Segunda-feira, 8 de Janeiro de 2007
Lebre
Nome chinês: mao
Elemento: madeira
Estação: meio da Primavera
Caracteríticas: generosa, intuitiva, táctil, egotísta, discreta, sensível

Amizade

A Lebre não gosta que os seus amigos metam o nariz onde não saõ chamados ou interfiram. Por isso, quem quiser continuar de boas relações com uma Lebre, tem de respeitar a privacidade dos outros, uma vez que adora a coscuvilhice e gosta de saber de todos os promenores da vida íntima das outras pessoas. As Lebres são pessoas muito divertidas e fáceis de entreter. são óptimas fornecedoras de histórias e de anedotas, durante as festas e jantares.

Compatibilidade

A Lebre dá-se bem com a maioria dos outros animais, uma vez que é simpática e indulgente. Não suporta exibicionismos ou a vulgaridade, por isso, há alguns animais que ela prefere evitar - o Macaco, por exemplo - porque eles têm a tendência a ser um pouco barulhentos ou grosseiros. Mas a Lebre é muito comodista e faz tudo para evitar qualquer tipo confrontação, podendo até, ser capaz de suportar algum comportamento mais grosseiro, sem se queixar. Muitas vezes, a Lebre dá-se com as pessoas mais inesperradas - daquelas que nem nos passavam pela cabeça. Mas ela gosta de estar entretida e até mesmo os seres mais estranhos conseguem fazê-lo.

Confiança

Não se pode esperar que uma Lebre seja de absoluta confiança, pois ela vem de uma outra dimensão e tem objectivos completamente diferentes dos nossos. É calro que ela bem se esforçará mas, simplesmente, não tem a menor ideia daquilo que é necessário fazer para não não decepcionar as outras pessoas. Como procura amigos capazes de a entreter em vez de a amparar, também não vê necessidade de oferecer ajuda aos outros.

Amor e Confiança

Quem gosta de saber qual é a sua posição numa relação, não se deve envolver com uma Lebre. Ela não gosta de se revelar, por isso, os seus amantes serão tratados exactam,ente com a mesma delicadeza, façam o que fizerem, tenham feito, ou ou prometam fazer A Lebre é uma gentileza extrema. Nunca se zanga ou grita. Poderá parecer que não tem qualquer paixão; mas ela está lá, não à superficie, mas escondida. Isto porque a Lebre não gosta de expor os seus sentimentos - especialmente a alguém que lhe é tão próximo, como um amante.

Sexo e Paixão

As Lebres são românticas, gostam de fazer amor com gentileza e do sentimentalismo piegas. E uma coisa elas realmente detestam, é a luza acesa e qualquer que toque as raias do indecente. Não quer dizer que não gostem de experimentar imensas coisas, mas terão que ser de bom gosto. Os nativos da Lebre são amantes dedicados, amáveis e pouco imaginativos, que preferem um carinho a tudo o resto - ou entao, conversar na cama. As Lebres adoram isso.

Casamento

Se forem bem convencidas, as Lebres poderão casar-se, mas apenas para não criar problemas - pois o casamento não faz realmente o seu género. Como gostam de preservar a sua privacidade e são tímidas, estar em frente a uma audiência a tornar públicos os seus sentimentos, não é o que mais lhes agrada. E quem se casa com uma Lebre, normalmente arrepende-se mais tarde - a não ser que seja também uma delas. As Lebres gostam do conforto e da segurança que o casamento lhes proporciona, mas são terrivelmente exigentes, e recusam, frequentemente, uma proposta de casamento (ou recusam propor casamento), se tiverem a mais leve sombra de dúvida.


Publicado por Paula Valentina às 00:12
Link do post | Comentar | Adicionar aos favoritos
|

Pesquisar neste Blog
 
Maio 2010
Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab

1

2
3
4
5
6
7
8

9
11
12
13
14
15

16
17
18
19
20
21
22

23
24
25
26
27
28
29

30
31


Posts Recentes

Lua em Gémeos

" 2012 "

Signos

Lua em Áries:palavra-chav...

Lua em Capricornio

Conheça o Ascendente

Horóscopo Xamânico...

Sol em Balança e Lua em L...

O homem de Lua em Leão:

Lua em Leão

Arquivos

Maio 2010

Abril 2010

Setembro 2009

Junho 2009

Junho 2008

Abril 2008

Março 2008

Fevereiro 2008

Dezembro 2007

Setembro 2007

Agosto 2007

Julho 2007

Junho 2007

Maio 2007

Abril 2007

Março 2007

Fevereiro 2007

Janeiro 2007

Dezembro 2006

Novembro 2006

Outubro 2006

Setembro 2006

Favoritos

Memórias vilacondenses (V...

Caleidoscópio

blogs SAPO
Fazer olhinhos