Sexta-feira, 27 de Abril de 2007
Elementos do Mapa Astral do CarlosLino:

No seu mapa, os elementos se apresentam da seguinte forma:

Fogo (entusiasmo)
Excesso - 4 pontos



Entusiasmo é uma coisa que realmente não lhe falta. O excesso no elemento fogo indica um temperamento vibrante e caloroso, lhe dando a capacidade de festejar as coisas, comemorar e contagiar quem está próximo. Você é festivo e cheio de arroubo e calor em seu coração, tendo o dom de valorizar e aquecer os momentos de sua vida. O fogo representa a energia vital que está dentro de nós, a centelha que nos estimula para a vida. Como você tem muita força em Fogo, esta energia é um grande trunfo para a sua personalidade. Mesmo assim, para não ser consumido por tanto calor, é bom ter cuidado de não colocar mais lenha em sua fogueira do que o necessário.


Terra (praticidade)
Carência - 2 pontos



Se você tem aspirações e ideais, deve saber o quanto é importante trazê-los à terra e realizá-los. Acontece que, com tão pouca terra em seu mapa, fica lhe faltando a consistência e o senso prático necessários. É importante não esquecer que vivemos em um mundo material e desprezar ou ignorar esta realidade é negar uma parte de nossa natureza. Cuidado para não perder a noção da realidade! Desenvolva mais em você a coerência e dê mais atenção às coisas práticas da vida. É através de bases sólidas que você poderá construir o que deseja!


Ar (pensamento)
Equilíbrio - 3 pontos



Você tem o pique ideal para desenvolver a vitalidade do seu pensamento. Este equilíbrio intelectual é um grande trunfo para que consiga articular suas idéias e aprender aquilo que precisa, sem ser racional demais. Aproveite o potencial procurando estar antenado com o mundo e mantendo sua sede de conhecimento saciada.


Água (emoção)
Equilíbrio - 3 pontos



Você possui emoção na medida certa em seu temperamento, o que facilita bastante a sua postura diante das situações em que precisa deixar os sentimentos fluírem. Quando sua alma pedir, você tem a capacidade de deixar o que sente vir à tona, sem com isso provocar enchentes. O potencial de recolocar as suas expressões emocionais nos momentos mais adequados é algo que conta ao seu favor. Durante as situações da vida, use este potencial e não deixe que seu mundo interior fique ressecado.






O que significam os ritmos?

Além de estarem associados aos elementos da natureza, os signos também se correspondem a outras três qualidades, de acordo com a sua posição no Zodíaco: eles podem ser fixos, impulsivos ou mutáveis. Também contaremos, aqui, quantos pontos você tem em cada uma destas qualidades e o que isto tem a dizer do seu temperamento.

Impulsivo: Àries, Câncer, Libra e Capricórnio.

Fixo: Touro, Leão, Escorpião e Aquário.

Mutável: Gêmeos, Virgem, Sagitário e Peixes

Pontos:

Carência: Menos de 4 pontos

Equilíbrio: 4 pontos

Excesso: Mais de 4 pontos


No seu mapa, os ritmos se apresentam da seguinte forma:

Impulsivo Carência - 3 pontos
Se há uma coisa que você precisa é uma boa dose de energia e impulso para começar e arriscar no novo. Não tenha tanto medo de se lançar ao mar e viver uma aventura, ainda que se corra certo risco. Vá mais à frente, ouse, arrisque e não detenha todos os seus barcos por segurança. Pelo menos uma vez em cada semestre se permita agir por impulso, sem medos, com coragem e ousadia.

Fixo Excesso - 5 pontos
Conservar as coisas é algo que você precisa e sente necessidade de fazer. Sendo assim, você não é daqueles que começa e abandona o barco por falta de persistência, mas, ao contrário disso, sabe dar continuidade e manutenção àquilo que foi iniciado, fixando, enraizando e, sobretudo, amarrando as coisas nas quais está envolvido para que não se soltem nem fiquem flutuando por aí. Seja em sua vida afetiva, nos projetos, trabalho ou nas mínimas coisas do dia-a-dia, você fará de tudo para que as coisas tenham continuidade e sejam conservadas ao máximo.

Mutável Equilíbrio - 4 pontos
A sua natureza possui a quantidade equilibrada do ritmo mutável, indicando que está dentro do seu temperamento a capacidade de mudar e readaptar as coisas, quando há necessidade. Como possui essa energia na medida certa, você tem o potencial de agir sem sair mudando tudo que vê pela frente, muito menos sem saber o que fazer em situações que lhe exigem improvisos. Use bem este seu faro e descubra os momentos oportunos para dar uma mexidinha naquilo que anda precisando!





Sol em Sagitário

Você tem consciência de que a maior viagem que precisa realizar durante a vida é a busca pela Sabedoria. A sua capacidade de transcender a realidade material e emocional do cotidiano e atingir metas mais elevadas é o que existe de mais brilhante em você. O Sol em Sagitário ilumina o otimismo e o entusiasmo em sua personalidade.

Lua em Escorpião

Para sentir-se emocionalmente nutrido, você precisa de profundidade e intensidade em sua vida. Estando na superfície dos seus sentimentos ou de um relacionamento, você pode sentir-se ferido e desamparado. Suas emoções mais íntimas vão sempre além do que aparentam e estão fora do que pode ser claramente visto ou percebido por um olhar desatento. Esteja receptivo às metamorfoses emocionais que precisar enfrentar e deixe-se encantar por elas.

Ascendente em Escorpião

Para orientar-se e acender novamente a sua chama , você utiliza os conceitos simbolizados pelo seu signo ascendente. Em Escorpião, você precisa ir além da forma aparente das coisas para visualizar o que nelas é essencial. A intensidade dos sentimentos e a capacidade de regenerar o que anda “podre” dentro e fora de si mesmo funciona como alavanca para que você atinja o seu máximo. Quando estiver perdido em alguma situação, transforme-a! Isto irá lhe orientar novamente.

Ascendente Escorpião
Entre em sintonia com sua profundidade!
Stela Brito - Astróloga

A
pessoa que tem Ascendente Escorpião se expressa na vida com uma marcante intensidade de sentimentos, que a faz intuitiva, passional, enigmática, impulsiva e profunda. Tem uma grande e turbulenta energia fervilhando no seu íntimo e precisa aprender como canalizar tal força.

Saiba como orientar-se pelos mistérios profundos de Escorpião, cuja sinalização indica ir além da forma aparente das coisas, ou seja, é preciso transformar, ir mais além. Portanto, não se contente com a superficialidade, pois Escorpião exige que um poço seja cavado e que você penetre nele para conhecer e aceitar os seus sentimentos ali guardados.

Sabe por que muitas vezes você se sente tão sem perspectiva e totalmente desorientado? É simplesmente porque você não está atento para a sinalização escorpiana, que fará você encontrar seu ponto de orientação e conseqüente renovação.

E isso significa mudanças na sua vida. Sinta que é preciso eliminar/matar certas coisas em você para poder começar do zero. Quando você aceita a perda e vivencia a dor, a raiva, o ciúme ou inveja, está penetrando no mundo desses sentimentos turbulentos e secretos, aceitando-os e tendo, assim, uma chance de transformá-los. Lembre que se você não remover os entulhos, não vai ter espaço livre e limpo para novos sentimentos e novas possibilidades em sua vida.

Não se esgote tanto com suas paixões! Não acumule e não reprima velhos e fortes sentimentos em sua alma. À medida que se apresentem, vá logo tentando canalizá-los de forma construtiva, liberando-os e dando-lhes novas formas.

Outra coisa: já que você é, também, tão perspicaz para captar os sentimentos das outras pessoas, ocupe-se com elas de vez em quando, ajudando-as a enfrentarem as surpresas, as crises e as dores da vida. Você sabe que é possível superar as perdas, porque sempre haverá um renascimento. Canalize, cada vez mais, sua energia nessa direção de vida que pode ser renovada e regenerada: é o milagre e o mistério de Escorpião.

E seja profundamente feliz!



Publicado por Paula Valentina às 23:38
Link do post | Comentar | Adicionar aos favoritos
|

Quarta-feira, 25 de Abril de 2007
Nossos signos chinês...
 
 

O Coelho é sociável, modesto, sensível e artístico. É uma pessoa complexa, e possui muitas vezes grande intuição. Dizem que nasce para viver uma vida preciosa. O Coelho é o símbolo da imortalidade devido à sua associação com fertilidade. O Coelho prefere uma vida calma e aprecia boas comidas, ouvir música clássica ou discutir história da arte. Não se ajusta bem a mudanças e é lento a tomar decisões. Detesta confrontos de qualquer tipo. A sua casa é muito importante para ele. São pais amorosos, mas não aceitam disparates. Gostam de trabalhar com crianças e animais e acham o trabalho para caridade especialmente recompensador.
O Coelho é sensível e generoso. Luta pela harmonia no seu ambiente para a sua maior felicidade.

Carácter
Virtudes: Imaginativos, generosos, tranquilos e virtuosos
Defeitos: Melancólicos, resistem a mudanças e podem ser sarcásticos

Compatibilidades
Melhor: Cabra, Porco e Cão
Assim, assim: Tigre, Serpente e Cavalo
Pior: Dragão, Rato e Galo

 

 
O Cão é leal, honesto e amoroso. Precisam de ser amados. Preocupam-se e gostam de olhar pelos outros. Insistem em jogo justo para todos. São sociáveis, gostam de actividades de grupo e dão bons líderes. Por vezes, o seu temperamento explode e pode ser assustador para outros. Os Cães são generosos e têm um coração quente. Oferecem montes de presentes e atenção aos amigos e família. Gostam de dar e a receiam rejeição. Precisam de muito carinho e afeição. Às vezes têm muitos ciúmes do seu companheiro. Esperam demasiado dos outros. São pais adorados e rigorosos.
O Cão é de confiança e fiel. Está sempre alerta às necessidades dos outros e à sua própria.

Carácter
Virtudes: Bons líderes, leais, honestos e discretos
Defeitos: Por vezes dão a impressão de não terem emoções, são egoístas e têm a língua afiada

Compatibilidades
Melhor: Cavalo, Tigre e Coelho
Assim, assim: Rato, Serpente, Macaco, Cão e Porco
Pior: Dragão, Cabra, Búfalo e Galo

 


Publicado por Paula Valentina às 20:31
Link do post | Comentar | Adicionar aos favoritos
|

Sábado, 14 de Abril de 2007
O Ascendente
O Ascendente é um dos factores mais complexos do mapa astrológico. Representa o impulso inicial para a vida, o momento do nascimento, o primeiro choro do bebé. Mostra a qualidade do nosso primeiro contacto como o Mundo, a primeira vez que "tocamos" a Vida.

Neste ponto inicia-se o primeiro quadrante, no qual o indivíduo vai perceber aquilo que é, o seu valor e a capacidade de interpretar o mundo.

O signo que se encontra no Ascendente indica a primeira impressão que causamos e a forma como iniciamos as coisas. Pode igualmente dar-nos pistas sobre o aspecto físico, a "máscara" exterior (tanto física, como emocional e intelectual) e alguns pequenos hábitos e maneirismos pessoais.

Planetas conjuntos ao Ascendente vão também ter uma importância primordial na expressão imediata da personalidade.

A presença de um planeta muito próximo do Ascendente pode mesmo tornar-se a característica mais óbvia da personalidade, ofuscando até o próprio signo ascendente.

É por esta razão que encontramos, por exemplo, indivíduos com ascendente Carneiro que, em vez da tradicional impulsividade e assertividade, têm um aspecto comedido e até mesmo um tanto receoso. Um Saturno próximo do Ascendente (entre outros factores) pode ser o "causador" desta retenção das energias do Carneiro.

Num outro exemplo, podemos encontrar alguém que tem ascendente Virgem e que, em vez da reserva e precisão próprios deste signo, avança para a vida com inesperado optimismo e expansividade. A presença de Júpiter próximo Ascendente, poderá ajudar a compreender a extroversão e o gosto pela aventura numa pessoa de quem, à partida, se esperaria um comportamento modesto, cuidadoso e pormenorizado.

Outro aspecto a levar em conta é o planeta que rege o signo ascendente. A sua posição por signo e casa vai acrescentar dados importantes sobre a expressão imediata da personalidade.

Assim, se alguém com Ascendente Gémeos tiver Mercúrio (regente do Ascendente) em Touro, a natural expressão geminiana, conversadora e "leve", será moldada pelo sentido prático do Touro, tornando-se mais comedida, moderada e concreta.

Se Mercúrio estivesse em Aquário, haveria um toque muito mais acentuado de comunicação e de velocidade do pensamento. Em Caranguejo, a comunicação geminiana seria colorida pelos sentimentos e imaginações próprias do primeiro signo de água.

Em resumo: ao considerarmos o Ascendente, há que levar em contra todo um conjunto de factores a ele associados:


1- o signo Ascendente

2- os planetas que se encontrem próximos (cerca de 10º antes ou depois) do Ascendente

3- o planeta regente do signo Ascendente (segundo a sua posição por signo e casa)

Só assim teremos uma visão correcta deste importante factor de interpretação astrológica.



Os Signos Ascendentes



Ascendente Carneiro

A primeira abordagem da vida, a expressão imediata da personalidade, é feita através do Fogo Cardinal: a identidade em acção.

Quem tem Ascendente Carneiro entra na vida como quem entra num desafio: com impulsividade, pioneirismo, ousadia, impaciência. A expressão é activa, espontânea, competitiva, directa e assertiva.

Quem tem este ascendente tende a acreditar que o caminho mais curto entre dois pontos é uma recta e a pôr isso em prática em todas as circunstâncias da vida, por vezes com grandes ganhos de tempo e benefícios, outras vezes com consequências menos felizes.

O indivíduo com este ascendente tem necessidade de se pôr continuamente à prova através da acção. Na verdade, só tem a sensação de existir, de estar vivo, se estiver a fazer alguma coisa.

Quando aprende a agir por vontade e escolha própria, em vez de reagir continuamente à necessidade de se afirmar, o indivíduo consegue vivenciar plenamente as qualidades de acção, assertividade e decisão associadas ao seu signo ascendente.

Em termos físicos, o Ascendente Carneiro pode caracterizar-se por uma postura enérgica, viva, rápida e impaciente. Os movimentos são repentinos, por vezes até bruscos e directos. O olhar é vivo, franco e directo.


Ascendente Touro

A primeira impressão é vivenciada através da Terra Fixa: segurança e continuidade na concretização de objectivos.

O Ascendente Touro entra na vida com calma, ponderação e segurança. Há que avançar sem pressas, experimentar bem o terreno e medir cada passo. O avanço é lento mas é também seguro: uma vez conquistado o terreno, raramente se dá um recuo.

Existe geralmente uma habilidade natural em lidar com os recursos materiais, tendo em vista estabilidade e a abundância material. A abordagem é prática, física e sensorial: pode haver uma sensualidade forte, simples e desinibida, uma certa tendência à gula e, em geral, uma grande capacidade de apreciar os confortos e prazeres da vida. O sentido estético, que está quase sempre presente, pode ser também simples e um pouco rústico, dando preferência ao que é natural e confortável.

Com a maturidade, a necessidade de segurança material e financeira pode ser gradualmente substituída pela segurança emocional e pela estabilidade interior; nessa altura o Ascendente Touro descobre a sua faceta mais espiritualizada, capaz de vislumbrar beleza e transcendência nas formas mais concretas.

Existem dois tipos físicos bem distintos que podem ser considerados associados ao Ascendente Touro. Um é pesado e sólido, com pescoço forte e tendência a aumentar de peso; o outro apresenta uma constituição harmoniosa, delicada e elegante. Alguns indivíduos reunem características de ambos os tipos.


Ascendente Gémeos

A primeira abordagem à vida é feita através do Ar Mutável: aprendizagem, comunicação e experimentação no plano mental.

Com Ascendente Gémeos, abordamos a vida de forma ligeira, curiosa e um tanto dispersa. Há uma forte necessidade de compreender as coisas mentalmente e de apreender todas as faces da realidade.

A diversidade da vida diária, com todos os seus pequenos e variados acontecimentos, é um elemento-chave para a expressão imediata da individualidade. Há uma tendência natural para se identificar com as ideias ("sou aquilo que penso"), embora estas possam estar continuamente em mudança.

A comunicação é também uma importante via de expressão pessoal.

Quando aprende a seguir um rumo de pensamento, entre a multiplicidade dos seus apelos mentais, o indivíduo com ascendente Gémeos começa a manifestar o que de mais elevado existe no signo: a capacidade de relativizar e de compreender, no plano mental, todas as faces de um assunto ou situação.

Os factores físicos geralmente associados ao Ascendente Gémeos são uma figura ágil e um tanto andrógina, que tende a manter o aspecto juvenil até muito tarde. As mãos e braços podem estar em evidência, tanto pelo gesticular contínuo como pela sua elegância e delicadeza. O rosto pode ser vivo, móvel, expressivo e marcado por um ar de eterna adolescência.


Ascendente Caranguejo

A primeira impressão da vida é sentida através da Água Cardinal: acção motivada pelos sentimentos.

Expressão cautelosa e grande necessidade de segurança emocional são características de quem tem Ascendente Caranguejo. A expressão da individualidade é cautelosa e "tradicional", aparentemente pouco marcada e pouco assertiva.

Há uma qualidade mimética, camaleónica na expressão pessoal: o indivíduo procura confundir-se com o ambiente, e não se mostra competitivo, chegando por vezes ao ponto de apresentar comportamentos desprotegidos ou mesmo "infantis". Pode manter-se sempre muito próximo da mãe ou da família de origem (do ponto de vista físico, emocional ou ambos). Ao evitar uma imagem saliente e agressiva, evita também ser ameaçado ou agredido.

Esta camuflagem pode, contudo, ser apenas aparente. Por detrás dela esconde-se, por vezes, uma grande tenacidade e uma inesperada capacidade de se "agarrar" teimosamente a comportamentos de preservação (física e emocional) e a situações em que sinta familiaridade e segurança, mesmo que esta segurança seja feita à custa de outros.

À medida que integra um certo grau de maturidade, o indivíduo consegue desfrutar toda sensibilidade e riqueza emocional associadas a este signo.

O aspecto físico ligado a este ascendente é arredondado, agradável e um pouco infantil. Um rosto redondo e um tronco desenvolvido são características comuns. Alguns indivíduos, contudo, apresentam um rosto oblongo e uma figura esguia.


Ascendente Leão

A entrada na vida surge através do Fogo Fixo: segurança na expressão da identidade.

Quem tem Ascendente Leão entra na vida com grandes passadas: a expressão pessoal é calorosa, "quente", digna e poderosa. O mundo, os outros e as circunstâncias em geral podem ser vistas como um grande palco onde, ao longo de diversos actos e cenas, a individualidade vai manifestar-se de forma brilhante e poderosa. A necessidade de protagonismo é imperativa e quase constante.

O indivíduo com este ascendente tende a dominar as situações com a sua projecção carismática; esta contudo, pode ser demasiado abrupta, autoritária ou avassaladora, tocando mesmo, em casos extremos, as raias da arrogância.

Ao longo da vida, esta forte expressão tende a ser posta em causa e a modificar-se. Na maturidade, poderá deixar de encarar a vida como um grande palco e passar a vê-la como uma oportunidade criativa. Nessa altura, as manifestações pomposas e gratuitas, de carácter personalístico, dão lugar a uma atitude verdadeiramente criativa, generosa, desinteressada e vitalizante.

No aspecto físico ligado a este ascendente surge, em geral, associado a uma atitude naturalmente altiva, quase régia, e a uma cabeleira bonita, volumosa, tipo "juba de leão".


Ascendente Virgem

O primeiro contacto com a vida é feito através da Terra Mutável: aprendizagem e experimentação das coisas concretas.

Para quem tem Virgem ascendente a vida é um "projecto de perfeição". Todas as atitudes, funções, relações e comunicações são, por isso, sujeitas a uma forte crítica, revelando-se sempre aquém de tão exigentes expectativas.

A expressão pessoal tende a ser precisa, funcional, ordenada e ergonómica. Tudo é feito com método, funcionalidade, detalhe e eficiência, tendo em vista a ideia de perfeição. "A qualidade acima da quantidade" poderia ser o seu lema.

Esta forma de abordar a vida pode levar a uma atitude de crítica implacável, que se torna muito desmoralizadora e, em casos extremos, chega a tornar-se paralizante.

A partir de uma certa fase da vida, o indivíduo com este ascendente começa a aprender que a perfeição está subjacente a tudo, mas que não tem possibilidades de se manifestar plenamente no plano físico. Nessa altura, a tolerância e a compreensão começam a temperar o seu sentido crítico, levando-o a encarar todas as coisas (e a si mesmo) como manifestações terrenas do arquétipo da Perfeição.

Um ar limpo, preciso e resistente, ao mesmo tempo aprumado e simples são qualidades típicas do Ascendente Virgem. O aspecto geral pode ser bastante juvenil, mantendo uma figura delgada e muita vivacidade.


Ascendente Balança

A primeira abordagem à vida é feita através do Ar Cardinal: acção dirigida para o relacionamento e a comunicação.

Com Balança ascendente, a expressão pessoal é pensada, medida e considerada, levando sempre em conta a opinião ou a reacção dos outros. A atitude geral é de cooperação e de busca de harmonia. Pode haver uma qualidade estética e uma elegância natural nos gestos, na fala e na escolha de roupas e adornos.

O sentido de justiça e de equilíbrio inerentes a este signo conferem-lhe graça e harmonia. Podem, contudo, tornar-se factores obstaculizantes sempre que as circunstâncias exigem decisões directas e imediatas. Quando tem de actuar sozinho e de escolher por si mesmo, o indivíduo pode sentir-se perdido.

Em casos mais extremos, a tendência para se apoiar nos outros degenera em sociabilidade exagerada, falta de descriminação nos relacionamentos, inércia, preguiça e dependência emocional.

Quando aprende a equilibrar a sua necessidade de ouvir os outros e os seus próprios desejos e vontades, o indivíduo com este ascendente ganha a capacidade de harmonizar com ligeireza e desembaraço todas as polaridades da vida: eu-o outro; pessoal-social; formal-informal; mundano-sagrado.

O tipo físico associado a este ascendente é proporcionado, naturalmente ágil e elegante, apesar de um pouco roliço e com tendência a ganhar peso.


Ascendente Escorpião

É através da Água Fixa que as primeiras impressões da vida são sentidas: intensa necessidade de segurança e transformação emocional.

Para o Ascendente Escorpião, a expressão pessoal é intensa, carismática, poderosa e sempre um tanto secreta. Para ele, a vida é uma batalha, onde vitórias e derrotas marcam e transformam a expressão individual.

O indivíduo com este ascendente pode ver-se como um lutador, um reformista ou um investigador. O seu carisma que começa por ser fascinante, pode torná-lo incomodativo ou mesmo belicoso.

Todos os aspectos da vida são sentidos com grande intensidade, mas também com uma profunda contradição interior. Perante qualquer desafio imediato (em coisas simples do dia-a-dia), reage com um misto de atracção e repulsa, avidez e desconfiança, desejo e negação do próprio desejo.

Esta turbulência emocional leva-o ao principal tema deste signo - o da morte e transformação. Ao compreender que a verdadeira batalha é interior, o Escorpião ascendente inicia uma nova fase na sua vida - deixa de lutar contra inimigos exteriores e lança-se na cruzada contra os seus demónios interiores, trazendo-os para a luz da consciência e transcendendo-os. É nessa altura que descobre em si recursos e capacidades que até então desconhecia. Deixa de ser um lutador e torna-se um guerreiro espiritual.

Olhos de expressão intensa e profunda, sublinhados por sobrancelhas espessas e bonitas, são característicos deste ascendente.


Ascendente Sagitário

A primeira abordagem da vida é feita através do Fogo Mutável: aprendizagem e experiência da identidade.

Quem tem ascendente Sagitário tende a entrar na vida como quem começa uma viagem: com entusiasmo, curiosidade, optimismo e boa-disposição. Na sua abordagem existe sempre uma componente de aventura, descoberta.

O indivíduo com este ascendente lança-se à descoberta de uma nova fronteira, de uma nova ideia ou da solução para os problemas globais com o mesmo entusiasmo e convicção com que parte em busca de um tesouro, descobre um novo disco ou, mais prosaicamente, explora a despensa em busca de guloseimas. É optimista: acredita que "hão-de acontecer coisas boas" e que a vida, afinal, "não é assim tão má". Com a sua fé jovial e inabalável, encara tudo como um jogo e não hesita em correr riscos. O que poderá correr mal?...

O seu entusiasmo e idealismo são contagiantes e, na maior parte dos casos, contribuem para o bem-estar geral. Contudo, o indivíduo com este ascendente corre o risco de se tornar pomposo, arrogante e "doutrinário". Quer que os outros "acreditem" naquilo que acha que está certo e não hesita em "ensinar" ou mesmo impor as atitudes e conceitos morais que considera correctos.

Quando passa da atitude de sabedoria pomposa á de partilha de conhecimentos, dá um importante passo em direcção à maturidade. Esta etapa, que é alcançada através do controlo da fala e dos pensamentos (evitando exageros e indiscrições), vem trazer à sua vida o sentido e a Sabedoria que tanto procurou. O aventureiro transforma-se, então, no cruzado.

Associa-se a este ascendente um aspecto descontraído e jovial. Pode ter um rosto aberto, com um grande sorriso e cabelos encaracolados (às vezes arruivados), coxas fortes e tendência a aumentar de peso.


Ascendente Capricórnio

A entrada na vida é feito através da Terra Cardinal: acção prática e concreta.

O Ascendente Capricórnio entra na vida com os passos firmes, medidos e planeados de quem escala uma montanha. Não brinca em serviço: a expressão pessoal é séria, responsável, convencional, retraída e um pouco seca.

Avalia-se a si mesmo e aos outros pelas conquistas profissionais, a carreira e o estatuto social. As figuras de autoridade impressionam-no.

Há uma tendência latente para a inibição, a rigidez e a "depressão". Longe de ser nefasta, esta "depressão" revela-se fundamentais para o crescimento da individualidade: abala a rigidez, permitindo uma reestruturação em moldes mais abrangentes e flexíveis. As qualidades de resistência, planeamento e estratégia passam, então, a ajudar à transformação, em ver de lhe resistirem.

É, por isso, frequente que os indivíduos com Ascendente Capricórnio venham ao mundo com uma postura sisuda, triste e desmotivada (nascem "velhinhos") e que, ao longo dos anos, aprendam a gozar as coisas boas da vida. Dir-se-ia que rejuvenescem com a idade. Na maturidade, é frequente serem muito mais descontraídos, simpáticos e comunicativos do que foram em jovens.

Esta alegria interior representa o culminar das qualidades de trabalho e associadas a este ascendente. É uma "marca de Sabedoria".

Um aspecto magro, tenso e seco pode ser associado a este ascendente. As maçãs do rosto são marcadas. Algumas pessoas (principalmente mulheres) têm uma beleza refinada, assente no equilíbrio de linhas e na elegância da estrutura óssea..


Ascendente Aquário

É através do Ar Fixo que se faz a primeira entrada na vida: segurança nas ideologias e pontos de vista globais.

Quem tem Aquário ascendente baseia a sua expressão pessoal numa aparente contradição. Tem uma necessidade imperativa (embora por vezes disfarçada) de ser único, diferente e inconvencional mas precisa de ser aceite pelo colectivo, pela sociedade. Por outras palavras: tem de ser diferente e, ao mesmo tempo, igual; é simultaneamente rebelde e gregário.

A solução deste conflito interno varia de indivíduo para indivíduo.

Alguns sufocam o seu individualismo em prol da aceitação social. Mantém-se numa atitude de falso conformismo, mas correm o risco de "explodir".

Outros proclamam-se "espíritos livres" e mantém-se à margem da sociedade. Ganham "liberdade" para serem inconvencionais, teimosos, excêntricos, rebeldes e até chocantes, mas perdem o prazer da companhia humana.

Na maior parte dos casos, contudo, a faceta experimental e pioneira deste signo consegue encontrar soluções originais e equilibradas (geralmente depois de várias tentativas). Pode juntar-se a grupos diferentes e originais que lhe dêem espaço e liberdade; pode ter diversos grupos de amigos, que representem diversas facetas da sua personalidade; ou pode tentar compartilhar o seu "mundo paralelo", onde reina a busca da liberdade e a visão do futuro.

Qualquer destas soluções vai permitir ao indivíduo trocar ideias e pontos de vista, sentindo-se, desta forma, acompanhado na sua diferença.

Ao compreender que não precisa de se rebelar para ser livre, o indivíduo com este ascendente começa a encarar a vida como uma grande experiência de solidariedade. Descobre, então, que tem a capacidade de partilhar com todas a humanidade as suas ideias largas globais, numa perspectiva de serviço, esperança e fraternidade. As utopias tornam-se, então, ideias realizáveis.

Este ascendente é associado a figuras grandes, altas e a rostos de expressão aberta. Pode ter uma espécie de "aura eléctrica", que lhe dá um toque excêntrico.


Ascendente Peixes

A primeira impressão da vida é sentida através da Água Mutável: percepção sensível ao todo, aprendizagem do sentir.

Uma espécie de névoa vaga e intangível parece permear a expressão pessoal de Peixes ascendente. Ao expressar-se, o indivíduo procura incluir nessa expressão algo mais abrangente, total e inclusivo, algo muito maior do que próprio "eu". Esta "névoa" confere empatia e permeabilidade mas, ao mesmo tempo, traz um certo isolamento e distanciamento. Assim, o indivíduo pode ter sentimentos e comportamentos um tanto contraditórios.

Em determinadas situações, pode entrar em empatia emocional com toda a Humanidade e procurar redimi-la dos seus sofrimentos. Nessa altura, a sua sensibilidade manifesta-se como compaixão, expressão artística ou devoção mística. No momento seguinte, contudo, pode perder o foco e passar a centrar-se apenas nas próprias necessidades emocionais. Cai então num caos emocional, numa auto-piedade quase "autista" do qual só sairá (segundo julga) se viver alguém "salvá-lo".

Se conseguir o distanciamento necessário para distinguir entre os seus problemas e os dos outros, o indivíduo com este ascendente poderá pôr a sua enorme sensibilidade ao serviço do colectivo. Nessa altura, deixa de oscilar entre os papéis de salvador e vítima, tornando-se capaz de passar da empatia emocional à ajuda efectiva, mesmo que isso implique sacrifícios pessoais.

Um aspecto físico vago, etéreo e um pouco "perdido" pode ser a marca deste signo ascendente. Alguns indivíduos são verdadeiros "espelhos vivos", reflectindo e imitando tudo o que os impressiona.


Publicado por Paula Valentina às 16:58
Link do post | Comentar | Ver comentários (1) | Adicionar aos favoritos
|

Ciclo do Sol

O elemento mais importante no horóscopo é o nosso próprio signo de nascimento. Também é chamado Signo Solar ou Signo do Zodíaco. Na altura do ano em que nascemos, o Sol transita por um determinado sector do céu. No estudo da Astrologia, existem doze sectores celestes, cada um deles designando um dos doze signos do Zodíaco. O Zodíaco é o caminho percorrido pelo Sol através do céu. O Sol leva trinta dias a transitar cada signo, e um ano a percorrer todo o ciclo do Zodíaco. O nosso signo do Zodíaco corresponde ao sector específico do céu onde o Sol se encontrava quando nascemos.

Zodíaco é uma palavra grega que significa "círculo dos animais". Os antigos astrólogos verificaram que, à medida que o Sol se deslocava para um novo signo, a cada mês, uma nova energia parecia ser libertada, de forma a afectar a vida na Terra. Designaram estes doze diferentes tipos de energia pelos nomes de diferentes animais, tipos de pessoas ou objectos. Estes animais, pessoas ou objectos lembravam a forma como cada tipo de energia parecia influenciar a personalidade e o comportamento dos seres humanos.

Se você nasceu entre 20 de Março e 20 de Abril, o seu signo do Zodíaco é Áries, ou Carneiro. Entre 21 de Abril e 21 de Maio, o Sol encontra-se no signo de Touro. Segue-se Gémeos, Cancer (o Caranguejo), Leão, Virgem, Libra ou Balança, Escorpião, Sagitário (o Centauro), Capricórnio (a cabra), Aquário, o aguadeiro, e, por fim, o último de todos, entre 20 de Fevereiro e 19 de Março, os Peixes. No dia 20 de Março de cada ano, o Sol regressa novamente ao signo de Carneiro.

Além de mostrar as posições do Sol, da Lua e dos planetas no céu no momento e local do nascimento, o horóscopo mostra ainda outra importante posição astronómica: a do signo Ascendente.

Toda a roda zodiacal se desloca a cada vinte e quarto horas, devido ao movimento de rotação da Terra sobre o próprio eixo. No momento em que nascemos, uma determinada zona desta roda zodiacal emerge no horizonte a leste do local do nascimento. Um dos doze signos do zodíaco ascende no horizonte, nessa altura. É o que chamamos o signo ascendente. O ascendente é calculado muito cuidadosamente quando um astrólogo faz um horóscopo, e é necessário saber a hora exacta do nascimento para o fazer.

Juntamente com o signo de nascimento, o Ascendente é a parte mais Rocketimportante do horóscopo. Mostra como o indivíduo actua no mundo exterior, enquanto o signo solar mostra como ele realmente é interiormente. O conhecimento de ambos é útil para ver mais claramente os objectivos da pessoa, bem como a sua própria identidade.

Ninguém é apenas influenciado apenas pelo Signo Solar ou pelo Ascendente. Todo o horóscopo constitui um complexo mapa, onde se podem encontrar muitas e variadas influências, para caracterizar a personalidade de um indivíduo. É por isso que podemos falar com uma dúzia de pessoas todas nascidas sob o mesmo signo, e todas elas agem de maneira diferente na presença de outros. Por dentro, a essência de cada uma é similar, porque o signo solar é o mesmo. Mas se o ascendente é diferente, irão comportar-se de forma diferente. Por exemplo, um Leão com ascendente em Caranguejo será mais sossegado e tímido na presença de outros do que um Leão com ascendente em Carneiro. Mas ambos serão na mesma Leão, e por dentro terão a mesma necessidade premente de ser criativos e de ser reconhecidos pelo seu carácter único. A questão torna-se ainda mais complexa se tivermos em consideração todos os restantes planetas do horóscopo.



Publicado por Paula Valentina às 15:34
Link do post | Comentar | Ver comentários (1) | Adicionar aos favoritos
|

Terça-feira, 10 de Abril de 2007
Sol em Touro, Lua em Capricórnio
Você nasceu com o Sol em Touro e a Lua em Capricórnio. Como ambos os signos são do elemento terra, você é muito prático, bom planejador e preciso em seus objetivos. Além disso, é autocrítico e extremamente ambicioso, tendo o desejo secreto de ocupar um cargo de destaque no mundo da política ou das finanças. Muito interessado em dinheiro, você normalmente tem muita cautela nas questões financeiras.

Por dentro, você é afetivo, gentil e carinhoso. As pessoas o consideram um tanto inacessível devido à sua fachada fria e distante.

Muitas vezes, você mostra ao mundo uma face egoísta e calculista por receio de tornar-se vulnerável se demonstrar gentileza e afetividade. Se deixar que seu lado objetivo e calculista domine, você pode acabar se tornando uma pessoa muito fria.

O segredo para uma maior harmonia interior está em amenizar as tendências da Lua através da influência mais humana e empática do Sol em Touro.


Publicado por Paula Valentina às 00:33
Link do post | Comentar | Adicionar aos favoritos
|

Segunda-feira, 9 de Abril de 2007
Lua em Áries
Torna a pessoa bem participativa e atuante na busca da solução ao drama alheia. É uma Lua parceira. O sentimental vem antes do racional. Ao mesmo tempo, gera uma atitude obcecada pela rapidez e praticidade. Tudo tem que ser feito para ontem. Começa algo bem animado, mas tende a se aborrecer logo, pois a pessoa simplifica demais a realização de suas metas e quando se depara com os custos (tempo, finanças, disciplina, etc.), se arrepende e desiste. O ideal é usar um filtro para selecionar antes suas aspirações, anulando o impulso. Sua necessidade finalista, que deseja chegar logo ao final dos empenhos, deve ser substituída pela processualista, que curte melhor o processo, o andamento das coisas.


Publicado por Paula Valentina às 23:18
Link do post | Comentar | Adicionar aos favoritos
|

A Lua em Capricórnio
Gera uma disposição prudente, analítica, que dá grande valor aos sentidos de organização e responsabilidade. A cautela, seu grande traço, não raro se mostra excessiva, inclusive no que se refere aos seus atributos e capacidades pessoais. A pessoa que tem a Lua capricorniana poderia se libertar um pouco mais do seu perfil auto-critico, o qual não raro fecha-lhe boas oportunidades na vida sentimental e material. A precocidade com que se insere no mundo das responsabilidades adultas também lhe é uma característica forte. Talvez o indivíduo com esta Lua esquente demais a cabeça, preocupando-se com coisas que não possuem a gravidade com que ele as vê. Parece que sente medo de se descontrair, abrir a sua guarda e causar dissabor aos outros. Deve tirar da mente o temor de ser visto como um fardo. Sob alguns aspectos, fardos uns para os outros, todos nós eventualmente somos.


Publicado por Paula Valentina às 23:10
Link do post | Comentar | Adicionar aos favoritos
|

Domingo, 8 de Abril de 2007
Sol em Touro, Lua em Capricórnio
Você nasceu com o Sol em Touro e a Lua em Capricórnio. Como ambos os signos são do elemento terra, você é muito prático, bom planejador e preciso em seus objetivos. Além disso, é autocrítico e extremamente ambicioso, tendo o desejo secreto de ocupar um cargo de destaque no mundo da política ou das finanças. Muito interessado em dinheiro, você normalmente tem muita cautela nas questões financeiras.

Por dentro, você é afetivo, gentil e carinhoso. As pessoas o consideram um tanto inacessível devido à sua fachada fria e distante.

Muitas vezes, você mostra ao mundo uma face egoísta e calculista por receio de tornar-se vulnerável se demonstrar gentileza e afetividade. Se deixar que seu lado objetivo e calculista domine, você pode acabar se tornando uma pessoa muito fria.

O segredo para uma maior harmonia interior está em amenizar as tendências da Lua através da influência mais humana e empática do Sol em Touro.


Publicado por Paula Valentina às 16:24
Link do post | Comentar | Adicionar aos favoritos
|

Sábado, 7 de Abril de 2007
OS PLANETAS
O SOL

O Sol é o centro do nosso sistema solar, ele comanda, organiza, dirige e mantém todos os planetas que gravitam à sua volta.

Também em nosso horóscopo, o Sol representa a parte importante de nossas vidas, vitalizando e desvitalizando a casa onde se encontra.

O Sol sempre indica a vitalização das coisas, simboliza o pai, a autoridade, o governo, o comando de todas as áreas. O Sol está ligado ao controle interno que temos, aquilo que nos leva a organizar a estrutura que está à nossa volta, a Casa onde ele se encontra, é onde seremos capazes de vitalizarmos e desvitalizarmos. Como aspectos benéficos do Sol, temos a honra, a lealdade, a auto confiança e todos os sentimentos dignos. Aspectos passivos do Sol, ocasionam a vaidade, a arrogância, o egoísmo, o ódio e a imposição. Com aspectos fluentes (positivos) temos energia, força interior, capacidade de organização e comando; com aspectos pressionantes (negativos) causa a insegurança, a fraqueza interna, a falta de força e coragem.

O Sol bem aspectual traz capacidade de magnetismo, atração que comanda o aspecto perpetuador, conservador e aumentador do princípio vital.

O símbolo do Sol é um ponto dentro de um círculo; o ponto representa a individualização da energia criadora, concentrada e centralizada, irradiando par um círculo maior de manifestações infinitas.

O Sol representa a fagulha, a centelha Divina de vida, que anima e sustenta toda a manifestação seja concreta ou abstrata, visível ou invisível. Todas as pessoa têm o Sol dento de si (individualização), capacidade de centralização, organização e magnetismo pessoal. A diferença está em que, misturada esta energia com a Casa e o Signo onde está, produz variações. A Terra, sendo regida pelo Sol central, irradia dentro de si um campo de emanação e sensibilidade onde se acham presentes os 3 aspectos: o impulso criador de sustentação e perpetuação do mesmo, a transformação, e o retorno ao principio vital.

O Ser humano possuí também essa essência vital criadora, que o anima e sustenta, formando também a esfera de emanação e sensibilidade, que se encontra representada no Horóscopo.

A partir daí, é fácil compreendermos como é importante a posição do Sol dentro do Horóscopo, pois de acordo com o Signo e a Casa, poderemos identificar qual a característica da capacidade vital criadora de determinada individualização.

No plano humano, a posição do Sol, está relacionada também com a vitalidade do indivíduo, sua capacidade criadora no plano mental e sua maneira interna de ser. A pessoa raciocina e racionaliza como o Signo Solar, age e manifesta-se como o Ascendente, e se relaciona com o meio e emocionalmente, com o Signo Lunar. Conforme, a posição do Sol, podemos criar e sustentar a vida, obter êxito, expansão, sucesso, apoio de autoridades e pessoas influentes, somos capazes de organizar, atrair, dirigir, governar, encontrando o reconhecimento de nossos méritos e capacidades.

Os ângulos ativos do Sol, indicam uma personalidade atraente, com ideais elevados, dignidade, capacidade de julgar, de dirigir e de se impor perante os ambientes e situações, encontrando apoio e proteção de pessoas influentes e importantes. Dá também, grande vitalidade, força mental e magnetismo pessoal.

Os ângulos passivos do Sol, de acordo com os Planetas em ação, inclinam ao exagero, conferem a diminuição do magnetismo, do atrativo, da alegria de viver e conseqüentemente produz, falta de confiança em si e nos outros, egocentrismo, indisciplina, julgamentos errados, mágoas e amor próprio ferido. Biologicamente o Sol está relacionado com os órgãos vitais, coração, fígado e baço, e bem aspectual rege a vitalidade, o poder de recuperação e saúde em geral.

Socialmente o Sol está relacionado, com o pai, com o governo e pessoas influentes em nossos destinos. A relação do Sol com a 5a Casa do Horóscopo, se apresenta também em tudo que nos traz alegria de viver, amor, as diversões, os jogos, os esportes e a vida social.

Os lugares onde se procura educar, dirigir, orientar, estimular o que está reconhecendo com valor. Por exemplo: a arte, a criatividade, beleza e o brilho social.

A LUA

No Sistema Solar, a Lua, reflete a luz solar, é o satélite da Terra, agindo como elemento de ligação e relação entre o Sol e a Lua. No Horóscopo, também, a Lua funciona sempre como elemento de ligação e troca, entre o meio externo e o meio interno.

A Lua, é a relação emocional do indivíduo com o meio em que vive, a família, são as impressões que são marcadas à níveis inconscientes.

A Lua representa os sentimentos originais sobre nós próprios, ou seja, é a auto imagem daquilo que somos e transmitimos. Em Astrologia, a Lua é o reflexo daquilo que fomos no passado (em outras vidas), dependendo de sua posição, aspectos e signos, são modelos específicos mentais e emocionais que nos ensinam ou ajudam na busca da alta expressão.

A Lua é associada também com as condições da infância e da relação com os pais, principalmente, com a mãe.

A Lua é todo um processo de experiência vivida, impressa no emocional. Todas s impressões emocionais do indivíduo estão marcadas na posição da Lua. Se queremos, de certa forma, retornar ao passado para saber como as pessoas carregam suas vivências, devemos olhar a posição ou os aspectos do signo da Lua. Ela está ligada ao sentimento, aquilo que se exprime em mim e que eu levo como experiência emocional. É exatamente o contrário de Saturno (que rege o signo oposto), aquele que Lua rege, que é a experiência vivida através de passo a passo da razão.

Saturno é a própria experiência, é o fator concreto da minha vida, é o que vivi ontem e vivo por 24 horas.

A Lua pode viver 24 horas, como pode levar 1 segundo, ou 1 minuto, para ela não existe tempo, pois a emoção é temporal.

Assim como só os leoninos fixam a energia pura (Sol), só os cancerianos (da lua) terão a emoção pura. Quem tem o Sol em Leão, terá a energia leonina pura e quem tem a Lua em Câncer, terá energia emocional pura.

A Lua não é afeto no sentido de desejo (aquilo que eu amo, que eu gosto, e que quero), ela é sentimento (é o que quer) o que eu sinto a respeito das pessoas (é o que transmite à elas). A Lua (como satélite no céu) é um reflexo de nós mesmo. Ela representa muito, o que eu transmito muito para as pessoas à meu respeito. Exemplo: eu ajo de forma sagitariana, mas em minha relação com as outras pessoas, eu transmito em emocional (ariano) é onde eu tenho a minha Lua. Emoção é coisa que não se pode deixar de transmitir, mesmo que a Lua esteja em capricórnio que dá certa timidez, retraimento e fechamento emocional, colocando barreiras de frieza, para não entrar no emocional, há emoção, enquanto energia não fica escondida. É através da Lua que veremos a imagem da pessoa que reflete para os outros. Exemplo: a pessoa poderá ter determinado aspecto de insegurança no mapa, porém, tendo a Lua em Leão, transmite aos outros uma imagem de segurança, centralização, somente quem a conhece profundamente vai perceber que esta pessoa tem um problema.

A Lua é um símbolo (Yin) feminino e está relacionado ao Signo de Câncer, que é emocionalidade, proteção, imagem materna. Não é que a Lua seja a nossa mãe, mas é através da posição do signo e dos aspectos do mapa, que manifestamos a relação com a nossa mãe.

Num Horóscopo feminino, a Lua representa muito o lado feminino da mulher, o lado materno, em Horóscopo masculino, ela representa a imagem que o homem faz da mulher mãe e à relação com a figura materna. As pessoas que tem o Sol em conjunção com a Lua, normalmente são fechados, sentem as coisas e rebatem para dentro de si, não as jogam para fora. Exemplo: a mulher que tem essa conjunção no mapa fica extremamente Solar, falta-lhe sensibilidade. Quando a Lua está cheia, dizem que ela está em oposição ao Sol, assim reflete toda a luz solar e transmite o magnetismo do Sol ampliado, (no mapa) também deve estar em oposição ao Sol, é característica de uma pessoa aberta, expansiva (reflete mais o que lhe vai dentro). Quando a Lua começa a minguar, a luz solar deixa de ser refletida, até chegar à nova onde não há reflexão. Aí ela não transmite o magnetismo solar, é como se ela rebatesse a luz de volta para o Sol. Isto se dá, quando em conjunção com o Sol, não transmite o interior. Na Lua Nova, o magnetismo do Sol não está ampliado, as coisas crescem para dentro, isto é, fortificam suas raízes, pois o magnetismo do Sol, não as puxa em direção à ele. A junção da Lua na agricultura é muito grande, por isso, na Lua Nova devem ser plantadas as hortaliças, que são raízes, como cenoura, nabo, que devem se fortificar dentro da terra. Assim também a Lua, tem influência sobre o nosso emocional, e para o corte de cabelo, é importante observar a posição da Lua.

MERCÚRIO

Após a fecundação (Lua com Sol) há a bipartição da célula para que haja a multiplicação e o crescimento. Este plano é de Mercúrio, é a primeira fase de adaptação do novo ser. Mercúrio é adaptabilidade no meio.

A primeira adaptação da à um mundo diferente, é feita através da respiração, ela tem que sair de um ambiente líquido e se adaptar à atmosfera.

Mercúrio rege Gêmeos, que está ligado à respiração. Ao longo da vida, o homem terá que se adaptar constantemente à novas situações, para isso, ele terá que perceber e captar.

A percepção é coisa mercuriana, porém não é uma percepção subjetiva (interna) e sim adjetiva (pelos cinco sentidos).

Mercúrio é a diversificação do pensamento, é a primeira etapa da diversificação, é o primeiro estágio da diversificação do conhecimento, através do pensamento, e este está ligado à Mercúrio e Gêmeos.

Pensamento livre não raciocina. Assimilação, aprendizado, é aquilo que eu capto por meu intelecto. A expressão do que eu sei, conheço da minha idéia, são elementos mercurianos. A expressão do homem, nada mais é do que um veículo da comunicação de suas idéias. Essas idéias, não precisam necessariamente serem criadas por ele. Ele pode adquiri-las à medida que vai crescendo, absorvendo, e captando informações exteriores, que farão parte de suas próprias idéias. Estas podem ser comunicadas através da palavra, da escrita, do desenho, etc...

A função mercuriana, ela não é exatamente a palavra ou a escrita, e sim a expressão da comunicação. Através de Mercúrio, eu troco informações com os outros. Ele é a conexão daquilo que uma pessoa está falando e eu assimilando, ou daquilo que estou pensando e transmitindo. É a troca, Mercúrio só existe em tempo de dois, nunca em de um. Enquanto Marte, Sol, ascendente são símbolos da umidade, Mercúrio é o símbolo da dualidade, da duplicidade, da divisão, é o movimento. Não só o movimento real que é a locomoção, mas também o movimento da relação, que é a troca de ar nos pulmões.

Mercúrio é o símbolo dual, da multiplicidade, todos os meus movimentos, estão ligados a Mercúrio. Ele rege a locomoção. E é através do movimento que eu capto e conheço melhor as coisas. Mercúrio, está ligado às viagens pequenas e rápidas. Em trânsito ativo, de Mercúrio, significa que estamos aptos a nos locomover e captar melhor as coisas, é ótimo período para viagens. Em trânsito passivo, a pessoa fica tão dispersiva e agitada que não capta bem as coisas. Respiração sistema nervoso (nervosismo), movimento (locomoção), isto está ligado à Mercúrio.

O planeta e o signo transmitem sua energia à Casa que estão: Exemplo: Mercúrio em Sagitário, transmite o aprofundamento do conhecimento, a perfeição filosófica. Mercúrio é a consciência da Alma.

Em signo fixo, determina as duas radicais: 1a - Em Cardinais, impulsividade no falar. 2a - Em mutáveis, instabilidade nas idéias.

 VÊNUS

Depois da bipartição e multiplicação, se dá o crescimento. Neste plano, trazendo a forma, o acúmulo da matéria e o embelezamento desta forma, temos Vênus. Ele está ligado ao embelezamento das coisas, das pessoas, é a natureza se embelezando. Ele é o florir da natureza, é a primavera (que é quando a natureza se enfeita e tem beleza). Já Saturno, é a época em que tudo cai, já floriu, já deu frutos e depois envelhecem.

Vênus é a juventude, é a descoberta do corpo, do amor, do desejo e da atração. Isto não quer dizer que Vênus signifique isto, mas marca um período na juventude, onde começa a ativação desta. Também não quer dizer que a criança não tenha aspectos venusianos, a vaidade; também não quer dizer que não tenha aspectos saturninos como amadurecimento e responsabilidade. Quando a criança traz um dever da escola para fazer em casa (tem a responsabilidade de Saturno), mas isto só será realmente vivido na maturidade. Vênus é o símbolo Yin, feminino, e está ligado ao arquétipo da mulher, ao desejo, à satisfação dos sentidos, à sensibilidade, ao afeto e ao carinho.

Vênus, é regente em Touro e está ligado à conservação, e então, eu me embelezo para conservar a união, para atrair e ter alguma coisa além de mim, que é um comparativo, uma relação. A conservação, pressupõe à materialização, ao segurar, ao manter, ter próximo à si, sentir as coisas na própria pele.

Vênus está ligado ao desejo material da pessoa, ao acúmulo, aos sentidos concretos do homem e aos sentimentos de apego (em trânsito, quando se tem na quadratura de Vênus, pode se ter apegos e desejos demais, sem concretização), é querer uma pessoa muito próxima.

Vênus, é todo um sentido de relação direta do sentimento (os 5 sentidos) não a emoção (Lua em Câncer). Ele está ligado à relação afetiva, aos sentidos sensoriais, também estética e ao gosto das pessoas.

Vênus, (no Mapa) mostra o conceito de beleza que a pessoa tem. Exemplo: (Quem tem Vênus em Aquário vai mostrar-se uma pessoa de gosto diferente, Vênus em Câncer mostra uma pessoa ligada à emoção, se a coisa é fria, não é bela).

Vênus em qualquer Horóscopo, mostra o lado feminino na pessoa. Em Horóscopo de mulher mostra a própria feminilidade, em Horóscopo de homem, mostra o seu lado feminino. A Lua está ligada ao lado mãe, e Vênus está ligado ao desejo que o homem tem pela mulher, isto é, no tipo de mulher que ele idealiza e aprecia. Exemplo: Si ele tem Vênus em Peixes, vai gostar de uma mulher com características piscianas, isto é sensível, tranqüila, etc... O homem tem o Sol em conjunção com Vênus, terá certo grau de feminilidade. Ele entende a mulher e se identifica com ela, isto não quer dizer que seja efeminado.

Vênus em Libra é mais espiritual, mais intelectual, mais de conceitos (com maneiras diplomáticas nos relacionamentos). Em Touro, Vênus é relacionamento material, sensual de desejos.

Na saúde, Vênus está ligado ao desejo (a satisfação dos sentidos, gula, desejo sexual), as glândulas, podem indicar uma tendência para engordar ou emagrecer, isto é, descontrole glandular.

Vênus também está ligado ao poder da fecundação: Exemplo: em trânsito ou no Mapa com conjunção com Júpiter dá uma mulher com muita feminilidade.

MARTE

Marte é o impulso do nascer, do sair para for, é o crescer para chegar ao Sol. O plano de Marte indica este impulso, esta força. Marte é o início da luta do homem, do impulso que ele dá para vencer. É o entrar na vida, lutando para obter um lugar ao Sol, é a própria corrida (competição) na vida. Marte representa a força propulsora do impulso que gera a obtenção das coisas que nós desejamos.

Marte é o regente de Áries, é o segundo arquétipo da força que cria a vida, desta força que faz o homem alcançar adiante e criar a idéia. Eu luto, imponho através da força de minha vontade. Marte está ligado à força da individualidade. O símbolo de Marte é um círculo com uma flecha em sentido oblíquo, ou seja, a força de Marte está dirigida para um alvo, é uma força extremamente objetiva. O seu símbolo lembra o arco e a flecha, onde eu faço força para atirar até um alvo determinado. Esse alvo à ser alcançado tem a medida exata da força que eu tenho que aplicar. Onde temos Marte, é onde lutamos, pois ele representa a nossa força de vontade para chegarmos a conseguir um lugar ao Sol e para isso, teremos que ser agressivos com o mundo, pois ele o é conosco.

Por isso Marte mexe com a nossa força impulsiva e com a nossa agressividade. Ele é a coragem que temos para colocar para fora e estar ligado à competição. Onde temos Marte, temos a nossa força de luta para competir e querer chegar à frente. Marte é um símbolo Yang (Masculino) de força, é o fruto da batalha, é o comando, é o símbolo da minha verdade. Ele mostra de que maneira expressarmos nossa verdade. Com segurança ou insegurança, com dificuldade ou facilidade, ações impulsiva ou amadurecidas. Ele está ligado aos pensamentos, tanto físicos como psíquicos. Quando Marte é mal aspectual, a pessoa tem tendência a ferir-se com facilidade. Marte, pelo signo em que está, mostrará a força de luta do indivíduo. Exemplo: Quem tem Marte em Câncer, sua força será maior no sentido de proteger do que impor a sua vontade, esta força, vem com emoção e não com impulso e decisão. Marte no Meio do Céu, mostra uma pessoa que luta pelos seus objetivos, está ligado à uma pessoa que quer exercer liderança.

Na mulher, Marte na 10a Casa, pode fixar a presença masculina marcante de incentivo e impulso na profissão dela e na própria, ou a necessidade de buscar a própria liberdade profissional, mas muitas vezes isto pode canalizar para a figura masculina de sua vida.

Em Horóscopo de ambos os sexos, é um dado de masculinidade, no homem representa de que maneira se manifesta a masculinidade, se agressivamente (fogo), objetivamente (terra), racionalmente (ar), emocionalmente (água). Exemplo: Marte em Câncer será manifestado de maneira emocional, sensível, protetoramente. No Horóscopo da mulher de Marte, representa a capacidade de impulso dela e também o seu conceito de masculinidade. Com Marte em Câncer, ela tem necessidade de um homem protetor, que compreenda a sua sensibilidade e emotividade feminina; Marte em Leão, ela que um homem que seja arrojado, agressivo na busca que ele quer. Marte simboliza a força objetiva do homem, da figura masculina (pode ser a figura paterna). Marte no Horóscopo simboliza o impulso que eu dou para conseguir meus objetivos, minha ação independente. Urano também é impulso, mas o alvo é o futuro. Marte, o alvo é objetivo concreto, é o que quero alcançar agora. Plutão também é força, mas inteiramente diferente da força de Marte, é a força objetiva, é o poder, enquanto Marte é luta externa, objetiva, é dirigida à um alvo determinado.

JÚPITER

Se Marte é luta, Júpiter é a recompensa pela nossa luta. Júpiter é crescimento, desenvolvimento, elevação, é onde eu começo colher os frutos da minha luta. Onde eu tenho Júpiter, tenho resultados daquilo que plantei, eu encontro satisfação e felicidade. Quem tem Júpiter bem aspectual é uma pessoa que sabe estruturar bem a sua vida, sabe plantar bem, e quem planta bem colhe bem. Já aquele que tem Júpiter mal aspectual, não sabe estruturar a sua vida, planta mal e colhe mal, ficando insatisfeito e frustrado. Júpiter mal aspectual também significa excesso à pessoa que quer mais do que precisa. Exemplo: em trânsito de Júpiter, quadratura de Vênus, pessoa, não sabe a medida das coisas. Espera mais atenção e carinho eu o parceiro pode dar, ou melhor, do que ele necessita. Ela não sabe o grau de sua necessidade.

Júpiter também é Justiça, está ligado ao grau da Justiça que temos. Dona Eny dizia que onde temos o Júpiter, aí estava sua satisfação e felicidade, mas com o homem, nunca busca a felicidade onde ela está, vai buscá-la onde há dificuldade, em Saturno, que é a limitação.

Por isso, em conjunção com Saturno, o Júpiter é um bom aspecto, traz equilíbrio. Júpiter não é lento, é evolutivo, é o ir para a frente na medida certa. Ele não é impulsivo, mas equilibrado. Ele será aquilo que vamos conseguindo aos poucos, através do nosso trabalho.

Júpiter são as nossa obtenções, fala-se em Júpiter como a nossa fortuna (em italiano quer dizer Sorte) não materialmente falando, é onde temos proteção. Se Júpiter está em minha 5a Casa, minha fortuna, são meus filhos, meus amores, etc... se ele está na 7a Casa, serão minhas uniões e relacionamentos, si está na 3a Casa, será o que aprendo e assimilo, e na 2a Casa é a proteção ao meu esforço, os meus ganhos. Na 1a Casa, é a minha personalidade, é a proteção minha pessoa, meus relacionamentos, é o que desenvolvo e cresço em mim mesmo, sou expansivo e agradável à todos.

Júpiter na 9a Casa, é o crescer através do conhecimento, é a cultura, mas Júpiter nesta Casa causa um grau de insatisfação muito grande, a pessoa está sempre buscando além.

Júpiter está ligado à saúde, é o poder de crescimento e recuperação.

Júpiter dá insatisfação na quadratura e conjunção.

SATURNO

Depois que a planta cresceu e frutificou, ela chega agora ao último plano concreto. Caem os frutos e as folhas, ficando somente o tronco e as raízes. Do fruto sairá nova semente, para que possa haver a perpetuação da espécie. O homem que já tem suas lutas (em Marte), seus ganhos ( em Vênus), seus haveres e merecimentos, no plano (em Júpiter), tem agora que conservar e arcar com as responsabilidades de todas as experiências.

Podemos dizer que Saturno é a concretização, resume todos os passos de Vênus à Júpiter, de certa forma, ele abrange todo este significado. Por ser o último dos planetas à nível concreto, Saturno vai fechar o mundo da realidade, representando a morte do homem, no sentido físico. Ele é o limite do tempo e espaço, pois a razão do homem é o seu limite. Saturno é a preocupação em manter uma estrutura sólida, em nível real e concreto de vida. Uma experiência saturnina é feita com responsabilidade e amadurecimento, e tem a preocupação de levar à um determinado caminho, a concretização.

Capricórnio, cujo regente é Saturno, está muito ligado à realidade, pressupõe o presente, mas o presente para Capricórnio significa construir as estruturas sólidas e firmes de hoje, para poder viver com realidade, o amanhã. Seria atingir uma segurança através de uma realidade tangível e madura, e isto nos leva à uma realidade saturnina, que é, precaução, cautela, seriedade, paciência, maturidade.

Saturno está ligado à auto realização, ele é considerado na Astrologia Esotérica, como o Planeta do Carma, onde Saturno está, aí está o nosso Carma. Mas no sentido de aprendizado, crescimento, desenvolvimento e evolução. Por isso dizem que, onde está Saturno, há muitos obstáculos à serem vencidos. Arroio - dá muita importância à Saturno, por ser o Planeta que representa o grau da realidade do homem, a alta realização e a tomada de consciência das experiências pelas quais o homem passa. Saturno é viver a dureza de cada experiência, por mais pura que a experiência seja, ela sempre tem a dureza da realidade. Saturno nos leva a experimentar a limitação, que é uma característica do mando material. Saturno também está ligado nos deveres, e ao conceito de, Dever e responsabilidade.

Pela posições de Saturno no Horóscopo, dá para sentir, como uma pessoa arcará seu próprio dever (o dever com ele mesmo). É claro que a pessoa assume suas próprias responsabilidades, ela tem um limite, e este, é Saturno. O Mapa também vai indicar, até que ponto a pessoa tem consciência de seus próprios limites e de que maneira trabalha este limite.

Se a pessoa tiver Saturno muito pressionado, poderá ter dificuldade em saber seus limites e conseqüentemente, em concretizar o seu amadurecimento. A posição de Saturno, também nos mostra, de que maneira a pessoa irá sentir as experiências, se será à nível psicológico ou emocional. Se ele tiver numa Casa de Terra, serão à nível concreto, em Casa de Fogo, serão limitações no impulso, naquilo que a pessoa coloca para fora, pela própria força, na Casa de Ar, vem pelo pensamento, pelo intelecto, não racionalmente, na Casa de Água, à nível emocional e inconsciente. O símbolo de Saturno, é uma cruz e uma foice, pode ser visto também como uma Âncora. A Cruz, representa o sofrimento, aquilo que nos incomoda, a Foice é o que corta, é o limite do tempo e a Âncora é o que prende e segura. Por isso onde temos Saturno, temos um ponto fixo, um pé preso, impedindo uma saída. No Horóscopo, Saturno, simboliza um ponto de sensibilidade, uma área de vida, onde temos que lutar para vencer a limitação, através de uma abordagem séria e concreta dos problemas. A posição de Saturno, revela ainda onde o indivíduo sente a dificuldade da experiência, o peso, a limitação, e onde por isso, se vê a trabalhar duramente para criar a segurança e a estabilidade.

É nessa área que a pessoa deve se adaptar às necessidades práticas da vida, à despeito de qualquer medo ou ansiedade que possa sentir, fazendo um esforço extra e assumindo novas responsabilidades.

Saturno nos mostra a verdadeira natureza do mundo material, sua influência, a necessidade de encararmos com realidade, é saber o ponto de vista prático e objetivo das coisas da vida. Ele nos leva a experimentar a limitação.

OS transaturninos

DANE RUDHYAR, refere-se aos transaturninos, como embaixadores da Galáxia e afirma: Qualquer sistema orgânico ou unidade está subjetiva à duas forças contrárias. Há a força que puxa todas as partes do sistema para o centro (Força de gravidade), mas há também a força exercida pelo espaço exterior, que realmente pressupõe um sistema maior, dento do qual o primeiro funciona.

Todos os Planetas do nosso sistema solar e todos os seres vivos da Terra, são em alguma medida afetados pelas pressões e forças que nos atingem, vindas da Galáxia; Igualmente afetados somos em direção oposta, pela força gravitacional do Sol, centro do nosso sistema.

Saturno, todavia, representa a linha básica de demarcação entre essas duas forças opostas, a da Galáxia e a Solar.

Os Planetas que estão no interior da órbita de Saturno, são principalmente vassalos do Sol, enquanto os Planetas após Saturno, são o que chamamos de Embaixadores da Galáxia, e que concentram sobre o Sistema Solar o poder desta vasta comunidade de estrelas, a Galáxia. Não pertencem por completo ao Sistema Solar, estão dentro da esfera de influência, para desempenhar uma missão, ligando o nosso pequeno sistema (do qual o Sol é o centro) e a órbita de Saturno, com a circunferência ao sistema maior, à Galáxia.

Os transaturninos, simbolizam as forças cósmicas que impelem o homem a estudar os seus planos abstratos e o levam à ter uma visão cósmica, uma procura de integração maior com o cosmo.

Os transaturninos observados da Terra, movem-se tão lentamente, permanecendo em um signo por tanto tempo, que influenciam gerações inteiras. Essas gerações apresentam mudanças semelhantes, embora variem de pessoa para pessoa, dependendo das posições e aspectos formados por outros Planetas. As Orbitais diferenças de gerações constituem um bom exemplo dessas influências, são ameaçadoras e exigem de nós muitas vezes, um grau de esforços para adquirirmos consciência psicológica mais total e uma perspectiva mais aberta e englobante da vida. Existe a necessidade de contato profundo com as pessoas de gerações diferentes. Os fatores básicos de vida de qualquer pessoa serão sempre os mesmos, estas forças existem sempre nos seres humanos. Astrologicamente, estas forças são simbolizadas pelo Sol, Lua Mercúrio, Vênus, Marte e são chamados Planetas Pessoais. Júpiter e Saturno constituem uma faixa intermediária entre os Planetas Pessoais e os Planetas Saturninos, visto que eles muitas vezes têm a ver, com a nossa participação na sociedade e com as normas, crenças e ambições influenciadas pela mesma. Por isso Júpiter e Saturno são chamados de Planetas Trans-Pessoais.

Os Signos, Casas e Aspectos, nos quais encontramos estes 7 Planetas, indicam o modo particular, pelo qual, estas forças atuam no indivíduo.

Essas origens são modificadas através da experiência consciente e do uso concentrado da vontade, porém os transaturninos, agem além do controle consciente do indivíduo, tal como Netuno, Urano e Plutão, estão além da Terra. Analisando suas funções, essas energias caso estejam em aspectos benéficos com os Planetas Pessoais, poderão precisar influências harmoniosas, no entanto se estiverem em aspectos pressionantes, será mais difícil de controlar, visto que a força de vontade e determinação nunca são suficientes para controlar esta energia.

Portanto, os transaturninos, atuam através de nós ativando os fatores psicológicos apresentados pelos Planetas Pessoais (Sol, Lua, Mercúrio, Vênus, Marte) e os Trans-pessoais (Júpiter e Saturno).

Os transaturninos, mostram planos do Ser e dimensões das experiências, que caracterizados pela falta de limites, suas energias atuam fora do controle consciente e não podemos defini-las objetivamente. Quando se fala, por exemplo em eletricidade, é muito difícil defini-la à nível real. Podemos defini-las como válvulas nervosas, objetivamente, nas quais se trata de transmissão desta energia, já não se fala de maneira concreta, já não é matéria cristalizada (Saturno), não é mais o lado concreto da afeição, dos carinhos, do desejo, não são mais as coisas obtidas pelos 5 sentidos. Os transaturninos, são as forças interiores do homem e por isso é muito difícil definir objetivamente estes 3 Planetas.

Os trânsitos destes Planetas, sobre pontos sensíveis da nossa Carta Astrológica, em aspectos perfeitos com os Planetas Pessoais e Trans-Pessoais, são aspectos penetrantes e altamente significativos.

URANO

Chegando à Urano, começamos a nos libertar da vida concreta e real, do ouvir, olhar, admirar, degustar e tatear, do sentidos completos. Urano é a liberação da energia, pura, passamos a irradiar. Antes nós agimos, gostamos, amamos, sentimos, adquirimos, e frutificamos, agora vamos liberar a energia, começando a influir em um mundo maior, iniciando a compreensão da complexidade do homem. Como vimos anteriormente, os transaturninos, agem no indivíduo no plano mais sutil ou pelo menos as forças são muito mais refinadas do que os 7 planetas da Astrologia Antiga. Um dos símbolos de Urano é um Sol com uma flecha apontado para o alto, direcionada para cima, para um futuro que não sabemos onde está (representando a liberdade sem limite). Uma curiosidade sobre Urano: os índios americanos, diziam que o sol, era um buraco no céu, e que se chegassem até este buraco, encontrariam a libertação, depois dele (seria um outro Astro que representaria a liberdade), isto é Urano.

Urano influencia o homem em sua capacidade de saber se reformular, de saber se liberar de seus próprios conceitos, de renovar a sua própria vida; onde temos Urano, sentimos uma necessidade maior de liberdade pessoal. Exemplo: Uma pessoa que tem Urano na 7a Casa, tem a necessidade de se sentir livre dentro de uma relação, provavelmente, vai procurar relacionar-se com alguém que lhe permita liberdades.

A posição de Urano, nos mostra em que área nós agimos de maneira excêntrica, fora do comum, abandonando as normas convencionais. É nessa área que podemos experimentar este poder, pois é aí que criamos novas fórmulas para sair do esquema. Exemplo: Quem tem Urano na 6a Casa ou na 10a Casa, não conseguirá trabalhar em esquemas tradicionais, pois sentirá necessidade de novas situações e fórmulas, procura o desconhecido, pois Urano, atua através dos impulsos efetivamente, e esses impulsos são dirigidos ao convencional, à independência, ao inesperado.

Urano é o Raio Cósmico, é tudo que é imprevisível, inesperado e repentino. Urano é a intuição e criatividade, é renovação, é visão futurista, imprevisibilidade, rebeldia e liberdade. São os sonhos do futuro, planos e projetos. O Uraniano, não pode prever coisa alguma, pois muda constantemente, a mudança, é necessidade interior, não pode prever esquemas, é sair do convencional. E a medida que sai, que inova, sente-se inseguro e tenso pois não sabe o que irá acontecer. É como dar um salto no escuro. Esta tensão é de quem tem aspectos fortes em Aquário, este é o primeiro passo para desestruturação do próprio equilíbrio central do indivíduo. Por isso, todo Aquariano tem necessidade de um controle, pois na medida que Urano mexe nesta energia repentina de libertação, ela guarda tensão. Uma regrinha muito voa para entender Urano, é: onde temos Urano, aí está o nosso gráfico de altos e baixos. Mas tendo conseqüência disto, devemos organizar esta área, devemos dinamizar a energia, tendo o cuidado para não dinamitar. Nesta área, vamos liberar a energia controlada, para que não cause colapsos, para que não dê choque. Exemplo: Uma pessoa com Urano na 3aa Casa pode descarregar sua tensão, escrevendo, dando aulas, comunicando-se na publicidade, pois é assim que a pessoa produz enquanto liberará a sua energia.

Urano em Aquário, precisa de atividade de canalização extremamente forte para que possa aliviar sua tensão. Uma pessoa com Urano mal aspectual, as vezes não consegue liberar sua energia corretamente, ainda acaba com os esquemas, ou rompe de maneira agressiva não conseguindo manter a estrutura central e renovadora, girando assim completos entre o manter e o renovar, provocando desequilíbrio, tensão e desestruturação.

Já uma pessoa com aspectos positivos, consegue liberar-se e canalizar positivamente essa energia, criando novas fórmulas e buscando novas soluções.

Através das progressões de Urano, notamos mudanças repentinas e inovadoras, pois Urano trabalha através da rapidez da eletricidade, mas nunca tirar algo sem nos dar o melhor.

Urano representa o mental superior, a ligação direta, com níveis mais elevados.

Urano dá modificações rápidas (coisas boas).

NETUNO

Urano é a liberação da energia pura, e nesta liberação, o homem fica além dos limites da natalidade, lança-se para fora e começa a impregnar-se daquilo que está à sua volta. E é nesta absorção, na impregnação da totalidade que está o Netuno.

Netuno é tudo o que absorvemos do meio, é o que nossa sensibilidade percebe e capta.

Esta capacidade não é intelectual, mas sim intuitiva.

Netuno, está associado ao misticismo, ao mistério, à unidade cósmica, ao desenvolvimento espiritual e à intuição. É também a ausência de forma, a ilusão, a dissolução, a imaginação e o idealismo. Ele é o vínculo, para detectar as coisas que estão à nossa volta e não são visíveis. Onde temos Netuno, temos a indefinição, mas é aí que absorvemos e intuiremos as coisas não visíveis.

Netuno é subjetivo, mas poderá tornar-se objetivo, dependendo da sua posição no mapa. Exemplo: Uma pessoa que tem Netuno em trígono com Mercúrio, é uma pessoa que não será capaz de intuir, mas terá a capacidade de definir sua intuição. Por outro lado, determinadas posições de Netuno, indicam, grande capacidade de absorção de tudo o que é bom ou mau, sem discernimento. Se este não estiver no mapa, é um fator de bastante segurança, bem realidade ou melhor, o indivíduo deverá buscar a inspiração e a realidade de Urano, a intenção e idealismo de Netuno, tornando-as reais, fazendo-as concretas para a vivência diária. Netuno é a visão completa, total de 360o, é o radar que enxerga o mundo na sua totalidade.

Ele nos leva ao sentido místico d vida, é a capacidade de viver plenamente uma situação e se diluir nela. Esta capacidade de identificação com os outros, é sem dúvida, uma bela qualidade espiritual, entretanto pessoa corre o risco de ser absorvida e manipulada pelos outros, visto que se aproximam dela, quase todas as pessoas precisadas de ajuda, atraídas pela capacidade de identificação, detectadas pelo radar. Não é um plano à ser vivido depois de certa idade, é a sensibilidade inata já nasce com a gente.

Netuno, pela sua posição na Carta Natal, é a área da vida em que sofremos as influências Transcendentais, procurando um ideal e acreditando naquilo que queremos, é um campo de experiência que tendemos a idealizar ou rejeitar, muitas vezes como modo ou ânsia de fugir da realidade que se nos revela brutal e vazia de Auto Ilusão.

Netuno, leva 13 anos em cada signo determinando gerações assim. Exemplo: O aspecto de Urano e Plutão determinam uma geração que busca o entendimento do lado psicológico, procurando uma consciência maior, porém, para que a pessoa não se iluda, não fique somente no plano abstrato, é necessário buscar o lado prático, o sentido pleno da realidade, discernindo e filtrando as impurezas (deve buscar portanto, à Virgem).

Netuno é representado pelo tridente, que é o símbolo da psicologia. Ele trabalha com a psique do homem, onde o homem tem seu próprio desconhecido, é a totalidade da psique do homem, agindo com a integração do todo. Netuno, mexe com a totalidade do homem, tanto psique como fisicamente pois a saúde é o equilíbrio das energias. Netuno rege as drogas, os remédios, as bebidas e à nível prático está ligado às intoxicações e às epidemias. Ele rege as coisas confusas, situações nebulosas, à sujeira, às asmas, à respiração confusa, à poluição, à imaginação, aos sonhos, tudo que é indeterminado e as vezes ao irreal. Netuno, está ligado ao amor universal, não personalizado, ele é a visão da igualdade social. Para Netuno, o homem não tem qualquer diferença, não há fronteiras, é o Universo, o Cosmo, o Caos. Nos aspectos passivos dos trânsitos de Netuno, a pessoa tem que trabalhar a imagem interna, o lado psíquico pois poderá ficar desestruturado, não conseguindo manter o equilíbrio. O lado negativo dos aspectos netunianos, é a indefinição, é uma maneira nebulosa de ver as coisas, é como estivéssemos em alto mar, em uma pequena embarcação, sob intenso nevoeiro, sem conseguir ver o rumo. Não seria possível definir, nem um momento, o que faríamos, então é necessário acalmar-se, esperar o nevoeiro e enquanto isto não acontece, tentar colocar as coisas em volta, em ordem, para que passado o nevoeiro, o barco esteja bem organizado.

ARROYO diz que NETUNO representa uma sintonia emocional, com níveis mais elevados na ânsia, uma paixão por harmonização, com planos mais elevados de SER.

PLUTÃO

Em Saturno temos o nosso limite, em Plutão mergulhamos em nosso inconsciente. A racionalidade de Saturno, é o último passo, é a visão concreta do homem.

Plutão é a grande consciência que abraça e extrapola a razão. Plutão representa a Morte do Homem, o poder que ele tem, de adquirir esta grande consciência. E para chegarmos à isto, vamos ter que mergulhar no inconsciente e descer ao nosso interior e nos confrontarmos com tudo que lá existe. Só quando mergulhamos fundo, conhecemos todo o nosso interior é que conseguiremos transmutar, transformar e renascer. Parece que existe sempre algo escondido acerca de Plutão, algo sutil e difícil de se colocar em termos lógicos e concretos. Tudo que se relaciona com Plutão, é de certo modo, fora do vulgar, é um tanto excêntrico e indica um domínio de imensidade cósmica, que confunda o espírito, isto é verdade não só a função Astrológica do Planeta, como também acerca do movimento do próprio Planeta.

Plutão é o regente de Escorpião (8a Casa) e ambos têm a mesma relação com a morte, morrer para renascer, que é o poder da transformação e onde temos Plutão no Mapa, é onde teremos o grande terremoto da vida, e é através do terremoto interior, que nós, nos transformamos, nos reconstruímos. Segundo ARROYO, na Casa onde estiver Plutão, teremos o poder criador muito grande pois esta Casa é altamente energizada e é a que estamos em contato com o reservatório profundo do poder concentrado. É ainda neste setor que ressurgiremos, fazendo aflorar toda necessidade de transformação de tudo que fizermos. Plutão atua de nível tão profundo e com tantã sutileza, que para pesquisarmos a sua influência real, devemos estudar a sua posição em nosso mapa ou na Carta Natal de amigos íntimos e parentes, afim de detectarmos a sua influência. Temos dentro de nós, em nosso consciente, determinadas capacidades ou incapacidades, determinadas tendências que não expomos à nível consciente por uma questão de auto defesa. Esse contudo interno, começa a ser ativado em certas ocasiões e aflora muitas vezes de maneira violenta. Plutão é por isto, chamada de O grande Vulcão, pelo processo que ele desencadeia. É preciso termos consciência disto, saber usar a energia criativamente para a evolução, mesmo porque seria difícil ou melhor impossível tentar deter esta energia. Dona Eny, dizia que as pessoas com fortes aspectos de Plutão, têm uma grande missão e que não são pessoas de um poder muito grande. O poder de Plutão abrange todos os níveis, mas essencialmente, significa o poder desmaterializado. A grande energia de Plutão, provém de uma fonte nada evidente a qual podemos chamar de Energia Transcendental, pois esta energia, verdadeiramente transcende, só pode ser entendida em termos opostos, luz e trevas, alegria e tristeza, quente e frio, etc... Plutão é um dos menores planetas, menos que a Terra, mas, esse pequeno tamanho e brilho diminuto, são fatores bastante ilusórios, pois o poder de Plutão, ultrapassa em muito seus atributos físicos.

É o Planeta mais lento, portanto, por meio tempo em um Signo (de 12 à 29 anos de duração) influencia por isso, uma geração, isto é grande parte da humanidade. Como ele passa tantos anos no mesmo aspecto, no mesmo Signo, milhões de pessoas, são coletivamente os agentes transformadores de determinados conceitos. Assim a pessoa com Plutão em Câncer, enfrenta grandes mudanças na estrutura familiar. Quando Plutão estava em Leão, foi contestado e equilibrado o conceito de autoridade de centros de atenção, com Plutão em Virgem, o homem começou a tomar conhecimento da poluição da Terra, da necessidade de modificar, pois Virgem é a Mãe Terra.

Resumindo: Plutão é excêntrico, sua energia é fora do comum e indica o domínio da imensidade cósmica, que confunde o espírito.

 



Publicado por Paula Valentina às 11:41
Link do post | Comentar | Adicionar aos favoritos
|

O signo lunar no mapa natal
É comum conhecer o signo solar, mas o signo lunar é tão importante quanto o solar. A Lua, juntamente com o Sol, são os significadores principais da Personalidade.



O signo em que está a Lua num mapa natal indica:

Ø Como se reage emocionalmente;

Ø Como é o jeito de viver as emoções, e de responder aos estímulos;

Ø O que sensibiliza ou atinge, o que afeta ou magoa;

Ø O que deixa feliz e satisfeito, as simpatias e antipatias que se tem num primeiro momento;

Ø A expectativa de complementação emocional nos relacionamentos;

Ø As características ideais dos espaços e ambientes íntimos;

Ø Como "nutrir" as necessidades emocionais ou como esperamos ser complementados;

Ø Como se cuida dos seres íntimos;

Ø As características da criança interior;

Ø As características da mãe ideal;



O significado do signo lunar é matizado pela situação astrológica da Lua no Mapa natal:

Ø A casa onde se encontre;

Ø Os aspectos que faça com o resto dos planetas e pontos significativos no mapa;

Ø A situação astrológica de seu dispositor (planeta que rege o signo onde se encontra).



O conhecimento do signo lunar é fundamental para conseguir propiciarmos bem estar e conforto emocional.

Quando a Lua esta fazendo aspectos tensos com o Sol ou outros planetas, pode provocar mal estar e atritos interiores: uma quadratura do Sol com a Lua pode expressar-se em um conflito entre o que nos faz sentir confiantes, vitalizados, seguros e o que nos provoca conforto emocional. Se optarmos pelo que nos faz sentir bem emocionalmente, ficamos desvitalizados; se optarmos pelo que nos vitaliza ficamos desanimados. O que fazer? Temos que encontrar um jeito de conciliar as diferenças e reforçar as semelhanças.

Um das funções da interpretação é encontrar formas diferentes de leitura de um mesmo aspecto para oferecer maior variedade de opção ao nativo.

O astropsicodrama através da vivência pode ajudar a encontrar soluções criativas aos desafios e possíveis tensões a Lua natal.

O conhecimento da Lua Natal nos ajuda a perceber e nos relacionar com a nossa criança interior e mãe interior ideal.

Se conhecermos a Lua Natal das pessoas com quem convivermos, podemos estabelecer relações afetivas e formas de complementação mais adequadas e harmônicas, provocando conforto e felicidade.

Suponhamos que exista um casal onde um tem a lua natal em Áries e o outro a tem em Virgem. A necessidade de limpeza e de perfeicionismo da Lua em Virgem pode deixar nervoso a Lua em Áries, que pode tomar até como provocação às manias de Virgem; no entanto, se ambos conscientizarem que esses desencontros têm a ver com o posicionamento das suas luas, ambos podem tentar entender um a lua do outro e buscar maneiras de conciliar as diferenças.

Se você quer propiciar bem estar a alguém, complemente a sua lua natal com carinho, essa pessoa se sentirá compreendida, recebida e agradecida.


Publicado por Paula Valentina às 11:32
Link do post | Comentar | Adicionar aos favoritos
|

Pesquisar neste Blog
 
Maio 2010
Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab

1

2
3
4
5
6
7
8

9
11
12
13
14
15

16
17
18
19
20
21
22

23
24
25
26
27
28
29

30
31


Posts Recentes

Lua em Gémeos

" 2012 "

Signos

Lua em Áries:palavra-chav...

Lua em Capricornio

Conheça o Ascendente

Horóscopo Xamânico...

Sol em Balança e Lua em L...

O homem de Lua em Leão:

Lua em Leão

Arquivos

Maio 2010

Abril 2010

Setembro 2009

Junho 2009

Junho 2008

Abril 2008

Março 2008

Fevereiro 2008

Dezembro 2007

Setembro 2007

Agosto 2007

Julho 2007

Junho 2007

Maio 2007

Abril 2007

Março 2007

Fevereiro 2007

Janeiro 2007

Dezembro 2006

Novembro 2006

Outubro 2006

Setembro 2006

Favoritos

Memórias vilacondenses (V...

Caleidoscópio

blogs SAPO
Fazer olhinhos