que chamamos de Embaixadores da Galáxia, e que concentram sobre o Sistema Solar o poder desta vasta comunidade de estrelas, a Galáxia. Não pertencem por completo ao Sistema Solar, estão dentro da esfera de influência, para desempenhar uma missão, ligando o nosso pequeno sistema (do qual o Sol é o centro) e a órbita de Saturno, com a circunferência ao sistema maior, à Galáxia.

Os transaturninos, simbolizam as forças cósmicas que impelem o homem a estudar os seus planos abstratos e o levam à ter uma visão cósmica, uma procura de integração maior com o cosmo.

Os transaturninos observados da Terra, movem-se tão lentamente, permanecendo em um signo por tanto tempo, que influenciam gerações inteiras. Essas gerações apresentam mudanças semelhantes, embora variem de pessoa para pessoa, dependendo das posições e aspectos formados por outros Planetas. As Orbitais diferenças de gerações constituem um bom exemplo dessas influências, são ameaçadoras e exigem de nós muitas vezes, um grau de esforços para adquirirmos consciência psicológica mais total e uma perspectiva mais aberta e englobante da vida. Existe a necessidade de contato profundo com as pessoas de gerações diferentes. Os fatores básicos de vida de qualquer pessoa serão sempre os mesmos, estas forças existem sempre nos seres humanos. Astrologicamente, estas forças são simbolizadas pelo Sol, Lua Mercúrio, Vênus, Marte e são chamados Planetas Pessoais. Júpiter e Saturno constituem uma faixa intermediária entre os Planetas Pessoais e os Planetas Saturninos, visto que eles muitas vezes têm a ver, com a nossa participação na sociedade e com as normas, crenças e ambições influenciadas pela mesma. Por isso Júpiter e Saturno são chamados de Planetas Trans-Pessoais.

Os Signos, Casas e Aspectos, nos quais encontramos estes 7 Planetas, indicam o modo particular, pelo qual, estas forças atuam no indivíduo.

Essas origens são modificadas através da experiência consciente e do uso concentrado da vontade, porém os transaturninos, agem além do controle consciente do indivíduo, tal como Netuno, Urano e Plutão, estão além da Terra. Analisando suas funções, essas energias caso estejam em aspectos benéficos com os Planetas Pessoais, poderão precisar influências harmoniosas, no entanto se estiverem em aspectos pressionantes, será mais difícil de controlar, visto que a força de vontade e determinação nunca são suficientes para controlar esta energia.

Portanto, os transaturninos, atuam através de nós ativando os fatores psicológicos apresentados pelos Planetas Pessoais (Sol, Lua, Mercúrio, Vênus, Marte) e os Trans-pessoais (Júpiter e Saturno).

Os transaturninos, mostram planos do Ser e dimensões das experiências, que caracterizados pela falta de limites, suas energias atuam fora do controle consciente e não podemos defini-las objetivamente. Quando se fala, por exemplo em eletricidade, é muito difícil defini-la à nível real. Podemos defini-las como válvulas nervosas, objetivamente, nas quais se trata de transmissão desta energia, já não se fala de maneira concreta, já não é matéria cristalizada (Saturno), não é mais o lado concreto da afeição, dos carinhos, do desejo, não são mais as coisas obtidas pelos 5 sentidos. Os transaturninos, são as forças interiores do homem e por isso é muito difícil definir objetivamente estes 3 Planetas.

Os trânsitos destes Planetas, sobre pontos sensíveis da nossa Carta Astrológica, em aspectos perfeitos com os Planetas Pessoais e Trans-Pessoais, são aspectos penetrantes e altamente significativos.

URANO

Chegando à Urano, começamos a nos libertar da vida concreta e real, do ouvir, olhar, admirar, degustar e tatear, do sentidos completos. Urano é a liberação da energia, pura, passamos a irradiar. Antes nós agimos, gostamos, amamos, sentimos, adquirimos, e frutificamos, agora vamos liberar a energia, começando a influir em um mundo maior, iniciando a compreensão da complexidade do homem. Como vimos anteriormente, os transaturninos, agem no indivíduo no plano mais sutil ou pelo menos as forças são muito mais refinadas do que os 7 planetas da Astrologia Antiga. Um dos símbolos de Urano é um Sol com uma flecha apontado para o alto, direcionada para cima, para um futuro que não sabemos onde está (representando a liberdade sem limite). Uma curiosidade sobre Urano: os índios americanos, diziam que o sol, era um buraco no céu, e que se chegassem até este buraco, encontrariam a libertação, depois dele (seria um outro Astro que representaria a liberdade), isto é Urano.

Urano influencia o homem em sua capacidade de saber se reformular, de saber se liberar de seus próprios conceitos, de renovar a sua própria vida; onde temos Urano, sentimos uma necessidade maior de liberdade pessoal. Exemplo: Uma pessoa que tem Urano na 7a Casa, tem a necessidade de se sentir livre dentro de uma relação, provavelmente, vai procurar relacionar-se com alguém que lhe permita liberdades.

A posição de Urano, nos mostra em que área nós agimos de maneira excêntrica, fora do comum, abandonando as normas convencionais. É nessa área que podemos experimentar este poder, pois é aí que criamos novas fórmulas para sair do esquema. Exemplo: Quem tem Urano na 6a Casa ou na 10a Casa, não conseguirá trabalhar em esquemas tradicionais, pois sentirá necessidade de novas situações e fórmulas, procura o desconhecido, pois Urano, atua através dos impulsos efetivamente, e esses impulsos são dirigidos ao convencional, à independência, ao inesperado.

Urano é o Raio Cósmico, é tudo que é imprevisível, inesperado e repentino. Urano é a intuição e criatividade, é renovação, é visão futurista, imprevisibilidade, rebeldia e liberdade. São os sonhos do futuro, planos e projetos. O Uraniano, não pode prever coisa alguma, pois muda constantemente, a mudança, é necessidade interior, não pode prever esquemas, é sair do convencional. E a medida que sai, que inova, sente-se inseguro e tenso pois não sabe o que irá acontecer. É como dar um salto no escuro. Esta tensão é de quem tem aspectos fortes em Aquário, este é o primeiro passo para desestruturação do próprio equilíbrio central do indivíduo. Por isso, todo Aquariano tem necessidade de um controle, pois na medida que Urano mexe nesta energia repentina de libertação, ela guarda tensão. Uma regrinha muito voa para entender Urano, é: onde temos Urano, aí está o nosso gráfico de altos e baixos. Mas tendo conseqüência disto, devemos organizar esta área, devemos dinamizar a energia, tendo o cuidado para não dinamitar. Nesta área, vamos liberar a energia controlada, para que não cause colapsos, para que não dê choque. Exemplo: Uma pessoa com Urano na 3aa Casa pode descarregar sua tensão, escrevendo, dando aulas, comunicando-se na publicidade, pois é assim que a pessoa produz enquanto liberará a sua energia.

Urano em Aquário, precisa de atividade de canalização extremamente forte para que possa aliviar sua tensão. Uma pessoa com Urano mal aspectual, as vezes não consegue liberar sua energia corretamente, ainda acaba com os esquemas, ou rompe de maneira agressiva não conseguindo manter a estrutura central e renovadora, girando assim completos entre o manter e o renovar, provocando desequilíbrio, tensão e desestruturação.

Já uma pessoa com aspectos positivos, consegue liberar-se e canalizar positivamente essa energia, criando novas fórmulas e buscando novas soluções.

Através das progressões de Urano, notamos mudanças repentinas e inovadoras, pois Urano trabalha através da rapidez da eletricidade, mas nunca tirar algo sem nos dar o melhor.

Urano representa o mental superior, a ligação direta, com níveis mais elevados.

Urano dá modificações rápidas (coisas boas).

NETUNO

Urano é a liberação da energia pura, e nesta liberação, o homem fica além dos limites da natalidade, lança-se para fora e começa a impregnar-se daquilo que está à sua volta. E é nesta absorção, na impregnação da totalidade que está o Netuno.

Netuno é tudo o que absorvemos do meio, é o que nossa sensibilidade percebe e capta.

Esta capacidade não é intelectual, mas sim intuitiva.

Netuno, está associado ao misticismo, ao mistério, à unidade cósmica, ao desenvolvimento espiritual e à intuição. É também a ausência de forma, a ilusão, a dissolução, a imaginação e o idealismo. Ele é o vínculo, para detectar as coisas que estão à nossa volta e não são visíveis. Onde temos Netuno, temos a indefinição, mas é aí que absorvemos e intuiremos as coisas não visíveis.

Netuno é subjetivo, mas poderá tornar-se objetivo, dependendo da sua posição no mapa. Exemplo: Uma pessoa que tem Netuno em trígono com Mercúrio, é uma pessoa que não será capaz de intuir, mas terá a capacidade de definir sua intuição. Por outro lado, determinadas posições de Netuno, indicam, grande capacidade de absorção de tudo o que é bom ou mau, sem discernimento. Se este não estiver no mapa, é um fator de bastante segurança, bem realidade ou melhor, o indivíduo deverá buscar a inspiração e a realidade de Urano, a intenção e idealismo de Netuno, tornando-as reais, fazendo-as concretas para a vivência diária. Netuno é a visão completa, total de 360o, é o radar que enxerga o mundo na sua totalidade.

Ele nos leva ao sentido místico d vida, é a capacidade de viver plenamente uma situação e se diluir nela. Esta capacidade de identificação com os outros, é sem dúvida, uma bela qualidade espiritual, entretanto pessoa corre o risco de ser absorvida e manipulada pelos outros, visto que se aproximam dela, quase todas as pessoas precisadas de ajuda, atraídas pela capacidade de identificação, detectadas pelo radar. Não é um plano à ser vivido depois de certa idade, é a sensibilidade inata já nasce com a gente.

Netuno, pela sua posição na Carta Natal, é a área da vida em que sofremos as influências Transcendentais, procurando um ideal e acreditando naquilo que queremos, é um campo de experiência que tendemos a idealizar ou rejeitar, muitas vezes como modo ou ânsia de fugir da realidade que se nos revela brutal e vazia de Auto Ilusão.

Netuno, leva 13 anos em cada signo determinando gerações assim. Exemplo: O aspecto de Urano e Plutão determinam uma geração que busca o entendimento do lado psicológico, procurando uma consciência maior, porém, para que a pessoa não se iluda, não fique somente no plano abstrato, é necessário buscar o lado prático, o sentido pleno da realidade, discernindo e filtrando as impurezas (deve buscar portanto, à Virgem).

Netuno é representado pelo tridente, que é o símbolo da psicologia. Ele trabalha com a psique do homem, onde o homem tem seu próprio desconhecido, é a totalidade da psique do homem, agindo com a integração do todo. Netuno, mexe com a totalidade do homem, tanto psique como fisicamente pois a saúde é o equilíbrio das energias. Netuno rege as drogas, os remédios, as bebidas e à nível prático está ligado às intoxicações e às epidemias. Ele rege as coisas confusas, situações nebulosas, à sujeira, às asmas, à respiração confusa, à poluição, à imaginação, aos sonhos, tudo que é indeterminado e as vezes ao irreal. Netuno, está ligado ao amor universal, não personalizado, ele é a visão da igualdade social. Para Netuno, o homem não tem qualquer diferença, não há fronteiras, é o Universo, o Cosmo, o Caos. Nos aspectos passivos dos trânsitos de Netuno, a pessoa tem que trabalhar a imagem interna, o lado psíquico pois poderá ficar desestruturado, não conseguindo manter o equilíbrio. O lado negativo dos aspectos netunianos, é a indefinição, é uma maneira nebulosa de ver as coisas, é como estivéssemos em alto mar, em uma pequena embarcação, sob intenso nevoeiro, sem conseguir ver o rumo. Não seria possível definir, nem um momento, o que faríamos, então é necessário acalmar-se, esperar o nevoeiro e enquanto isto não acontece, tentar colocar as coisas em volta, em ordem, para que passado o nevoeiro, o barco esteja bem organizado.

ARROYO diz que NETUNO representa uma sintonia emocional, com níveis mais elevados na ânsia, uma paixão por harmonização, com planos mais elevados de SER.

PLUTÃO

Em Saturno temos o nosso limite, em Plutão mergulhamos em nosso inconsciente. A racionalidade de Saturno, é o último passo, é a visão concreta do homem.

Plutão é a grande consciência que abraça e extrapola a razão. Plutão representa a Morte do Homem, o poder que ele tem, de adquirir esta grande consciência. E para chegarmos à isto, vamos ter que mergulhar no inconsciente e descer ao nosso interior e nos confrontarmos com tudo que lá existe. Só quando mergulhamos fundo, conhecemos todo o nosso interior é que conseguiremos transmutar, transformar e renascer. Parece que existe sempre algo escondido acerca de Plutão, algo sutil e difícil de se colocar em termos lógicos e concretos. Tudo que se relaciona com Plutão, é de certo modo, fora do vulgar, é um tanto excêntrico e indica um domínio de imensidade cósmica, que confunda o espírito, isto é verdade não só a função Astrológica do Planeta, como também acerca do movimento do próprio Planeta.

Plutão é o regente de Escorpião (8a Casa) e ambos têm a mesma relação com a morte, morrer para renascer, que é o poder da transformação e onde temos Plutão no Mapa, é onde teremos o grande terremoto da vida, e é através do terremoto interior, que nós, nos transformamos, nos reconstruímos. Segundo ARROYO, na Casa onde estiver Plutão, teremos o poder criador muito grande pois esta Casa é altamente energizada e é a que estamos em contato com o reservatório profundo do poder concentrado. É ainda neste setor que ressurgiremos, fazendo aflorar toda necessidade de transformação de tudo que fizermos. Plutão atua de nível tão profundo e com tantã sutileza, que para pesquisarmos a sua influência real, devemos estudar a sua posição em nosso mapa ou na Carta Natal de amigos íntimos e parentes, afim de detectarmos a sua influência. Temos dentro de nós, em nosso consciente, determinadas capacidades ou incapacidades, determinadas tendências que não expomos à nível consciente por uma questão de auto defesa. Esse contudo interno, começa a ser ativado em certas ocasiões e aflora muitas vezes de maneira violenta. Plutão é por isto, chamada de O grande Vulcão, pelo processo que ele desencadeia. É preciso termos consciência disto, saber usar a energia criativamente para a evolução, mesmo porque seria difícil ou melhor impossível tentar deter esta energia. Dona Eny, dizia que as pessoas com fortes aspectos de Plutão, têm uma grande missão e que não são pessoas de um poder muito grande. O poder de Plutão abrange todos os níveis, mas essencialmente, significa o poder desmaterializado. A grande energia de Plutão, provém de uma fonte nada evidente a qual podemos chamar de Energia Transcendental, pois esta energia, verdadeiramente transcende, só pode ser entendida em termos opostos, luz e trevas, alegria e tristeza, quente e frio, etc... Plutão é um dos menores planetas, menos que a Terra, mas, esse pequeno tamanho e brilho diminuto, são fatores bastante ilusórios, pois o poder de Plutão, ultrapassa em muito seus atributos físicos.

É o Planeta mais lento, portanto, por meio tempo em um Signo (de 12 à 29 anos de duração) influencia por isso, uma geração, isto é grande parte da humanidade. Como ele passa tantos anos no mesmo aspecto, no mesmo Signo, milhões de pessoas, são coletivamente os agentes transformadores de determinados conceitos. Assim a pessoa com Plutão em Câncer, enfrenta grandes mudanças na estrutura familiar. Quando Plutão estava em Leão, foi contestado e equilibrado o conceito de autoridade de centros de atenção, com Plutão em Virgem, o homem começou a tomar conhecimento da poluição da Terra, da necessidade de modificar, pois Virgem é a Mãe Terra.

Resumindo: Plutão é excêntrico, sua energia é fora do comum e indica o domínio da imensidade cósmica, que confunde o espírito.

 



Publicado por Paula Valentina às 11:41
Link do post | Comentar | Adicionar aos favoritos
|

Pesquisar neste Blog
 
Maio 2010
Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab

1

2
3
4
5
6
7
8

9
11
12
13
14
15

16
17
18
19
20
21
22

23
24
25
26
27
28
29

30
31


Posts Recentes

Lua em Gémeos

" 2012 "

Signos

Lua em Áries:palavra-chav...

Lua em Capricornio

Conheça o Ascendente

Horóscopo Xamânico...

Sol em Balança e Lua em L...

O homem de Lua em Leão:

Lua em Leão

Arquivos

Maio 2010

Abril 2010

Setembro 2009

Junho 2009

Junho 2008

Abril 2008

Março 2008

Fevereiro 2008

Dezembro 2007

Setembro 2007

Agosto 2007

Julho 2007

Junho 2007

Maio 2007

Abril 2007

Março 2007

Fevereiro 2007

Janeiro 2007

Dezembro 2006

Novembro 2006

Outubro 2006

Setembro 2006

Favoritos

Memórias vilacondenses (V...

Caleidoscópio

blogs SAPO
Fazer olhinhos